quinta-feira, abril 23, 2009

Um Apanha-Bolas muito especial...

Na partida entre Hapoel Haifa e o Bnei Lod, a contar para a segunda divisão israelita, estava o resultado empatado a zero, quando um apanha-bolas decidiu "intervir" no jogo.
Os de Haifa ensaiaram uma transição rápida pela esquerda, através de um passe em profundidade, mas o guarda-redes do Bnei Lod saiu dos postes, antecipou-se e foi à linha lateral cabecear a bola para fora.
Neste instante, o "gandula", no dizer do saudoso Wilson Brazil, de seu nome Ofek Mizrachi atirou, de imediato, uma outra bola na direcção de um jogador do Hapoel, que, prontamente, a lançou para um companheiro fazer golo, quando o guarda-redes adversário ainda regressava à baliza!
Uma preciosa e inestimável "assistência", que, para mal dos pecados dos aficionados do Hapoel Haifa, acabaria por não conhecer o devido reconhecimento no resultado final.
Apesar do meritório esforço de Ofek Mizrachi, o Hapoel Haifa terminou derrotado por 1-2...

9 comentários:

JC disse...

Amigo Vermelho:
Continuo sem net no trabalho e o ritmo deste não me vai permitir, de futuro, continuar a participar no blogue como o fazia.
Com muita pena minha.
Não obstante, não deixarei de por aqui passar já em casa, ou ao fim da tarde, para dizer de minha justiça.

A propósito do teu livro de reclamações de ontem, oferece-me a dizer o seguinte:

Desconhecia que Calabote tinha falsificado o relatório do jogo e que Paixão tinha feito o mesmo.
Mas do que li no teu artigo, as situações parecem-me totalmente diferentes, até opostas.

Calabote falsificou o relatório do jogo para encobrir as ilegalidades que tinha cometido durante o jogo que arbitrou.
Tentou camuflar a sua actuação de favorecimento do Benfica.
Foi o culminar da sua "actuação" nesse dia.

Paixão falsificou o relatório porque lhe pesou a consciência.
Sabia que a raiva de Paulo Bento era legítima, porque prejudicou o SCP.
Num rebate de consciência, não teve coragem para contribuir para uma grave punição do Paulo Bento, escrevendo no relatório as palavras que o treinador do SCP lhe tinha dirigido, provocadas pela sua actuação desastrosa.

Por isso, Amigo Vermelho, parece-me que as situações são de cariz completamente diferente.

Vermelho disse...

Amigo JC:
Essa da "falsificação" do Calabote para encobrir o favorecimento do Benfica, salvo o devido e muito respeito, só se for para rir!
Independentemente da opinião que tenhamos sobre a arbitragem de Calabote no Benfica-CUF, sendo certo que todas são fundadas nos relatos da época, o certo é que a "falsificação" imputada a Calabote radicou, como disse, na hora de início, da duração do intervalo e do tempo de compensação da partida Benfica-CUF
Sinceramente, não vejo como estas alegadas "falsificações" visaram "encobrir as ilegalidades que tinha cometido durante o jogo que arbitrou.
Tentou camuflar a sua actuação de favorecimento do Benfica."

Quanto ao BP, dizer que não vejo quando e como prejudicou o Sporting em Guimarães.
Para além do golo de Carriço ter sido bem anulado, como unanimemente consideraram os opinion makers do Jogo, que tanto gostas de citar, foi poupada a expulsão a Derlei.
Por outro lado, pergunto-te: em que outro jogo, dos que faltam disputar, poderia ser menos importante a presença de Moutinho do que o de Sábado com o esfomeado Estrela?

p.s. Agradeço a atenção, a estima e a consideração de, mesmo assoberbado de trabalho, não deixares de aqui me visitar e de deixares o teu comentário.
Muito Obrigado!
Aquele abraço.

antes morto que vermelho disse...

noticia do CM:
O curralense, pela 1 vez desde que dumbo orelhudo é presidente, não pagou os ordenados a tempo e horas, pagando apenas os atrasados de março.
e depois ainda arrotam que o dumbo saneaou as dividas da curralada...

Joao Pedro disse...

Pela primeira vez desde que Luís Filipe Vieira assumiu a presidência do Benfica (Outubro de 2003), o plantel recebeu os salários com duas semanas de atraso. O CM sabe que os jogadores sempre tiveram os salários à disposição entre os dias 5 e 8 de cada mês, mas razões de ordem orçamental e a falta de receitas originaram um problema que só ontem acabou por ser solucionado.




Fontes dos encarnados contactadas pelo CM notam que um conjunto de razões estiveram na base da falta de liquidez, que causou preocupação em alguns dirigentes. O orçamento, de trinta milhões de euros, a eliminação precoce das competições europeias, a massa salarial e, em especial, a conjuntura económica mundial, tem impedido a concretização de um empréstimo de papel comercial de 40 milhões de euros, que já foi aprovado pela Assembleia Geral da SAD, em Janeiro último.

Apesar do ‘sim’ dado pelos accionistas, a situação no mercado não permitiu o avanço da operação, dado que, segundo as fontes contactadas, confrontaria a SAD com juros a preços proibitivos. Embora o grosso desse dinheiro estivesse destinado a pagar outro empréstimo, de 25 milhões de euros, contraído em 2007, os 40 milhões permitiriam às águias enfrentar sem sobressaltos os compromissos com o plantel, quando faltam cinco jornadas para o final do campeonato. A Liga é a única prova que resta ao Benfica, mas sem estar na luta pelo título – o FC Porto tem oito pontos de vantagem –, os dirigentes não esperam grandes receitas.

LionHeart disse...

Caro Administrador:
1 - Vale e Azevedo rasgou contratos (diz-se e escreveu-se, diz Vª Exª).
Soares Franco rasgou contratos, na expressão de Vª Exª.

E Vª Exª fala de "Double Standard", ou duplo padrão, doravante, já que não se entende a necessidade do estrangeirismo.

Não sei se Vª Exª tem filho(s) ou filha(s).
Para efeitos teóricos presumamos que Vª Exª seja pai de um rebento evidentemente extremoso.
Isso torna-o igual ao Castelo-Branco, por exemplo, já que ambos fizeram o mesmo neste caso, um filho?

Comparar o presidente Soares Franco com o foragido que presidiu aos destinos do seu clube é uma das formas básicas que sustenta o duplo padrão, a saber a generaliuzação maldosa da realidade igualando duas parcelas mínimas de aconmtecimentos diferentes e generalizando-as para o restante da realidade aplicável. Só por burrice ou má-fé. Como não o tenho em nenhuma destas categorias, só poderá ter sido distracção.

2 - Quanto ao propalado inbteresse e obsessão do Sporting pelo seu clube, não comento. Não me interessa.
Eu olho para a freente e para cima. E aí, como de costume, o maior clube do mundo e arredores não entra.

Jimmy Jump disse...

O papado de Pinto Corrupto será estendido, porque ele não tem medo de ninguém.
Às tantas, aquando da elaboração do discurso pediu uma ajudinha ao seu amigo de Gondomar.
Faltou apenas o “Quantos são? Quantos são?”

Plissken disse...

Mas pagou ou não pagou?
Vão mas é á merdinha...

sondagensgloriosas disse...

Participa no blogue sondagensgloriosas.blogspot.com respondendo a questões pertinentes sobre o Glorioso Benfica e sugere perguntas para serem colocadas em sondagem.

A opinião de todos os Benfiquistas é fundamental.

JC disse...

Amigo Vermelho:
Só para que conste, não cito os ditos "fazedores de opinião" - e aqui secundo o meu Colega de clube Lion Heart, estrangeirismos para quê? - há mais de um ano, e se não estou em erro, não os citei mais de duas ou três vezes - se tanto.
O meu caro Amigo é que os cita amiúde.

Quanto ao golo anulado ao SCP, gostava de ouvir um comentário teu à atitude do Bruno Paixão, tal qual as imagens televisivas o evidenciam: vê a falta, não a marca nem faz menção de a assinalar, deixa a jogada toda decorrer, e só marca falta depois de Carriço ter marcado o golo.