terça-feira, julho 07, 2009

Jornalismo, Falcão e Formação

1 - Dois exemplos de como (não) se faz jornalismo em Portugal





2 - O Benfica desistiu de Falcão e, na minha modesta opinião, em boa hora o fez!
Quem, nas duas últimas épocas, jogando numa equipa de topo na Argenttina, apresenta um registo de 54 jogos e 21 golos, não me parece a melhor opção.
Quem, no último ano, tem sido segunda escolha na selecção da Colômbia, preterido por Renteria, não me parece a melhor opção.

3 - Os jornais desportivos rejubilaram.
Plantel fechado significaria ausência de espaço para "cenouras".
O espectro da descida vertiginosa das vendas pairou por instantes sobre a imprensa escrita portuguesa!

4 - Esta desistência podia ser aproveitada para dar uma oportunidade a Elkeson.
A sua evolução assim o exige!

5 - João Alves abandonou o comando técnico da equipa de juniores do Benfica.
Uma decisão que aplaudo!
Nos escalões de formação, mais do que os resultados, importa contribuir para a evolução técnica e táctica dos atletas.
E, neste particular, Alves esteve longe de realizar um bom trabalho nas duas épocas em que dirigiu a equipa de juniores.

6 - João Couto seguiu idêntico destino.
Discordo! Pelas mesmíssimas razões que apoio a substituição do "luvas pretas".
Quem viu jogar a equipa de juvenis constatou, com facilidade, a qualidade e a competência do desempenho de João Couto.

7 - A reestruturação em curso tem de salvaguardar a permanência de Bruno Lage, Luís Nascimento e Nuno Maurício.

2 comentários:

VermelhoNunca disse...

Estes jornalistas lampiões não têm mesmo vergonha.
Resposta do administrador Costa:
"Sobre Denis (Nápoles) e Berg (Groningen), jogadores colocados na rota do Benfica, escusou-se a fazer considerações, mas o mesmo não sucedeu em relação a Ibrahimovic, avançado sueco do Inter, sobre o qual foi questionado. «Estamos a brincar? Falemos de coisas que sejam possíveis.»

J.Lobo disse...

Amigo Vermelho,
Devo dizer-te que em relação á não-vinda do sr Falcão estou em absoluto e total acordo contigo.
Primeiro porque foi-lhe apresentada uma proposta e deram-lhe um tempo para responder.
Mas o sr Falcão estav muito indeciso.
Put* que o p*riu!
E depois quem é Falcão?
Antes de ser noticia por ser interesse do SLB alguém o conhecia.
Eu não!
Depois concluí-se que o super departamento de prospecção do FCP somos nós.
Para além de ser um atestado de menoridade e de incompetencia passado a els próprios esta fobia do FCP em desviar jogadores do SLB é o reconhecimento que afinal temos "olheiros".
Só por sí não conseguem descobrir grande coisa.Que pobreza de espirito.
O Jardel fomos nós.
O Deco fomos nós, e depois o LFV deu-o ao FCP.
O Yuran fomos nós.
O Kulkov fomos nós.
O Mourinho fomos nós, e depois o LFV deu-o ao FCP.
O Cebola fomos nós, e depois o LFV deu-o ao FCP.
O Alvaro Pereira fomos nós.(E Quem é AP?)
O Falcão fomos nós.
Que fiquem com mais este sul-americano que pode ser que lhes sia um novo Bergessio.Ou um novo Balboa.Ou ainda um Makukula da América Latina.
Tenho a firme esperança que a "1ª escolha" não seja agora esse merdas do Dennis do Nápoles, que jogou e mal contra nós o ano passado.
37 jogos e 8 golos é muito fraquinho.
Marcus Berg seria uma aposta mais acertada!

Um abraço