segunda-feira, dezembro 05, 2005

Vitória nos Barreiros ou o Regresso de Trap

Sangue, Suor e Lágrimas... de Felicidade, assim foi a vitória do SLB na Madeira.
O SLB demonstrando enorme espírito de grupo e de conquista, fez das fraquezas forças e ganhou.
Foi uma vitória à Trapattoni, no sentido de ter sido alicerçada numa forte estrutura defensiva, coesão do meio-campo e denodo na frente de ataque.
Finalmente, Koeman percebeu que só apelando á garra e ao espirito de corpo dos jogadores, esta equipa do SLB, desfalcada das suas pedras nucleares, poderá ganhar jogos.
Só Karayaka não entendeu a mensagem, por isso foi sempre peixe fora de água, tendo sido bem substituído por um Mantorras de regresso á fortuna.
Aliás, a substituição de Karayaka adivinhava-se ao quarto de hora da primeira parte de forma tão flagrante como acertar no euromilhões á segunda-feira.
Mantorras merece referencia especial, porque no seu estilo desengonçado representa a alegria ingénua do menino que gosta de jogar á bola.
O árbitro não se equivocou como os seus parceiros em outras jornadas e, assim, o SLB venceu.

1 comentário:

carlos disse...

Reconheço que o SLB mereceu ganhar o jogo. Aliás, se não o fizesse, estaria a ser profundamente desonesto ou, então, nada percebia de futebol (não que perceba muito).
Preocupa-me, porém, ver que o Benfica, campeão de Portugal, joga um futebol tão feio, feito de improvisos e que vive da inspiração das suas (poucas)estrelas - Simão, Nuno Gomes e Manuel Fernandes. Não se vê ali um fio de jogo nem um esquema táctico.
Já com o Trap era assim. Mas se o Benfica, a jogar assim, consegue ser campeão de Portugal, é porque as restantes equipas ainda são piores. E, neste momento, são, de facto. O FCP, pese embora o conjunto de craques milionários que integram a sua equipa e do - por vezes - espectáculo atacante que exibe, revela tamanha incapacidade defensiva que não merece estar na frente do campeonato.
E o SCP, ainda a recuperar do pesadelo Peseiro - que conseguiu, o ano passado, fazer com que uma equipa de luxo não conseguisse ganhar o campeonato - ou reforça a equipa em Dezembro para colmatar as saídas de Roca, Barbosa, Viana e Enakarire ou também não conseguirá, durante o nosso longo campeonato, fazer frente ao SLB.