terça-feira, setembro 04, 2007

Livro de Reclamações

Inauguro, hoje, a rubrica que irá preencher as quartas-feiras e que denominei "Livro de Reclamações".
Será o espaço próprio para os gritos de alma, para a denúncia dos atropelos à ética e à verdade desportiva, enfim, para delatar as iniquidades do nosso panorama desportivo.
Trago à colação três assuntos perfeitamente distintos:

a) a falta de condições logísticas que possibilitem a preparação dos nossos atletas nas diferentes especialidades durante o Inverno

Francis Obikwelu viu-se forçado a zarpar para Espanha em busca de requisitos dignos de treino, trilho este que Nélson Évora anunciou já que iria palmilhar.
Portugal alcançou títulos em grandes competições internacionais em disciplinas técnicas, contrariando a tendência iniciada nos anos 80 de triunfos no fundo e meio-fundo.
Todavia, tal não resultou de qualquer trabalho em profundidade da Federação Portuguesa de Atletismo ou de um qualquer esforço estatal no sentido de proporcionar e incrementar as infra-estruturas desportivas à disposição dos praticantes, mas "apenas" do talento.
Foram e são fenómenos circunstanciais, ditados pela genética.
Alcançar títulos olímpicos, mundiais ou europeus não beneficiando dos mais elementares meios de treino só pode ser fruto de um incomensurável talento!

b)o não adiamento do U. Leiria/FC Porto

Ausência total de ética na competição.
O Porto não soube ser grande.
Uma só intenção presidiu à intransigência portista - tirar proveito da fadiga dos leirienses, fisicamente exauridos após a viagem a Israel.
Nem sequer se alcançam razões para pensar de modo distinto, pois que o campeonato pára no próximo fim-de-semana para os compromissos da selecção nacional.
Afinal, nem sempre amor com amor se paga...

c)o pagamento de bilhete de adulto exigido às crianças que pretendiam assistir ao Nacional/Benfica, cujo preço podia ascender a 25,00€

A generalidade dos estádios portugueses apresentam indíces de ocupação paupérrimos, muito abaixo dos 50%.
Ao invés de serem implementadas medidas no sentido de serem atraídos novos públicos, que permitam preencher o vazio do betão, "investe-se" no acentuar das dificuldades presentes e futuras.
Até ao jogo de Domingo, o Nacional sempre franqueou as portas aos menores de 12 anos.
No Domingo, a voragem do capital que poderia resultar do aumento da lotação do estádio fez com que se alterasse uma prática consolidada há anos.
O Estádio, cuja construção e a própria nova bancada foram financiados em larga medida pelo erário público, acabou por não lotar.
E, assim, se vai matando o futebol em Portugal.

32 comentários:

vermelhosempre disse...

Por acaso no Domingo fui até ao Estádio da Madeira (deve ler-se Estádio do filho da puta do 500 que foi pago com o meu dinheiro) e deparei-me com essa situação, quando levava o meu sobrinho de 9 anos e pediram bilhete para ele entrar, quando na bilheteira me informaram que durante toda a época os menores de 12 anos não pagam a entrada. Qual foi aminha surpresa quando para além de me pedirem bilhete, os unicos preços disponiveis serem os de 25€. Uma verdadeira vergonha. Pior ainda quando vi inumeros sócios pagantes do nacional, com quotas em dia, os filhos praticantes nas camadas jovens (alguns deles foi-lhes dito para irem para busca-bolas)sem poderem enrar.
Puta que os pariu a todos.
Força Benfica

VermelhoNunca disse...

Estranhamente o estádio não encheu, nem com o aditivo Camacho.

vermelho disse...

amigo nunca:
arrisco dizer que o Estádio da Madeira será o novo Restelo, sobretudo devido à sua localização, mas também devido ao reduzido número de sócios que o Nacional tem.
A não ser em circunstâncias absolutamente excepcionais, estou em crer que será Estádio para indíces de ocupação inferiores aos 40%.

VermelhoNunca disse...

Concordo consigol, amigo Vermelho. Leiria, Restelo e agora Nacional, autênticos desertos a nivel de espectadores.

VermelhoNunca disse...

Quanto à cena do não adiamento do jogo de Leiria, mais do mesmo. Jesualdo Couto-em honra à pasta dentifrica, assume um discurso vergonhoso, demonstrando que aprende rapidamente os tiques bacocos de um clube regional. Vergonha!

Antes morto que vermelho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Antes morto que vermelho disse...

parece que a lagartagem vai receber, de mão beijada, os terrenos da CML... o Sá vómitos foi impotente ao tentar derrotar o "sistema".

Antes morto que vermelho disse...

Ninguém tem culpa que o leiria viaje em linhas regulares e que tenha feito chegar os atletas ás prestações. As equipas profissionais viajam em charters.
O idiota do paulo duarte e os seus jogadores no dia seguinte ao jogo, podiam ir todos de férias para a praia de viana de leiria e fazer umas grandes almoçaradas no restaurante coelho, porque vão ter alguns dias de férias. Enquanto que a maioria dos jogadores do fcp têm compromissos com as várias selecções. e por último uma equipa que ganhou, de forma injusta, ao fcp na época passada, tem que ser penalizada mais tarde ou mais cedo. o leiria limitou-se a imitar os lagartos: CHORAR!! Ridiculo e sem sentido!!

JC disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JC disse...

Amigo Vermelho:
Podemos utilizar este novo espaço para manifestarmos as nossas indignações com as arbitragens?

VermelhoNunca disse...

Condómino Macaco, quanto aos terrenos do Sporting, recordo-lhe apenas que o seu clube paga 500 euros de renda mensal pelo centro de treinos de Gaia. Fale do que sabe, e não mande bocas tipo Cavuvu para animar a festa. Vómito Fernandes que tem o tacho dos Espaços Verdes, devia era ser enterrado no jardim do Campo Pequeno, que nunca mais é inaugurado, em vez de se vangloriar de uma solução para que em nada contribuiu.

JC disse...

Sá Fernandes é um verdadeiro Vómito de Bilis.

Segundo li na edição do DN de 2ª feira, o Vómito Biliar emitiu um comunicado onde diz que "lamentavelmente, este processo - do licenciamento dos terrenos do SCP - tinha ficado bloqueado no mandato do Carmona Rodrigues porque o anterior presidente, intencionalmente ou por inépcia, não apresentou ao seu executivo aquilo para que tinha sido mandatado,: uma proposta de acordo com o Sporting de modo a que o licenciamento do projecto pudesse avançar".

O Vómito diz agora que a culpa do bloqueamento deste processo, foi, afinal, do Carmona Rodrigues.
É preciso ter lata.

vermelho disse...

amigo JC:
Claro que sim!
Reclamas do que quiseres!

JorgeMínimo disse...

Caro Vermelho:
Quero-me indignar pela tua miserável prestação na Fantasy, do último fim-de-semana. Parecias o Fernando Santos!!!

vermelho disse...

amigo mínimo:
E tens toda a razão para te indignares! eu próprio me indignei perante tamanho infortúnio!
inacreditável!
aconteceu de tudo aos meus jogadores (perderam todos, todos sofreram golos, ninguém marcou, lesionaram-se, etc.) sendo certo que todos alinharam pelos seus clubes.
Uma lástima!
Os seus clubes

JorgeMínimo disse...

Caro Vermelho:
Melhores dias virão!!

Antes morto que vermelho disse...

nunca: e paga €500/mês porquê? porque soube negociar um contrato vantajoso com o LFM e a camara de Gaia... tal como os terrenos que a CML vai dar á lagartagem foi "negociado" num qualquer jantar. entre o sporting e o Carmona ou até o Santana Flopes...

VermelhoNunca disse...

Macaco, mas quais terrenos vai dar a CML ao Sporting? Sabe por acaso do que se está a falar?

holtreman disse...

Este Macaco dos Blogs é um pateta. Ainda por cima parece que anda desesperado para ver o "gancho" do Nani.
Vá-se curar para longe.

Antes morto que vermelho disse...

da oferta de que a lagartagem vai ser alvo e que vai render 35 milhões de euros. Dinheiro esse que lhe vai ser dado por uma, imobiliária holandesa, como contrapartida da comercialização dos terrenos.

Antes morto que vermelho disse...

ó holterman: vá mamar na 5ª pata do boi!! e já agora pode fazer uma petição para empandeirar essa sua peida a algum panilas (se calhar com um pénis em forma de S)

Antes morto que vermelho disse...

ó holter: vá "brincar" com a veronica mozer. ela está a procura de uma "sanita humana"!! é o "gancho" ideal para si!

VermelhoNunca disse...

Mas qual oferta Macaco? Aconselho-o a ler sobre o assunto. Não se trata de terrenos nenhuns, mas sim do projecto imobiliário relativo aos terrenos do antigo Estádio, que eram do Sporting. Vómito Fernandes bloqueou o processo com a questão do espaço verde que teria de existir nesse projecto da MDC. O Sporting não acedeu, pq o projecto tem 7 anos!!! Agora a CML desbloqueou o processo, dando 29 mil metros quadrados para construção noutro local da cidade, e o Sporting recuou na questão do espaço verde que comtemplará o projecto da MDC nos terrrenos do antigo Estádio que eram do Sporting.
Espero que esteja esclarecido condómino Macaco!

Antes morto que vermelho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Antes morto que vermelho disse...

nunca: grato pelo esclarecimento. No entanto penso que pode ser atribuída ao sá vomitos alguma razão pelos tais espaços verdes...

Segundo o partido ecologista "Os Verdes" esses espaços são necessários na cidade de Lisboa, correndo esta o risco de atingir niveis de poluição muito altos.

o que mais me chateia, é esse troglodita do holter andar por aí á solta, em vez de ser empaulado e exposto no rossio, por apresentar um número elevadíssimo de perturbações mentais.

VermelhoNunca disse...

Condómino Macaco, eu até lhe podia dizer quem polui a cidade de Lisboa, mas o amigo pode levar a mal...

holtreman disse...

Tenha calma Macaquinho. Ainda vai conseguir satisfazer os seus 2 desejos. Levar com o basalto do Nani enquanto se delicia com as especialidades da Verónica.

Antes morto que vermelho disse...

não levo... mas também sei um outro foco de poluição, é o holter, com os gases que constantemente emana da boca e do rabo...

Antes morto que vermelho disse...

holter: para si aconselho-o a deliciar-se com o alcebardo do zé camarinha... ele gosta de ser abocanhado, em gancho!

cavungi disse...

Obrigado Holtreman por ser quem és.
Contigo em cena tenho alguma paz.
Força Macaco!
Dá-lhe forte!
Dá-lhe duro!

cavungi disse...

Amigo Nunca,
As "negociações" dos pricipais clubes (FCP;SCP e SLB)com os respectivos municipios são uma afronta nacional.
Demonstram falta de cultura democratica, falta de etica politica e resumem o País áquilo que realmente é:Uma républica das bananas onde basta um cabotino tipo Vieira e companhia, para delapiar o patrimonio publico sem pudor.
Quem não tem dinheiro não tem vicios.
Se os clubes não tinham dinheiro para as construções não comprassem jogadores de merda na america do sul. na rússia, na sérvia ou no raio que os parta e talvez já podiam ter a sua pista de tartan.
Haja vergonha!
Haja Pudor!

VermelhoNunca disse...

Amigo Cavu, não vou insistir no tema. Neste caso concreto, está em causa o licenciamento para a construção de uma urbanização nos terrenos que eram do Sporting, e foram vendidos com o projecto( o que valorizou a venda) à MDC. Licenciamento de construção em terrenos que eram do SPORTING