domingo, outubro 07, 2007

Análise à 7ª Jornada

7.ª JORNADA

Estádio José Alvalade, em Lisboa
Hora: 20:30
Árbitro: Jorge Sousa(Porto)

SPORTING: Stojkovic; Abel, Tonel, Polga (Had, 76m) e Ronny (Izmailov, aos 46m); Miguel Veloso, João Moutinho, Romagnoli e Vukcevic; Yannick (Purovic, aos 46m) e Liedson

Suplentes não utilizados: Tiago, Paredes, Farnerud e Celsinho

V. GUIMARÃES: Nilson; Andrezinho, Sereno, Geromel e Luciano Amaral; João Alves e Flávio Meireles (Rabiola, 70m); Carlitos (Mrdakovic, 64m), Ghilas, Desmerets e Alan

Suplentes não utilizados: Serginho, Radanovic, Mohma, Moreno e Tiago Ronaldo

Ao intervalo: 0-0

Disciplina: Cartão amarelo para Sereno (14m), Izmailov (63m), Miguel Veloso (79m) e João Moutinho (88m)

Marcadores: 1-0, Izmailov (60m); 2-0, Izmailov (68m); 3-0, Tonel (86m),

Resultado final: 3-0.



From Russia with Love...

Izmailov saltou do banco e fez dois golos.
O Guimarães viu interrompida uma série de 24 jogos consecutivos sem perder, iniciada a 04 de Fevereiro, ao ser derrotado por 3-0 pelo Sporting, na abertura da sétima jornada da BWin Liga.
Dois tentos de Izmailov, o primeiro dois quais precedido de uma falta de Vukcevic sobre Flávio Meireles, e um de Tonel selaram o desaire dos minhotos.
Todavia, desengane-se quem pensar que o triunfo leonino foi fácil. Antes pelo contrário!
O Guimarães entrou em Alvalade extremamente bem organizado e determinado e logo no primeiro minuto Desmarets obrigou Stojkovic a defesa apertada.
Numa estratégia à imagem de Luciano Spaletti, com Ghilas a fazer de Totti, o ataque vitoriano surgia muito móvel, criando dificuldades ao último reduto do Sporting.
Defensivamente, o Guimarães apresentava-se muito compacto, com uma primeira linha de cinco elementos seguida de uma outra com quatro elementos, com o trinco Flávio Meireles assumindo um papel de charneira entre-linhas.
O Guimarães vendeu cara a derrota e revelou-se mesmo superior ao Sporting nos primeiros 45 minutos.
Neste período, o Sporting mostrou-se sempre uma equipa muito intranquila, ao passo que o Guimarães, sem consentir muito espaço na sua zona defensiva, desenvolvia rápidas transições ofensivas, que causavam diversos calafrios à defesa leonina.
O Sporting apenas dispôs do primeiro lance de perigo em cima do intervalo, com Liedson, solto na área, a não conseguir desviar a bola para dentro da baliza.
Ao intervalo, o nulo penalizava mais o Guimarães do que o Sporting, letárgico e abúlico ao longo de toda a primeira metade.
Para a segunda parte, Paulo Bento lançou Purovic e Izmailov para os lugares dos desinspirados Yannick Djaló e Ronny.
Bento percebia ser necessária uma maior exploração das alas e, assim, Izmailov encostou-se bem à direita e Vukcevic ao flanco oposto.
Miguel Veloso passou a fechar o corredor esquerdo e Moutinho fixou-se mais na zona central.
As melhorias na equipa leonina foram evidentes.
Aos 60 minutos, o Sporting alcançou o golo inaugural por Izmailov, que, isolado por Vukcevic, tocou a bola por cima de Nilson.
Contudo, o lance foi precedido por uma falta de Vukcevic sobre Flávio Meireles a meio-campo.
Vukcevic abalroou Meireles e Jorge Sousa a escassos metros do lance, incompreensívelmente, nada assinalou.
Em vantagem, o Sporting podia colocar-se estrategicamente como gosta, ou seja, em expectativa, jogando no erro adversário.
Cajuda viu-se forçado a repensar a estratégia e fez entrar Mrdakovic, que passou a alinhar fixo entre os centrais leoninos.
Contudo, escassos minutos volvidos, o Sporting dilatou a vantagem.
Romagnoli cobrou um canto curto para Izmailov, que rematou forte e fez o segundo da conta pessoal, num lance em que Nilson foi muito mal batido.
Estava atingida a tranquilidade.
Até final, sobraram as boas intenções vimaranenses, especialmente por intermédio de Rabiola, mas os três pontos já tinham fugido.
Acabaria mesmo por ser o Sporting a fazer o terceiro, a cinco minutos do fim, por intermédio de Tonel.

Estádio Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria

U. Leiria – Fernando; Laranjeiro, Hugo Costa, Éder Gaúcho e Patrick; Cadu, Tiago e Toñito (Paulo César, 74 m); Sougou (Ngal, 73 m), João Paulo e Maciel.

Suplentes: Rafael Fava, Lukasiewicz, Ngal, Faria, Marco Soares, Paulo César e Dani.

Benfica – Quim; Maxi Pereira, Luisão, Edcarlos e Léo (Luís Filipe, 66 m); Katsouranis, Binya, Rui Costa (Di Maria, 73 m) e Rodriguez (Nuno Assis, 85 m); Nuno Gomes e Cardozo.

Suplentes: Butt, Zoro, Nuno Assis, Adu, Fábio Coentrão e Di Maria.

Disciplina: cartão amarelo a Tiago (17 m), Sougou (60 m), Binya (69 m), Nuno Assis (88 m) e Paulo César (88 m).

Marcador: 1-0 por Cadu da Silva (2 m); 1-1 por Nuno Gomes (15 m); 1-2 por Nuno Gomes (64 m).



Fabuloso destino de Amélie

Fim de ciclo.
Após cinco jogos sem vencer, e sem marcar um golo de bola corrida, o Benfica regressou aos triunfos, com dois golos de Nuno Gomes.
A exibição esteve longe da perfeição, houve falhas a mais para o actual momento da temporada, mas salvaram-se os três pontos obtidos.
E, diga-se em abono da verdade, que era o mais importante!
O União de Leiria entrou muito bem e, depois de ameaçar por Maciel, inaugurou o marcador por Cadu da Silva, à passagem dos dois minutos de jogo.
Um lance de pura ingenuidade, um passe de Maciel da linha para a área, o domínio de Cadu e o remate cruzado.
Tudo sob o olhar complacente de EdCarlos e Luisão.
Não podia começar pior o encontro para o Benfica!
Mas, então, num momento particularmente sensível e delicado emocionalmente, uma voz de comando todos soube serenar e encaminhar a equipa para a reacção - Rui Costa.
Rui Costa assumiu a condução do momento ofensivo do Benfica, estabeleceu os ritmos e foi empurrando a equipa para frente.
Com Nuno Gomes e Cardozo em simultâneo no onze inicial (Binya foi outra novidade), o Benfica soube então reagir da melhor forma e aos 16 minutos restabeleceu a igualdade.
Cardozo segurou uma bola longa, entregou em Rui Costa, que, por sua vez, endossou para Cristian Rodríguez na esquerda e o uruguaio cruzou para a diagonal e o cabeceamento mortífero de Nuno Gomes.
Uma excelente jogada colectiva!
Até ao intervalo, a bola rondou as duas balizas, sem que qualquer dos conjuntos tivesse revelado arte ou engenho para a finalização.
Na segunda parte, o encontro permaneceu sob o signo do equilíbrio.
O União de Leiria voltou a entrar melhor, mas o Benfica reagiu e, aos poucos, assenhorou-se do domínio da partida.
Aos 64 minutos, como corolário natural do seu maior ascendente, o Benfica alcançou vantagem no marcador.
Katsouranis, sobre a direita, descobriu Nuno Gomes, que, de primeira, atirou para o segundo golo.
Aí, o Leiria, fruto do desgaste causado pela partida com o Bayer Leverkusen, como que rebentou e desapareceu do jogo.
Pelo contrário, o Benfica, em rápidas transições ofensivas, construiu momentos de golo suficientes para conseguir um resultado mais confortável.


Estádio Cidade de Coimbra, em Coimbra

Árbitro: Elmano Santos (Madeira)

Académica: Pedro Roma; Orlando, Litos, Kaká e Pedro Costa; N´Doye e Pavlovic (Tiero, 73m); Lito, Miguel Pedro (Vouho, 86m) e Ivanildo (Hélder Barbosa, 31m); Joeano

Suplentes não utilizados: Ricardo, Fofana, Cris e Vítor Vinha

FC Porto: Helton; Bosingwa (Cech, 33m), Stepanov, Bruno Alves e Fucile; Paulo Assunção, Lucho e Raul Meireles; Sektioui (Leandro Lima, 54m), Lisandro e Quaresma (Adriano, 77m)

Suplentes não utilizados: Nuno, Pedro Emanuel, Mariano e Bolatti

Ao intervalo: 0-1

Disciplina: Cartão amarelo a Stepanov (35m)

Marcadores: 0-1, Lucho (28m);

Resultado final: 0-1



Paciência...

Um golo de Lucho Gonzalez, na transformação de uma grande penalidade, valeu a sétima vitória consecutiva do Porto na Bwin Liga.
Em clara gestão de esforços, depois do jogo a meio da semana em Istambul, os portistas fizeram o suficiente para assegurar mais três pontos.
Numa partida a roçar o miserável, um penalty permitiu ao Porto vencer uma Académica muito pouco agressiva no seu sector atacante.
Estavam cumpridos 28 minutos de jogo, quando o auxiliar de Elmano Santos entendeu que N´Doye derrubou Quaresma no interior da grande área.
Decisão correcta, que só pecou pela forma como foi tomada.
O assistente que detectou a infracção, em primeira instância, mostrou-se peremptório na afirmação de que a falta acontecera fora da área!
Sem ter feito grande coisa para isso, o Porto via-se em vantagem.
Ao invés de se soltar e procurar o segundo golo, os portistas preferiram poupar-se e, assim, o jogo conheceu cedo uma modorra inaceitável.
O Porto não queria assumir a iniciativa e a Académica queria, mas não conseguia.
A Académica ainda cresceu na segunda metade, mas, apesar de um maior domínio territorial, evidenciou sempre uma enorme falta de acutilância em zona de finalização.
Muita circulação de bola, mas sempre para trás e para os lados.
Com excepção de dois lances protagonizados por Joeano, o processo ofensivo da Briosa revelou-se de uma aridez confrangedora.
Por sua vez, o Porto apenas no dealbar da 2ª parte, num lance de Lucho, que viu Pedro Roma opor-se com mestria, apareceu ofensivamente.
No mais, concentração e circulação de bola no intuito supremo de gerir a condição física e controlar as incidências da partida.

61 comentários:

JC disse...

Estive ontem no Estádio Cidade de Coimbra na companhia do Ilustre Administrador do Blog e do não menos Ilustre condómino Jimmy a assistir ao Académica-Porto.
Jogo muito fraco, sem emoção, apenas com duas ou três jogadas de perigo.
O Porto "desiludiu-me", pois ia à espera de ver uma equipa dominadora, mecanizada, com bons lances colectivos e com destaques individuais - as seis vitórias consecutivas na Liga Bwin assim anunciavam.
Nada disso.
Vi um Porto a praticar um futebol feio, sem criar lances de perigo, sem superioridade no meio campo, a jogar lento e na expectativa.
Quaresma teve apenas uma arrancada ao seu nível, Lucho jogou a passo, Stepanov só sabe pontapear para o lado para que está virado.
Apenas Lisandro, muito forte fisicamente, Bruno Alves, patrão da defesa e Raul Meireles, muito dinâmico, mostraram ser jogadores em boa forma.
O FCP pareceu-me uma equipa que cumpre apenas os serviços mínimos e que joga na falha do adversário.
Não tenho visto os demais jogos do FCP, mas ontem não justificou, minimamente, as agora sete vitórias consecutivas na Liga.

VermelhoNunca disse...

Vitória justa do SPorting, perante um Guimarães que demonstrou ser um osso duro de roer. 1º golo do Sporting precedido de falta, num lance a meio-campo, confuso, em que o árbitro teve o "azar" de não sancionar o lance, que viria a dar golo.
Vitória justa do FCPorto, num jogo em que jogou feio, mas em que teve sempre o jogo controlado, perante uma Académica fraca, quanto a mim.
Mau jogo em Leíria, perante uma multidão de pouco mais de 8.000 espectadores. Sem dúvida que o Benfica enche estádios por todo o País. Lance de grande penalidade evidente, por empurrão do Cabeça Bicuda sobre jogador do Leíria. União fraca, pareceu mais um jogo de solteiros e casados, a ver quem pior jogava. O mal humorado Camacho , com as suas trombas habituiais, parece contentar-se com pouco, pois só refere que as bolas entraram, esquecendo-se que o Benfica joga abaixo de cão.

Antes morto que vermelho disse...

vi o resumo da lagartagem, e foi curioso o destaque que deram (logo de início) á suposta falta do lagarto sobre o assassino fábio m.(lembram-se do costinha?), como se fosse isso o mais importante do jogo. vitória justa da lagartagem sobre a equipa desse pateta chamado manuel c.
ví o resumo do fcp, penalty claro sobre quaresma, porto, uma vez mais, joga qb em função da equipa que defronta.
vi a lampionagem, jogou qb para ganhar ao leiria que é treinado por esse anormal do paulo d.
pena que o nulo tenha regressado aos golos. mas o grande destaque vai para o cabeça-bicuda!! O novo rei da "gasosa" (qual carlos paredes nos tempos do fcp,) o homem não merece um "pirolito" mas sim um abafador, não há bola que este anormal não mande "para o molho", péssimo jogador, duro de rins, sem imaginação e até teve a lata de cometer um penalty clarissimo sobre um jogador do leiria (estranho o bermelho não se referir a esse lance na análise que faz do jogo).
finalmente, aceitam-se apostas para o número de capas de A Bola que nulo gomes terá durante a semana. estou seguro que amanhã na rubrica vedetas, nulo estará presente!

VermelhoNunca disse...

Macaco, concordo consigo. Se não tivesse dado golo, seria um lance normal a meio-campo. Faltas mútuas, e o árbitro entendeu deixar seguir. Situação normal.
Anormal o penalti do cabeça bicuda, que pura e simplesmente dá um chega para lá no leiriense, mas que o administrador não viu ( estaria a caminho do Cidade de Coimbra?).

Antes morto que vermelho disse...

uma curiosidade: na 6º feira comprei A Bola para consultar os resultados das equipas portuguesas, e qual é o meu espanto que a capa não era com o braga mas sim com o idiota do cardozo! o que é que este lampião tem de mais importante que o braga?? mas fiz o trabalhinho que o nunca me sugeriu e, limpei o recto com a capa (o efeito não foi o mesmo do cabeça-bicuda), mas o cardozo ficou com "barba" castanha...

VermelhoNunca disse...

Macaco, da próxima limpe à tromba do Camacho, esse mal encarado, que encara toda a gente com aquela cara de cú.

JC disse...

AMB:
Anda a comprar a Bola vezes demais.
Ele é para ler as artigos do MST, ele é para ver os resultados das equipas portuguesas na UEFA.

VermelhoNunca disse...

Amigo JC, dá-me ideia que o Macaco anda com problemas intestinais, daí comprar tantas vezes papel higiénico, embora de fraca qualidade. Ou então tem sonhado com Camacho, o verdadeiro cara de cú.

Antes morto que vermelho disse...

jc: o fcp não tem que justificar ir á frente, basta jogar melhor que os adversários e esperar que lagartada e lampiões percam pontos, mai nada!!
na liga dos campeões já não é bem assim, também ter que ter alguma sorte (golo contra o besiktas que resulta de dois falhanços do lucho e do quaresma).

Antes morto que vermelho disse...

jc: era feriado, ia para o alentejo e queria levar leitura, mas ao fim de 10 minutos acabei por "desenhar" uma barba castanha ao cardozo. se fosse antes quando a bola tinha outro tipo de impressão corria o risco de ficar com o recto preto.
mas amanhã é 3º feira e tenho que comprar o pasquim, MST (qual o lampião da capa?)


nunca: o meu próximo objectivo será comprar a bola quando esta tiver na capa o macho, como o palerma parece ter capachinho, talvez o efeito seja um cabelo comprido, tipo anos 60.

JC disse...

Caro AMB:
Obviamente que O FCP não tem de justificar nada, tem é de ganhar os seus jogos, e isso tem feito e bem!
Só que quem sai da casa à noite para assistir a um jogo de futebol espera ver algum espectáculo, expectativa essa que aumenta quando se deslocam ao ECC as equipas do cimo da tabela.
E quando se trata do campeão Porto, invicto, recheado de estrelas, as expectativas de assistir a um bom jogo - ou, pelo menos, a algumas boas jogadas - são enormes.
Ora, nesse aspecto o Porto desiludiu-me, pois produziu fraco espectáculo.

VermelhoNunca disse...

Chamo a atenção para as vergonhosas declarações de um vice-presidente da Sad do Benfica, após o jogo. O homem parecia drogado, queixava-se que o campo esteve inclinado, sendo o Benfica altamente prejudicado. Não viu o cabeça bicuda a fazer penalti, eventualmente por estar a olhar para a cara de cú do Camacho, s´p, pode ser.

Antes morto que vermelho disse...

esse vice, facilmente se percebia que estava completamente bêbado!!
até o mongolóide do rui santos viu que se tratava de mais uma "jogada" cavalar do dumbo-orelhudo.
o dumbo fica calado e um vice bêbado vomita!
é semelhante ás declarações de um jumento,chamado paulo qualquer coisa, quando disse que o departamento médico do benfica era o melhor do mundo (após terem quase acabado, com a carreira do rui c.).
é tudo encomendado, e só aqueles "6 milhões", é que não se dão conta...

VermelhoNunca disse...

Macaco, está a par do que se passou no jogo Belenenses/ Benfica, em juniores?
Mais uma vergonha, será que o vice que está louco assistiu a esse jogo?

JC disse...

Nunca:
Partilhe connosco o que sucedeu nesse jogo.

VermelhoNunca disse...

Amigo JC, nada de especial. O Benfica ganhou 2 a 1, no Restelo. A vitória foi atingida através de um penalti, que segundo os pasquins desportivos é mais que duvidoso. Rui Jorge expulso, após veementes protesto pela roubalheira verificada.
O vice do Benfica, o louco que vê o campo inclinado, não estava presente, ao que consta.

Antes morto que vermelho disse...

não, não estou a par, conforme afirma jc, partilhe essa notícia com este vasto auditório, sff.

Antes morto que vermelho disse...

nunca: esse vice acorda bebado, portanto nessa altura já estava a vomitar pela 2 vez nesse dia para poder almoçar, encher o bandulho e beber 2 garrafas de vinho tinto. Ele é que estava inclinado!

jimmy disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
GDNNDNL disse...

Branco, mais branco não há...
tentativa de branqueamento da vergonha, essa sim uma vergonha, na sequência das vergonhas dos jogos com Setúbal e Benfica, que aconteceu Sábado na Casa de Banho da Segunda Circular!
Nunca antes havia sido tentado, mas no Sábado foi-o e com pleno êxito - as leis do Rugby passam a aplicar-se ao futebol.
Placagens e abalroamentos passam a ser possíveis, desde que feitos por jogadores ao serviço dos lagartos.
Até jogos de juniores trouxeram!
Ridículo!
Patético!
Ainda por cima, jogos que nem sequer viram.
O homem da camisola rasgada mostrou bem como é devoto da lagartagem.
Foi expulso por calimerices!

GDNNDNL disse...

Bêbado que eu saiba é o Presidente do grémio das casas de banho.
pelo menos, foi isso que o insuspeito homem da caixa disse há uns anos!

jimmyjump disse...

Perante aquilo que assisti durante este fim-de-semana nos jogos dos "grandes", a unica coisa que há a concluir é que vale efectivamente a pena pressionar as equipas de arbitragem!
Em Leiria viu-se o SLB a pagar a factura do que sucedeu na Amadora. Milhentas faltas sobre o Cardozo perto da área e nenhuma assinalada. Dava para tudo.
Em Alvalade, ninguém viu uma falta do tamanho do mundo cometida pelo sérvio! Tanto que o Bento chorou...
Em Coimbra, o bandeirinha assinala primeiro falta fora de área. Depois de uma breve conversa com o Lucho volta estranhamente atrás na sua decisão e dirigiu-se para a marca de penalty. Esquisito.

Pressão alta, definitivamente, sobre as equipas de arbitragem!

JC disse...

Condómino GNDNLLDDNNDGGDDLNNN:

"Nunca antes havia sido tentado, mas no Sábado foi-o e com pleno êxito - as leis do Rugby passam a aplicar-se ao futebol."
O caro condómino enganou-se nom dia. Não foi no Sábado mas no Domingo que as leis do rugby se passaram a aplicar ao futebol.
Por causa desse lance a que se refere - no Domingo e não no Sábado - o Cabeça Bicuda vai ficar a ser conhecido por Luisão UVA.

-se

VermelhoNunca disse...

Chegou a hora do recreio. Já não bastava o louco que vê o campo inclinado, e logo aparece outro paranóico, que vê faltas sobre o Cardozo, e coisas do género. Mas alguém viu o 9 milhões de euros em campo? Quem é o Calimero? Quem se está aqui a queixar, a não o palhaço das iniciais que acabou de colocar um post? E queixa-se, quando foi beneficiado, o que mais estranho é.
Tive o cuidado de referir que os pasquins desportivos é que referiram a roubalheira que sucedeu no Restelo. Para quem não viu o jogo nem leu os pasquins, como parece ser o caso do homem das inciais, o melhor mesmo é seguir o exemplo do Macaco, e em vez que limpar o recto, limpe antes a boca com o jornal A Bola.

VermelhoNunca disse...

Caro Saltitão, misturei o seu comentário com o do homem das inciais. Não me referia a si, quando sugeri limpar a boca com a Bola.

VermelhoNunca disse...

Mas Saltitão, se viu as faltas sobre o 9 milhões, deve ter visto o Cabeça Bicuda a fazer penalti, ou não viu essa parte do jogo?

JC disse...

Amigo Nunca:
Quando sugere que o GDNNLLDDDGGGGNLLL limpe a boca com a bola, tem em mente que o faça antes ou depois de o AMB a ler?

VermelhoNunca disse...

Gostava de referir que o penalti cometido pelo Doi é evidente. Fora da área nunca poderia ser. Aliás quem foi ao estádio deve ter a mesma ideia. Falta tão evidente quanto desnecessária. O árbitro, mau, mas bem colocado no lance, estranhamente não assinala. Isso sim é que é de admirar. Como é possível ele nada assinalar.

GDNNDNL disse...

Uma questão caro JC:
viu os jogos de Sábado e Domingo ou como é seu timbre apenas fala com base no que alguém viu e escreveu?
se viu, dirija-se à Unidade de Saúde mais próxima e peça para ser consultado por um oftalmologista!
se não viu, remeta-se ao silêncio, pois que falar pela voz dos outros é próprio de robertos!

caro nunca:
à falta de argumentos, parte para o insulto.
típico de lagartos insanos e facciosos!

Luisão empurrou João Paulo e devia ter sido assinalado penalty, mas esse lance foi um oásis na gamadela do resto do jogo.
Antes desse lance, Cardozo isolado, carregado pelas costas, falta que ficou por assinalar e expulsão do jogador do Leiria.
Hugo Costa mais de 10 faltas e nem um amarelo viu.
Foi um fartar vilanagem!
Faltas e mais faltas no meio-campo do Leiria a favor do Benfica não assinaladas, foras de jogo mal assinalados ao ataque do Benfica e uma sucessão de faltas mal assinaladas a favor do Leiria perto da área do Benfica no final do jogo.
Isto foi o que se passou em Leiria.
Na casa de banho, depois do penalty do Pedra contente sobre o Matheus, do Anão cabeçudo sobre o Adu, só faltava uma placagem e um abalroamento do três quartos de centro montenegrino sobre o Meireles.
E o que é que estes três lances têm em comum?
aconteceram em campo aberto e com o árbitro a escassos metros!

jimmyjump disse...

Caro Nunca, as faltas sobre o Cardozo so não as viu que não assistiu ao jogo ou quem não percebe nada de futebol!
Devo-lhe igualmente fazer ver que a unica equipa beneficiada este fim-de-semana foi precisamente aquela que se queixou, chorou e se vitimizou exacerbadamente, sem pudor e sem razão aparente nas semanas que passaram!
Só assim calaram o discurso desculpa e desresponsabilizador do Bento!

VermelhoNunca disse...

Amigo JC, se o Macaco suja a capa da Bola após linpar o recto, sugiro que o homem das iniciais, tantas as asneiras que profere, limpe mesmo a boca directamente ao pasquim, pois o resultado será o mesmo. estou em crer. Ambos sujarão a imagem do Cabeça Bicuda.

Antes morto que vermelho disse...

jimmy, lampião, mais valia estar caladinho!
Se os grandes benificiados são vocês!! relembro-lhe que o dumbo-orelhudo disse que, em primeiro lugar deveria controlar a liga (e colocou lá o cunha l.), que o resto vinha por acréscimo!! e está á vista!

jimmyjump disse...

A haver falta no lance do Luisão, teria que ser assinalada quando o João Paulo agarra no internacional canarinho com o intuito de ganhar posição.

VermelhoNunca disse...

Caro Saltitão:
Em Alvalade o árbitro não marcou uma falta normal, como existem dezenas não assinaladas por jogo, a meio-campo. Como atrás referi, teve azar, pois a sequência do lance deu golo. Se assim não fosse ninguém falaria nessa jogada.
Em Leíria fala do 9 milhões. Sofreu faltas não assinaladas? Sofreu. Fala do Cabeça Bicuda e do penalti cometido? Não fala! Fala do Gato que se Arrasta Tsouranis e as suas constante simulações de lesões, para parar contra-ataques adversários, num demonstração de fair-play? Não fala!
O que você assistiu em Leiria foi a um jogo de merda, e o homem das iniciais ainda não tinha aberto a boca.

cavungi disse...

Penalti de Luisão?
Certo!
Falta a meio campo que dá origem a um golo?
Certo!
Penalti sobre Quaresma?
Muito certo!
Livre no ultimo minuto contra o Benfica?
Anedótico!
Falta á entrada da area sobre Cardozo?
Não se marca!
Arbitragens do fim de semana?
Mázinhas!
Vitórias justas dos 3 grandes!
Cajuda=Palhaço
P.Duarte=Genro do Bartolas
Jesualdo=Sr futebol feio!
Ví finalmente um jogo do FCP.Que pobreza de futebol.Pessimo.
Mas vai á frente com 7 vitórias de seguida.
Daqui se pode ver o que jogam os outros grandes....

GDNNDNL disse...

Caro nunca:
é impossível acompanhar o seu registo de barbaridades.
indivíduo mais acéfalo não deve existir.
consta mesmo que certo dia, no Júlio de Matos, um determinado médico lhe prescreveu uma lobotomia para sarar a sua esquizofrenia.
Nunca encaminhou-se para a sala de cirurgia, mas eis senão quando tudo pára - o paciente apenas ostentava um minúsculo grão quase invisível no lugar daquilo a que se chama cérebro.
Desanimado, nunca lá regressou a casa e jurou que se tornaria adepto dos lagartos.

Antes morto que vermelho disse...

o iniciais e o jummy são ceguinhos-acólitos!!
Devem ter limpo aos olhos com a bola, depois de ela passar pelo recto de alguém!!
Como é possível tal fanatismo??
Faltas sobre o "9M"??? ele é que se anda a esconder, e não faz a ponta de um corno? finge e cai! o leiria "dá no osso"? pois dá, mas no ano passado quando um anormal do leiria partiu a boca ao quaresma, ninguém disse nada... tipico de lampião, tipico de marreta que se guia pela Bola, ou pelos comentários do sousa martins... enfim marretas, semelhantes aos burros quando puxam carroças: com aquelas "palas" nos olhos.

VermelhoNunca disse...

Homem das iniciais, mão é meu objectivo insultá-lo, mas apenas fazer compreender que na minha opinião, você disse disparates dos grossos, autênticas barbaridades.
Junte-se a Cavu, e farão uma dupla tipo Batatinha e Companhia.

cavungi disse...

Só faltava este gdnlnnl com a mania que conta anedotas....

Antes morto que vermelho disse...

o cabeça bicuda juntamente com o david "lixo" luiz são os maiores ceceteiros da liga, alguém diz alguma coisa? não! calam-se caladimhos e dizem que eles são "duros". então o cabeça´-bicuda tem uma média de 3 penaltis por jogo!! as televisões mostram as repatições? não! os árbitros marcam penalti? não! e ainda se queixam...

cavungi disse...

Macaco: Sousa Martins?
Rui Orlando.Este sim ,tripeiro ferrenho e acefalo.Um verdadeiro anormal.

Antes morto que vermelho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Antes morto que vermelho disse...

cavu: o futebol é feio, mas vai chegando.
o futebol do benfica é mais bonito, mas não dá em nada, só serve para o macho (cara de cú) se lamentar, para o cardozo enganar, para o assassino ranis ter carta branca para "bater em tudo o que mexe" e para o cabeça bicuda mandar porrada e gasosas para o 3º anel.
O vice-bebado é que tem razão: está tudo inclinado, mas é por causa do vinho que ele bebe.

cavu: não aceites o iniciais para teu parceiro no programa do batatinha, é que o marreta não tem piada nenhuma!

Antes morto que vermelho disse...

iniciais, é mais o Dustin Hoffman no "Rain Man"!

JC disse...

Caro GDNNDDGGDLNNNNNGGNNDDDLLLLL:
De facto, este fim de semana apenas assisti, ao vivo, ao AAC-FCP.
Mas para me pronunciar sobre a falta do Cabeça Bicuda, de apelido UVA, não preciso de ter visto todo o jogo.
Basta ter visto er evisto as inúmeras repetições que vi ontem na hora extra para conlcuir que foi penaltie descarado, em campo aberto, que o árbitro não marcou.

Quanto à falta que o Vukcevic cometeu, apenas se fala nela porque na sequência dela, o SCP construiu uma jogada de golo.
Note-se que foi uma falta na linha de meio campo, igual a tantas outras que não são assinaladas e que ninguém fala nelas.
Não estamos a falar de penalties não marcados como o do Luisão nem de penalties marcados no último minuto do jogo contra o Estrela da Amadora.
Ou já se esqueceu desse escândalo maior da arbitragem nacional?

Antes morto que vermelho disse...

cavu: eu não tenho sptv! e infelizmente só oiço aqueles benfiquistas da TVI! Não foi o grunho sousa martins que comentou o jogo lampião?

Antes morto que vermelho disse...

só coloco mais uma questão: se a falta do jogador lagarto tivesse sido assinalada, o sporting empatava? é que se está a partir do principio que só por essa falta a lagartada ganhou...

Se bem que esse flávio m. (amigo do drogado nuno assis) merece ir jogar para o botswana!

cavungi disse...

Macaco:O "caso" da lagartagem não tem nada que se lhe diga.Há milhares de faltas a meio campo que não são assinaladas.Não foi por isso que ganharam.
Mas e se fosse ao contrário?
Quantas vezes iriamos ter que ouvir o choradinho?

VermelhoNunca disse...

Amigo Cavungi, quer maior Chorão que o Iniciais que arrota postas de pescada a torto e a direito e que chega ao cúmulo de escrever isto: "Luisão empurrou João Paulo e devia ter sido assinalado penalty, mas esse lance foi um oásis na gamadela do resto do jogo."
Foi um óasis o penalti, mas o árbitro não assinalou, como deveria ter feito. Aliás é um lance idêntico ao Dói da Académica, que foi assinalado e bem, pelo auxiliar, uma vez que o boi de preto tb nada marcaria.

Antes morto que vermelho disse...

cavu: sim o kalimero-mor também se chorava 2 semanas, mas a lagartagem só ganhou por essa falta não ter sido assinalada?? isso é "bullshit" é assunto para os vossos pasquins falarem 2 semanas, é assunto para o jorge cornado falar durante 2 semanas é assunto para o rui santos falar durante 1 semana, é assunto para o fernando seara falar durante um mês e assunto para o antonio pedro vasconcellos falar durante 2 meses, e qual o interesse de todo este falatório? nada!! mas é este o desporto/imprensa que temos!! é esta a merda que merecemos.
Lê o As (espanha) ou a Gazzeta dello Sport (itália) e vê lá se existem lá kalimeros ou cornados ou searas... não não há merdosos desses e em inglaterra achas que árbitros aparecem na tv a falar de arbitragens??

Antes morto que vermelho disse...

o iniciais é uma espécie de cavu. comboios de asneiras, vómitos frequentes, princípe da baboseira, e autoridade na arte do dislate e do disparate.
finalmente o cavu tem alguém á altura, trata-se de um choque de titãs

JC disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JC disse...

AMB:
Sábias palavras.
De facto, se em Portugal a comunicação social não desse o relevo que dá às arbitragens, se não existissem dezenas de programas televisivos e de rubricas nos pasquins dedicados às questões da arbitragem, se não dessem tempo de antena radiofónico e televisivo aos Jorges Azias Cornados e a outros árbitros (que aliás, só faziam asneiras quando apitava), provavelmente falar-se-ia mais do jogo em si, de tácticas, de substituições, de jogadores, de treinadores.

Antes morto que vermelho disse...

jc: o cornado era um arbitro miserável. e quando ia apitar lá fora só fazia asneiras. o lucilio b. é um anti-portista primário, tem a mania que é bom e só faz merda, só para falar em alguns.
e depois o lesma-ranhosa gostava que os árbitros portugueses estivessem presentes no euro... só se o platini for parvo!!

cavungi disse...

Não vivo em Espanha nem em Itália, logo não sei reconhecer os Searas, os Dias Ferreiras, os Aguiar e os Vasconcelos lá do sitio.
Mas conheço os "nossos" e cheiram mal.
Todos.
Uns vendidos e uns situacionistas.
Os directores dos Jornais desportivos, o Serpa, O Manha e os outros ilustres jornalistas fedem.
mas o pior é o Rui Santos!
Não há quem o cale?

cavungi disse...

Amigo Nunca,
Por outros Benfiquistas no seu legitimo direito á indignação arrotam o que arrotam não é necessário comparar-me com eles.Eu tambem não faço comentário ás lobotomias de quem quer que seja.
A não ser á do Vieira!

cavungi disse...

Macaco:O Lucilio é corrupto.
Evidentemente que graças a deus não haverá um unico boi negro portuga no Euro-08.
O major acabou com as suas remotas hipoteses depois daquela consulta ao seu auxiliar...

VermelhoNunca disse...

Tem razão amigo Cavungi. Compará-lo ao Iniciais é um insulto à sua pessoa.
Não siga o exemplo sugerido de , após botar discurso, limpar a boca à capa da Bola.
Abraço

Lion Heart disse...

A vários condóminos:
1) gdnnldnn - Como é que isso se pronuncia, ou é a transcrição do tontinho da SAD, digno sucessor do Vilavinho?
E já agora, lembre-me qual é o adversário do E. Amadora na Taça da Liga ?
2) Sr. Administrador, notável o título de cada uma das crónicas. Mas já agora, porque é que os frangos (?) do Stojkovic são momentos Moretto e no do Nilson,´"é mal batido"?

Lion Heart disse...

E a propósito da minha mudança de avatar:
Assumo-me frontalmente como Calimero. E declaro desde já todos os passarinhos e dragõezecos, em resumo, insectos voadores, como não passando para mim de Abelhas Maias.
E o MST é a Abelha Rainha. E atenção, que não deve faltar muito para começar a ter a saia suja.

E para quem quiser relembrar a totalidade do poema, ou não souber do que estou a falar, é só ir a:
http://www.boldlyrics.com/lyrics/25053

vermelho disse...

Amigo Lion Heart:
obrigado pelas referências elogiosas.
No mais, reconhecer-lhe razão na equiparação dos frangos de Stojkovic e Nilson.
A diferente adjectivação decorre apenas do momento.