segunda-feira, março 03, 2008

Livro de Reclamações

1 - A época do Benfica tem sido a todos os títulos decepcionante, especialmente na qualidade do futebol exibido pela equipa.
E Camacho é parte do problema!
Extreminou um modelo de jogo e um sistema táctico que, ao fim de um ano, se consolidavam e apenas erigiu em sua substituição o caos e a anarquia.
Jogo directo ou iniciativas individuais são, hoje por hoje, as marcas nucleares do consulado Camacho.
De Agosto a Março, Camacho mostrou-se incapaz de conceber e executar uma ideia colectiva para a equipa.

2 - Imagens há que valem mil palavras ou como aquele abraço de Rui Costa a Camacho pode significar o prolongamento da lenta agonia vivida esta temporada.

3 - Estou em crer que, desta vez e à imagem do que sucedeu com Katsouranis, vai haver sumarissímo para Óscar Cardozo ainda que a sua conduta não se subsuma à previsão da al. a) do n.º 5 do art.º 172º do Regulamento Disciplinar da Liga, pois que não constituiu risco grave para a integridade física dos agentes e grave atentado à ética desportiva exigida dos intervenientes no jogo.

4 - Não sei se sou mais contra Vieira, se contra o Vieirismo no Benfica.
Os situacionistas são tão ou mais intoleráveis que Vieira.

5 - Já por várias vezes aqui aludi à necessidade dos clubes portugueses explorarem mercados periféricos, mormente o africano.
Economicamente acessível à generalidade dos clubes portugueses da parte superior da classificação, por lá pululam talentos que se bem lapidados podem assumir-se como mais valias desportivas e financeiras.
Com a liberalização do mercado decorrente do advento do Acórdão Bosman, os clubes portugueses abandonaram de vez o filão africano, preferindo concentrar as suas energias prospectivas no reforço da vertente brasileira e em mercados emergentes como o de Leste.
Vem isto a propósito de Gilles ou Augustine Binya como ora se lhe soi chamar-se.
Descoberto por Eurico Gomes na Argélia, arribou ao Benfica destinado a refinar as suas qualidades na Reboleira.
Todavia, Camacho viu nele o potencial suficiente para travar o processo de cedência temporária aos amadorenses.
Uma decisão inegavelmente feliz do espanhol!
Apesar de não ter ainda finalizado a sua recruta de adaptação ao futebol europeu, aculturando a sua forma de jogar aos ditames do velho continente, o certo é que, semana após semana, tem revelado uma evolução a todos os níveis notável.
Em Alvalade confirmou plenamente a sua progressão, ao ponto de se ter assumido como o barómetro da equipa.
Senhor de processos simples conduziu as transições encarnadas com clarividência e acerto.
A expulsão em Glasgow revelou-se decisiva para o seu crescimento futebolístico.
Corrigiu o tempo de entrada à bola e refreou a sua impetuosidade sem perder agressividade constituindo, hoje por hoje, uma clara mais-valia para a equipa.

6 - O Sporting é o actual 5º classificado da Liga Bwin.
E Paulo Bento foi parte da solução!
Desde que assumiu o comando técnico do Sporting conferiu identidade à equipa, promoveu coerência táctica e um modelo de jogo consistente.
Arrisco dizer que, com outro treinador e olhando ao naipe de jogadores que compõem o plantel leonino, ao Sporting estaria reservado um papel ainda mais secundário na presente edição da Liga Bwin.
Alguns treinadores potenciam valor nos seus jogadores, outros depreciam.
Paulo Bento pertence, claramente, ao primeiro dos grupos.
Contudo, hodiernamente, é um homem institucionalmente isolado, pressionado, acossado e profundamente desgastado.
Destarte, Paulo Bento é agora parte do problema!

7 - Metade dos 18 golos que o Sporting sofreu até ao momento na Liga Bwin encontraram a sua génese em lances de bola parada.
Só vislumbro três hipóteses de explicação para tão inusitado fenómeno:
Desconcentração, falta de treino específico ou ausência de observação dos adversários.

8 - O jogo com o Schalke é, talvez, o mais importante da carreira de Jesualdo.
Bem sei que conquistou o título de campeão nacional na época passada e que se apresta para repetir a proeza este ano, mas, ainda assim, está longe, muito longe mesmo, de ter alcançado pleno reconhecimento das suas capacidades.
Esta quarta-feira, Jesualdo joga mais do que uma simples qualificação para os quartos de final da Champions, maneja a sua emancipação como treinador e a sua permanência à frente do comando técnico do Porto.

9 - O rendimento evidenciado pela segunda equipa do Porto no passado Sábado no Bessa demonstrou à saciedade a importância da Liga Intercalar.

10 - Morreu o Mike Plowden.
Um homem que cresci a admirar.
Um homem símbolo de uma equipa que cresci a idolatrar.
Figura maior do Benfica e do basquetebol nacional, cedo tocou fundo em todos quantos o viram actuar.
Não pelos lançamentos que converteu ou pelos ressaltos que contabilizou, mas apenas pela sua simplicidade, bonomia e extrema lealdade.
Lutador indomável e infatigável, Mike nunca abdicou de lançar mão do fair-play como salvo conduto para a vitória.
A cerimónia de boas venturas com que, invariavelmente, antecedia o início das partidas é ilustração máxima do seu carácter e da sua personalidade.
Obrigado, Mike!

25 comentários:

Antes morto que vermelho disse...

como é que se pode escarrar "Corrigiu o tempo de entrada à bola e refreou a sua impetuosidade sem perder agressividade..." sobre o maior caniceiro a actuar em portugal? e domingo não foi excepcção. mas para eles vale tudo para exaltar (á toa) aquele clube!

uma nota sobre os pasquins lampeónicos: todos escarram sobre eles, sem qualquer tipo de justificação (há coisas bem mais importantes para se falar). há até um que escarra que o costa apela a lampionagem para ir ao curral.
a minha sugestão vai para que o costa e o dumbo se dediquem a filantropia e que lancem a seguinte campanha: "venha ao curral apanhar merda de pombo! por cada caganita entregue, está a contribuir com €0.10 para trazermos o pai do makakula a portugal, ele que está preso na nigéria (por contrabando de orgaos humanos)"

Antes morto que vermelho disse...

esta é para u xungo, é o paste do que eu arrotei ontem, e que ele já não deve ter lido:
"o meu tio-avô era um grande benfiquista, fanático por salazar e aluno da mocidade portuguesa, mas um grande benfiquista, ferrenho... doente até!"

Antes morto que vermelho disse...

estre as barbaridades vomitadas pelos pasquins, o max hardcore e o pateta a vomitar-se todo, venha o diabo e escolha...

JC disse...

O SCP tem vindo a perder qualdiade de ano para ano.
Quando Paulo Bento começou a treinar o SCP, transformou uma equipa destroçada na ressaca da perda simultânea do campeonato e da Taça Uefa numa máquina de jogar futebol.
Não um futebol bonito ou vistoso mas um futebol eficiente, capaz de vencer 10 jogos seguidos sem sofrer um único golo.
Contava então com um bom naipe de jogadores, que foram saindo da equipa, por uma ou outra razão:
Rogério, Sá Pinto, Caneira, Tello, Custódio, Nani, Deivid, Carlos Martins, Douala só para citar alguns dos mais relevantes.
Como compensação, apenas entraram, com valor e já com lugar cativo na equipa, Vukcevic, e, eventualmente, Izmailov.
Grimmi parece bom jogador mas nem um mês tem de Sporting.
A agravar tamanha sangria, Moutinho e Veloso iniciaram muito mal a época, deduzo eu que cansados dos jogos da selecção de sub-21 em que participaram.
Com um meio campo que perdeu Nani e onde outras duas unidades nucleares estiveram durante largo tempo em sub-rendimento - só agora Moutinho começa a arribar e Veloso ainda se mantém a 50/60% do que já mostrou - não pode manter a qualidade do ano passado.
Acrescente-se a isto as lesões sucessivas de jogadores que o SCP tem tido este ano e a mediana qualidade de um dos seus centrais -o Tonel, que o ano passado até perdeu a titularidade para Caneira - e talvez se percebam, então, as razões da má época do SCP - que apenas se tem salvado pela razoável campanha europeia e por se manter na Taça e na Carlsberg Cup.

JC disse...

Isto para concluir que concordo com o Amigo Vermelho quando diz que muito tem feito Paulo Bento pelo SCP e que, não fora este treinador, a equipa estaria bem pior.

Antes morto que vermelho disse...

jean claude: como se pode recordar o tello como jogador importante se ele, desde que chegou á lagartagem, nunca jogou no seu verdadeiro lugar? e que quando fugiu pssou logo a ser "besta". e doualla esse marreta que nem titular era (mesmo com paulo), como é que pode ter deixado saudades, se quer paulo quer ele disseram mal um do outro.
rogério era um jogador normalissimo, sá pinto estava velho (não para o standard de liége) e só era expulso, isto deixa saudades?
custódio era uma merda, carlos martins, noites e deivid nunca se deu bem na lagartada... isto teve importancia? se todos tinham um "mal"?
quem eventualmente poderá ter deixado saudades seria o caneira ( a defesa central) e o nani (mas as peneiras deste "enchiam" todo o estádio).

JC disse...

O Senhor Lucílio Batista (SLB) foi noemado para apitar o Guimarães Sporting.
Era uma das hipóteses para o SCP-SLB, que não se concretizou.
Concretiza-se agora.
Esperemos para ver o que sai dali, sendo certo que não auguro nada de bom para o SCP.

Jimmy Unhaca disse...

Condómino JC vejo com agrado o facto de a lagartagem ter já engolido todos os seus comentários e pretextos relativamente ao árbitro Paulo Paraty no que ao seu desempenho no jogo que opôs o SCP e o SLB diz respeito e poder assim desencadear subtilmente uma nova jornada de celeuma, tropel e protesto contra o árbitro agora nomeado que neste novo sub – capítulo servirá concerteza de bode expiatório para justificar (injustificadamente) mais um falhanço do seu clube.
Devo também expressar que esse discurso de pressão alta nos árbitros é sobejamente batido e conhecido no futebol português e o facto de constatar que o estimado é igualmente partidário do mesmo só me leva à conclusão que o condómino JC tem idoneidade para assumir um cargo directivo de relevância no actual quadro do futebol português.

Antes morto que vermelho disse...

jean claude: o "dáltonico" não é lagarto? pelo menos quando apita jogos do fcp rouba-nos á grande. ainda me lembro no jogo em alvalade (em que o rui jorge inventou que lhe tinham rasgado a camisola), que roubou o porto brutalmente...

JC disse...

Caro Unhaca:
Não vi o jogo SCP-SLB pelo que não opino sobre a polémica em torno do árbitro Paraty.
Quanto ao próximo embate em Guimarães, não deixo de registar que o árbitro nomeado é um dos dois em que eu apostava, o SLB.
O outro seria o major Henriques.

Quanto ao discurso de pressão alta sobre os árbitros, deve estar a confundir-me com um tal de Luis Filipe Vieira na véspera do SLB-Paços de Ferreira, e com o discurso deste sobre o árbitro nomeado para esse jogo, Duarte Gomes, com os resultados que o Caro Amigo Unhaca bem conhece.

Antes morto que vermelho disse...

cargo directivo? só se for no unhais da serra!

JC disse...

Caro AMV:
São todos lagartos, caro amigo.
Jorge Cornado à cabeça.
Depois é ver as arbitragens e os comentários desses lagartos.

cavungi disse...

Amigo Jimmy,
Agora até penalizam o Belem em seis pontos, que tanta falta lhe fazem, para ver se o SCP não fica em 6º!

cavungi disse...

Macaco:
O teu amigo Zé Pedro marcou mais um golito...

Jimmy Unhaca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jimmy Unhaca disse...

Condómino JC, o facto de não ter visto o jogo/resumo do jogo é extremamente positivo porque só desse modo (com muita contenção e esforço) se abstém de fazer os comentários lacrimosos que os seus compichas (não só cá do blog) fizeram sobre a arbitragem. E isso volto a dizer, é extremamente positivo.

Quanto ao facto de lhe estar a confundir com o Denominado Dumbo Orelhudo, na minha opinião é perfeitamente legítimo que tal aconteça ou não tivesse sido você mesmo a dar-me razões empíricas para tal, nomeadamente ao aderir pelo mesmo tipo de diapasão, do tipo ele diz também posso dizer.
Essa situação levou-me igualmente a não duvidar da sua idoneidade para ocupar, como disse anteriormente, um alto cargo directivo no futebol português.
Do tipo, se ele está também você pode estar!

Jimmy Unhaca disse...

Amigo Cavungi, ainda ontem estive a profetizar com o Administrador sobre essa situação.
Chegamos concordantemente à conclusão que se tal se verificar o Sporting corre mesmo o risco de fechar as porta e por conseguinte a matraca.

JC disse...

Amigo Unhaca:
O único ALTO cargo que eu ocupo ou tenho pretensões a ocupar no futebol é um dos lugares da última fila da minha bancada do Municipal de Coimbra quando está a chover.
Aí sim, fico no lá no ALTO para não apanhar chuva.

cavungi disse...

Amigo Jimmy,
Isto (o blogue) com o 5º lugar, tornou-se num "deserto de lagartos".
Só mesmo o JC para dar a cara.
Claro que o caro JC tem a vantagem de não ter visto o jogo e não ter assistido á já famosa "Mão de Paraty" que nos impediu de chegar á justa vitória!

Antes morto que vermelho disse...

xungo: o zé pedro no tempo do trapalhonni marcou um golo á lampionagem... será que não interessa á lampionagem contratá-lo? não estamos perante (mais um) salvador da pátria? não há parecenças entre ele e o JB?

vais alinhar na campanha do costa, e vais para o curral apanhar cócó de pombo? são €0.10 cada bostinha...

JC disse...

Amigo Pianista Cavungi:
"Mão de Paraty" não.
Mãos.
"Mãos de Paraty".
Ao que consta, porque eu não vi o jogo, nem o Dia Seguinte, nem o Trio de Ataque, de forma qu não posso opinar sobre a arbitragem.

JC disse...

Uma pequena renovação no meu perfil.

Antes morto que vermelho disse...

xungo: deserto de lagartos e murro de recordações lampiónicas...

cavungi disse...

Amigo JC
Um novo visual impróprio para menores!
Não consigo ver bem, mas parece-me uma foto com alguém a pegar de empurrão!

cavungi disse...

Mas nós ainda temos boas razões para recordar!
E a lagartagem vai recordar-se de quê?
Dos 7 a 1!
Sim, e que mais!
Da derrota caseira na final da taça UEFA?
Da eliminação pelo Gençlerbirlichi?
Do dia de luto do futebol nacional, com direito a uma passeata com caixão e tudo?