segunda-feira, dezembro 03, 2007

Vedetas&Marretas

Vedetas

Porto, Jesualdo e Quaresma pela vitória e pelo golo na Luz;

Leiria e Vítor Oliveira pelo empate em Alvalade;

Ulisses Morais e a Naval pela terceira vitória consecutiva;

Cajuda e o Guimarães pelo terceiro lugar na Liga Bwin;

Káká e Ronaldo pela conquista da Bola de Ouro e da Bola de Prata, respectivamente;

Vizela pela liderança da Liga Vitalis;

Penafiel pelo expressivo triunfo em Fátima;

Portimonense pela vitória no derby regional frente ao Olhanense;

Atlético Madrid pela vitória em Sevilha diante do Bétis;

Carlos Martins pelos dois golos obtidos frente ao Saragoça;

Inter pela vitória em Florença;

Lanus pela conquista do Torneio Apertura;

Sébastien Loeb por se ter sagrado tetra-campeão do Mundo de Ralis;

Mikko Hirvonen por ter vencido o Rali da Grã-Bretanha;

Águas Santas pelo triunfo na Madeira em jogo a contar para a Liga de Andebol;

Marretas

Camacho e Benfica pela derrota frente ao Porto;

Paulo Bento e Sporting pelo empate frente ao Leiria;

Polga pelo penalty desperdiçado e Patrício pelo erro que permitiu o golo leiriense;

Paulo Costa pela inenarrável expulsão de Makukula;

Valência e Koeman pela expressiva derrota caseira frente ao Atlético Bilbau;

Cúper e Bétis por mais uma derrota caseira desta feita frente ao Atlético Madrid;

Corinthians pela despromoção à Serie B do Brasileirão;

Selecção Nacional de Voleibol por não ter sequer atingido as meias-finais do Torneio Pré-Olímpico de Qualificação para Pequim;

Madeira Sad pela derrota caseira frente ao Águas Santas;

34 comentários:

JC disse...

Amigo Vermelho:
Sugestões minhas para a categoria das Vedetas e dos Marretas:

VEDETAS:
Ovarense, por mais uma vitória na Liga de Basquetebol, continuando a liderar a respectiva fase regular.

MARRETAS:
F. C. Porto pela derrota por 4-1 em Liverpool;
Stepanov, responsável directo por tal derrota;
Madeira, SAD, pela derrota caseira frente ao Águas Santas em andebol, por 25-30;
F. C. Porto, pelo empate concedido em casa frente ao Beleneses am andebol.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vermelho, por não ter acompanhado, pode informar-me o que se passou com Makukula?

Antes morto que vermelho disse...

bermelho: se o cristiano tem uma menção pela bola de prata, porque é que o kaka não está também nessa lista?


já agora um esclarecimento: se a próxima jornada da champions é toda na próxima semana, porque é que o grupo do sl pombal joga hoje?

jean claude: acordou com azia? porquê esse ódio cego ao fcp?

JC disse...

Caro AMB:
Ando com muita azia, de facto, por razões óbvias.
Mas não é por isso que indico o Porto para os Marretas.
Todas as situações a que aludo me parecem merecedoras de fortes marretadas, independentemente das minhas descargas biliares.

vermelho disse...

Amigo JC:
Não incluí a derrota do Porto em Liverpool dada a sua vitória subsequente frente ao Benfica e também porque não importou consequências classificativas no imediato.
O resultado do Porto em andebol foi obtido frente a um outro candidato ao título, razão pela qual não lhe fiz menção.
O resultado do Madeira Sad desconhecia e irei incluir.
aquele abraço.

amigo nunca:
o lance que ditou a expulsão de Makukula foi inacreditável!
Livre sobre a direita, bola na área a sobrevoar Makukula e Frechaut e Paulo Costa apita falta contra o Marítimo.
Acto contínuo, exibe o 2º amarelo a Makukula!
As imagens demonstram que inexiste fundamento para a punição!
O Makukula não fez ou disse para ser amarelado!

AMV:
O grupo do Benfica joga hoje devido à participação do Milan no Mundial de Clubes e KáKá não está na lista simplesmente por não ser português.

VermelhoNunca disse...

Jarra para esse Costa, apelido aliás muito habitual nas vergonhas da nossa arbitragem.

vermelho disse...

Amigo JC:
Não irei incluir a menção à Ovarense, apenas porque teria que ter idêntico procedimento relativamente aos restantes líderes das diversas modalidades.
aquele abraço.

JC disse...

Amigo Vermelho:
Obrigado pelos esclarecimentos e pela inclusão da Ovarense na rubrica das Vedetas.

Quanto à derrota do Porto em Liverpool, creio que a vitória posterior sobre o Benfica não apaga a imagem negativa que ficou desse jogo, particularmente a péssima exibição do Stepanov, até porque se tratam de competições diferentes, mas aceito obviamente as tuas explicações.

Amigo Nunca:
Agora temos um novo Costa na arbitragem: Rui Costa, que sucede a António Costa e a Paulo Costa.

Antes morto que vermelho disse...

bermelho: peço desculpa mas o lanus, é uma equipa portuguesa? o sebastien loeb é português?
será que me pode esclarecer quais os pressupostos, para se figurar na coluna das vedetas?

Antes morto que vermelho disse...

nunca: como perspectiva o jogo de hoje da lampionada?
será que o sébio vai optar pela vodka em vez do jb, e nesse caso já não tem que se agarrar á cornadura?
o tacolargo vai jogar e rematar?
os pasquins todos falam no jogo, num tom de "última esperança".

jean claude: uma vez mais a coluna de mst está excelente!!

VermelhoNunca disse...

Macaco, estou a ler a Bola Online. Curiosa leitura sobre o maior clube do mundo. Talvez seja bom Tinoco, Asas de Frango e outros que aqui pairam recordarem o passado recente do seu clube e não os tempos de Eusébio:
"Luta para não fazer história
Contas simples para o Benfica: a vitória significa seguir para os 16 avos-de-final da Taça UEFA; empate ou derrota significam adeus à Europa. Seria a primeira vez, depois dos dois anos de ausência das provas europeias (2001/02 e 2002/03), que as águias caíam antes do Natal."

Dois anos de ausência das provas europeias...que tal, para o maior clube do Mundo?

vermelho disse...

Amigo JC:
o comentário que fazia menção à inclusão da Ovarense nas Vedetas foi clonado, não sendo da minha autoria!
A célebre clonagem parece ter voltado a atacar.
Peço a quem quer que o tenha feito que se abstenha de tais comportamentos.

O Rui Costa já cá anda há alguns anos.
É irmão do Paulo Costa...

AMV:
Em relação ao futebol, tenho por critério fazer apenas menção individual a atletas portugueses, mas não seja por isso - irei incluir Káká!

JC disse...

Amigo Vermelho:
Queria aqui dar notícia da morte de uma figura muito típica da cidade de Coimbra, que deve ter sido a pessoa que mais cervejas me serviu durante os meus tempos de estudante: O Fernando, empregado do café Avenida, enormíssimo portista, que o Amigo Vermelho também conhecia.
A ele presto aqui a minha homenagem.

JC disse...

Amigo Vermelho:
Engraçado que até tinha lido o tal comentário clonado sobre a Ovarense no sentido de que ia ser incluída nas Vedetas, daí o meu agradecimento.
Só agora verifico que esse comentário era, afinal, no sentido oposto.

vermelho disse...

Amigo JC:
Essa notícia apanhou-me completamente desprevenido.
Estou em estado de choque.
O Fernando era uma das figuras mais carismáticas da Cidade de Coimbra.
Um bom homem, muito generoso e amigo do seu amigo.
A ele presto aqui a minha homenagem.

VermelhoNunca disse...

Conhecia o personagem que aqui referem, do Café Avenida, que também frequentei em inúmeras Queimas onde marquei presença.

JC disse...

Amigo Vermelho:
Se me permites, gostaria de aqui publicar esta notícia sobre a morte do Fernando:

"A notícia colheu de surpresa todos quantos, pouco antes das nove da noite, estavam no Café Avenida: o Fernando não resistiu e já não vai ser sujeito à intervenção de neurocirurgia que tinha marcada, em Lisboa, para o dia 17 de Dezembro. O dedicado empregado de mesa, que meia Coimbra conhece e se habituou a ter como amigo, morreu, assim, aos 61 anos, cerca de três semanas depois de ter sido internado, nos HUC, vítima de múltiplos aneurismas.
De seu nome completo António Fernando Pereira Soares, marcou uma época, na vida dos cafés de Coimbra. A sua vida foi passada no Avenida, na Afonso Henriques, onde esteve cerca de quatro décadas. Viu, por exemplo, nascer a boite etc..., ali mesmo em frente, praticamente quando começou a trabalhar. Viveu intensamente as emoções da crise académica e, depois, os tempos convulsivos da revolução. Muitas vezes até altas horas da manhã. A certa altura, vão lá quase 30 anos, um brutal acidente surpreendeu-o. Mas resistiu, depois de já ninguém acreditar que sobreviveria.
E voltou ao Avenida. Para recuperar o seu espaço de fumador inveterado, portista inflexível e cúmplice de muitas pequenas e grandes histórias da vida de todos e de cada um. Mas, a cidade e a sociedade não eram mais as mesmas e o Fernando não era apenas o bigodudo de bandeja no braço e cerveja a sair. A sua extraordinária dimensão humana é, por todos, reconhecida. Paz à sua alma."

http://www.asbeiras.pt/index2.php?area=coimbra&numero=52827&ed=04122007

Antes morto que vermelho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Antes morto que vermelho disse...

embora não o tenha conhecido, pelo que aqui li, a minha homenagem ao "Velho Fernando".
RIP!

JC disse...

AMB:
Irias adorar a personagem, se tivesses tido a oportunidade de beberes uns canecos no Avenida!

Antes morto que vermelho disse...

bermelho: não pretendo que inclua o káká, mas sim que me justificasse a inclusão do cristiano. aliás, penso que o cristiano merecia este prémio muito mais que o káká.
os lobbys dos italianos são muito fortes, contra alguma tentativa de lobby dos portugueses.
Por exemplo, há uma diferença brutal, entre o presidente da federação italiana e o "nossso" rastejante-peganhento.

cavungi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cavungi disse...

Uma grande marretada para Hugo Chaves, o autentico, não o Minimo, pela tentativa falhada de tornar a Venezuela num estado constitucionalmente socialista e assim perpetuar-se no poder!

cavungi disse...

Amigo Nunca,
Eu conheci também o Fernando quando fui á queima contigo?

Antes morto que vermelho disse...

caxungo: o que é que o venezuelano tem a ver com desporto? ah! é mais um dos teus vómitos...
caxungo: "Porque no te callas!"

vermelho disse...

Amigos:
Decidi criar mais um passatempo:

Acompanhará a Taça de Portugal e irá seguir o seu figurino.

Será disputado no sistema de eliminatórias

Na 1ª eliminatória, como são 21 os participantes no espaço Karamba, há que isentar um dos condóminos da sua disputa.
Por sorteio, a sorte calhou ao condómino Holtreman.

Assim, na 1ª eliminatória irão disputar-se 10 jogos.
Como tal, os apurados serão 11.
Todavia, tal número de apurados, não permite uma sequência de eliminatórias.
Deste modo e para que o número de apurados se cifre em 16, na 1ª eliminatória serão repescados os 5 perdedores melhor pontuados.

Esta 1ª eliminatória será disputada a 2as mãos, sendo que as restantes o serão apenas a 1a (tal destina-se a que o passatempo atinja os oitavos de final ao mesmo tempo que a Taça de Portugal e, assim, a acompanhe até final)

Na 1ª eliminatória, os jogos a palpitar serão aqueles em que participam as equipas da Liga Bwin.
Dos oitavos de final em diante, os jogos a palpitar serão os decorrentes do sorteio da Taça de Portugal.

Amanhã, irei publicar o sorteio.

cavungi disse...

Macaco do Kuborrado:Eu estou habituado a falar daquilo que me apetece.
Este é um espaço livre!
Bem hajas.

cavungi disse...

Marreta:
Vukcevic pelo seu ataque de panico!

JC disse...

Amigo Cavungi:
Se quiseres ver fotos do castiço Fernando para ver se te lembras dele, consulta este blog:

http://avenida1830.blogspot.com/2007/12/morreu-o-fernando.html

Se estiveste no Avenida a beber numa Queima das Fitas, duvido que te lembres...

cavungi disse...

Amigo Jus,
Sem cometer inconfidencias posso dizer-te que uma das vezes fui com o amigo Nunca numa sexta feira com planos para voltar a Lisboa no Domingo á noite, dado que 2ª feira trabalhava.
Voltei para Lisboa na 4ª feira á noite!
Aleguei doença súbita!

holtreman disse...

Vunge,
Sei bem o que são essas aventuras com o Nunca nas Queimas. Uma vez em Lisboa, era suposto ir até à bomba comprar cigarros e só parei em Coimbra. Autêntico rapto. Depois acabei por ficar 5 ou 6 dias.

Vermelho,
Obrigado pelo "sorteio".

JC disse...

Amigo Cavungi:
Também sem cometer inconfidencias e sem revelar, minimamente, os meus serões académicos na 1ª metade da década de 80 (1980-1985), costumava passar tais serões, em dias normais de semana, no café Avenida, onde gastava religiosamente 200$00 de cerveja.
Em dias normais, claro.
Na altura, a cerveja custava 25$00.
Só pedia a primeira.
As restantes eram trazidas pelo Fernando sem necessidade de as pedir.
Era hábito não se levantarem as garrafas de cerveja já consumidas, de forma que 4 pessoas deixavam ao final da noite - noite normal, repito - 32 garrafas de cerveja na mesa.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vungi, recorda-se, seguramente, na Figueira, quando o amigo se inicou na prática do golf...com canecas de cerveja.

Antes morto que vermelho disse...

xungo: já te disse que quando me borrro ou é para as sanitas ou então (tipo veronica moser, essa tua grande amiga)para a tua boquinha.
tu quando te borras é de medo!