quarta-feira, fevereiro 11, 2009

Portugal-Finlândia 1-0

Quando o seleccionador nacional encara um particular com a Finlândia como se de uma final do campeonato do Mundo se tratasse, é porque atingimos um nível exasperante de desespero!
Inconcebível a ansiedade de Queirós!
Intranquilidade esta que transmitiu aos seus jogadores e que os conduziu à bonita soma de 23 remates para um golo.
Mais do que um problema técnico (que também o é), a ineficácia finalizadora da selecção nacional decorre da falta de confiança e do excesso de ansiedade que entorpece as capacidades dos jogadores nacionais.
A partida de hoje foi um verdadeiro particular. Nem o estatuto de preparação logrou alcandorar.
Reduzida intensidade, muita mansidão, substituições em barda, interrupções em igual medida e escassa ressonância competitiva.
Se se pretendia organizar o sistema e o modelo de jogo a utilizar frente à Suécia, o encontro de hoje não serviu tais propósitos.
Se se visava apagar a paupérrima imagem deixada no encontro com o Brasil, não se conseguiu.
Ter-se-á aproveitado alguma coisa?
Espero que sim!
Espero que Queirós tenha percebido que a verdura de Orlando Sá não é compatível com a alta competição.
Espero que Queirós tenha percebido que o excelente pé esquerdo de Duda não é suficiente para que se possa assumir como solução para lateral esquerdo (um jogo de futebol tem duas dimensões - uma defensiva e outra ofensiva - e Duda satisfaz apenas a segunda).
Espero que Queirós tenha percebido que as fragilidades manifestadas na fase de qualificação permanecem evidentes.
Espero que Queirós tenha percebido que a solução dos problemas começa em si e na sua capacidade para serenar, tranquilizar e elevar os níveis de confiança e auto-estima dos seleccionados.
Diz-se no teatro que a maus ensaios gerais correspondem retumbantes estreias.
Que assim suceda com a Suécia!

9 comentários:

JC disse...

Amigo Vermelho:
São demasiadas coisas para Queirós perceber.
Queirós é pedante, arrogante e julga-se superior.
Saberá de teorias e de metodologias mas percebe pouco do jogo que se chama futebol.
Com a Suécia, repetirá os mesmos equívocos.
A ansiedade será ainda maior.
O meu desejo é que Portugal perca com a Suécia, que arrume de vez a ideia de ir ao Mundial, que arranje um treinador a sério e que comece já a preparar o Europeu, aproveitando para isso esta fase de qualificação.

Mestrecavungi disse...

Amigo Vermelho:
São demasiadas coisas para Queirós perceber.
Queirós é pedante, arrogante e julga-se superior.
Saberá de teorias e de metodologias mas percebe pouco do jogo que se chama futebol.
Com a Suécia, repetirá os mesmos equívocos.
A ansiedade será ainda maior.
O meu desejo é que Portugal perca com a Suécia, que arrume de vez a ideia de ir ao Mundial, que arranje um treinador a sério e que comece já a preparar o Europeu, aproveitando para isso esta fase de qualificação.

JorgeMínimo disse...

Cavalheiros:

Estou com uma horrível sensação de "dejá vu". Aparecem-me duas cenas, uma com o JC e outra com o Cavungi e os dois a dizerem a mesma coisa. Estarei doido varrido? Sinceramente espero que não.

Mestrecavungi disse...

Et Voilá!
N'ést pas penaltie!

JorgeMínimo disse...

Cavalheiros:

Ja Voila!
Rangaistus ei ole!

JC disse...

Um repete-me e fala francês.
Outro fala para aí eslovaco.
E o doido sou eu?
O doido sou eu?

Mestrecavungi disse...

Advinha:
Qual é o penaltie mais fatasma?
O do Yebda ou o do Finlandês?

antes morto que vermelho disse...

nem sequer vi o jogo tal o meu desinteresse pela selecção. só me interessa ver o cristiano a jogar...
sobre o queiroz, kago nele de muito alto e no que ele escarra, tenho pena de não ter sptv para ter visto o espanha inglaterra, ou o argentina frança.

quanto ao urro de bermelho, acho graça a ele não ter urrado contra o fcp... se calhar a azia já lhe passou, ou então amanhã faz o paste do guincho do RAP, como se de um intlectual se tratasse, enfim boizices.

antes morto que vermelho disse...

tueba ainda sonha com penaltis... dasssssss, é preciso não ter mais nada em que pensar(??)
tueba: mata-te e leva o ressabiado!