terça-feira, novembro 18, 2008

Livro de Reclamações

1 - Manuel José é uma daquelas personalidades que desperta sentimentos extremos: ou se adora ou se odeia!
Eu pertenço a este último grupo.
Apesar do seu espírito independente, é demasiado boçal.
Não obstante, sou forçado a reconhecer o brilhantismo da sua carreira africana.
A conquista de quatro Ligas dos Campeões Africanos é feito digno dos mais rasgados encómios.
Ainda que o Europeísmo tolde a percepção das façanhas de Manuel José, o certo é que foram proezas singulares.
Nunca ninguém atingiu nada de semelhante!

2 - Soube-se que a Liga Sagres perde cerca de mil adeptos por jogo.
Esta semana, numa partida disputada na Segunda-Feira à noite, o Belenenses registou a sua melhor assistência da época.
Bastou tornar os preços dos bilhetes mais acessíveis.
Para reflectir!

3 - Quique Flores tem-se assumido como uma lufada de ar fresco no estereotipado futebol português.
Rompeu com o habitual discurso formatado de jogadores e treinadores.
Antes e depois dos jogos, fala de futebol.
Sem remoques aos rivais ou discursos redondos, analisa o jogo e explica as suas opções.

4 - Outra dissemelhança tem marcado o consulado de Quique: a racionalidade na gestão das expectativas.
Dos jornais ao Presidente do clube, existe uma evidente tendência para empolar as virtudes e minorar os defeitos do Benfica.
Quique tem mantido a coerência.
Quer ganhe, quer perca revela idêntica insatisfação e semelhante ambição de melhorar.

5 - Ademais as naturais cautelas que devem rodear quaisquer intervenções públicas, Quique tem razões objectivas para assim proceder.
Consistência e equilíbrio são notas arredias da equipa que está a construir.
Tal como o seu potencial de crescimento.

6 - Em 4 meses de trabalho, Quique definiu um modelo de jogo, mas demora a encontrar o sistema que melhor potencie as qualidades dos seus jogadores.
Nos últimos jogos, preteriu o 4x4x2 clássico com que iniciou a temporada em favor do 4x4x2 losango.
Parece-me uma opção assisada!
Não obstante ser o sistema mais exigente, é aquele que maior equilíbrio aporta às transições defensivas e ofensivas.
Favorece uma melhor e mais racional ocupação dos espaços o que beneficia e muito a dinâmica global da equipa.
Permite potenciar o melhor de Aimar. Colocado atrás dos avançados e à frente de um tridente de médios sujeita-se a um menor desgaste físico (desde logo, porque é chamado a percorrer um espaço mais reduzido) e surge na melhor posição para, através de diagonais curtas ou movimentos de ruptura entre linhas, assistir os elementos mais avançados.
Oferece critério aos movimentos com e sem bola, possibilitando correr menos, mas com mais acerto.
Incrementa a posse de bola e promove a eficácia defensiva, ancorada esta nas acções dos médios-interiores e na cobertura posicional do médio mais recuado ao eixo central (quando o Benfica abdicou da vertente clássica do 4x4x2, frente ao Aves e ao Estrela da Amadora, a posse de bola ultrapassou os 60%).

7 - Vantagens estas que se reflectem na sua eleição como sistema táctica por excelência da Liga Sagres.
Com excepção de Porto, Naval e Trofense, que elegem o 4x3x3 como sistema prioritário, as restantes equipas da Liga Sagres optam pelo 4x4x2 losango.

8 - Jesualdo excluiu-se da supra apontada regra, afirmando-se como treinador de um só sistema táctico, qual seja o 4x3x3.
Sempre que trilhou outros caminhos, perdeu-se!

9 - Paulo Bento e Manuela Ferreira Leite partilham da mesma dificuldade em lidar com a pressão mediática.
Vai daí, quando chamados a intervir publicamente, predominam, quase sempre, os dislates.
Apetece perguntar: Por qué no te callas?

10 - É inegável a magnificência das prestações leixonenses no presente campeonato.
Hoje por hoje, apenas uma interrogação sobra: e depois de Janeiro?
Sem Wesley, China, Braga e, muito provavelmente, Beto, como será?

11 - Na Terça-Feira, Portugal goleou a Espanha por 4-1, em jogo particular na categoria de Sub-21.
Numa tendência tão portuguesa multiplicaram-se os elogios à selecção nacional e, muito particularmente, a Orlando Sá.
A recente crise de resultados nos escalões de formação transforma o mais efémero dos sucessos na mais relevante das conquistas.

12 - O jovem avançado bracarense concretizou um hat-trick que foi o bastante para que muitos lhe profetizassem uma carreira brilhante, chegando mesmo a vaticinar estarmos perante o futuro ponta de lança da selecção nacional A.
Espero que a absurda exaltação da sua performance não condicione o seu crescimento futebolístico.
Qualidades tem, mas convém não exagerar!

13 - A imprensa desportiva nacional deu, esta semana, mais um exemplo de paupérrimo jornalismo.
Não por falta de isenção ou imparcialidade, apreciações sempre eivadas de subjectividade, mas por falta de labor, de conhecimento e estudo.
Realizou-se em Marrocos mais um "Jogo da Pobreza".
Na partida sobressaíram, entre outros, Makukula e Tariq, autores de um bis cada.
A generalidade da imprensa desportiva portuguesa logo noticiou que dois jogadores a actuar em Portugal se haviam assumido como as figuras do encontro.
Acontece que Tariq não é Tarik.
Bem sei que o jogo se disputou em Marrocos, mas um bocadinho de pesquisa evitaria tamanha gaffe.
O Tariq em causa alinha na equipa espanhola do Puertollano e, ao que se sabe, nem sequer é parente do Tarik portista.
Não havia necessidade!

36 comentários:

antes morto que vermelho disse...

uma questão: qual a razão de nos palpites não estar o jogo do fcp?

antes morto que vermelho disse...

uma conclusão: se quique tem o azar de ser campeão, o que será dele? será canonizado em roma?

Vermelho disse...

AMV:
O jogo foi adiado para Dezembro.
Nessa ocasião, será colocado a palpite.

JC disse...

Só tenho uma palavra (sublinho, uma palavra) para descrever o que está a acontecer à Selecção Portuguesa no reinado de Queirós:
Descalabro!
Vergonha!
Miséria!

O capital acumulado graças a Scolari esfumou-se enquanto o diabo esfrega um olho.
Perdeu-se tudo: identidade, consistência, fio de jogo, envolvimento dos adeptos, tudo!
Como é possível?

Forca Queirós!

antes morto que vermelho disse...

bermelho: sabe porquê?

Vermelho disse...

AMV:
Não sei, mas gostava de saber, uma vez que não foram adiantadas quaisquer razões.

Amigo JC:
Com Scolari havia isso tudo?
Envolvimento dos adeptos reconheço que sim, mas identidade, consistência e fio de jogo será que havia?
Ou não terá sido por não haver que tão dificilmente nos qualificamos e que tão precocemente fomos eliminados?

Vermelho disse...

Amigo JC:
Ontem, foi tudo mau!
Mau não, péssimo!
Queirós começou por estruturar mal a equipa.
A sua aversão pelo 69 e a opção por Paulo Ferreira para a esquerda contribuíram e muito para o descalabro.
Abdicou de um 6, fazendo alinhar Tiago e Maniche a par um do outro, e abdicou de um 9, fazendo alinhar Danny na 1ª e Ronaldo na 2ª como homens mais avançados.
Perdeu agressividade defensiva e profundidade ofensiva!
Paulo Ferreira à esquerda foi um buraco.
4 dos 6 golos nasceram da sua falta de cobertura.
Nunca atinou com o posicionamento.
Fechou demasiado dentro, abrindo uma imensa avenida na ala.
Depois, Pepe, Deco e Ronaldo exibiram-se em plano paupérrimo.
Pepe revelou uma insegurança extrema, Deco passou ao lado do jogo e Ronaldo confunde futebol com freestyle.
Por fim, Quim deu uma ajudinha nos golos de Maicon e Elano.

JC disse...

Amigo Vermelho:
Havia, claramente, no Euro 2004 e no Mundial 2006.
Na qualificação para o Euro 2008, é verdade que faltaram em alguns jogos tais atributos, daí a difícil qualificação. Fruto, penso eu, da introdução de novos jogadores.
Mas eles voltaram já em pleno Europeu, nos dois primeiros jogos com a Turquia e com a Croácia.
Depois veio aquele célebre jogo com a Suíça (?) em que entraram os suplentes e veio o anúncio da saída de Scolari.
A partir daqui, a selecção desconcentrou-se e teve uma má prestação no jogo com a Alemanha.
Mesmo assim, não fora Ricardo e penso que poderíamos ter tido outro resultado.

De qualquer forma, o que está a suceder com a selecção actualmente é o descalabro total!
Empatar em casa com a Albânia, mamar 6 golos do Brasil, constante rotação de jogadores, falta de uma dinâmica de vitória, discurso pobre e nada motivador de Queirós...
Enfim, andámos muitos, muitos passos para trás.

Vermelho disse...

Amigo JC:
O que é claro para ti, para mim não o é.
Para além do Envolvimento dos adeptos e, em alguma medida, identidade, não me parece que com Scolari alguma vez tivesse havido consistência e fio de jogo.

JC disse...

Amigo Vermelho:
Sei que divergimos neste particular, mas há que reconhecer alguns bons jogos efectuados pela nossa selecção na era Scolari.
Lembro-me particularmente dos jogos realizados no Euro e no Mundial com a Holanda, Inglaterra, Espanha e Turquia.
E lembro-me dos particulares que realizámos com o Brasil, um deles, então, que foi um grande espectáculo de futebol.
E depois Scolari tinha outra coisa que em Queirós funciona ao contrário, desde o tempo em que perdeu 3-6 com o Benfica por tirar o Paulo Torres do SCP: acertava nas substituições, que geralmente marcavam golos, o que revela profundo conhecimento dos jogadores.

Enfim, Amigo Vermelho, gostava mais de estar aqui a dizer que ainda bem que Queirós pegou na selecção, que deu um passo em frente em relação ao Scolari, que pôs a nu as debilidades do brasileiro, que agora é que jogamos bem, etc. etc.
Mas, infelizmente, não posso proferir tais afirmações.

JorgeMínimo disse...

Cavalheiros:

O jogo do FC Porto foi adiado, de comum acordo com o Estrela, por causa da ida ao Brasil da selecção e porque o FC Porto tem que jogar na 3ª feira para a Champions. Como teria que jogar no sábado, os jogadores teriam pouco tempo para descansarem, se contarmos com a viagem para cá.

JorgeMínimo disse...

Cavalheiros:

Não vi o jogo da equipa do Queirós, daí não fazer comentários exibicionais. Apenas dizer que fiquei satisfeito com o resultado. Espero que esse porco nojento seja corrido com alcatrão e penas o mais depressa possível.

Vermelho disse...

Amigo JC:
Como bem sabes, não fui partidário da solução Queirós.
Fazer bons jogos não é sinónimo de consistência ou fio de jogo.
Aliás, os que referes demonstram, precisamente, o inverso de tão espaçados que foram entre si.
Scolari é tema profundamente discutido neste blog.
Ad nauseaum.
Existem diferenças de perspectiva inconciliáveis entre nós neste particular.

JC disse...

Amigo Vermelho:
Citei os jogos que me lembro, das fases finais - a que nós costumávamos ir.
Não me recordo dos jogos de qualificação para o Mundial de 2006 para poder citar algum como exemplo.
Nem me lembro já do nosso grupo de qualificação para esse Mundial.

Mas Scolari é passado.
O que conta, agora, é o presente e o presente chama-se Queirós!
E, com ele, não vamos a lado nenhum.

antes morto que vermelho disse...

forca queiros!!

regressa artur jorge!!!

Mestrecavungi disse...

Amigo JC,
Não posso opinar muito sobre o jogo dado ter adormecido aos 5-2.
Sei que levámos 6.
Mas para descrever o trabalho do Sr Carlos á frente(?) da selecção, resumia, não numa só palvra, que podia ser:Incomprtência;Vergonha;Miséria;Descalabro;Traição ou estupidez, mas descrevia-a numa só frase:
Ó Carlitos, vai mas é trabalhar!
E para mim o que é claro, é o que é escuro, para o nosso bom amigo Vermelho!

Scolari Sempre!
Carlitos nunca nais!

Mestrecavungi disse...

Amigo Minímo,
è por estas e por outras que depois admiram-se quando levam seis do Brasil ou 4 em Londres.
Então os animais não tinham tempo para descansar????
Robinho,Elano,Andersson, Nani e até o Ronaldo não jogarão no sabado?
Van Persie, Torres e toda a selecção Inglesa não jogam tambem no sabado?Jogaram ontem pelas suas selecções.
Que falta de profissinalismo e de vontade de trabalhar!
Que falta de rigor!
Que tristeza!

Mestrecavungi disse...

Macaco:Lí hoje num Pasquin que o plantel do SLB será encurtado em Janeiro.
Pensamos vender Makukula.
Até aqui tudo bem.
Mas a noticia diz o seguinte:
"A SAD encarnada admite negociar abaixo da clausula de rescisão fixada em 40 Milhões de euros".
Vá lá, quem quiser levar o Makukula não precisa pagar os 40 milhões.Par aí uns 32/33 devem chegar...

Vermelho disse...

Amigo Cavungi:
Já agora, o que é que para ti é claro e para mim escuro?

Vermelho disse...

Amigo Cavungi:
Como disse supra, "Não sei, mas gostava de saber, uma vez que não foram adiantadas quaisquer razões."
Todavia, desconfio que a verdadeira razão do adiamento não é a referida pelo Mínimo.
Acaso fosse em idênticas situações o procedimento teria sido o mesmo!
Os salários em atraso e a possibilidade de greve são a verdadeira razão!
Vaí daí, para prevenir males maiores, António Oliveira pediu e PC, como também convinha ao Porto, aceitou e creditou um favor.

Zex disse...

Ou seja, contra o Benfica jogam com fome.
Já contra o FCP têm que estar alimentados, não vão eles distrair-se e perder...
Se PC concordou fez mal. Ronaldo, Elano, Robinho, Anderson, Deco, atc. jogam, no sábadop, porque não os meninos do FCP !
Curioso que quem agora critica o Porto, são os mesmos que criticaram Jesualdo, no ano passado, quando arrasou a postura da U. Leiria que amuou porque o FCP não quis adiar o jogo, após competição europeia.
Na altura concordei com Jesualdo, logo hoje sou contra o adiamento.

Mestrecavungi disse...

Amigo Vermelho,
O que para mim é claro, é que Scolarí foi o melhor seleccionador da historia do futebol português!
Isto para tí é escuro.
Já o sabemos "ad nauseaum".
E o que é claro para ambos (os dois) é que não queriamos o Sr Carlos á frente (?) da selecção.E o que é escuro para mim e tambem para ti são os motivos do adiamento do jogo do FCP.
Por acaso penso que os motivos são aqueles a que o Minimo fez refência.
O adiamento foi noticiado no domingo passado...
Aquele abraço

Vermelho disse...

Amigo Cavungi:
Scolari melhor que Manuel da Luz Afonso/Otto Glória?
O adiamento foi noticiado há mais tempo.
No exacto momento em que teria que o ser por forma a inviabilizar o anúncio do pré-aviso de greve.

Mestrecavungi disse...

Amigo Vermelho,
Mas tambem te digo, que gostei mais da ultima vez que ví o sr Carlos a levar 6.
Foram 6-3 e não 6-2 mas foi muito mais engraçado!

Mestrecavungi disse...

Ah bom!
Se é contra os grevistas, já sou a favor do adiamento...

Mestrecavungi disse...

Melhor!
O Otto glória tinha o Eusebio para marcar golos.O Scolari tinha o Postiga!

Mestrecavungi disse...

E que opinião tem os meus amigos sobre o novel treinador do Queens Park Rangers, cujos co-proprietários são Flavio Briatorre e Bernie Eccleston.
Paulo Sousa na Divison One!

antes morto que vermelho disse...

a falta que paulo sousa vai fazer na selecção... já aqui há tempos, cuspi para o ar, o nome do paulo sousa, só que toda a gente gozou, até o xungo vomitou que antes queria a cristina mohler.

xungo: só para te informar que o carro de corridas do fcp ganhou a última prova em que participou... quando no estoril ficou em último, foi um fartote a gozar, quando ganha é o silêncio total... enfim como diz o nunca, mais do mesmo, o ressabiamento é uma dfoença contra a qual não se pode lutar...

Mestrecavungi disse...

Macaco,
Não sabia que tinha havido corrida!
Então parabens ao Françês Gommendy!
Ou Go Mendy!

JC disse...

Amigo Cavungi:
Grandes casquinadas larguei com o teu 4º comentário a contar deste meu.
Já não foram bem casquinadas que larguei ao ler o teu 3º comentário a contar do fim.

Quanto à disputa Otto Glória vs. Scolari, não vejo grande diferença entre eles em termos de resultados.
Sendo certo que Otto Glória tinha o que é considerado o 2º melhor jogador de todos os tempos - Eusébio.

JC disse...

Face aos novos comentários do Amigo Cavungi, altera-se a numeração que há pouco enunciei.

O comentário das casquinadas é o que está por baixo do Zex e o das não casquinadas é o que se segue ao do Amigo Vermelho.

AMV: o caro Amigo deve ser a única pessoa em Portugal que liga a essas corridas onde o FCP participa com um carro.

antes morto que vermelho disse...

xungo: tens que estar com mais atenção, e não tomares atenção só quando o marreta se despista, porque se ele lá está a nos representar, então é porque é bom, é certamente melhor que o vosso que, embora há-ja um carro não há piloto... e por falar nisto, que é feito do carro? ou era de esferivite e só foi feito para ser fotografado no vosso pasquim? ou era um coloni de 1991 que fou pintado á curralense (que trazia incluído o pedro matos chaves)?

antes morto que vermelho disse...

darcheville: eu não ligo mesmo nada, só que desta vez o pasquim deles até deu a noticia, eu até li e lembrei-me logo do xungo e das escarretas que aqui lançou há tempos.
e outra coisa darcheville, o pasquim deles não fez uma (ou duas) capa com o carro deles? o xungo não ficou logo todo contente? e hoje quem é que tem lá um carro (apadrinhado pelo vitor baía)?

Mestrecavungi disse...

Macaco:
Já te disse que o carro foi roubado pelo Vale e azevedo.
O nosso piloto era o Pedro Lamy!

Mestrecavungi disse...

Macaco:
17:00 - Fórmula 1
Valentino Rossi testou F2008 da Ferrari.
Achas que ele ainda irá para a F1?

Zex disse...

"Quique Flores tem-se assumido como uma LUVADA de ar fresco no estereotipado futebol português".
Uma pérola com um erro claro de escrita.
Não seria "lufada" ?
Quem diria, até o Sr. Todo-Poderoso precisa de um corrector !
Cavungi, empresta-lhe o africano !