domingo, fevereiro 08, 2009

Porto-Benfica

Constituição das Equipas e Avaliação Quantitativa do Desempenho

LIGA SAGRES – 17.ª JORNADA

FC PORTO-BENFICA

Estádio do Dragão, no Porto

Hora: 19:45

Árbitro: Pedro Proença (Lisboa)

Porto - Helton (3), Fucile (3), Rolando (3), Bruno Alves (3), Cissokho (2), Fernando (2), Lucho (3), Raul Meireles (2), Hulk (2), Cristian Rodríguez (2) e Lisandro (3).

Suplentes: Nuno, Pedro Emanuel, Stepanov, Tomás Costa, Guarín, Mariano (-) e Farias (-).

Treinador: Jesualdo Ferreira

BENFICA - Moreira (4), Maxi (4), Luisão (4), Sidnei (4), David Luiz (4), Yebda (4), Katsouranis (2), Ruben Amorim (3), Reyes (3), Aimar (4) e Suazo (2).

Suplentes: Quim, Jorge Ribeiro, Binya, Carlos Martins (-), Di Maria (1), Nuno Gomes (-) e Cardozo.

Treinador: Quique Flores

Sistemas Tácticos

Porto



Benfica


Modelos de Jogo

Porto

Posse e Circulação de Bola; Domínio da Partida; Bloco médio/alto; Assumir Iniciativa de Jogo.

Benfica
Expectativa; Bloco médio/baixo; Transições Rápidas.

Principais Incidências da Partida (fonte: www.record.pt)

4' - Rodríguez lança bem no meio para Lucho. O argentino recebe à entrada da área, tira as medidas à baliza de Moreira e remata forte. Ao lado...

9' - Bom momento para o FC Porto. Lucho aparece isolado no coração da área, após passe de Meireles, mas cabeceia por cima. Não havia fora-de-jogo.

13' - Perigo para as redes de Helton. Boa jogada do ataque benfiquista, com a bola a ser enviada de Aimar para Reyes, que cabeceia ao lado.

19' - Jogada atacante com a bola a chegar aos pés de Lucho, que faz uma finta sobre Reyes e dá para Fucile, que enche o pé e remata para as bancadas.

28' - Raul Meireles lança a bola para a área e encontra Lisandro, que cabeceia para defesa oportuna de Moreira. Canto para os dragões.

38' - Suazo avança pelo meio e encontra Reyes na esquerda. Lança na perfeição para o espanhol, que desfere um dos seus habituais remates potentes. Defesa segura de Helton para canto!

45'+1 - GOLO DO BENFICA, por YEBDA. Canto batido por Reyes para o coração da área, onde aparece o possante médio a cabecear forte e sem oportunidades de defesa para o brasileiro Helton. Está feito o primeiro no Dragão.

51' - Livre para o Benfica. Bola levantada para a área, onde aparece Suazo a cabecear ao lado.

55' - Jogada plena de raça e força, que culmina com um remate forte e intencional de Hulk. Defesa apertada de Moreira.

58' - Bom remate de Ruben Amorim para defesa de recurso de Helton. É canto!

70' - Aimar lança de forma perfeita para Di Maria, que ganha espaço e remata forte. Ao lado da baliza de Helton.

71' - CARTÃO AMARELO para YEBDA, por falta sobre Lisandro dentro da área de rigor. É penálti para o FC Porto. O avançado argentino simulou claramente a falta e Pedro Proença, que estava em cima da jogada, não ajuizou bem.

72' - GOLO DO FC PORTO, por LUCHO. O médio argentino é chamado à conversão da grande penalidade e não falha. Está feito o empate no Estádio do Dragão.

77' - Jogada confusa na área do FC Porto, com uma série de remates e desvios. A bola acaba nos pés de David Luiz, que remata em arco para defesa de Helton.

78' - Hulk dança frente a David Luiz e entra na área, conseguindo rematar forte para defesa apertada de Moreira. Mais um duelo interessante deste clássico...

Destaques

Melhores em Campo

Benfica

Aimar - "Raise to the occasion"!
Classe pura!
Assumiu a condução do processo ofensivo benfiquista e ostentou inteligência, maturidade e classe no modo como geriu os tempos do jogo e como distribuiu a bola.
Num desempenho maior, dois momentos ilustrativos da sua categoria: aos 12 minutos, colocou a bola de modo perfeito na cabeça de Reyes e, aos 68, libertou-se de Fernando e lançou magistralmente Di María na esquerda.
O seu melhor jogo ao serviço do Benfica!

Moreira e Quarteto defensivo do Benfica - Imaculados!

Porto

Lucho - Sem ter sido exuberante, alardeou classe e competência na execução do putatitvo penalty.

Piores em Campo

Benfica

Suazo - Claramente diminuído, nunca conseguiu impor-se aos centrais portistas.
Faltou-lhe a habitual centelha explosiva.

Katsouranis - Dele disse Quique que passava por dificuldades físicas.
Hoje, foi bem evidente.
Com o passar dos minutos, perdeu capacidade de ocupação dos espaços, clarividência,discernimento e acumulou perdas na transição ofensiva.

Di Maria - Completamente inconsequente!

Porto

Rodriguez - Na partida desta noite, Cebola apenas fez chorar os adeptos portistas.
Quase sempre incapaz de ultrapassar Maxi, a sua influência nos movimentos ofensivos da equipa foi nula.

Cissokho - Não aportou profundidade ao seu flanco, nem coesão à sua linha defensiva.
Não parece jogador para o Porto.

Arbitragem

Pedro Proença ROUBOU 2 pontos ao Benfica.
"71' - CARTÃO AMARELO para YEBDA, por falta sobre Lisandro dentro da área de rigor. É penálti para o FC Porto. O avançado argentino simulou claramente a falta e Pedro Proença, que estava em cima da jogada, não ajuizou bem. "
Quando um árbitro a escassos metros de um lance o avalia tão mal, desculpem, mas não pode ser só incompetência!

Comentário

Ndrangheta ou Assim é Impossível!

O Benfica esteve a vinte minutos de triunfar no Dragão.
Todavia, não o deixaram!
Uma grande penalidade inexistente impediu-o de materializar a competência do seu desempenho!
O Benfica foi melhor e merecia vencer!
Quique estudou bem o adversário e apresentou a sua equipa estruturada sob um bloco médio/baixo, com duas linhas muito juntas, por forma a cercear os espaços que Lucho, Rodríguez, Hulk e Lisandro necessitam.
O Porto comprovou que o seu processo ofensivo assenta, essencialmente, na velocidade das transições, sentindo imensas dificuldades no ataque de posição.
A redução de espaços conduz os movimentos ofensivos portistas à esterilidade.
É verdade que o Benfica demorou a entrar no jogo.
Nos primeiros quinze minutos, o Porto dominou e controlou a partida.
Construiu algumas ocasiões, mas seria fogo-fátuo.
A partir deste período, o Benfica serenou, tranquilizou-se e assenhoreou-se do controlo da partida.
Não a terá dominado sempre, mas nunca perdeu o seu controlo!
Irrepreensível nas transições defensivas (rigoroso e concentrado), não mais permitiu veleidades consistentes ao ataque portista, ao mesmo tempo que emprestou clarividência, fluidez e rapidez às transições ofensivas.
Ancorado na classe de Aimar, o Benfica cresceu até marcar.
Na sequência de um canto, explorando a defesa zonal portista, Yebda antecipou-se a Rolando e cabeceou imparável para o 0-1.
Um golo que embalou a equipa para um desempenho personalizado, inteligente, maduro e seguro.
Quando se esperava uma forte reacção portista à desvantagem, assistiu-se ao acentuar do império benfiquista sobre o jogo.
Hábil na gestão da posse de bola e dos ritmos, o Benfica aniquilou as pretensões portistas à recuperação da desvantagem.
Na segunda metade, o Benfica controlou, por inteiro, as incidências da partida, até ao instante fatal em que Proença decidiu equivocar-se.
O Porto empatou e desde aí até final prevaleceu o medo de perder de ambos os conjuntos.
A pantomina de Proença empatou uma contenda, que a equidade exigia ter sido favorável ao Benfica.

39 comentários:

Zex disse...

Exibição do Benfica bem acima das expectativas. Bem defensivamente e com saídas muito perigosas para o ataque.
Primeiros trinta minutos bons do FCP, mas o Benfica reagiu bem e marcou um golo interessante aproveitando uma deficiente marcação zonal da defensiva portista.
Contrariamente ao que afirma o blogger, entendo que o resultado acaba por ser o que mais se adequa à prestação das equipas.
Penalty evidente de Reyes sobre Lucho, na primeira parte. Segundo me parece, dentro da área não funciona a denominada "lei da vantagem". Lucho não caíu, passou a bola a Fucile e o árbitro equivocou-se. Ao blogger não mereceu qualquer comentário...
Penalty muito forçado a favor do FCP. Yebda impede a progressão de Lisandro com o braço, mas não pareceu suficiente para o derrubar. Matreirice do argentino, parece. Proença errou.
Destaco as boas exibições de Moreira, Yebda e Aimar (finalmente).
No Porto apenas destaco Lucho.
Mesmo assim, acho que o resultado é justo e a equidade não imporia, como afirma o blogger, a vitória do Benfica.
Benfica surpreendeu mas não ao ponto de merecer a vitória.
No futebol, de qualquer modo, não há vitórias morais.
Em resumo, resultado justo.

Quanto ao jogo do Sporting.
Pouco vi, devido à incrível calendarização da Liga.
Pareceu-me que o Braga jogou muito bem.
Dúvidas no terceiro golo e numa eventual falta sobre Vukcevic.

O campeonato continua muito equilibrado.
Há que esperar pelos outros clássicos e derbys que se aproximam.
Tudo em aberto, portanto.

Mestrecavungi disse...

Afinal o Grande FCP, não precisava apenas de Fucile!
Presisava tambem de Proença.
Uma vergonha, esta oferta ao FCP.
Como diz o blogger assim é impossivel.
De roubo em roubo até á consagração final.
Parabens ao campeões!
Podem encomendar as faixas que bem merecem.
São melhores, não há nada a fazer...
Quanto ao jogo do SCP, só ví durante o intervalo do "assalto do Dragão", tempo suficiente par festejar o golo de Renteria.
Campeonato entregue, e bem, ao FCP.
Para o ano há mais!

Mestrecavungi disse...

N'est pas penaltie!

JorgeMínimo disse...

Cavalheiros:

Como tinha dito a alguns condóminos na 6ª feira, a sobreposição dos dois jogos da jornada trazia água no bico. Assim, assistiu-se a um roubo de igreja em Alvalade que me fez descarregar cargas biliares, como há muito não acontecia (Maio de 2005 Sporting-Nacional, curiosamente também com sobreposição de horários).

Em relação ao jogo do dragão, não tenho opinião, já que a Liga de futebol não me permitiu ver o jogo, com esta sobreposição ridícula dos jogos. Sobre o penalty, naturalmente que não existe, mas para quem disse tão bem deste árbitro neste mesmo estádio, quando um corte do Polga, foi transformado em atraso deliberado ao guarda-redes, é bem feita, tanto para o Sr. Administrador, como para o doente Cavungi.

antes morto que vermelho disse...

no dragão jogo morno... o curralense claramente acima do que nos tem habituado, e o fcp abaixo do que é capaz de fazer.
na primeira parte o fcp falhou muitas oportunidades de golo, nomeadamente 2 por lucho ( e o lucho não quis arrancar um penalty)... e no final o curralense marcou o golo. na 2 parte o jogo continuou morno, e o fcp lá conseguiu cavar um panalty (que aparentemente não deve ter existido).
na fcp gostei do cebola e do hulk, no curralense gostei do payaso e mais nada. não gostei do licha no fcp e no curralense o assassino e o lixo luiz não fizeram mais que "distribuir"
sobre o escarro do bermelho nem comento, o arroto do tueba também não merece qualquer comentário.

no dd esse "pus dos cantos" continua a evidenciar um fanatismo lunático pelo curralense (como é que aquilo pode ser um comrntador?)e o santos na sic? como foi?

nota: como é que seriam os arrotos da televisão, se o jogo tivesse sido transmitido na sic, o nuno pus devia ter invadido o relvado, na compamhia de tueba, tipo duas ovelhas com cio!

jogo lagartal nem vi, mas fiquei contente!

VermelhoNunca disse...

Sobre o jogo do Dragão não faço comentários.
Sobre o jogo de Alvalade, dizer que o Braga jogou muito bem, bloqueando as principais unidades do Sporting, que só a espaços se soltaram. Quanto a lances polémicos, existiram, mas nunca houve hesitação do árbitro. Em caso de dúvida, sempre contra o Sporting. De alguma coisa serviram os roubos contra o Benfica e contra o Porto que Braga sofreu.

JC disse...

Não vi nenhum dos jogos, não estando habilitado a falar sobre os mesmos.
Também ainda não vi os lances polémicos de um e outro, não podendo pois ajuizar.
Sei que o Braga é uma equipa difícil e que Benfica e Porto só lhes ganharam com tremendos favores da arbitragem.
Nesse aspecto, o SCP acabou por ficar em desvantagem, pois que não recebeu idênticas ajudas.
Segundo já ouvi comentar e Mínimo confirma, até parece que o SCP até foi prejudicado pela arbitragem.
De qualquer forma, não terá sido isso que levou o SCP à derrota, pois segundo as palavras de Paulo Bento, a equipa jogou mesmo mal.
Quando se pedia raça aos jogadores do SCP, o que vemos são birras de jogadores que querem sair do clube e uma atitude apática em campo.

Vi o lance do 2º golo do Braga que deve ser exemplo do que se passou na partida: total apatia dos jogadores do SCP.
Dois jogadores do Braga levaram a melhor sobre 4 ou 5 do SCP, que nem se aproximaram dos do Braga para fazer pressão. Ficaram a ver a procissão passar.
Esta equipa do SCP de Paulo Bento funciona quando à pressão elevada sobre os adversários.
Quando assim não sucede, é o descalabro.

O SCP este ano não consegue ganhar a nenhuma equipa mais forte.
Tem sido assim na Champions, na Liga e na Taça.
Antevejo novas derrotas com o FCP e com o SLB.
Para mim, é o adeus ao título.

JC disse...

"Esta equipa do SCP de Paulo Bento funciona quando à pressão elevada sobre os adversários.
Quando assim não sucede, é o descalabro."

CORRIJO:

"Esta equipa do SCP de Paulo Bento funciona quando HÁ pressão elevada sobre os adversários.
Quando assim não sucede, é o descalabro."

Mestrecavungi disse...

Amigo Mínimo,
Não seja ridiculo.
Um penaltie não tem o mesmo grau de dificuladade que um livre!
No entanto a verdade é que se não fossem os roubos o Braga estava em 1º lugar.

antes morto que vermelho disse...

tueba, desorinado: nessa "contabilização" sobre o braga está incluído o jogo do fcp?

Jimmy Jump disse...

Na senda do que se tem passado nos últimos anos no Dragão mas principalmente nas Antas o Benfica voltou a não conseguir ganhar, não por falta de entrega dos jogadores, não por falta de mérito ou porque tenhamos jogado mal. Perdemos dois pontos porque o árbitro assim o quis, porque as forças ocultas de sempre assim o designaram.
Vergonhoso!

antes morto que vermelho disse...

"Perdemos dois pontos porque o árbitro assim o quis, porque as forças ocultas de sempre assim o designaram.
Vergonhoso!" bestialidades... barbaridades... peidos mentais...

Mestrecavungi disse...

Ladrões!

VermelhoNunca disse...

Não entendo o seu discurso amigo Cavungi, Recupere alguns posts seus, depois de ter roubado escandalosamente os adversários. Recorda-se do que aqui disse?
E também não entendo esse discurso de Calimero. Tanto o seu, como o de todos os lampiões. Pensei que isso fosse só para os outros...

Jimmy Jump disse...

Digam olá ao holograma do porta-voz dos morcões.

antes morto que vermelho disse...

"Digam olá ao holograma do porta-voz dos morcões." gases orais...

antes morto que vermelho disse...

o amigo do nunca, do darcheville, do minimo, do tueba e de mais outros marretas, o soco, foi corrido do chelsea... será que o queiroz se vai sentir ameaçado? o loby soco vai-se mexer?

Jimmy Jump disse...

Amigo Vermelho, as nossas previsões revelaram-se acertadas. Um mês a mais um mês a menos não é significativo.
Deixa no sapatinho o Chelsea em 4º e arredado da luta pelo título.

VermelhoNunca disse...

Queiroz nunca se sente ameaçado, Macaco, tal a cláusula de rescisão que deve ter.
Folgo em saber que está satisfeito com a prestação de Queiroz na selecção. Os resultados têm sido brilhantes , sem dúvida.

Vermelho disse...

Amigo Jimmy:
É verdade!
Só falhámos no mês.
É a confirmação de uma morte anunciada!
Depois de um dia aziago, uma excelente notícia.
Aquele abraço.

VermelhoNunca disse...

Uma excelente notícia o despedimento de Scolari...
Deu para aliviar, pelos vistos teve um efeito de Kompensan.

Zex disse...

Triunfar numa equipa como o Chelsea, ser campeão logo no primeiro ano, ser campeão no ano seguinte e ganhar um total de seis títulos em três anos, quebrando um jejum de 50 anos, não é para todos.
Só alguns o conseguem ...

antes morto que vermelho disse...

agora é que o soco pode esperar que o quique tenha um deslize...

sim, porque "special one", só há um, e esse não tem o murteira como adjunto...

VermelhoNunca disse...

POis é condómino Zex. só ao alcance de alguns, especialmente quando treinam as equipas até ao final de época. Quanto a Scolari, nunca se sabe se atingiria algum título, pois ainda está em outras competições, que não só o campeonato.

VermelhoNunca disse...

Pois não Macaco, tem o Louro como adjunto.

VermelhoNunca disse...

O despedimento de Scolari passa apenas por o clube se chamar Chelsea. Clube pequeno, de bairro dos arredores de Londres, sem culto de clube grande.
No MU, Liverpool ou Arsenal, não se despede um treinador por estar em 4º lugar.

JC disse...

Acresce que esse treinador, dito "special", também foi corrido do Chelsea a meio da época...
Corrido não, saiu pelo seu próprio pé...

VermelhoNunca disse...

Não me diga amigo JC. Ele saiu do Chelsea a meio da época? Parece que há pessoas que se esqueceram disso...

VermelhoNunca disse...

O Benfica está a dar uma conferência de imprensa, para falar do jogo no Dragão.
Será que vai falar deste tema.
"Mas também nos corredores do estádio há histórias para contar. Rui Costa, director-desportivo do Benfica, preparava-se para fumar um cigarro na zona onde está estacionado o autocarro do Benfica, mas foi impedido por alguns stewards presentes no local.

Depois de muito vociferar, Rui Costa foi convidado a regressar à zona dos balneários por uma funcionária do F.C. Porto. O antigo jogador do Benfica teve mesmo de contrariar o nervoso miudinho de outra maneira. "

VermelhoNunca disse...

"enquanto uma tarja pedia a Scolari que abandonasse o clube: «Scolari fora, Zola ou Di Matteo, lendas do Chelsea dentro».
Estranho, nessa tarjeta não estar o nome de Mourinho. Porque será?

Mestrecavungi disse...

O roubo é uma coisa muito feia!
E o FCP rouba a torto e a direito.
Há vinte anos que é a mesma história.
Grande Equipa tem que precisam de serem carregados ao colo até ao trono.
Vergonha!

Mestrecavungi disse...

Amigo Nunca,
Agora que descarreguei a bilis, devo dizer-te que concordo contigo:
O que é o Chelsea?
Comparado com o Sunderland tem menos titulos.
Com o Liverpool, com o MU ou com o Arsenal, nem é bom falar.
Correr com treinadores não é tradição dos grandes clubes Ingleses.
Mas Scolari não é o 1º a ser corrido do Chelsea:
Ranieri, Mourinho, Grant tambem o foram...

antes morto que vermelho disse...

nunca: lembra-lhe que tanto zola como di matteo, foram jogadores do chelsea e o zé nunca foi jogador...
os adeptos colocaram esses nomes como podiam colocar os nomes de desailly, deschamps, leboef, de goye ou até vialli.
lembrar-lhe igualmente que o louro, não era o adjunto de zé mas sim o treinador de guarda redes o adjunto de zé era um tal de maclaren (penso eu).
lembrar-lhe igualmente que quando zé saiu, estava ou em 1 lugar ou em 2 lugar, nunca em 4 lugar.
finalmente recordar-lhe que soco quase não falava inglês e zé falava fluentemente... é que o john terry não compreendia soco, lampard não gostava de soco e drogba odiava soco...

tueba: vai falar com o cabeça bicuda, com arame farpado nos dentes que ele te esclarece sobre o jogo, talvez consigas compreender aqueles uivos

antes morto que vermelho disse...

tuebe: quem é Grant, senão uma solução de refugo... só mesmo dessa mona escarrar grant... dassss a alarvidade tem limites.

Mestrecavungi disse...

E já agora e como tens largas dezenas de anos como Calimero diz-me qual a tua opinião sobre o Penaltie (?) de Yebda.
C'est penalie?
Ou N'est pas penaltie?
E peço-te esta opinião como adepto do Futebol e não como porta-voz do FCP.

Mestrecavungi disse...

Macaco:Grant é Vice-campeão europeu pelo Chelsea.
Alguem conseguiu melhor no clube?

VermelhoNunca disse...

Macaco, os seus conhecimentos sobre futebol inglês deixam muito a desejar, de modo que não vou insistir no tema.
Sobre o seu bem-amado Mourinho, falemos no final da época, sobre o sucesso que terá em Itália. Recordo-lhe apenas que ele tem de ser Campeão Europeu, ou então será um fracasso. Para ser campeão de Itália já bastava o que lá estava.

Zex disse...

Mourinho foi campeão no primeiro ano.
Ganhou a Carling Cup, mais ou menos nesta altura.
Não ouviu das bancadas gritarem-lhe, aquando de uma substituição, "you don´t know what you're doing".
Praticava, nos dois primeiros anos, um futebol empolgante que culminou num jogo inesquecível contra um Super-Barcelona.
Os adeptos gostavam.
Lampard jogava como nunca.
Drogba idem, embora fosse mais produtivo na terceira época.
Não gritaram por ele agora, diz-se, mas já o fizeram, por várias vezes, noutros momentos.
Argumentar que não deixaram o Scolari ficar até ao fim é brincadeira na qual não embarcaram os dirigentes do Chelsea.
A equipa jogava mal. Foi eliminada da Taça da Liga e da FA Cup. Estava a sete ou oito pontos do Man U.

E Sr. Cavungi,
O que é esse título de vice-campeão ?
Onde se ganha isso ?
Não será o primeiro perdedor ?
Bem sei que no seu clube é título que gostam de ostentar ...
Há outros que até réplicas de Taças fazem...

Zex disse...

Erro meu, o Chelsea mantém-se na FA Cup !
Mas a ideia essencial mantém-se !