quarta-feira, março 18, 2009

Nem por brincadeira...

Comunicado - Sport Grupo Sacavenense

"Pela Verdade desportiva

No passado sábado dia 7 de Março a nossa equipa de Infantis A defrontou o Real
de Massamá, e constatou-se que pelo menos dois atletas desta equipa não tinham
aparência de jogadores deste escalão.
Neste mesmo encontro o Delegado da equipa do Real, não cedeu a constituição da
equipa ao nosso delegado com um argumento pouco convincente.
Durante o encontro as suspeitas transformaram-se em certezas e a indignação
resultante desta "batota" fez-se ouvir pelos diversos pais presentes que
assistiram ao encontro.
Perante estes factos resolvi fazer uma exposição á Associação de Futebol de
Lisboa sobre este caso.
Esperamos francamente que a associação averigúe este facto e possa no mínimo
repor a justiça nos resultados. Fica ainda a cópia dos mails enviados para a
Associação.

"Exmo. Sr. Director da Associação de Futebol de Lisboa

Serve esta minha exposição para denunciar aquilo que me parece ser uma
estratégia para deturpar a verdade desportiva.

No passado dia 7 de Março a equipa do Sacavenense recebeu no seu estádio a
contar para a 4ª jornada da fase final do campeonato da associação de futebol de
Lisboa em Infantis 11 a equipa do Real de Massamá.
E foi evidente a presença entre os jogadores do Real de Massamá de atletas que
não podiam constar no escalão referente ao escalão em causa (nascidos em 1996 ou
1997). A exemplo do que fazemos com todas as equipas solicitámos ao delegado do
Real de Massamá que nos fornecesse a constituição da equipa com os objectivos
de:

1º Anunciar ao microfone do estádio as constituições dos intervenientes na
partida.

2º Publicação no nosso blog destas constituições.

Esta nossa pretensão foi prontamente negada com argumentos pouco claros, o que
nos fez suspeitar da realidade dos jogadores inscritos na ficha de jogo.
Perante estes factos e perante o desagrado de todos os que assistiram ao
encontro nada mais nos restava fazer do que solicitar á Associação de Futebol de
Lisboa que averigúe este caso.
Relembramos que é a verdade desportiva que está em causa, mas mais do que isso é
a própria segurança dos atletas que fica em risco, pois ter atletas com este
porte físico (obviamente de idade muito superior a 14 anos) a competir contra
atletas de 11, 12 e 13 anos é no mínimo arriscado.
O Sport Grupo Sacavenense, solicita ainda que lhe seja enviado uma cópia da
ficha de jogo da equipa do Real Massamá para que possa saber os nomes que nela
constavam.
Estou em querer que os nomes de alguns atletas não correspondem aos mesmos.
Podendo isso ser provado através das fotos que foram tiradas por adeptos da
nossa equipa, quando comparadas com as fotos existentes na Associação.
Aguardamos resposta a esta exposição, e aproveitamos para informar que iremos
dar conhecimento aos órgãos de comunicação social deste facto. Bem como o facto
de irmos publicar o conteúdo deste mail no nosso Blog."





Enquanto praticante assisti a muitas situações similares à aqui denunciada, mas, ingenuamente, pensei ser uma estratégia há muito erradicada.
Afinal, estava completa e redondamente equivocado...

4 comentários:

Mestrecavungi disse...

Amigo Vermelho,
Não vás mais longe.
Pedro Mantorras tem 31 anos e não 25 ou 26 como se pensa.
Foi denunciado por Van Gaal num mundial sub-16 qualquer, pois já o conhecia dos tempos em que Mantorras foi prestar provas.
Ganhou 5 anos quando foi para o Alverca de Luis Filipe Vieira...

VermelhoNunca disse...

Também me recordo de assistir a cenas do género quando praticante. As imagens são totalmente esclarecedoras.
Quanto a Mantorras, amigo Cavungi, não interessa a idade dele. Não joga.

ÀBenfica disse...

Infelizmente também convivi com isto em andebol... Vergonhoso.

JC disse...

É também o caso da Lili Caneças.
Tem 100 anos, parece que tem 90 e apresenta-se como se tivesse 80.