terça-feira, março 31, 2009

Portugal - África do Sul 2-0


A África do Sul foi o barbeiro que Queirós tanto necessitava!
Perante uma oposição demasiado frágil para merecer sequer tal epíteto, Portugal fez dois golos.
De pouco mais serviu mais este particular sob o alto patrocínio da Nike.
Ah! Desculpem serviu para, durante 17 minutos, a selecção nacional ser capitaneada por um brasileiro!

2 comentários:

JC disse...

Amigo Vermelho:
Fortes agitações na minha vida profissional - de que já te terão chegado os ecos, com certeza, mas por cuja confirmação, "preto no branco", vou aguardar - têm-me impedido de fazer pelo menos o habitual comentário ao artigo do dia.

Sobre este "post", porém, apraz-me dizer que ainda não deve ser desta que o Gravatas vai cortar a sua barba.
É que apesar de Portugal ter ganho o jogo por 2-0, um dos golos foi obtido por um defesa da África do Sul!
Assim, não conta!

Vermelho disse...

Amigo JC:
Face ao desespero, estou convicto que até meio golo chegava...
Aquele abraço.

p.s. Amanhã, ligo-te.