domingo, outubro 26, 2008

Benfica - Naval

Constituição das Equipas e Avaliação Quantitativa do Desempenho

BENFICA
Quim (3); Maxi Pereira (3), Luisão (4), Sidnei (3) e Jorge Ribeiro (3); Yebda (2), Ruben Amorim (2), Carlos Martins (2) e Reyes (3); Nuno Gomes (3) e Suazo (2)

Suplentes: Moreira, Léo, Binya, Katsouranis (2), Di María (2), Makukula e Cardozo (3)

Treinador: Quique Sánchez Flores

NAVAL

Peiser (3); Carlitos (3), Paulão (3), Diego (3), Dudu (3); Hauw (3), Lazaroni (3), Baradji (3); Davide (2), Marcelinho (3) e Bolívia (2)

Suplentes: Jorge Baptista, Fabricio Lopes (2), Michel (2), Godeméche, Saulo, Marinho (3) e João Real.

Treinador: Ulisses Morais

Sistemas Tácticos

Benfica


Naval
Modelos de Jogo

Benfica

Posse e Circulação de Bola; Domínio e Controlo da Partida; Bloco médio/alto; Assumir Iniciativa de Jogo.

Naval

Expectativa; Bloco baixo; Transições Rápidas.

Principais Incidências da Partida (fonte: www.record.pt)

5' - Bela e fotogénica defesa de Peiser após um remate com selo de golo de Reyes. O jogador espanhol dispatou de primeira, com a perna esquerda, após uma boa assistência de Suazo.

11' - Marcelinho, de forma incrível, falha o primeiro golo do encontro. Após um lançamento muito longo de Diego Ângelo, Sidnei e Luisão ficam a olhar e o avançado da Naval, na cara de Quim, "consegue" rematar ao lado.

17' - Suazo, após grande passe de Nuno Gomes, não consegue rematar da melhor maneira e acerta o corpo do guarda-redes Peiser. O atacante hondurenho acaba por perder uma grande oportunidade.

18' - Após um centro de Ruben Amorim da direita, Reyes, todo atrapalhado, cabeceia de forma disparatada e também desperdiça uma soberana ocasião de golo.

19' - Quim defende um remate muito forte de Alex Hauw e volta a fazer nova defesa quando, na recarga, Marcelinho tenta abrir o marcador na Luz. O avançado da Naval, contudo, estava em posição irregular.

26' - Primeiro lance polémico no Estádio da Luz. Alex Hauw derruba Ruben Amorim dentro da área da Naval, mas o árbitro Rui Costa, depois de olhar para o seu auxiliar, nada assinala.

38' - Carlos Martins, com um excelente passe, deixa Suazo em óptima posição dentro da área da Naval, mas o avançado hondurenho não consegue dominar a bola, que sai pela linha final.

40' - Nuno Gomes não consegue alcançar um excelente cruzamento de Jorge Ribeiro pelo lado esquerdo.

51' - Após um grande centro de Maxi Pereira da direita, Nuno Gomes falha de forma incrível o primeiro golo do Benfica. O avançado encarnado, sem marcação, procurou rematar de primeira perto da pequena área, mas a bola saiu por cima da baliza da Naval.

56' - Suazo, de cabeça, coloca a bola no fundo da baliza da Naval, mas o avançado benfiquista estava claramente em posição irregular após o passe de Nuno Gomes.

63' - Marinho, de cabeça, assusta Quim, com a bola a passar muito perto do poste direito do guarda-redes encarnado. Os centrais benfiquistas, mais uma vez, falharam redondamente na marcação.

71' - Golo do Benfica, por Luisão.
Reyes, na marcação de um livre pela esquerda, colocou a bola no interior da área da Naval, com o central encarnado, de cabeça, a superar Paulão e a abrir o marcador no Estádio da Luz.

75' - Após um centro da cabeça, Marcelinho fez uma grande assistência, de cabeça, para Bolívia, que, igualmente de cabeça, quase empatou o jogo na Luz.

82' - Golo da Naval, por Marcelinho.
Após um centro da direita de Michel, Marinho desvia de cabeça no primeiro poste, com Marcelinho, completamente sozinho no poste oposto, a utilizar a coxa esquerda para igualar o marcador.

86' - Golo do Benfica, por Cardozo.
Após um belo centro de Jorge Ribeiro da esquerda, o avançado paraguaio, depois de pedir para Nuno Gomes deixar passar a bola, fez um cabeceamento certeiro para o fundo da baliza de Peiser. Os dois jogadores encarnados estavam completamente livres no interior da área da equipa da Figueira da Foz.

90'+ 3- Nuno Gomes, após um rápido contra-ataque encarnado, remata em arco da entrada da área, com a bola a passar ligeiramente por cima da baliza de Peiser.

Destaques

Melhores em Campo

Benfica

Luisão - Afastados que se mostram os problemas físicos que o apoquentaram na época transacta, tem-se exibido em plano regularmente positivo.
O desafio frente à Naval não fugiu à regra.
Seguro e concentrado a defender, revelou-se fundamental no triunfo alcançado ao apontar, de cabeça, o primeiro golo do Benfica.

Naval

Marcelinho - Na primeira parte, desperdiçou, de forma infantil, uma evidente ocasião de golo.
Na segunda, fez jus à sua condição de "matador" e facturou o golo do empate.
Sempre solto e disponível, assumiu-se como o farol ofensivo da equipa.

Piores em Campo

Benfica

Carlos Martins - Ansiedade em porção excessiva para quem é suposto assumir-se como o principal artífice do 2º momento de construção ofensiva.
Correu muito, mas quase sempre mal.
Quando procurou os lançamentos longos, executou quase sempre mal.
Acresce que defensivamente raramente encontrou o posicionamento certo.
Optou, quase sempre, pela pior solução possível.

Naval

Davide - Do "fantasista" da equipa espera-se sempre mais.
Hoje, passou ao lado do jogo.
Quase sempre batido por Jorge Ribeiro, não aportou a esperada profundidade ofensiva pelo flanco direito.

Arbitragem

Má, muito má.
Usando e abusando do estilo displicente tão próprio dos irmãos Costa, não assinalou uma grande penalidade claríssima por derrube a Ruben Amorim.
Mal auxiliado (dos diferentes erros avulta um fora de jogo mal assinalado a Marinho, quando este seguia isolado para a baliza de Quim), apitou muito e quase sempre mal.

Comentário

Não havia necessidade!

Em dia de festa, o Benfica venceu, mas obsequiou os seus adeptos com uma exibição sofrível.
Repetiu os mesmíssimos equívocos de Matosinhos e de Berlim, ao oferecer uma primeira parte ao adversário e ao desbaratar uma vantagem que tanto trabalho havia dado a conquistar.
Apenas um excelente cabeceamento de Cardozo a dar sequência a um não menos exímio cruzamento de Jorge Ribeiro evitou a perda de dois pontos cuja crónica da partida tendia a anunciar.
Quique conservou a defesa de Berlim, mas no meio-campo manteve somente Reyes, numa clara tentativa de contornar o inevitável desgaste resultante da disputa de dois jogos com 69 horas de intervalo. Entraram Yebda, Carlos Martins e Ruben Amorim.
No ataque, tal como havia sucedido na segunda parte de Berlim, (com inegáveis proveitos colectivos) Suazo acompanhou Nuno Gomes.
O encontro dealbou lento e sem dinâmica, com as equipas espartilhadas num jogo de encaixes, que favorecia e muito as pretensões defensivas dos figueirenses.
Aos 11 minutos, Marcelinho dissipou uma flagrante oportunidade de golo e, por paradoxal que possa parecer, o Benfica despertou da estranha letargia com que havia iniciado a contenda.
Daí até aos 30 minutos, o Benfica conheceria a sua melhor fase na partida.
Aumentou a intensidade, subiu as suas linhas, pressionou mais alto e as ocasiões de golo começaram finalmente a surgir.
Quase sempre pela esquerda e quase sempre protagonizadas por Reyes.
De falhanço em falhanço, o nulo ao intervalo reflectia o desacerto benfiquista na finalização.
Necessitando imperiosamente de vencer para capitalizar o insucesso portista, o Benfica entrou na segunda parte imbuído de um claro propósito ofensivo.
Na senda dos melhores momentos da primeira metade, o Benfica começou pujante e a alta rotação procurando chegar cedo à vantagem.
Sucede que as dificuldades na materialização do ascendente encarnado permaneciam inalteradas e, assim, não se via "lura donde saísse coelho".
Como quase sempre acontece nestas situações, seria na sequência de um lance de bola parada que o Benfica faria o seu primeiro golo.
Aos 71 minutos, Reyes, na marcação de um livre na esquerda, colocou a bola no interior da área da Naval, com Luisão, de cabeça, a superar Paulão e a inaugurar o marcador no Estádio da Luz.
Em vantagem, repetiu-se o triste fado de Matosinhos e Berlim.
O Benfica desconcentrou-se, relaxou, foi recuando cada vez mais e expôs-se à sorte do jogo.
Passou a preocupar-se exclusivamente em defender e foi desaparecendo da partida.
Perdeu capacidade de posse e circulação de bola, deixou de pressionar e permitiu à Naval subir no terreno e reforçar as suas linhas mais avançadas.
Sem surpresa, a Naval impeliu o Benfica para as imediações da sua área e foi transmitindo a ideia que o golo do empate não tardava.
E aos 82 minutos surgiu mesmo, por intermédio de Marcelinho. Após um cruzamento da direita de Michel, Marinho desviou de cabeça ao primeiro poste e o brasileiro apareceu, completamente sozinho ao 2º poste, a empurrar de coxa esquerda para a igualdade.
O fantasma de insucessos recentes assombrou a Luz, mas, desta vez, num assomo de dignidade, a equipa reagiu de pronto.
Três minutos volvidos, cruzamento de Jorge Ribeiro e cabeçada imparável de Cardozo.
Como disse Quique no final da partida: "Gostei da reacção após o golo da Naval, mas não gostei da reacção após o nosso golo. É um suicídio defender tão perto da baliza, pois a outra equipa não tem nada a perder e vai fazer tudo para chegar ao golo. Penso que não vai haver jogos fáceis aqui em Portugal, como acontece em Espanha, em Inglaterra, etc. Mas não podem ser todos deste nível, caso contrário é imensa intensidade."

89 comentários:

samsalameh disse...

Mais uma vez o Benfica não mostrou ser ainda uma equipa que mereça ganhar. Muitas perdas de bola, não há ligação entre o meio campo e o ataque. Quer Carlos Martins, quer Ruben Amorim não são quanto a mim jogadores para envergarem uma camisola como a do Benfica. Pastam muito o jogo, mastigam demais a bola e acabam por não criar lances de perigo ou dignos de qualquer registo!!

Desta vez Quiqué acertou em cheio nas substituições, sobretudo ao fazer entrar Cardozo que conseguiu matar o jogo com um golo de belo efeito.

Há muitos anos que o Benfica ao fim de alguns jogos não marcava tantos golos de cabeça como na presente época.

Nota de grande destaque para a péssima exibição das equipas de arbitragem dos jogos dos 3 grandes:
FCP - Leixões:
1 - um golo muito mal anulado à equipa visitante (estavam três jogdadores do FCP a pôr o jogador do Leixões em jogo);
2 - muitos livres no final da partida de faltas inexistentes comntra o Leixões e sempre assinalados em zonas "boas" para os pés do Bruno Alves;
3 - o penalty sobre o Hulk que o jogador do Leixões já só lhe toca quando aquele está em queda livre. Se fosse na baliza adversária não marcaria certamente!!!!

Benfica - Naval:
1 - um penalty não assinalado sobre o Ruben Amorim. O que seria preciso para o árbitro marcar o castigo máximo!? Mas se este mesmo árbitro estivesse nas Antas tenho por certo que marcaria a grande penalidade contra a equipa adversária do FCP;
2 - um fora de jogo inexistente ao jogador da Naval;

Paços de Ferreira - Sporting:
1 - cartões que tardaram em aparecer e quando apareceram a cor devia ter sido sempre diferente

Nestas duas últimas partidas o tempo de jogo útil deve ter sido escandoloso...só cá é que se continua a ver tamanha palhaçada com entrada de macas, massagistas, médicos, etc. e tal!!!

Uma última nota para a jogada que deu origem ao 2º golo do Leixões: 5 toques por outros tantos jogadores e sempre sem a bola tocar na relva.
Será porventura, senão o melhor, pelo menos um dos melhores golos deste campeonato!!!

samsalameh disse...

Já agora vai também haver sumaríssimo ao Liedson!?

E as notícias (pelo menos na RTPN) badaladas sobre a troca de Stoykovic e Vukcevic por Helton têm alguma credibilidade, Sr. Administrador!?

antes morto que vermelho disse...

um exemplo de um peido pela boca: " o penalty sobre o Hulk que o jogador do Leixões já só lhe toca quando aquele está em queda livre. Se fosse na baliza adversária não marcaria certamente!!!!"

fcp muito mal (não vi o jogo) sem justificação para a derrota, temo pelo campeonato e pela passagem na champions... o pior é que não vejo a lagartada capaz de derrotar o curralense.

última nota: vi um pouco do rui santos na tv, e aquilo é o melhor exemplo de, como destilar veneno contra a lagartada e o fcp, o anormal é lampião?
o anormal quando falava na derrota do fcp ria-se (como se estivesse a ser sodomizado pelo dumbo-orelhudo)

Vermelho disse...

Amigo Sam:
Só ouvi a troca de Stoj por Helton.
Essa de incluir, tb, Vuk é nova.
Abraço.

Delane Vieira disse...

Snr. Samsalameh, é como diz muitos e variados erros das equipas de arbitragem.
O sistema no seu melhor.
No Porto-Leixões, um penalty muito forçado ajudou à recuperação.
Depois, quando o Leixões ía a fugir outra vez, inventa-se um fora de jogo a Zé Manel.
O auxiliar só levantou a bandeira quando a bola estava dentro da baliza de Nuno.
Mas, contra tudo e contra todos, mesmo contra o poderoso sistema, o Leixões conseguiu ganhar.
No Benfica-Naval, um dos irmãos Costa, que é o mesmo que dizer Dalton, não viu uma rasteira ao Ruben Amorim do tamanho de uma casa.
Sempre que o Benfica criava oportunidades, lá vinha o Costa parar o jogo dando uma falta à Naval.
Uma arbitragem à chocolatinho.
No Paços-Sporting ficámos a saber que Olegário não sabe as regras.
Não sabe que agredir ou tentar agredir corresponde a expulsão e vai daí esqueceu-se de mandar o "levezinho" tomar banho mais cedo.
Mas, feitas as contas, mesmo assim, o Benfica ganhou 8 pontos nesta jornada.
Nada mau para uma equipa que não jogou um caracol.

VermelhoNunca disse...

O jogo do Porto não vi, mas o resultado surpreende-me.
O jogo do Benfica vi, e considero o resultado injusto. Quanto a mim a Naval merecia o empate.
Quanto ao Sporting, vi o jogo e o resultado parece-me acertado, nun jogo fraco.

VermelhoNunca disse...

Saúdo ainda o regresso dos Calimeros aqui ao espaço.
Amigo Vermelho, sei que não liga, mas mais uma vez ficaram em branco no rugby. Fazer 0 pontos consecutivamente não é fácil.
Assim como não equaciona aqui o futebol de formação, mas a tentação da grandeza do resultado leva-me a referi-lo. No Seixal, 2-6, não é todos os dias!

Vermelho disse...

Amigo Nunca:
Tens toda a razão.
Não ligo mesmo.
Nem sequer sei contra quem jogou, nem o resultado.
Os resultados do futebol no fim de semana preencheram-me.

p.s. quanto ao futebol de formação dar-te os parabéns pela vitória.
Todavia, dizer que não ligo muito pouco aos resultados.
É uma etapa em que os resultados são, para mim, muito pouco importantes.
Claro que é sempre melhor vencer, mas o que verdadeiramente me interessa é formar jogadores para o plantel principal.
A semana passada, tive uma alegria que nenhum título nas camadas jovens me podia proporcionar - Nelson Oliveira, de 17 anos de idade, foi convocado para a selecção nacional de sub-21.
Abraço

Delane Vieira disse...

Snr. Nunca, Calimero é quem se queixa do seu infortúnio atribuindo a culpa a outros.
Nem eu, nem o Snr. Samalameh fomos vítimas de qualquer infortúnio.
O Snr. e os seus acólitos sim.
Foram vítimas de infortúnio em Paços de Ferreira e na Luz.
O que eu e o Snr. Samsalameh fizemos foi por a nú mais uma jornada de arbitragem em que o sistema reinou.
Para quem dá tanta importância à arbitragem dos jogos do Benfica, se calhar, devia reflectir sobre o que se passou este fim de semana.
Uma vergonha, que o Snr. procura silenciar.
Como o seu Sporting e seu amigo Porto foram largamente beneficiados há manter o silêncio.
A sua dor de corno é tão grande que fala em Iniciados e Rugby.
Olhe para a sua casa e veja o estado do Futsal, que não consegue vencer um Benfica sem Ricardinho, Gonçalo e Bébé, ou do Andebol, mergulhado nos últimos lugares do campeonato.

Delane Vieira disse...

E olhe para a sua equipa de futebol, onde alguns não querem jogar, outros não querem jogar em determinados lugares, os casos de indisciplina multiplicam-se como cogumelos e ontem arrancou o terceiro jogo consecutivo sem ganhar.
Nos últimos três jogos perdeu com Benfica, Porto e empatou com o Paços de Ferreira.

VermelhoNunca disse...

Senhor Inteligente: quem , constantemente, vem para aqui mandar umas bocas sobre os maus resultados em outras modalidades do Sporting, é você. Quando o seu clube tem maus resultados, cala-se e esconde-se, tipo cobarde. Porque não partilha os resultados do voleibol do seu clube?
Quanto ao futsal, fui assistir ao jogo. Não estou minimamente precoupado com o Benfica. Fiquei atrás do banco do Benfica no 2º tempo, no meio de elementos da equipa técnica. Daí afirmar que não me preocupa a questão do empate, injusto, por sinal.
Vá mandar as suas piadinhas para quem o colocou neste mundo e deixe de arrotar para cima de mim.

Amigo Vermelho, a questão dos iniciados não era para si. Esta 1ª fase pouco significa, claro está. Embora vencer no Seixal por 6 a 2 ,seja sempre agradável.
Quanto ao rugby, apenas uma provocação. Abraço.

JC disse...

Não vi nenhum dos jogos deste fim de semana, pois cada vez tenho menos vontade de assistir a estes espectáculos tão pobres.
Acho curioso, contudo, que os condóminos benfiquistas, mesmo ganhando, elejam como tema principal das suas conversas as arbitragens!
Incrível!

Amigo Nunca: o caro amigo que anda sempre atento aos resultados das modalidades, não esqueça a dupla derrota deste fim-de-semana do Benfica em voleibol, perante Leixões e Esmoriz.

VermelhoNunca disse...

Não esqueci, amigo JC, até sugeri ao senhor Inteligente aqui partilhasse connosco tal feito. Mas as derrotas do drema-team encarnado até já são mais.

Delane Vieira disse...

Snr. Nunca, olhe que não, olhe que não.
O Sporting não tem modalidades amadoras em número suficiente para eu estar constantemente a falar dos seus maus resultados.
Falei dos maus resultados do Andebol e do Futsal, isto é, do que há e como tem havido pouco eu tenho tido pouco que falar.
Já do Benfica há muito que falar.
Afinal, não é só Andebol e Futsal, modalidades em que por sinal segue à frente do Sporting liderando e sendo segundo.
É basquetebol, que lidera só com vitórias, é hóquei, em que segue a 3 pontos do líder, é voleibol, em que o campeonato está a correr francamente mal, é rugby, em que o campeonato tem sido uma lástima.
O Sporting faz o pleno - 2 modalidades, 2 fracassos.
Mas, incrivelmente, há um ponto em que estamos de acordo - a equipa de Futsal do Benfica não tem treinador.
É verdade.
Se juntarmos as ausências de Ricardinho, Gonçalo e Bébé, com a do treinador, surpreende-me o empate em Loures.

Delane Vieira disse...

Snr. JC, nem uma palavrita sobre os jogos do fim de semana.
Ah, desculpe - diz que não viu os jogos.
Não viu os jogos, nem sabe os resultados.
Não se passou.
O que interessa é que o Benfica perdeu em Voleibol.
Espectáculo.
Tanta dor de corno junta é dose.

VermelhoNunca disse...

As arbritragens, amigo JC!! Falam do jogo da Luz, como se fossem altamente prejudicados. Mas o jogo para eles acabou mais cedo, uma vez há um lance altamente duvidoso na área do Benfica, ( até o inacreditável narrador da RTP, o estridente Paulo, ficou com dúvidas), mas isso o senhor Inteligente não quis referir. Referiu o fora de jogo assinalado ao jogador da Naval. Se tiver hipótese ,amigo JC, veja esse lance. Caricato no mínimo.
Enfim, amigo JC, mais do mesmo, arrotos e disparates constantes. E não sei se reparou, mas cada vez temos menos condóminos a aparecer regularmente aqui no nosso espaço.

Delane Vieira disse...

Snr. JC, eu percebo que as suas vistas curtas e a sua calimerice só lhe permitam falar de arbitragem quando perde.
O Snr. se visse os jogos perceberia a minha indignação.
Para quem dá tanta importância à arbitragem dos jogos do Benfica, se calhar, devia reflectir sobre o que se passou este fim de semana.
Uma vergonha, que o Snr. procura silenciar.
Como o seu Sporting e seu amigo Porto foram largamente beneficiados há manter o silêncio.

Delane Vieira disse...

Snr. Nunca, a única dúvida nesse lance é proveniente do daltonismo que o afecta.
Todas as análises sem excepção reconhecem que não houve qualquer falta.
O tal lance do fora de jogo é um erro que se percebe pela velocidade do lance.
O do derrube do Amorim não se percebe.
Há uma grande diferença.
Tanta dor de corno.

VermelhoNunca disse...

Senhor Inteligente, o lance que falei, e para o qual me estou a cagar, assim como o estou para si, foi referido como penalidade pelos comentadores da RTP. Não sei qual a outra cor, que não o vermelho, do senhor da RTP.

Delane Vieira disse...

Snr. Nunca, está em delírio.
Viu o Domingo Desportivo?
Leu o Jogo?
Leu o JN?
Leu o DN?
Leu o Público?
Se sim, verá que todos dizem que não há falta.
Se não, leia e instrua-se.

VermelhoNunca disse...

Senhor Inteligente, eu vi o jogo. Assim como cago para si, cago para os jornais que me refere.
1º- Leu a minha opinião sobre o lance?
Não a leu, porque eu não a dei. Apenas referi os comentários dos senhores da RTP. Do único lance que dei a minha opinião foi sobre o caricato fora de jogo, que para os cegos, advém da velocidade do lance.
Deixe de ser cretino e limite-se a dar a sua opinião, não colocando na minha boca palavras que eu não disse.

Vómito Vermelho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Delane Vieira disse...

Desculpe, mas pensava que quando citava uma opinião era por com ela concordar.
Vejo que assim não é.
Ainda bem.
Quando cito algo com que não concordo faço questão de o dizer para não existirem equívocos.
Eu que fui baptizado de rei do copy-paste.

VermelhoNunca disse...

Pensou...equivocou-se...limite-se a dar a sua opinião, sem comentar a dos outros, pelo menos a minha.

Delane Vieira disse...

Com certeza, Snr. Nunca.
Não comentarei mais as suas opiniões.

JC disse...

Heterónimo Vieira:
Escusa de me fazer perguntas que eu não lhe respondo.
Saia de trás da capa de heterónimo e terei todo o gosto em lhe responder.
Até lá, disparate para aí à vontade.
E não se esqueça da sequóia.

samsalameh disse...

Sr. JC, mais um fim-de-semana sem ver jogos...Isto já começa a ser demais!!!
Só vê quando o Sporting ganha ou o Benfica perde, é!?
Quer uma ajudinha para a subscrição do MEO ou do ZON!?

Ou esteve antes a ver um dos programas que lhe faz menção e que, por um acaso, coincidiu com a hora do jogo do seu Sportengue!!!!

Já agora, Sr. JC, Liedson deve ou não ser castigado por aquela violenta agressão ao defesa central do Paços!?

Delane Vieira disse...

As claques do Porto já identificaram os problemas no clube:

"Administradores COMISSIONISTAS, treinadores SEM CARISMA,
equipa SEM MÍSTICA, tem de parar ou JAMAIS IREMOS GANHAR"


e já começaram a actuar:



«Bomba» de Rodriguez atacada com violência

"A última madrugada foi escaldante no Dragão, após a derrota frente ao Leixões. Ultras portistas fizeram espera aos craques e partiram o vidro do automóvel de Cristian Rodriguez.

O Dragão esteve em brasa no início da madrugada que se seguiu à invasão do mar. A derrota com o Leixões – segunda consecutiva! – provocou uma atmosfera anormalmente tensa nas bancadas, corrosiva no balneário e... verdadeiramente explosiva quando as cancelas se abriram para os craques azuis e brancos abandonarem o estádio.

O ambiente fora do recinto não estava menos acalorado e algumas manifestações de desagrado pela derrota frente ao Leixões — ou então pelo acumulado de dois desaires... — não se fizeram esperar, mal os carros dos jogadores surgiram na boca de saída do parque. E a grande vítima da ira popular azul e branca, neste caso identificada com as cores dos elementos afectos às claques portistas e mais propriamente aos Superdragões, acabou por ser a viatura de Cristian Rodriguez, uruguaio que apanhou um grande susto e, pelo menos, viu de relance um dos vidros estilhaçar com todo o fragor. Como o que queria mesmo era pisar no acelerador para sair daquele pequeno inferno à velocidade do som dos apupos e insultos, Rodriguez, afinal, ainda evitou males maiores." In Abola

Delane Vieira disse...

Snr. JC, ainda não percebeu que o disparate é um privilégio seu e do outro Snr. cujas opiniões não comento.
O Snr. chega ao cúmulo de arrotar postas de pescada sem ver um único jogo do campeonato.
Tenha juízo.

JC disse...

Caríssimo Salame:
Não vi essa dita agressão do Liedson.
Mas as regras são claras: se se trata de agressão e se o árbitro não viu o lance, deve haver lugar a sumaríssimo.
Se não fora agressão ou se o árbitro viu o lance e entendeu não ser de punir, não deve haver lugar a sumaríssmo.

JC disse...

Heterónimo Vieira:
Quer-me parecer que começa a perder a falsa delicadeza.
A sequóia deve estar a começar a fazer efeito...

Vermelho disse...

Amigo Samsalameh:
Junto-me a ti e contribuo em 50% para a subscrição pelo nosso querido amigo JC da Sporttv.
Mas, nem devia ser preciso.
A Zon ou a MEO deviam oferecer a subscrição a tão ilustre personagem do nosso panorama televisivo.
Quem tem um programa de televisão em sua homenagem devia ser presenteado com tal benesse.

p.s. Mariquinhas à parte, quem não gosta do ... é muita estúpido!
Aquele abraço.

Vermelho disse...

Amigo JC:
Como bem sabes, se leste o que já aqui abundantemente escrevi, a regra não é essa:
Não basta tratar-se de uma agressão para haver sumaríssimo.
Essa é uma das desconformidades inadmissíveis no actual regime dos sumarissímos.

Jimmy Jump disse...

Mais uma jornada, mais um jogo sofrido!
Mais um jogo fraco do Benfica. Apresentou-se em campo amorfo, triste, sem dinâmica e fio de jogo com os jogadores a exibirem-se com sentimentos de insegurança e de intranquilidade.
Das duas uma: existem jogadores que não assimilaram ainda aquilo que Quique pretende ou então Quique não compreendeu ainda as necessidades da equipa.
Tudo bem que é uma equipa renovada que exige tempo para se consolidar.
Todavia, um onze daquela craveira não pode nunca permitir todo aquele sofrimento, isto apesar de o adversário em questão não conferir os índices de motivação desejados para um grande enfrentar o jogo de forma idónea.
É imperativo que os jogadores do Benfica acedam o quanto antes a esta realidade: os verdadeiros adversários do glorioso para consumo interno serão as Navais e se efectivamente querem oferecer títulos aos adeptos e ganhar toféus em Portugal terão que respeita-los e abordá-los de forma séria!

Quanto ao Sporting, dizer que o empate foi o resultado justo tendo em conta aquilo que se passou na Mata Real.

O Leixões ganhou brilhantemente o Porto, apesar de jogar contra doze (os Azuis jogaram com um reforço antigo chamado Polvo) e sem o Wesley.

JC disse...

Amigo Vermelho:
Desconheço, então, quais são as regras do sumaríssimo.
Pensei que haveria sumaríssimo sempre que tivesse existido durante o jogo uma agressão que tinha passado despercebida ao árbitro - e que, portanto, não tinha sido por este avaliada.
Pedia-te então o favor de aqui repetires sumariamente quais são então os casos em que haverá lugar a sumaríssimo.

E tens toda a razão!
Deviam oferecer-me uma assinatura grátis da Sport TV!
Estão a usar o meu nome num programa de televisão sem me terem pedido autorização para tal!

Vermelho disse...

Amigo JC:
Escrevi em 09 de Setembro do corrente ano:
"Sou total e incondicionalmente a favor da previsão de um expediente regulamentar que permita a intervenção pós-facto das instâncias jurisdicionais desportivas no sentido de sancionarem comportamentos a que corresponderia a pena de expulsão se e quando observados pelo árbitro no decorrer de um jogo.
Todavia, o art.º 172º do Regulamento Disciplinar da Liga não reflecte este conceito.
Aliás, penso mesmo que o subverte.
Postula tal normativo que a Comissão Disciplinar da Liga apenas poderá actuar oficiosamente quando a equipa de arbitragem não haja observado e avaliado conduta que constituiu risco grave para a integridade física dos agentes e grave atentado à ética desportiva exigida dos intervenientes no jogo.
Ou seja, exige-se uma incompreensível violação qualificada das Leis do jogo.
Um jogador que desfere uma bofetada num adversário no decorrer de uma partida incorre numa falta disciplinar sancionável com a exibição do cartão vermelho.
Sucede, contudo, que se a equipa de arbitragem não tiver observado e avaliado a sua conduta, não se mostra esta susceptível de punição pela Comissão Disciplinar da Liga!
Porquê?"

JC disse...

Caro Jimmy:
Quique tem pouco tempo de trabalho à frente do Benfica e formou uma equipa praticamente nova.
Para além disso, tem tido vários jogadores do plantel lesionados sucessivamente e está a adaptar-se à realidade do futebol português.
Como querias que a equipa já estivesse afinada?
O que é certo é que, mesmo assim, lá vai ganhando e construindo resultados importantes.

Já o SCP, com a mesma espinha dorsal há 3 anos e com o mesmo treinador, tem sempre estes maus arranques de época, que se arrastam até meio da mesma, e só a partir da 2ª metade da época é que a equipa começa a mostrar acerto.
Isso é que eu não consigo perceber.

JC disse...

Amigo Vermelho:
Esclarecido.
Não basta a mera agressão.
Como ainda não vi o que fez Liedson, não sei se a conduta dele atinge ou não essa gravidade exigida.
Se atingir e se o árbitro não a tiver apreciado, terá de haver sumaríssimo, como é óbvio.

Vermelho disse...

Amigo JC:
Não atinge.
Não há lugar a sumaríssimo.

Vermelho disse...

Amigo Jimmy:
Dizer que concordo na íntegra com o teu comentário.
Aquele abraço.

JC disse...

Snr Salame;

"Já agora, Sr. JC, Liedson deve ou não ser castigado por aquela violenta agressão ao defesa central do Paços!?"

Está dada a resposta à tua questão.

JorgeMínimo disse...

Cavalheiros:

Pretender um sumaríssimo no lance do Liedson é perfeitamente ridículo. Só mesmo calimeros para pedir semelhante idiotice.
Em relação ao jogo, dizer que apesar da exibição mediana o Sporting merecia ter ganho o jogo e só não o fez devido à boa exibição do guarda-redes pacense.

VermelhoNunca disse...

Senhor dos Enchidos, considerar que existiu uma violenta agressão na Mata Real, só pode ser uma brincadeira, talvez fruto da leitura dos comentários do senhor Inteligente.

Jimmy Jump disse...

Como eu disse condómino JC o que me preocupa verdadeiramente é a letargia de alguns jogadores. É óbvio, dadas as circunstâncias que enunciaste, a impossibilidade de um fio de jogo consolidado.
Todavia esse vazio pode ser eficazmente preenchido (sobretudo em casos em que se verifica a presença de inúmeros jogadores de qualidade) se houver uma abordagem séria, empenhada e motivada ao jogo.
Os resultados positivos contra Porto, Nápoles (em casa) e Sporting ilustram bem essa situação.
É notória uma abordagem mais ligeira aos lances nos jogos contra as equipas ditas pequenas. A disponibilidade da equipa é claramente outra.
Falta alma à equipa nestas partidas.
É fundamental corrigir essa situação.

O Sporting manteve a espinha dorsal nos últimos três anos é certo, mas falta qualidade à equipa.
Ainda assim o Bento muitos milagres tem conseguido.

Jimmy Jump disse...

Amigo Vermelho então e o Cebola, contratação prodigiosa de Pinto da Costa que ia sendo linchado pelo braço armado do mesmo indivíduo.
Onde é que já vi este filme?
Qual será desta vez o objectivo subjacente? Será pressionar o Uruguaio a baixar o salário milionário que aufere nada condizente com aquilo que produz.
Todos nós sabemos que o PC aplica métodos pouco ortodoxos na hora de dissolver os erros que comete. Vale tudo para dissimular a culpa.
Aguardemos pacientemente pelo próximo capítulo?

Vermelho disse...

Amigo Jimmy:
Parece que o ambiente no Dragão no final do jogo era de cortar à faca.
Literalmente!
RT até sofreu um ataque cardíaco.
O braço armado de PC entrou em cena e Rodriguez que se cuide ou ainda lhe acontece como a Adriaanse...

Jimmy Jump disse...

Peço desculpa pela imprecisão. A contratação prodigiosa do Papa no último defeso dá sim pelo nome de Maxi Rodriguez.

Vermelho disse...

Amigo Jimmy:
Belas casquinadas soltei com o teu último comentário.

Jimmy Jump disse...

Então o Great Boxeur, proxeneta nas horas vagas teve um ataque cardíaco?
Desconhecia tal facto amigo Vermelho.
Será que acusou a pressão por ter feito o seu trabalhinho de forma errónea?
Toda a gente sabe que enganar-se nos números dos substitutos e dos substituídos pode ser fatal.
É profissão de risco!

Vermelho disse...

Amigo Jimmy:
Proxeneta isso era nos idos de 80.
Agora é empresário!

Mestrecavungi disse...

Quando se nasce Ladrão, morre-se Ladrão!
O Golo anulado ao Leixões é inacreditável.
O bonito é que gamaram e perderam.
O penalti não assinalado á Naval é inacreditável.
Os arbitros são maus mas assim é demais!

Jimmy Jump disse...

Pois é amigo Vermelho, hoje em dia temos o flagelo dos empresários, dos técnicos, das comissões e dos comités.
Contudo o RT será sempre 4 coisas:
Boxeur, Proxeneta, corrupto e corrompido.
Isto em homenagem à década de 80!
Para quem presta tributo à contemporaneidade, o termo empresário assenta-lhe igualmente bem.

Jimmy Jump disse...

Condómino Neverland, alguma explicação para as ausências dos prodígios M. Veloso e Y. Djaló?

Vermelho disse...

Amigo Jimmy:
E uma outra, RT será sempre:
Viciado no jogo.

VermelhoNunca disse...

Calimero Cavungi, assim é demais, não há dúvida.

Mestrecavungi disse...

Quanto aos jogos vi os 3.
FCP - Sem Lucho e Lisandro em forma são uma equipa banal.
Com um treinador da linha perdedora só tem o que merecem.Como disse e bem o Zex, vendem Quaresma, Bosingwa, perdem Assunção e só compram merda queriam o quê?
SLB - Mau jogo.Concordo com Nunca.O empate seria o mais justo.Ainda bem que não se fez justiça.
O principal problema do SLB é falhar golos.Antes do 1-0 e do gamanço, houve pelo menos 3 falhanços dos "avançados".Depois~ainda não há muita consistencia de jogo.
Mas eu acredito!
SCP - O problema é mesmoe esse amigo JC.Há 3 anos que tem o mesmo jogo, as mesmas ideias os mesmos resultados.Bento só sabe jogar para 2º.Em Paços o jogo foi horrivel.O SCP esteve melhor no 1º tempo e podia ter ganho o jogo.Não ganhou.
Fiquei feliz!

Mestrecavungi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mestrecavungi disse...

Amigo Veremlho,
Quando empatámos em Vila do Conde, começou "tudo (FCP/SCP) a gozar."
Depois o FCP tb emapatou lá.Já não se riram tanto.
Depois quando ganhámos (á " rasquinha") em Paços "era tudo (FCP/SCP) a gozar."
Ontem o SCP não o conseguiu fazer, nem á rasquinha.Falta de sorte segundo Minimo.
Depois empatámos no estádio do mar e não jogámos bem de facto.
"Tudo (FCP/SCP) a gozar" outra vez.
Afinal o mesmo Leixões que empatou conosco foi ao Dragão ganhar ao FCP.
Já não se riram tanto!
Hoje chovem criticas ao jogo feito com a Naval, que tambem não me agradou, diga-se.
Sabendo que cada vez mais temos um futebol nivelado por baixo, não será arriscado "bater" tanto na exibição do SLB?
Os outros (FCP/SCP) farão melhor?
É que até hoje não o tem feito...

VermelhoNunca disse...

Amigo Cavungi, o que tem chovido aqui são disparates vomitados por alguns inteligentes.
Quanto à evolução do campeonato, na minha opinião, o Sporting tem 1 mau resultado: ontem. Tem um resultado surpreendente, perder na Luz. Depois perdeu em casa com o Porto e com o Barcelona fora, resultados que podem ser considerados normais ( no caso do Porto, é tipicamente um jogo de tripla). No fim faremos as contas.

Jimmy Jump disse...

Condómino Neverland, algum motivo em especial para ignorar a minha pergunta?

P.s: surpreendente o Sporting perder na luz?! Que anedota!

VermelhoNunca disse...

Anedota porquê? Acha normal o Sporting perder na Luz? Há quanto tempo isso não sucedia?

antes morto que vermelho disse...

tens razão xungo: com o fcp a arrastar-se o nivelemento do nosso futebol é por baixo, nem curralense nem lagartada conseguem nivelar o futebol mais acima.
um dia destes vamos sujeitar-nos ao nivelamento do futebol, por equipas como o braga, os escravos do curralense, ou até (pasme-se) pelo nacional da madeira!

xungo: ontem o "pé frio", não estava ao lado do dumbo-orelhudo? e mesmo assim ganharam?

para os palermas que se vêm com o que os SD fizeram ou ao maluco do co ou ao cebola... também em espanha e em itália, há casos destes, nem todas as claques deixam passar em branco estas situações, tirando os no name gays

VermelhoNunca disse...

Condómino Saltitão, venho por este modo endereçar-lhe os parabéns:
"A sexta jornada da Liga 2008/09 ainda não está completa (falta o Sp. Braga-E. Amadora), mas o Benfica já tem motivos para sorrir. Pela primeira vez desde que celebraram o último título do palmarés, em 2004/05, as «águias» têm vantagem pontual sobre os dois eternos rivais, F.C. Porto e Sporting. "

Há de facto motivos para sorrir. Proponho feríado nacional, ou melhor, Mundial.

Jimmy Jump disse...

Pois, e torna-se surpreendente por causa disso.
Hilariante.
Do tipo o Atlético de Madrid (e quem diz atlético diz o M. City, Everton, etc.) tem uma vaga de resultados positivos no Santiago Bernabéu, feito que é absolutamente normal diga-se, repentina e inacreditavelmente perde um jogo e não é que fica toda a gente pasmada pelo facto de o Real Madrid ter levado de vencido o seu rival na sua própria casa!?
Não é por nada, mas esta parece-me uma perspectiva um bocadito megalómana, dotada de pouca humildade e com uma noção limitada daquilo que efectivamente é a realidade.
Mas se é esta a sua visão das coisas, só tenho que respeitá-la.

P.S: Condómino Neverland, ainda assim gostava de ver exposta a sua opinião sobre as ausências do M. Veloso e do Y. Djaló na Mata Real?

antes morto que vermelho disse...

sorrir como o rui santos ontem? não obrigado, porque aquele sorriso é de quem está a ser sodomizado.

VermelhoNunca disse...

Condómino Saltitão, para mim foi surpreendente o resultado da Luz. Quer você queira quer não.
Quanto às ausências de que fala, não entendo a questão, portanto não lhe respondo. Não vejo nenhum problema nisso.

Mestrecavungi disse...

Amigo Nunca,
O teu 7º lugar tolda-te o raciocinio!
Em toda a historia do SCP, de todos os campeonatos o normal é perder na luz.
Houve estes 3 anos de pré-orgasmo em que de facto não perderam na Luz e queres tornar uma exepção numa regra!
E é claro que estou contente por estar já á frente do FCP e do SCP.
É melhor assim!

VermelhoNunca disse...

Amigo Cavungi, faça as contas aos últimos 10 anos, de Benfica/Sporting.
Você quer que eu diga o quê? Que considerava normal perder no Curral? Ora se eu não acho isso, porque o tenho de dizer? para você e o Saltitão darem pulos de contentes?
Quem é que vai em 7º lugar? E eu é que perdi o raciocinio...

Jimmy Jump disse...

Parabéns aceites condómino Neverland.
Obrigado por esse dado positivo que desconhecia em absoluto.
Demonstra unicamente que muito embora falte ainda um longo caminho a percorrer
o glorioso encontra-se no caminho certo.
Como diz e bem, há efectivamente motivos para sorrir.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vermelho, mais um sorteio curioso, desta vez na Taça, em futsal.

JC disse...

Quem disse essa barbaridade dos "motivos para sorrir" à sexta jornada, Amigo Nunca?

Mestrecavungi disse...

Trono do Leão!
"Sem Ronaldo" é só para entendidos...

Jimmy Jump disse...

O que eu pretendo com a minha pergunta condómino Neverland é saber se é normal que dois jogadores cuja qualidade é reconhecida no universo da lagartagem e aos quais foi determinado um futuro auspicioso nem no banco se tenham sentado contra o Paços única e exclusivamente por opção técnica?

JC disse...

Para a questão que está a tirar o sono ao condómino Jimmy, aqui fica a resposta:

«Todos os jogadores querem jogar e não ser convocado é uma preocupação. No nosso entender, é uma opção meramente técnica e tem que ser respeitada», disse Paulo Barbosa à Antena 1 explicando a situação de Miguel Veloso, referindo-se também sobre o caso de Yannick: «O plantel é bastante vasto e tem jogadores com muita qualidade e é natural que nem todos possam ser convocados. Cabe ao treinador tomar as decisões e os jogadores têm que respeitar as decisões do técnico.»

VermelhoNunca disse...

O site Mais Futebol, amigo JC.

VermelhoNunca disse...

Condómino Saltitão, já uma vez aqui referi, que para mim , Djaló nunca seria títular do Sporting.
Quanto à não convocatório de Veloso, surpreende, pois é quase sempre convocado. Não seu porque não o foi. Como confio em Paulo Bento, não me preocupa a situação.

Jimmy Jump disse...

Condómino Zé Carlos terei igualmente todo o gosto em conhecer a sua opnião sobre o assunto em questão?

Jimmy Jump disse...

*opinião

Mestrecavungi disse...

Amigo Nunca,
Como os ultimos 10 anos são menos humilhantes para sí, são esses os anos que contam.
Deita-se para o lixo os outros 65 anos de história!!!!!!!!
Os 16 anos sem ganhar, os anos em que faziam xíxí pelas perninhas, quando entravam em campo para defrontar o Benfica de Eusébio e Cª, isso não conta para nada.
O que conta são os empatezitos e 1 ou 2 vitórias.Os 3 anos em que não perderam foram de facto um marco historico no vosso clube!
Já agora deitem abaixo a torre Eiffel, o Coliseu de Roma ou a Acropole.Hoje não servem para nada,
não tem história ou se tem não conta para nada tambem.O que conta é o Alvalaxia(com o LIDL lá dentro)
Esta nem o "Pravda Sportif" se lembrava.

Mestrecavungi disse...

Amigo JC,
"O plantel é bastante vasto e tem jogadores com muita qualidade e é natural que nem todos possam ser convocados. Cabe ao treinador tomar as decisões e os jogadores têm que respeitar as decisões do técnico.»"
Não se estava a falar deste plantel do SCP pois não?
Bastante vasto?Quem só pode escolher entre o Grimi e o Ronny...
Ou entre o Djáló o Tiuí...
Ou entre o Abel e o Pereirinha...
Jogadores com muita Qualidade?
Liedson e mais 10 é?

VermelhoNunca disse...

Amigo Cavungi, não vomite disparates.
Quantos anos esteve o FCPOrto sem ser campeão? 21, é isso? E então, isso hoje conta para alguma coisa?
Você vive do passado, do tempo da Guerra do Ultramar, já lhe disse isto várias vezes.
Você em 15 anos, foi uma vez campeão, e todos sabemos como foi. Tenha mas é juízo!

Jimmy Jump disse...

Condómino "Zé Carlos" a explicação do empresário Barbosa é formidável: com que então um plantel vasto com jogadores de muita qualidade.
Para além do Moutinho que pouco tem feito esta época e do Liedson que outros jogadores com "muita qualidade" encontra no Sporting?
O Veloso não ter sido convocado por esse motivo revela bem que a queda!? está a ser mais brusca do que se esperava.
Esperem aí!...Se calhar não!
O puto obviamente que quer singrar no AC Milan (e a janela de oportunidade que é ir viver para o centro da alta costura) antes de mostrar serviço no Sporting.
O historial da academia Sportinguista atesta que o devaneio do Mikael Veloso é perfeitamente legítimo.

Mestrecavungi disse...

Amigo Jimmy,
Assim não dá!
Vamos ser sérios!
Não consigo escrever mais nada, sem me desmanchar a rir!
Plantel vasto e com muita qualidade?
Só pode ser má interpetação jornalistica!
Ninguém consegue dizer isto sem estar sob o efeito substancias ilicitas pos não?

VermelhoNunca disse...

Amigo Cavungi, como vocé costuma dizer, o que é que isso lhe interessa? O facto de Veloso ficar fora dos convocados tira-lhe o sono?
Porque não se questiona sobre aquele que considerou um belo reforço, o Urreta, não ser convocado? Em vez de urrar para cima de nós, preocupe-se com isso.

Mestrecavungi disse...

Amigo Nunca,
E o fds ainda foi melhor com a vitoria do Liverpool!
Abraço até amanhã.

Jimmy Jump disse...

...e esta questão mais intrigante se torna se tivermos em mente que os dois jogadores em questão são muito amigos.
Vá-se lá saber porquê, apostava num castigo de P. Bento a "ambos os dois" devido a uma ou mais noitadas por alturas da Moda Lisboa!
Pode ser.

Jimmy Jump disse...

Master Cavungi, pior que a explicação com que o empresário Barbosa nos brinda só o mesmo o facto de haver condóminos neste blog à que a subscrevem.
Também eu no próximo Natal, escreverei uma carta ao Pai Natal (ia dizer o homem das barbas, mas podia haver confusão com o mediático benfiquista

Jimmy Jump disse...

...e depois amigo Cavungi, pois claro está os benfiquistas é que engolem!

kaiserlicheagle disse...

q