terça-feira, abril 01, 2008

O FIM que não o era...

Obviamente, que o anunciado FIM era apenas a patranha alusiva ao dia 1 de Abril.
Agradeço, especialmente, ao mentor da ideia - Fura-Redes - da qual fui um mero executor e a todos quantos fizeram o favor de me ligar expressando a sua preocupação e o seu profundo pesar por tão trágico acontecimento.
Reafirmo o que escrevi na passada sexta-feira:
"Este blog acabará quando assim entender que deve acontecer e não sucederá enquanto os caros condóminos façam o favor de o visitar.
Ainda que o número de comentários e o nível da discussão tenham decrescido, continuo a escrever com gosto, condição essencial à manutenção do blog.
Gostava que a discussão se mantivesse tão viva quanto antes.
Esse objectivo depende apenas de todos e de cada um de nós, marcando presença e comentando e procurando divulgar o blog.
O nível dos comentários é decisivo na estimulação da participação.
O insulto constante causa saturação e desinteresse.
Tenho tido uma participação menos activa nos comentários devido a estar assoberbado de trabalho e por entender que me devo reservar para os post´s que diariamente redijo.
A minha reserva tem sido a salvaguarda da continuação do blog, pois só assim tenho conseguido encontrar força para o actualizar diariamente.
Se este blog continua a existir é, essencialmente, pela presença diária de todos vós.
Há muito que deixou de ser um projecto pessoal para ser um projecto partilhado com todos vós."
A todos o meu bem-haja!

3 comentários:

JC disse...

migo Vermelho:
Carregado de serviço, pouco tempo tenho tido para participar no blogue como gosto.
É assim que, são agora 23h16m, em casa, por aqui passo para ler as fresquinhas de amanhã.
E nesta rubrica, só não telefonei ao caro amigo a propósito do FIM do blogue porque logo vi tratar-se de uma brincadeira, como o disse no local próprio.
Mais depressa acreditava que o Cavungi tinha roubado a Vitória ou que o Chalana tinha cortado o bigode.
Ou mesmo que o Paulo Bento ia apostar em Stoikovic para a baliza do próximo jogo do SCP.
De qualquer forma, sempre dormirei mais descansado após ter lido este desmentido oficial.
Boa noite para todos.

cavungi disse...

Amigo Vermelho,
Afinal não acaba?
Era o que eu temia!
Só promessas!
E eu pensava que iamos silenciar o Macaco de uma vezs por todas!
Aquele abraço!

Antes morto que vermelho disse...

xungo/averell: estarei sempre a controlar os teus vómitos, "doía a quem doer"!