segunda-feira, novembro 19, 2007

Livro de Reclamações

Como hoje me apetece falar de futebol puro e duro, aqui vai:

a) - Segundo a generalidade dos órgãos de comunicação social, parece que Paulo Bento se apresta para abdicar do seu sacro-santo 4x4x2 em losango em detrimento do 4x2x3x1.
Terá jogadores para interpretar o novo sistema táctico?
Não tenho dúvidas que sim!
Não terá profundidade, mas tem no plantel jogadores que podem alinhar nas alas -Izmailov à direita e Vukcevic à esquerda.
O principal problema que Paulo Bento enfrenta na consolidação deste sistema táctico repousa na ausência de alternativas credíveis ao russo e ao montenegrino.
Para além de Pereirinha, pura e simplesmente, não há!
Paulo Bento construiu o plantel sob a matriz 4x4x2 em losango e do 3x5x2 como sistema alternativo, ou seja, duas ideias que não contemplam a existência de extremos!
Quer num caso, quer noutro a profundidade pelas alas decorre das penetrações verticais dos laterais.
Já o 4x2x3x1 não só pressupõe a existência de extremos como os elege à condição de principais interprétes do processo ofensivo.
Esta alteração do paradigma táctico assume-se como uma verdadeira revolução, tantas e tão grandes são as diferenças entre o presente e o eventual futuro.
Assim, não creio que, em semana de selecções, Paulo Bento arrisque a estreia em Matosinhos da nova roupagem táctica.
A suceder, o mais provável será que aconteça nos jogos caseiros frente a Leiria e Dínamo de Kiev.
Veremos se Paulo Bento irá mesmo enveredar por este caminho.
Eu desconfio que não!

b) - O médio Darren Fletcher admitiu, na semana passada, que todos no Manchester United estão impressionados não só com a inegável capacidade técnica de Anderson, ex-FC Porto, mas também com a capacidade de adaptação do jovem internacional brasileiro.
«Estou bastante impressionado pelo modo rápido como Anderson se adaptou a uma nova cultura e estilo diferente de jogar», realçou Fletcher, em declarações à imprensa inglesa.
Em termos de capacidade técnica e física o médio escocês também elogia Anderson: «ele joga quase sempre ao primeiro toque e também é forte fisicamente.»
Eu também!
Quando se concretizou a sua transferência para o Manchester United, múltiplas dúvidas quanto ao seu triunfo me assaltaram.
Não pelas suas qualidades futebolísticas, que são inegavelmente muitas, mas pelo sistema táctico de Ferguson.
Olhando o 4x5x1 de Ferguson, não descortinei onde poderia caber o futebol repentista de Anderson.
Num sistema que não prevê lugar para o clássico 10, aquilo que Anderson sempre foi em Portugal, onde poderia Ferguson encaixar o brasileiro?
A resposta mais óbvia e imediata seria como quinto homem do meio-campo, no espaço entre-linhas atrás do ponta de lança.
Sim, está bem, mas a matriz biométrica e futebolística dos seus antecessores desmente rapidamente essa possibilidade.
Quais as semelhanças entre Anderson e McClair, Cantona, Scholes ou, agora, Tevez?
Nenhumas!
Anderson não é jogador para aparecer em zona de finalização, apoiando o ponta de lança.
Anderson é ou era, essencialmente, um jogador explosivo em direcção à área contrária.
Partindo do meio do meio-campo adversário e nunca das imediações da área, sob pena de lhe faltar tempo e espaço.
No seu primeiro jogo no Manchester, Ferguson foi, ainda, mais longe, ao colocá-lo na frente, ao lado de Tevez.
Claro está que Anderson não podia responder satisfatoriamente.
Demasiado perto da baliza e da marcação do central adversário, Anderson não foi mais do que uma fotocópia mal tirada do talentoso futebolista que a todos havia encantado no Mundial de Sub-17.
Adensaram-se os temores do falhanço, ergueram-se as vozes clamando embuste, mas Ferguson não esmoreceu.
Lançando mão de artes de prestidigitador, Ferguson "inventou" um lugar para Anderson.
Anderson nunca precisou que à sua volta se criasse um deserto para brilhar.
Pelo contrário, nunca fugiu dos confrontos físicos e Ferguson viu aí a sua centelha.
Senhor de uma compleição física invulgar em jogadores da sua nacionalidade, da sua idade e das suas caracteríticas, Ferguson conseguiu ver nele um potencial médio de transição.
Nunca antes se havia visto Anderson organizando o processo ofensivo a partir do 2º momento de construção, mas Ferguson acreditou na viabilidade da solução e ganhou claramente a aposta.
Anderson assume agora funções muito mais exigentes em termos tácticos e posicionais, mas a todo este acréscimo de responsabilidade tem respondido de forma plenamente satisfatória, com uma entrega fantástica.
Ferguson criou um novo jogador, mais completo e igualmente talentoso.
O futuro promete!

47 comentários:

VermelhoNunca disse...

Anderson beneficiou na lesão de Paul Scholes, e adaptou-se bem à nova posição do meio-campo. Penso, no entanto, que com o regresso do inglês, voltará ao banco, sendo no entanto uma opção muito válida para o MU.

vermelho disse...

Amigo Nunca:
Neste momento, Anderson e Scholes são compatíveis.
Não ocupam o mesmo espaço.
Veremos o que fará Ferguson.

p.s. viste ontem o Trio d´Ataque ou na 2ª o Bola é Redonda?

vermelho disse...

Amigo Zex:
As Caxinas são um bairro de pescadores em Vila do Conde, do qual são naturais André, Paulinho Santos e Postiga, entre outros.

VermelhoNunca disse...

ONtem vi o Trio de Ataque sim.

vermelho disse...

Amigo Nunca:
"Comparar o acto de Scolari com o deste assassino não lembra a ninguém."
E, não é que, para além de me ter lembrado a mim, lembrou aos comentadores do Bola é Redonda e ao caríssimo consócio do meu estimado amigo, Rui Oliveira e Costa, que a propósito disse entender o castigo como manifestamente exagerado se comparado com o aplicado a Scolari.
Concluiu dizendo que comparado com o do Binya, o castigo do Scolari foi um rebuçado...

Antes morto que vermelho disse...

sobre a lagartagem não falo, sobre táticas acho um assunto chato!

sobre o andersson, dizer apenas que a lampionada, agora que ele saiu do fcp e já não é uma "ameça", lhe reconheçe o valor que ele sempre teve. todavia quando chegou a portugal 5.5M achavam-no um jogador banal, o resto, 0.5M, embora o tenham reconhecido como um excelente jogador, nunca o admitiram. os demais 4M (os que não têm aquelas palas nos olhos), onde se incluiu tripeiros e lagartos, entre outros, nunca questionaram o valor do andersson.

JC disse...

Concordo com o Amigo Vermelho.
Penso que Paulo Bento dificilmente abandonará, como sistema principal, o seu já famoso 4-4-2 em losango.
Desde que Bento pegou na equipa, tem sido esse o sistema usado na esmagadora maioria das situações e tem sido a jogar assim que o SCP tem tido os seus melhores desempenhos.
As 2ªs voltas que realizou nas duas anteriores épocas, com uma série de jogos conseutivos a ganhar e sem sofrer golos, mostraram que, afinado, o 4-4-2 do Paulo Bento produz bons resultados.
Este ano, a saída de jogadores fundamentais da equipa, como Ricardo, Caneira, Tello e Nani, e a consequente necessidade de integração de novos jogadores, a que acresce a má forma de jogadores nucleares como Veloso e Moutinho, e a má forma também de Yanick, têm dificultado a afinação da equipa, que acabou a época passada em tão boa forma, a jogar, precisamente, em 4-4-2.
Penso que quando Paulo Bento conseguir fazer a integração completa dos novos jogadores e recuperados aqueles dois elementos do meio campo, a equipa poderá atingir níveis próximos dos que exibiu o ano passado.
Não obstante, há que reconhecer que o plantel é demasiado curto e que a qualidade de alguns reforços deste ano está ainda por provar. Had, Purovic e mesmo Gladstone ainda não justificaram as suas contratações.
Por outro lado, falta quem se afirme como líder da equipa, tarefa que, no ano passado, era desempenhada tanto por Ricardo como por Caneira.
Enfim, carências em demasia, e que poderão comprometer a época mas que não serão causa para implementar o dito 4.2.3.1, até porque, como diz o Amigo Vermelho, o SCP não tem jogadores para isso.

VermelhoNunca disse...

E daí, amigo Vermelho? O que me quer transmitir com o seu comentário? Que há mais gente que pensa como o amigo? Eu sei disso. Na minha opinião não são actos comparáveis. Mas mesmo que fossem , o amigo preferia que , só porque Scolari, na sua opinião foi mal punido, que Binya também o fosse? Porque insistir na teoria que Scolari foi suavemente castigado de nada adianta, é passado.
Porque não refere também o exemplo de Weah, que ontem se recordou, para afastarem suspeitas de castigo com teor rácico. Recorda-se da pega do liberiano com Jorge Bicho.
Porque, e uma vez mais, porque o amigo levantou o programa de ontem, não fala que houve comentadores que referiram que Binya foi castigado pelo que fez em Portugal e não foi punido, e pelo que fez em Glasgow?

vermelho disse...

Amigo JC:
Concordo no essencial com a tua análise, mas permito-me acrescentar que entendo que, este ano, o Sporting também não tem os jogadores ideias para o 4x4x2 em losango.
Izmailov é mais um ala do que um médio interior de transição e Vukcevic mais um ala ou 10 do que médio interior de transição.
O 4X2X3X1 seria o esquema que melhor se adaptaria às características do 4 titular do meio-campo leonino.
Todavia, para além destes 4, as alternativas aptas a servir aquele esquema táctico não abundam.
Penso que Bento não conhecia profundamente as características de Izmailov e Vukcevic quando deu o seu aval à sua contratação.
Não que o seu valor esteja em causa, mas os seus predicados encontram melhor campo de expressão noutro sistema que não o 4x4x2 losango.
Acresce que a colocação do Izmailov no vértice direito do losango tem empurrado Moutinho para o esquerdo, lugar em que rende infinitamente menos.
Por outro lado, o 4x4x2 losango é um sistema que exige uma excelente leitura de jogo e uma excelente condição física aos médios interiores.
Basta ver que a ocupação dos espaços é muito mais natural no 4x3x3 ou no 4x4x2 tradicional do que neste sistema.
Caso os interiores não percebam quando devem bascular para a ala ou para o centro ou não consigam fisicamente fazê-lo, o sistema cria muitos problemas.
Muitos problemas ofensivos e defensivos.
Penso que este tem sido o problema do actual Sporting.

vermelho disse...

Amigo Nunca:
Não se trata de haver pessoas que pensam como eu!
Disso não tenho dúvidas!
Trata-se apenas de qualificar um assunto como totalmente descabido e depois constatar que a discussão dos opinion maker´s se centra precisamente nesse ponto!

vermelho disse...

Amigo Nunca:
Insistes que eu entendo que Binya foi exageradamente castigado!
Já o disse e reafirmo que não!
É correctíssimo!
O de Scolari é que não!
Esse sempre foi o meu ponto!

vermelho disse...

Amigo Nunca:
"não fala que houve comentadores que referiram que Binya foi castigado pelo que fez em Portugal e não foi punido, e pelo que fez em Glasgow?"

Essa afirmação foi feita pelo Rui Moreira em tom irónico.
Aliás, não podia ser de outra forma, tal a enormidade que constituiria produzir uma afirmação dessas com foros de seriedade!

JC disse...

Amigo Vermelho:
Talvez esteja aí, de facto, o actual problema do SCP.
Confesso que poucos jogos vi este ano e não conheço bem tanto o Vujecik como o Izmailov.
Parecem-me jogadores com boa capacidade técnica mas não sei, de facto, qual a posição ou sistema de jogo a que melhor se adaptam e em que mais podem render.

vermelho disse...

Amigo Nunca:
"Porque não refere também o exemplo de Weah, que ontem se recordou, para afastarem suspeitas de castigo com teor rácico. Recorda-se da pega do liberiano com Jorge Bicho."

Weah é um daqueles exemplos que apenas o é na aparência.
Passo a explicar:
Pela notoriedade que alcançou, Weah deixou de sofrer os constrangimentos que a condição de negro acarreta para os indíviduos desta raça.
Jogou no PSG, no Milan e no Chelsea, foi eleito Melhor Jogador de África, ganhou a Bola de Ouro e foi eleito, pela FIFA, o Melhor Jogador do Mundo em 95.
Alcançou um estatuto e uma projecção mediática que a sua condição de negro não releva.
Aliás, foi precisamente o seu estatuto que determinou o seu castigo.
O seu e o do Zidane!
Por isso, escrevi "só posso estar de acordo com Cavungi e Camacho: Binya foi punido desta forma por ser preto e não ser famoso!"

Zex disse...

É verdade que Anderson começou a jogar porque o Paul Scholes se lesionou. Mas também o Michael Carrick se lesionou. Assim, o meio campo central passou a ser formado pelo Anderson e pelo Owen Hargreaves. Carrick já está bom e não entrou na equipa. Quando Scholes ficar bom, é certo que Ferguson o colocará a jogar, já que se trata de um grande jogador e de grande confiança do treinador. A questão que se coloca é se sai Anderson ou Hargreaves. Um é inglês, internacional e tem aí uns 26/27 anos. O outro é brasileiro, nacionalidade maldita no Man U, e tem 19 anos. Vamos ver o que faz o treinador

JC disse...

Amigo Vermelho:
Quanto ao castigo aplicado a Binya, o Benfica não chegou a interpor recurso da punição de que aquele foi alvo?

VermelhoNunca disse...

Amigo Vermelho, recordei-me de um outro exemplo, de como os maus hábitos em Portugal, levam os jogadores a tomarem atitudes insensatas no estrangeiro. Binya em Portugal dá pau de meia noite, sempre com a conivência dos árbitros. Lá fora foi o que se viu. E depois ainda acrescenta que vem habituado ao futebol africano...
Há uns anos atrás, Fowler, então a jogar no Liverpool, num jogo contra o Everton, após marcar 1 golo, ajoelhou-se e fingiu snifar uma linha de coca, por cima da linha final. Isto após ter sido provocado pelos adeptos do Everton, que lhe chamaram drogado.
Castigo: 4 jogos de suspensão.
Há uns tempos atrás, Petit, num encontro no Norte de País, não sei se contra o Guimarães, foi provocar os adeptos adversários, com gestos que indiciavam que a equipa adversária tomava doping, apontando para a veia. Existiu castigo a Petit? Se sim, qual foi?

vermelho disse...

Amigo JC:
Desconheço!
Face às declarações dos responsáveis do Benfica, seria normal que tal tivesse sucedido, mas o certo é que a imprensa nada disse sobre o assunto.

JC disse...

Amigo Nunca:
Esse jogo de que falas não foi contra o Rio Ave ou o Penafiel?
E Petit fez o gesto para a veia ou disse mesmo no "flash interview" que os jogadores parecia que tinham tomado qualquer coisa?
Esse tal gesto para a veia não foi o Nuno Gomes que o fez, num jogo, acho com o Braga?

Cuto disse...

É pela capacidade de "fazer" jogadores que eu entendo que o Cristiano Ronaldo do Manchester não tem nada a ver com o Cristiano da selecção. No Manchester Cristiano é um muito bom jogador,tanto no aspecto individual como no aspecto de jaogador de equipe.Na selecção é muitas vezes um elemento altamente prejudicial à equipe .

VermelhoNunca disse...

Amigo JC, eventualmente é como o amigo diz. A questão é apenas que em Portugal esse tipo de atitudes passa impune. Assim como o futebol "africano" de Binya. Depois admira-se de ter sido expulso num jogo da Champions, com o árbitro a escrever que nunca tinha visto uma entrada assim na sua vida( e este pormenor é fundamental para o castigo da UEFA, assim como o relatório do árbitro do jogo contra a Sérvia, que defendeu Scolari, o foi).

JC disse...

Amigo Nunca:
Andei a pesquisar na net e verifiquei que, de facto, foi o Nuno Gomes que, durante o jogo Braga 3-SLB-0 de há dois anos, fez um gesto simulando que os jogadores bracarenses "tinham metido para a veia".
Foi punido com 450 euros de multa.

Também verifiquei que Petit, de facto, no final de um jogo efectuado contra o Rio Ave, em que o Benfica perdeu, disse que os jogaodres da equipa de Vila de Conde tinham tomado um incentivo.
Não descobri se recebeu algum castigo por isso.

holtreman disse...

Não compreendo como ainda se fala desse animal Binha passado tanto tempo. Um ser repugnante de um clube ainda mais repugnante.

Apesar das visitas diárias, já não participava há bastante tempo neste blog, provavelmente o mais tendencioso do Mundo(apesar do disfarce, que é o que irrita).

Felizmente, os vigilantes Nunca, Macaco, Jean Claude e Zex, não dormem e desmascaram diariamente as incoerências doentias do Autor.

Desta forma, começaram já a surgir as birras e amuos do Sr. Autor, ameaçando até com períodos de reflexão e "assim não vale a pena" e " se falam mal vou-me embora" e tal, etc...

Enfim, o veradeiro Kadhafi Cibernético, este Sr. Autor.

JC disse...

Amigo Nunca:
De qualquer forma, o que eu digo em nada contraria o essencial da ideia do teu comentário, que é a de que para situações deste tipo, a nossa justiça desportiva é branda, ao contrário do que sucede em Inglaterra, onde se defendem melhor os valores do "fair play" e da lealdade desportiva.

Amigo Cuto:
Concordo com o seu comentário.
Os nossos jogadores, na selecção, querem exibir-se, e abusam do individualismo em detrimento do colectivo.
Ronaldo sabe que, no Manchester, se não jogar para a equipa arrisca a daltar para o banco.
Na selecção, armam-se em vedetas. Aí, Scolari não deixará de ter a sua quota de responsabilidade, pois que tem de conseguir "domesticar" os meninos, fazendo-os cientes de que, caso não joguem para a equipa, podem recolher ao estaleiro.
Ultimamnte, tal não vem sucedendo.

vermelho disse...

Amigo Nunca:
Parece que a questão já foi respondida.

VermelhoNunca disse...

450 euros de multa, amigo JC. A multa a Fowler, não sei se existiu por parte da Fedaração Inglesa. Penso que por parte do Liverpool existiu. Mas apanhou 4 jogos de castigo, coisa impossível cá nas nossas bandas.

cavungi disse...

Exmo Sr. Holtreman,
Como já deve ter reparado, o Administrador do espaço, bem como a sua horda clubistica, cagam em sí!
Em sí e na sua pretensa vontade de igualitarismo no tratamento dos temas.
Aqui o blogue é encarnado!
Aqui o blogue é macho!
Não gosta?
Coma menos!

VermelhoNunca disse...

Atenção amigo Tinoco, não entendi essa do blog ser encarnado, do blog ser macho. Alguma questão pendente com José Castelo Branco, adepto do seu clube, o levam a essa atitude de afirmação sexual?

holtreman disse...

Tinha de aparecer o incómparável pateta do Dicionário Guineense em defesa do seu Mestre.
Este Binhas Virtual do EnCavu está cada vez pior. Vai aprendendo umas palavras novas ao ler aqui o seu mestre e pensa que já é Doutor.
Afinal deve ser este, o tal menino que vai ser doutor.

cavungi disse...

Amigo Nunca,
"aqui o blogue é encarnado" quis referir-me á linha editorial do blogue!
E ser Encarnado é coisa de macho!

cavungi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
VermelhoNunca disse...

Amigo Tinoco, é mesmo a isso que me refiro. A linha do blog claro está que é encarnada. Nada a apontar a isso. Agora , segundo me diz, ser Encarnado é ser Macho. Não sei onde pretende chegar com essa afirmação. Segundo a sua opinião é condição mínima para ser lampião ser macho. Assim sendo, estou esclarecido.

cavungi disse...

Holtreman = Porco Racista!
Qual é o seu problema com os Guineenses?
Foi um deles que lhe tratou da das suas caries dentárias?
Foi um Guineense que lhe corrigiu o entrenadegueiro enquanto esteve perdido na selva Africana?
Foi um Guineense que lhe deu esse "andar novo"?

Antes morto que vermelho disse...

este caxungo é mesmo o rei da cavalice! razão tem o holt! copia umas merdas da net e pensa que escreve, mas não, só arrota!
ser lampião é ser macho? só se fôr nos camarões na selva do bynia, onde os machos batem e o castelo-branco se oferece.

holtreman disse...

Exacto amigo AMV.
Aliás, gostaria de felicitá-lo, AMV, pelos seus constantes comentários, sempre esclarecidos, honestos e justos, a punir quem deve ser punido e a chamar à razão os pacóvios que tudo engolem.

É notável a sua persistência, apesar da não se fazer sentir, para já, nenhuma melhoria na dpoença aguda do guineense analfabeto nem do Kadhafi Cibernético.

VermelhoNunca disse...

Macaco, de facto a afirmação de Tinoco é no mínimo rídicula. Mas você sabe do que a casa gasta.
"Ser Encarnado é coisa de Macho"

Dava um bom título para uma música do lampião António Manuel UHF Ribeiro.

holtreman disse...

" Ser Encarnado é Coisa de Macho ".

Ora cá está uma citação desse poeta Guineense, de nome Cavuntchu.

Depois de meses e meses, depois de disparates atrás de disparates, eis que atinge o clímax da sua criatividade literária, e brinda-nos com esta citação memorável.

cavungi disse...

Bem, pelo menos com o "tema Macho", v.exas deixaram por minutos o pobre do Binya em paz.
O "monstro de Glasgow" descansa um pouco!

cavungi disse...

Holtreman: Depois de v.exa ter aqui insultado, bastas vezes, o seu novo lider espirirual AMV vulgo macaco, passou agora a venerá-lo?
V.exa é muito volátil!è pró lado que lhe dá mais jeito!
Também deve ser hermafrodita!

holtreman disse...

Este poeta, já laureado com o prémio Bobel, pela Academia da província guineense de Chongwene, quera agora insinuar um falso desentendimento entre mim e o estimado AMV.

Confirmo, que existiram , no passado, algumas trocas de ideias um pouco menos carinhosas, porém, cedo percebi que AMV era alguém de valor, esclarecido, conhecedor e generoso.

cavungi disse...

Ok, Holtremanfrodita!
Esclarecido!

Antes morto que vermelho disse...

ou então a fáfá de belém em vez de vermelhão dizer "machão", o refrão seria qualquer coisa como "macho, machão, machinho"... e eles a aplaudir em pé, com t-shirts a dizer "I Swallow"

Antes morto que vermelho disse...

e previsões para hoje? eu penso que vai haver um factor determinante, que vai fazer pender o resultado do jogo: o Nulo vai jogar!!! (medo... muito medo)

Antes morto que vermelho disse...

só gosto do caxungo porque, á semelhança do bermelho, e um marreta que vêm aqui todos os dias, dar a cara (com a sua t-shirt "I Swallow"), para ser enxovalhado durante todo o dia.
o bermelho com aquelas palavras pseudo-elaboradas, é uma espécie de joe berardo! não se percebe a ponta de um corno do que diz, o caxungo ao menos é pateta e nem sequer diz alguma coisa, arranja um conjunto de disparates, barbaridades, mentiras e alarvidades e arrota-as "á brava"!

cavungi disse...

Macaco: ÉS a alma deste espaço!
És o maior!

JorgeMínimo disse...

Caro Primata:
Gostei da comparação do Vermelho com o Berardo, penso é que vai haver amuo e lá vai aparecer o "Brother, man és o maior, etc..."

JorgeMínimo disse...

Caro Primata:
Será que o Vermelho também comprou um "mine-caixotinhe"?