quarta-feira, setembro 19, 2007

Análise ao Sporting-Manchester United

LIGA DOS CAMPEÕES - 1.ª JORNADA (GRUPO F)

SPORTING-MANCHESTER UNITED

Estádio José Alvalade, em Lisboa
Hora: 19:45
Árbitro: Herbert Fandel (Alemanha)

SPORTING
Stojkovic, Abel, Tonel, Polga, Ronny; Miguel Veloso, João Moutinho, Romagnoli e Izmailov; Liedson e Yannick Djaló

Suplentes: Tiago, Gladstone, Paredes, Farnerud, Pereirinha, Vukcevic e Purovic

Treinador: Paulo Bento

MANCHESTER UNITED
Van der Sar, Wes Brown, Rio Ferdinand, Vidic e Evra; Carrick, Scholes, Nani, Cristiano Ronaldo e Ryan Giggs; Rooney

Suplentes: Kuszczak, Piqué, Evans, Anderson, Eagles, Saha e Tevez

Treinador: Alex Ferguson

Golo: Cristiano Ronaldo (61 m)




E tudo Ronaldo levou!
A este nível, uma falha é determinante.
Um erro, um golo.
Vitória da eficácia e do cinismo.
O Sporting dispôs das duas melhores oportunidades de golo, ambas superiormente negadas por Van der Sar, e merecia o empate.
Sem abdicar do já tradicional losango, Paulo Bento introduziu ligeiras alterações no onze inicial, regressando Izmailov ao posto de médio interior esquerdo em detrimento de Vukcevic, ao mesmo tempo que, pela primeira vez esta temporada, Yannick surgiu como companheiro de Liedson.
Bento procurou aportar mobilidade e velocidade.
Por seu turno, Alex Ferguson promoveu o retorno de Wayne Rooney à frente de ataque, apoiado por Giggs, Cristiano Ronaldo e Nani.
Com Van der Sar na baliza, Evra recuou para defesa esquerdo, juntando-se a Vidic, Ferdinand e Wes Brown, os quais tinham à sua frente Scholes e Carrick.
Na primeira parte, imperou o equilíbrio, pese embora a melhor ocasião tenha pertencido a Liedson, que "obrigou" Van der Sar a uma defesa monumental.
Aliás, diga-se em abono da verdade que o triunfo inglês se ancorou na extraordiária exibição protagonizada pelo guarda-redes holândes.
O Sporting cedo se apoderou do domínio e do controlo da partida face a um Manchester apenas resultadista, que preferiu sempre a segurança ao risco.
Todavia, nunca conseguiu materializar o seu ascendente, não obstante o modo digno e esforçado como se exibiram os seus jogadores, com especial destaque para Miguel Veloso, imperial no centro do terreno.
Com Cristiano Ronaldo e Nani bem abertos nas alas e com Carrick demasiado recuado, o "diamante" leonino impunha-se na zona central do meio-campo.
O domínio do Sporting não conhecia reflexo em reais oportunidades de golo, uma vez que o Manchester apresentava uma impecável organização defensiva, que não concedia espaços.
Ferguson percebeu o problema e tratou de o conjurar através da deslocação de Nani e Ronaldo para espaços mais interiores de forma a ajudarem na recuperação da bola a meio-campo.
Aí, o predomínio leonino decresceu e o jogo encontrou o ponto de equilíbrio, que havia de o caracterizar até ao intervalo.
Não obstante e fruto de um início autoritário, no final da primeira parte, o Sporting emergia com mais posse de bola (53%) e como a equipa mais rematadora (nove remates contra três do Manchester).
Para a segunda metade, qualquer um dos treinadores manteve o onze inicial, mas Ferguson alterou a carta de intenções da sua equipa.
Surgiu menos retraído, menos contido e mais disposto a procurar a vitória.
Deste modo, não estranhou que o jogo tenha começado mais aberto e ofensivo.
Por outro lado, fez Carrick subir no terreno para se encostar a Miguel Veloso e, assim, soltar Scholes para um apoio mais directo ao ataque.
Uma alteração que se veio a revelar fatal para as aspirações leoninas e que não tardou a traduzir-se em golo.
Scholes encontrou Wes Brown totalmente livre no lado direito. Com tempo para pensar e decidir, cruzou com precisão para a entrada fulgurante de Cristiano Ronaldo que fugiu à marcação de Abel e bateu Stojkovic, em mergulho, de cabeça.
Um golo que abalou de sobremaneira a confiança leonina.
Um duro golpe, até porque terá sido a primeira grande oportunidade de que o Manchester beneficiou na partida.
O Sporting sentiu a desvantagem e não mais se viu aquela equipa acutilante da primeira parte.
O fulgor inicial tinha desaparecido, pese embora o denodo e a audácia de Paulo Bento, que abdicou do losango em favor de um 3x4x3.
Em vantagem, o Manchester soube gerir o jogo e beneficiando dos espaços concedidos pelo sistema táctico de risco adoptado pelo Sporting construiu algumas chances para dilatar o score.
Ainda assim, seria o Sporting a criar a mais flagrante das oportunidades da segunda metade.
Aos 78 m, Miguel Veloso cruzou para a área e surgiu Tonel a cabecear, obrigando Van der Sar a uma defesa excepcional.
Foi o canto do cisne leonino.
Cristiano Ronaldo fez a diferença ao aproveitar um dos poucos dislates (falta de marcação) da defesa leonina, mas o Sporting fez um bom jogo e bem merecia o golo do empate.
Nota final para o deplorável estado do relvado, impróprio de um jogo da Champions.

87 comentários:

JorgeMínimo disse...

Caro Sr. Administrador:
Pela primeira vez, desde que participo no blog, tenho que concordar com o teu comentário ao jogo. Pena a última frase, tinha que vir a facadinha do lampiãozinho! Já agora podia ter lembrado um Sporting-Mónaco, esse sim um péssimo "relvado", que não é digno de uma Champions.

JorgeMínimo disse...

Caro Zex:

"Zex disse...
Força Man United !
Força Ronaldo !
Força Scholes !
Força Giggs!
Atrasa Polga !"

Parabéns pela vitória.

JorgeMínimo disse...

Caros Condóminos:
O impensável aconteceu, Deus foi despedido! Os tempos do anti-cristo no Chelsea começaram. Curiosamente o Inter perdeu na Turquia e no fim-de-semana passado o Figo deu um pontapé num placard. Vamos ter um "La donna é mobile" cantado em italiano para o Mourinho?

JC disse...

Caro Mínimo:
Espero que o "buffet" de ontem após o jogo tenha compensado a desilusão da derrota.
Que, como noutras ocasiões, foi injusta: o SCP jogou melhor do que o adversário, teve mais oportunidades, merecia, pelo menos, o empate, o melhor jogador do MU foi Guarda-Redes, etc., etc., etc.
O que é certo é que o SCP, "as usual", perdeu, e não me lembro já de nenhum jogo, pelo menos para as competições europeias, em que o SCP tenha tido uma ponta de sorte!
Esperemos ao menos que este ano tudo corra o contrário do ano passado: começamos a perder mas acabaremos a ganhar.
Força SCP!

cavungi disse...

Meus caros,
Sei de fonte segura que o INEM foi chamado á zona VIP do batatal de Alvalade no final da partida, para assistir, a dois adeptos lagartos que se sentiram mal,,devido ás alarvidades cometidas num vulgar buffet.
Caiu-lhes mal.
Engasgaram-se e vomitaram.

vermelho disse...

amigo mínimo:
estou antes a perspectivar uma troca directa entre a FPF e o Chelsea!
Acho que o timing da saída de Mourinho do Chelsea não foi inocente...

cavungi disse...

Para mim no futebol, há dois tipos de equipas.
O que ganham e os que perdem.
O Man.United a meio gás ganhou.Jogou melhor, é melhor.Isso já se sabia.Se ganhou por um ou por 5 é irrelevante.Ganhou.
O Sporting perdeu bem.
Nunca esteve perto de conseguir a sua 14ª vitória em jogos dos campeões.
Finalmente percebi qual é o tal sistema alternativo do Paulo Bento, a opção B.
Pontaé prá frente que ela entra.Bem diferente da opção A.
Tudo a trás em quadrado condestável, um pontapé (só um)
prá frente, um golo do levezinho e tudo prá trás outra vez.
Um génio este Paulo Bento. Pelo menos desde que acabou os estudos em Rio Maior.

VermelhoNunca disse...

Concordo em absoluto com a análise ao jogo por parte do nosso administrador.
Amigo Cavuvu, não vomitei, mas pode crer que da próxima vez que o faça, procuro-o, e com todo o gosto, vomito-lhe em cima.

VermelhoNunca disse...

Iluminado Cavungi, e no futebol não há os que empatam?
Você não conhece esse resultado? Os seus disparates empatam-me o raciocinio.

cavungi disse...

Macaco:O impensável aconteceu: Ganhámos á Itália em rugby.
Só levámos 31-5.Não achas que é uma exelente "vitória" para o desenvolvimento da modalidade em Portugal?

cavungi disse...

Amigo Vermelho,
Seria bom, mas este não é o Timing do Specvial one para a seleção.Só a quer depoisc dos 50 anos, como o tem dito repetidas vezes.
Rijkard estará seguro?
E Mancini?
Inglaterra tem espaço/equipa á sua altura ou das suas ambições?

cavungi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
VermelhoNunca disse...

Inteligente Cavungi; o seu desprezo pelo desempenho da selecção de rugby já me dá vontade de vomitar.
Não tem mais nada para fazer? Porque não inicia uma conversa privada com o Macaco? Noutro espaço, que não este. Haja pachorra!

cavungi disse...

Amigo Nunca,
Como sabes sou grande apreciador da modalidade.
Só não gosto de transformar derrotas copiosas em vitorias morais.

Zex disse...

O comentário está razoável, embora do Man U se destaque apenas o seu guarda-redes, o que é uma injustiça brutal para com o Ronaldo, que fez um excelente jogo. Realizou três ou quatro jogadas de grande qualidade e marcou um golo.
Não me parece, também, que o Sporting tenha feito um grande jogo. É certo que o Van der Sar fez duas grandes defesas, mas não resultaram propriamente de um domínio avassalador do Sporting, como perpassa da crónica.
Diria, tal como o professor projectos fez, uma frase que nada significa, mas que alagartada costuma aplicar: a haver um vencedor só poderia ser o Man U !
Pelos vistos, segundo fontes seguras (INEM), houve muito vómito em Alvalade após alarvidade saloia no famigerado buffet ! Certos pavões deviam ser menos criançolas e mais humildes ! Ficava-lhes melhor ! Agora engolem um sapo gigantesco !
Gostei da derrota do Sporting, não tanto da vitória do Man U !
Nem quero imaginar a soberba se tivessem ganho !
Agora caíram na "lama" e vamos ver se se levantam...
Felizmente que o blogger não foi politicamente correcto e denunciou o estado do relvado: vergonhoso ! Como é possível que se jogue naquele batatal ?
É certo que não é comparável ao incrível batatal, do antigo estádio, no jogo contra o Mónaco, ou no célebre Sporting 0, Tempo (FCPorto) 2, como disse Bobby Robson em resposta a Queiroz.
Esse estava ao nível do antigo pelado do Olivais e Moscavide...
Agora este relvado é novo: Já é o terceiro ou quarto que aí colocam. Antes a culpa era da RED, agora é da BLUE ou da GREEN ?
Se há erro na concepção do estádio, que tentem resolver...
No Dragão sucedeu o mesmo, mas a situação resolveu-se !
Concordo, em síntese, com o blogger quando refere que é impróprio para a Champions. Se calhar há piores, eventualmente no Leste Europeu, mas não se devia permitir esta situação !
E o Sporting até pode ser a equipa mais prejudicada !
E, já agora, gostaria de saber um relatório médico da situação clínica dos hospitalizados com intoxicação alimentar, provindos de Alvalade. Será que chegaram a vomitar os cogumelos dos bifihos aux champignons, ou será que devolveram as natas do bacalhau ?

PanKreas disse...

Não percebo o que é que o yanick djalo traz à equipa!
E com um jogador como o simon do lados esquerdo...só jogavam pelo lado direito!
O Paulo Bento cria uma táctica de jogo boa, mas depois não sabe conduzir o jogo da equipa, muito menos as substituições que faz

VermelhoNunca disse...

Mas qual derrota copiosa? Viu o jogo? Acompanhou as incidências do mesmo? Sabe quem foi o Homem do Jogo? Sabe quando sofremos os últimos ensaios? Sabe quantos dias a menos tivémos de descanso em relação à Itália? Não insista nos seus disparates, no seu modo de ser, que reduz qualquer feito português a zero. A vida não é só feita de vitórias. Não se reduz a ganhar ou perder.
A verdadeira Vitória da Selecção de Rugby, foi ter sido apurada para o campeonato do Mundo.

vermelho disse...

amigo cavungi:
penso que essa afirmação do Mourinho vai fazer jus à máxima do futebol "o que hoje é verdade, amanhã é mentira"
A selecção pode ser o reduto próprio para Mourinho reabilitar a sua imagem.
Actualmente, por força do desgaste que a sua personalidade turculenta o sujeita, perdeu mercado.
Não creio, por exemplo, que Laporta o queira (por exclusivas razões de Comunicação e Marketing).
Mancini foi campeão o ano passado e só uma hecatombe o fará perder o lugar.
O ano passado começou a Champions da mesmíssima forma - perdendo - e não foi por isso que Moratti o demitiu.
Hoje por hoje, apenas o Tottenham pode vir a precisar de treinador no imediato.
Creio que desejariam ter Mourinho, só não sei se Mourinho os desejaria.
Na selecção, Mourinho pode recuperar prestígio, imagem institucional e ganhar fôlego para regressar a um clube de topo após o Euro 2008.
Seria sempre numa perspectiva de curto prazo e de regresso anunciado num futuro ainda longínquo.

c disse...

antes de mais uma correcção ao bermelho: quem proferiu esse frase chavão do futebol foi um tal de pimenta machado!

c disse...

sobre o jogo de ontem, gostaria de destacar os autênticos "nós-cegos" que o cristiano r. andaou a dar aos defesas lagartos, principalmenta aquele jogador galático polga.
gostei da derrota da lagartagem, não penso que terão feito um jogo bom, mas também com aquela equipa, não dá para mais.
destaco igualmente os jogadores do MU por, por e simplesmente, não passarem a bola ao andersson.
a lagartagem agora está com fé que vai fora ganhar o próximo jogo...

antes morto que vermelho disse...

sobre o desporto dos betos amigos do lama, acho que, conforme as palavras do cavu, foi uma "vitória" merecida. Se pensarmos que recuperamos do último 87-0, é excelente. em portugal, no rugby, as vitórias são um excelente resultados, agora estão convencidos que vão ganhar á roménia...
lama, só mais uma coisa o "man of the match" é uma escolha que tem muito que se lhe diga.

VermelhoNunca disse...

Muito que se lhe diga, Macaco, são os seus disparates, que , a par de Cavungi, lutam árduamente, pelo título mais apetecido: o Rei da Asneira!

JorgeMínimo disse...

Caro Zex:

"Gostei da derrota do Sporting, não tanto da vitória do Man U !"

Nesse caso, parabéns pela derrota do Sporting.

JC disse...

Amigo Vermelho:
Troca directa entre a FPF e o Chelsea?
Mourinho por Scolari?
"bumbum é ass";
"piroca é dick";
"tomate é balls"!

antes morto que vermelho disse...

disparates??!! não sou eu que sou lagarto!! não sou eu que enalteço as derrotas! não sou eu que sou betinho do rugby! não sou eu que gosto de lama (aliás este vicio é super freak)! o nunca é freak? é daqueles que andam descalços? com fitinhas na cabeça? de cabelo sujo e comprido? de barba e de bigode? sem tomar banho? a ouvir a Joan Baez? e com "pins" a dizer "make love not war"?

JorgeMínimo disse...

Caro Vermelho:
Apesar de ser o meu desejo, não acredito que o Mourinho venha para a selecção, simplesmente porque ele não quer. Acho a hipótese Inter mais viável.

vermelho disse...

amigo JC:
sonoras casquinadas soltei com o teu comentário.
muito bom!

Zex disse...

Parece que a saloiada não ficou internada no Hospital ! Que pena !
Afinal parece que o "comer", como dizem os saloios, não estava podre ! Pelo menos permite que se balbuciem disparates...

VermelhoNunca disse...

Macaco, como há coisas que lhe custam e entender, vou repetir: para mim, repito, para mim, a grande vitória da selecção portuguesa de Rugby, foi ter sido apurada para o Campeonato de Mundo.
Sabe que as selecções de elite, pura e simplesmente não jogam contra adversários do 2º escalão? Como pode Portugal melhorar? Participando em provas internacionais, ganhando experiência. Daí a vitória ser o apuramento.
Tem acompanhado as prestações portuguesas do Rugby de Sete? Não acha que somos bons? Experiência internacional é fundamental para evoluir.

antes morto que vermelho disse...

nunca: com a sua sapiência, fico estarrecido!!.
discurso tipico de adorador de lama, mais concretamente de hippy!
"If you are going to san francisco, be shure to wear a flower in your head..."

JorgeMínimo disse...

Caros Condóminos:
Segundo o jornal "Marca", Bernd Schuster está descontente com algumas situações e ameaça sair do Real Madrid, antes da época acabar. Poderá ser este o destino do "Special One".

VermelhoNunca disse...

Você fica estarrecido, eu, com os seus comentário a par dos do Cavungi, fico empobrecido, tal a ausência de raciocinio.

antes morto que vermelho disse...

nunca: qualquer hippy é um visionário.
antes de passar a este estado passou certamente por um outro em que o seu cerebro de tanto processar, parou, fez um shut-down. depois quando "levantou" precisava de fazer um "up-grade", mas o software para essa operação não estava disponivel, então perante estas circunstancias, o seu cerebro "preferiu" fazer o download de teorias cósmicas, retiradas de experiências com LSD, tipicas de um hippy, e foi o que fez. daí a sua adoração por lama, o seu raciocinio ser completamente toldado, etc.

antes morto que vermelho disse...

... mas passemos á bola: hoje o amigo do nunca, socolari, vai conhecer o castigo que a UEFA lhe vai aplicar por (é incrivel a versão deste idiota): tentar proteger o quaresma, de uma tentativa de agressão por parte do jogador sérvio drago.

VermelhoNunca disse...

Não há a possibilidade do Macaco , a par do Cavungi, serem castigados também?

vermelho disse...

Scolari não vai estar no banco da Selecção Nacional em mais nenhum jogo da fase de qualificação do Euro'2008. O seleccionador nacional foi suspenso pela UEFA por 4 jogos e obrigado ao pagamento de 12.120 euros. Dragutinovic fica de fora 2 encontros

antes morto que vermelho disse...

se estivessemos na suiça a comer fondue de queijo e houvesse alguém que deixasse cair um bocado de pão dentro do queijo derretido, esse alguém era chicoteado.
aqui em portugal quem dá uma pera num jogador tem direito continuar com o tacho e "no pasa nada"

antes morto que vermelho disse...

nunca: agradado com a "punição"?

Jimmy Jump disse...

Devo confessar que fiquei muito emocionado com a homenagem prestada pela lagartagem ao Encenador Reinaldo aquando da marcação do golo que deu a vitória ao Man United. Quedei-me tão comovido que não resisti a dar igualmente uma valente salva de palmas ao puto que bem merecia, depois de uma exibição excelente, se atentarmos às miseráveis que tem realizado esta época! Podemos dizer que escolheu o jogo certo para voltar em grande.
Alvalade tornou-se assim no estádio mais harmonioso e comovente da história, o único estádio no Universo inteiro em que não há adeptos adversários, já que todos estavam pelo mesmo: o Reinaldo cavalgava o campo inteiro sem ouvir um assobio que fosse (que cenário idílico para se ouvir o “IT´S ALL SO QUIET, SHH, SHH” de Bjork Guðmundsdóttir); o Reinaldo marcou um golo e o que é que se ouviu? Uma vibrante salva de palmas (LINDO!); o Reinaldo é substituído debaixo de “uma chuva de palmas”. (FASCINANTE!).
A vibração emotiva no estádio, era imensa, o Nani também o sentiu, e viu que só conseguiria sair de Alvalade devidamente homenageado caso conseguisse marcar um golo, efectuando depois a devida encenação de preferência tão boa ou melhor que a do Reinaldo. Só deste modo demonstraria gratidão ao clube que o formou! Infelizmente não o conseguiu, e ouviu as tão indesejadas assobiadelas.
EU TAMBÉM O ASSOBIEI!

vermelho disse...

amigo Jimmy:
Belas e sonoras casquinadas soltei!
Excelente texto!

Antes morto que vermelho disse...

o que me dizem a esta pérola:
«Benfica é um dos 10 maiores clubes do Mundo e tem 20 milhões de adeptos» - Freddy Adu

JC disse...

Condómino Saltitão:
Ironiza com a atitude do Ronaldo, após ter marcado o golo ao SCP, e com os aplausos que os adeptos sportinguistas lhe ofereceram.

Veja então o que se passou há uns anos no Estádio da Luz e veja se também lhe dá vontade de ironizar:

"Um dos jogos mais marcantes da sua carreira foi um jogo amigável entre o SL Benfica e a Fiorentina, no qual marcou um golo ao seu antigo clube. Não festejou, chorou ao marcar e ouviu um Estádio da Luz repleto a aplaudi-lo."

E esta, hein?
Se não se recorda do jogador deixe-me que lhe diga que se tratou do Maestro Rui Costa.

VermelhoNunca disse...

Pelo memnos não fez a triste a figura de chorar em campo, como aquele jovem de 35 anos fez.
Apreciei a atitude de Cristiano, defendendo o sua actual camisolsa, como profissional que é, e não esquecendo quem o educou, quer como homem quer como jogador.
Bati-lhe palmas, uma vez que aprecio quem sabe jogar futebol, e Cristiano é um desses casos.

JC disse...

De qualquer modo, amigo Jimmy, deixe que lhe diga que apreciei a qualidade do seu comentário, que, na linha de outros mais recentes, denota um apurado estilo e um notório refinamento na sua escrita.

vermelho disse...

amigo JC:
um jogo amigável!

vermelho disse...

amigo nunca:
porque é que chorar em campo é fazer uma triste figura?

JC disse...

Amigo Vermelho:
Acha que se o jogo fosse a sério, não receberia também Rui Costa as palmas dos adeptos benfiquistas?

VermelhoNunca disse...

Apliquei a expressão como resposta ao comentário do Saltitâo, comentário aliás bem escrito e de fina ironia, concordo.
Acho que o jovem de 35 anos tomou aquela atitude com sinceridade, embora também me pareça que a sua ligação ao Benfica, ou melhor, a ligação dos adeptos ao jogador seja exagerada, porque Costa realizou duas épocas de vermelho. Alguns devem estar esquecidos que ele andou pelo Fafe.... No entanto, repito, acho que ele foi sincero. Que é um benfiquista que sente o clube, e que as lágrimas vertidas não foram encenação.

VermelhoNunca disse...

E também acho que Costa é um jogador emocional, daí mais facilmente se comover.
Acho de mau tom Saltitão pegar nesse assunto em relação ao Cristiano. Especialmente quando tem um exemplo parecido na própria casa.

vermelho disse...

amigo JC:
se e quando fosse substituído sim!
se e quando marcasse um golo, não!
pelo menos, por mim não seria!
a atitude de ontem do Ronaldo pareceu-me de um artificialismo atroz!
a vénia pareceu-me uma encenação mediática.
aliás, quando questionado no dia anterior se comemoraria um golo que obtivesse, Ronaldo disse que dependia do momento, ou seja, nunca revelou um amor incondicional, mas apenas de circunstância ao seu clube formador!

amigo nunca:
esclarecido.
mas, permite-me que te corrija - Rui Costa não esteve 2as épocas no Benfica, mas sim toda a sua formação, à qual acresceram essas 2as épocas como sénior.
Aliás, se fossemos ver por esse prisma Ronaldo teria tido o mesmo tempo de permanência no Sporting!

JC disse...

Amigo Vermelho:
O que os adeptos do SCP aplaudiram, creio, não foi o golo do Ronaldo mas a sua atitude após o golo.
Não me parece que se o Ronaldo tivesse festejado o golo ouvisse um par de palmas sequer.
Se a atitude do Ronaldo foi encenada, não sei, mas não tenho motivos para dizer que o foi.

vermelho disse...

corrijo:
menos tempo, apenas uma época!

vermelho disse...

amigo JC:
eu tenho!
as suas declarações antes do jogo!

VermelhoNunca disse...

Eu não sei se foi encenado ou não. Sei que apreciei a sua exibição e a sua atitude, digna de um profissional. Não vem cá beijar camisolas, a agradecer que tudo deve ao Sporting, que em Portugal só jogava no Sporting, e depois torna-se no maior porco lampião. O meu desprezo e ódio pelo porco Suinão vem daí. Por exemplo, contra o Quaresma nada me move. Profissional, eventualmente sportinguista, competente, defendo a camisola de quem lhe paga.
Ronaldo esteve bem. Sendo ou não encenação( se foi, na minha opinião, resultou em pleno).

Lion Heart disse...

Cavu:
Aquele matacão tingido que entrou a meio da 2ª parte para reforçar (?) o meio campo (???) rosinha faz-me lembrar alguém...
DEPOIS DO BETO, VOLTA FERNANDO AGUIAR!

JC disse...

Amigo Vermelho:
As declarações de Ronaldo antes do jogo surgiram na sequência a uma pergunta expressa nesse sentido que um jornalista lhe fez.
E o que ele disse foi que não sabia como iria reagir e que só na ocasião se veria.
Se dissesse logo que não, que nunca iria festejar um golo ao seu antigo clube, aí é que eu achava que poderia estar a encenar.
Ao dizer que "dependia do momento" penso que foi franco e disse - eu assim interpretei - que só no momento é que se veria como reagia.
Mesmo que tenha sido encenado, não deixa de mostrar respeito pelos adeptos do SCP pois que refreou a sua vontade de festejar.
E merece aplausos por isso.
Como diz e bem o Nunca, o Simulão nunca seria capaz (nunca foi, leia-se) de uma atitude dessas.

VermelhoNunca disse...

Amigo JC, como disse Manolo Vidal, dirigente à altura no SPorting, "formámos um jogador , mas falhámos na formação dele como homem". Referia-se a esse animal de Sabrosa, Simulão de seu nome.

vermelho disse...

amigo JC:
explica-me, p.f., o sentido desta frase: "Se dissesse logo que não, que nunca iria festejar um golo ao seu antigo clube, aí é que eu achava que poderia estar a encenar."
Partes do princípio que a devoção (já que falamos do Sporting) do Ronaldo ao Sporting depende do momento?

Antes morto que vermelho disse...

nunca: que ódio que tem ao simulão!
e em relação ao beto-caceteiro? nunca se soube bem porque é que a lagartagem o escorraçou...

JC disse...

Exacto, amigo Nunca.
Por isso é que Simulão nunca passará de um projecto de homem.
E, como castigo da sua ingratidão, há-de ver o cu a ficar cada vez mais "espichado".

VermelhoNunca disse...

Dentro das minhas possibilidades, esse porco Suinão será sempre apupado. E não faz parte do meu modo de ser assobiar este ou aquele jogador. Normalmente não me manifesto nesse sentido. NUma estrada mais dura, num lance mais rispido, admito insultar o adversário. Agora Suinão, sempre o insultarei. Recordando uma canção muito popular em Alvalade...."quem é o pai da Mariana"...e mais recentemente .. " eu vi o Simão no SexyHot a levar no pacote". Para esse porco, respondo sempre à chamada.

VermelhoNunca disse...

Quando digo numa estrada mais dura, claro que queria dizer numa entrada mais dura...

cavungi disse...

Amigo Nunca,
Eu tambénm fiquei magoado com o Simão.
Fez uma coisa que não lhe fica bem.Acabou com a carreira desse outrora mago do Sporting, o ex-capitão Custódio. O que fez com que o mundo de futebol conhecesse um bom jogador:Miguel Veloso.
De resto enquanto esteve no SLB sempre se portou á altura.
O "amor á camisola" e o Fair-Play conmo diria J.Jesus é tudo uma treta

JC disse...

Amigo Vermelho:
Ronaldo saiu do SCP há cinco anos, creio que com 19 anos.
Foi a primeira vez que, desde então, defrontou o SCP.
Admito perfeitamente que agora, a jogar pelo seu actual clube - que não deixará de adorar - não soubesse antecipadamente que reacção iria ter ao marcar um golo ao antigo clube.
Assim como quem vai como uma namorada nova ao lado e não sabe como vai reagir quando se encontrar com a namorada antiga.
E foi isso que Ronaldo disse, que não sabia o que iria suceder se marcasse um golo ao SCP.
Daí eu entender que ao dizer isso, Ronaldo foi sincero e achava que era encenação se dissesse logo à partida: "Não, claro que não vou festejar o golo!"
Achas que Rui Costa sabia antecipadamente que ia chorar por marcar um golo ao Benfica?
Acho que não.
Estamos no domínio das emoções e dos sentimentos.

Mas como disse, é a mihha opinião, e admito que possa estar a ser ingénuo na apreciação do caso e Ronaldo ter, de facto encenado.
Embora, como disse, o não festejar o golo perante os adeptos da equipa que já serviu, mesmo tratando-se de uma encenação, não deixa de ser um sinal de respeito.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vungi, se eu fosse lampião também elogiava Suinão. Quero é que note, que não é o facto de ele ir do SPorting para o Benfica, mesmo após passagem por terceiros, que me incomoda. Rerefi-lhe até o caso cigano. São profissionais, normal. Revolta-me é a atitude de criança, beijando o símbolo, e dizendo que deve tudo ao querido Sporting. E que em Portugal só jogaria no SPorting. E depois aparecer a mãe da Mariana a dizer que , sempre tinha sido do SPorting, mas como tinham tratado mal o marido, mudaria para o Benfica.

VermelhoNunca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JorgeMínimo disse...

Caros Condóminos:
Claro que a atitude do Ronaldo é encenada, claro que é ridícula. Como é óbvio preferia que ele atirasse ao lado, mas não atirou. Mas, ninguém pode dizer que ele não tentou agradecer ao clube e aos seus adeptos, fazendo o sinal de pedido de desculpas, tal como o Rui Costa chorou e passado uns anos até virou clip de tv. Ficou-lhe bem. Mas, preferia ter empatado e ter ganho alguns milhões!

Antes morto que vermelho disse...

cavu: o suinão a partir de certa altura tornou-se um icone do benfica, até lhe deram a braçadeira de capitão e, acima de tudo, foi referido que esse marreta tinha a tal mística (que só há na lampionagem). Porém esse termo foi completamente adulterado pela lampionagem ao longo do tempo, a partir de certa altura não fazia sentido utilizar esta palavra que significa: "estudo de coisas divinas ou espirituais".
que houvesse alguma coisa nos anos 50 ou até nos 60 ainda é aceitével mas depois tudo acabou.
Actualmente esse conceito só existe na mona do dumbo-orelhudo, que já a tentou "passar" ao suinão (lindo um ex lagarto a fazer de lampião), ao luisão (veja-se só: um feijão a ter a "mistica benfiquista") e agora ao costa, mas já nada disto existe.

cavungi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
cavungi disse...

Amigo Nunca,
São jogadores e mulheres de jogadores de futebol.Claro que há uns mais esclarecidos que outros.Eu pelo menos não os levo a serio.Não acredito muito em misticas (macaco: eis a tua resposta) nem em amores divinos ás camisolas.Estão todos a tentar fazer pela sua vidinha.Aliás como todos nós.par que é que se diz que se é do SCP do SLB ou FCP, desde pequeninos?
Porque há adetos como v.exa que gosta de ouvir isso.E depois acha que eses gostam mais do seu clube, que sofrem mais porque "são" do clube desde bébés.
Este fenomeno intriga-me.
Miccolli continua a "ocupar" pág. e mais pág. dos jornais a dizer que vai torcer pelo SLB e não pelo Milan, que quer o SLB campeão europeu, que costuma tel ao Nulo etc.
Eu estou-me nas tintas para isso.Isso era importante se ele ainda fosse do SLB.Não é.Cheira-me a encenação.Ás vezes mais valia ficar calado.
Eu cá não torço pelo Palermo.Nem pelo AT. Madrid.

Jimmy Jump disse...

Agradeço os comentários lisonjeiros dos compinchas lagartos cá do blog.
Devo-lhes dizer que o texto é consequência natural da quantidade e qualidade da matéria existente para os lados de Alvalade.
O Botelho se estiver atento…

Antes morto que vermelho disse...

cavu: e novidades do "nosso" vasquinho d'orey? está pronto para o grande embate contra a roménia?

JC disse...

O seleccionador português de futebol, Luiz Felipe Scolari, vai recorrer da suspensão de quatro jogos aplicada hoje pela Comissão de Controlo e Disciplina da UEFA, pela agressão ao jogador sérvio Dragutinovic.

“Penso que a sanção é excessiva. O atleta que originou a situação ficou com pena de dois jogos. É por isso que vou recorrer dessa decisão, assim que a Federação (Portuguesa de Futebol) receber os fundamentos da mesma”, disse em conferência de imprensa.

Jimmy Jump disse...

Não percebo como é que ousam sequer comparar o Encenador Reinaldo com o grande maestro de seu nome Rui Costa.
O termo de comparação mais próximo seria certamente o Figo, ainda assim descabido.
Aí sim se vê a diferença entre a “formação de jogadores e de homens” de Alvalade e do SLB.
A diferença está certamente nas convicções e personalidade dos jogadores!
O Rui Costa foi e é um homem de convicções!
Quando aos formados em Alvalade, que dizer?

JorgeMínimo disse...

Caro Saltitão:
São dois encenadores. Nesse aspecto o único que não aldraba é o Figo. Talvez, por não ter nascido num bairro degradado. Já agora o que dizer do coração gigante do maestro, que além do Benfica, também lá tem o AC Milan e provavelmente a Fiorentina.

JC disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JC disse...

Amigo Mínimo:
E o Fafe, também.

JorgeMínimo disse...

Caro JC:
Já agora o Damaia, também.

JC disse...

É verdade, caro Mínimo.
Grande coração o do Maestro.

Jimmy Jump disse...

Independentemente das divergências clubistas, jamais poderão dizer que o Rui Costa não foi íntegro e consequente nas suas acções! Sempre teve consciência que era profissional, todavia nunca teve dúvidas de qual era o seu clube do coração e nunca cuspiu no prato onde comeu! Já dos “homens” formados em Alvalade não se pode dizer o mesmo. Os exemplos são infindáveis!

Como diz o adágio popular: o bom filho à casa torna!

JorgeMínimo disse...

Caro Saltitão:
O encenador Ronaldo pede desculpa e faz uma vénia aos adeptos do Sporting. O estimado acusa-o de cuspir no prato onde comeu. Parece-me pouco lógica a sua argumentação, perante a situação.

JorgeMínimo disse...

Caro Saltitão:
Quer melhor demonstração de amor ao clube, do que em pleno Estádio da Luz obsequiar os adeptos lampiões com um belíssimo pirete, que ainda hoje o estimado tem dificuldades em engolir (salvo seja).

Antes morto que vermelho disse...

saltitão: outro, completamente intoxicado pelos pasquins ao serviço da lampionada e pelo Dumbo-Orelhudo.
Pensava que este espaço era composto de pessoas razoaveis e com bom senso e que não havia "térinhos".

cavungi disse...

Rui Costa é um exemplo.Como Baía ou Quaresma.Ronaldo ainda é cedo para se perspectivar.
Figo, Conceição ou Paulo Sousa são mais "profissionais".
n.d.r. Figo nasceu na cova da piedade - Almada.
Na outra banda, portanto.

pachulico disse...

É ridículo o que os jogadores fazem hoje em dia. Que mania é essa de não festejarem os golos que marcam contra as suas antigas equipas? O profissionalismo do desporto actual não se compadece com mariquices dessas. Não me parece que esses palermas joguem nos melhores clubes da europa por obrigação, e que lutar pelos seus interesses seja uma tortura. Realmente nesse aspecto o Figo é o protótipo de um jogador PROFISSIONAL, que escolhe os seus patrões de acordo com as condições de trabalho (leia-se pilim) e luta pelos seus interesses enquanto as forças existirem...

pachulico disse...

"quo vadis" Mourinho?...

pachulico disse...
Este comentário foi removido pelo autor.