quarta-feira, outubro 24, 2007

Análise ao Benfica-Celtic

LIGA DOS CAMPEÕES - 3.ª JORNADA (GRUPO D)

BENFICA - 1 CELTIC - 0

Estádio da Luz, em Lisboa
Hora: 19:45
Árbitro: Massimo Busacca (Suíça)

BENFICA - Quim; Maxi Pereira, Luisão, Katsouranis e Léo; Nuno Assis (Di Maria, 61 m), Bynia, Rui Costa e Cristian Rodriguez (Luís Filipe, 83 m); Cardozo e Bergessio (Freddy Adu, 61 m).

CELTIC: Boruc; Caldwell, Kennedy, McManus e Naylor; Donaty (Sno, 62 m) e Hartley; McGeady, Brown e Jarosik; Killen (Mc Donald, 74 m).

Ao intervalo: 0-0

Golo: Cardozo (86 m)

Resultado final: 1-0

Cartão amarelo a Caldwell, Killen, Haltley e Di Maria.




Não há mal que sempre dure...

O Benfica venceu o Celtic por 1-0 e reabriu as suas hipóteses de apuramento na Champions.
Depois de uma primeira parte a roçar o miserável, o Benfica arrancou para uma segunda metade na qual construiu oportunidades de golo em número suficiente para golear.
Boruc, a trave, o poste e alguma inépcia na concretização impediram a materialização da superioridade do Benfica.
Camacho apresentou o onze que se anunciava, mas o certo é que as mexidas foram tantas e tão profundas que a equipa não as soube absorver.
A equipa nunca conseguiu perceber se estava estruturada em "rombo" (4x4x2 losango em português)ou 4x4x2 tradicional.
Assis e Rodriguez hesitaram demasiadas vezes entre ocupar o espaço exterior ou o interior, criando uma anarquia táctica que esterilizou o processo ofensivo.
Com desmedida ocupação da zona central fruto da tal errática colocação de Assis e Rodriguez, o Benfica não conseguia desposicionar os defesas escoceses e, assim, era pouco mais do que inócuo.
Na primeira metade, apenas duas notas atacantes do Benfica - uma na sequência de um mau atraso de um jogador do Celtic, que Cardozo não soube aproveitar e outra num cabeceamento de Katsouranis, que Boruc desvio de forma soberba para canto.
O Benfica exerceu um domínio esmagador, com muita posse e circulação de bola, sendo certo, todavia, que não encontrou os caminhos da baliza do Celtic.
Lento e sem ideias, o Benfica esbarrou na muralha defensiva escocesa.
O Celtic apostado em não perder, colocou 10 homens atrás da linha da bola e resolveu com aparente facilidade os escassos problemas que o Benfica lhe criou.
O Benfica entrou bem melhor na segunda parte, mais rápido e com outra atitude, e logo aos 51 minutos logrou criar um excelente ocasião de golo, quando Cardozo, após cruzamento de Rodiguez, obrigou Boruc a uma defesa fabulosa.
Esperava-se que Camacho introduzisse alterações na equipa ao intervalo, mas o espanhol apenas perto dos 60 minutos viria a mexer na equipa.
Em boa hora o fez!
Retirou Assis e Bergessio, unidades claramente fora do jogo, e fez entrar Adu e Di Maria.
As indecisões tácticas terminaram e a equipa soltou-se.
Reintroduziu equilíbrio na equipa e, sem surpresa, o momento atacante do Benfica conheceu uma nova vida.
Com Rodriguez na esquerda, Adu na direita e Di Maria a 10 no apoio a Cardozo, o Benfica cresceu e, para além de controlar o jogo, passou a criar evidentes ocasiões de golo.
Jogando entre a meia-lua da grande-área e a marca de penalty, Cardozo vestia a sua verdadeira pele, maximizando as suas qualidades e obscurecendo os seus pecadilhos, e viria a assumir-se como a principal figura da partida.
Aos 63 minutos, numa recarga a remate de Cristian Rodríguez, atirou com estrondo à barra; aos 66, recebeu a bola na área, rodou bem e atirou em arco ao poste mais distante; aos 73, trabalhou bem dentro da área e rematou com a bola a sofrer um desvio em Kennedy; aos 76, após cruzamento para a área, obrigou Boruc a defesa apertada.
As ocasiões de golo sucediam-se, mas o fantasma da repetição de outras noites de incapacidade finalizadora ensombrava a Luz.
Todavia, aos 87 minutos, o golo finalmente aconteceu.
Di Maria executou um passe soberbo, Cardozo "matou" no peito e com a frieza típica dos pontas de lança concretizou com êxito.
O marcador conhecia justiça!
Destaque no Benfica para a audácia e denodo de Cristian Rodriguez, para o acerto defensivo de Bynia e para a excelente segunda parte de Cardozo.
Depois de duas bolas nos ferros da baliza de Boruc, Cardozo bem mereceu a redenção do golo!

32 comentários:

VermelhoNunca disse...

Quando era miúdo , alguns jogadores do Sporting de então, foram jogar futebol de 5, num campo junto à minha casa. Foi um jogo organizado por Vitor Damas, que era tio de um vizinho meu. O próprio Damas, mais Dé e Dinis ( são os que de momento me recordo) foram actuar contra uma equipa da bairro onde vivia. A certa altura Dinis desfere um remate e partiu a baliza. Histeria geral.
Ontem , no jogo do Celtic, ouvi um jornalista doente, gritar que Cardozo quase tinha destruido a baliza, após rematar à barra. São palavras do lampião Prates, aos gritos na televisão. Mudei de canal. Desliguei a televisão e revivi o grande Dinis e as minhas memórias de infância.

Antes morto que vermelho disse...

infelizmente não tenho sptv, tive que fazer o sacrifício de ouvir os relatos pela rádio, mais concretamente através da tsf. relataram muito menos o fcp do que a lampionada (habitual)e, por falar em gritos, o super-lampião do marreta que estava a relatar, só gritava, mas gritava desalmadamente como se estivesse a ser sodomizado á bruta, lá pedi aos meus tímpanos para fazerem o sacrifício (havia 0-0 e o jogo estava a acabar), no entanto quando foi o golo da lampionada, com aqueles urros descontrolados, não aguentei, desliguei o rádio e... fui ver o CSI.

p.s. só ouvi o resultado final do fcp, no programa tardio da rtp sobre a liga dos campeões, onde a única coisa que se aproveita, é a apresentadora, porque de resto é só conversa lampiónica "de ir ao cu", desde as entrevistas a 7 jogadores lampiões até a entrevistas com outros marretas benbiquistas, só achei estranho não terem entrevistado o inclinado.

Antes morto que vermelho disse...

O que é que se passa?
"Carlos Martins desapareció por sanción en las últimas dos jornadas y con él se extinguieron los mejores minutos que ha brindado el Recreativo en las ocho primeras jornadas."
"...el mediocentro portugués, azotado también por problemas personales..."

Antes morto que vermelho disse...

"El grupo de empresarios guipuzcoanos y chinos cuya identidad se desconoce y que hace dos veranos intentó comprar alrededor del 35% de las acciones de la Real Sociedad parece haber vuelto a la carga en su idea de entrar en el club txuri urdin..."
cheira-me a "dejá-vu"...

vermelho disse...

AMV:
Desconheço o que se passa com Carlos Martins.

vermelho disse...

Amigos:
Recordo que amanhã é dia de Tribuna do Bitaite e que, como tal, conto com os vossos contrbutos a enviar para o mail do blog.
Obrigado.

VermelhoNunca disse...

Facto a destacar, a verdadeira enchente no curral da Luz. Pouco mais de 38.000 espectadores. Considerando que estavam cerca de 8.000 escoceses, diria que os lampiões não falham no apoio à sua equipa.

vermelho disse...

Amigo Nunca:
Segundo dizes estiveram cerca de 30 mil espectadores afectos ao Benfica ontem na Luz.
Gostaria que estivessem estado mais, mas compreendo que a fraca campanha interna e europeia tenham afastado adeptos do Estádio.
Eu próprio que não costumo falhar estive ausente!
Mas, a propósito de assistência fui consultar o site da Liga e eis senão quando deparo com números deveras curiosos:
Segundo os dado oficiais da Liga o Benfica apresenta uma média de 38.169 espectadores por jogo, ao passo que o Sporting apresenta uma média de 26.768.
Será caso para dizer que estes sim não falham no apoio à sua equipa!

Antes morto que vermelho disse...

bermelho: e qual é o assunto a tratar?

vermelho disse...

AMV:
A Jornada do próximo fim de semana, antevendo a equipa, o sistema e o adversário como têm feito até aqui.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vermelho, não sou eu que digo. Li os números no jornal de hoje.
Quanto à média de espectadores. De acordo, convém é que não esqueça que o seu clube tem cerca de 60% da população portuguesa como adeptos. O dobro da massa adepta do Sporting, eventualmente. Daí que não se justifique a curta diferença da média de espectadores entre os 2 estádios. E acrescentar ainda que o Sporting já visitou o curral. Em Alvalade ainda não houve nenhum dos chamados grandes( refiro-me ao FCPorto ).

vermelho disse...

Amigo nunca:
utilizar o plural e depois singularizar diz muito da verdade da mentira com que acabas o teu comentário.
Ao contrário do que pensas e afirmas, penso que para o Sporting as assistências registadas são preocupantes.
Apenas 26 mil de média é muito pouco.
Muito menos do que tem sido normal em épocas anteriores!
Nos 5 jogos com mais assistência, constam 3 jogos do Benfica e 2 do Porto, sendo certo que o jogo com maior assistência foi o Benfica-Guimarães (ultrapassando em cerca de 3 mil espectadores o Porto-Sporting).

VermelhoNunca disse...

Preocupe-se antes com o seu clube. O Sporting tem uma média de casa vendida, até ao momento, acima dos 41.000 bilhetes/ jogo. Vendeu mais de 32.000 gamebox. Ou seja, os resultados são os previstos pela Sad, porque a tendência das gamebox ainda é crescer, até atingir os valores do ano passado( o Sporting perspectivou um máximo de 35.000 gamebox vendidas, mais 1.000 que no ano anterior). E os números até agora atingidos permitem que esse valor seja atingido.

JimmyJump disse...

Uma segunda parte fabulosa do glorioso a arrumar com os escoseses caceteiros!
Já tinha saudades de ver um jogo tão intenso do Benfica.
O mais importante de tudo foi o reencontro do Cardozo com os golos e do Benfica como equipa!
Assim vamos longe!

Antes morto que vermelho disse...

bermelho: acabei de enviar o meu arroto, chegou?

vermelho disse...

AMV:
Recebido e pronto a publicar.
Obrigado.

vermelho disse...

Amigo nunca:
Se leste o meu 1º comentário verás que expressei o desejo de ver mais espectadores no Estádio!
Farás como entenderes!
Preferes a política da avestruz, tudo bem!
Quanto ao resto, sinceramente, não entendo, mas espero que me expliques!
O Sporting tem uma média de 26 mil espectadores por jogo, mas tem uma média de casa vendida, até ao momento, acima dos 41.000 bilhetes/ jogo, ou seja, os detentores das game´s box faltam sistematicamente aos jogos!
O Sporting vendeu 32 mil game box´s, mas vende mais 9 mil bilhetes por jogo.
Se regista uma assistência de 26 mil de média, apenas 17 mil detentores das game box´s vão ao Estádio!
Os detentores das game box´s, pelos vistos, compram, mas não vão sistematicamente aos jogos!
Claro está que falamos de um clube de gente abastada, mas assim tão abastada, não sabia!
São os chamados adeptos filantrópicos!
E, depois, ainda dizem que são os lampiões que comem tudo o que lhes dizem...

Antes morto que vermelho disse...

saltitão, exemplo típico de lampião: disparatado, cego, acólito,limitado e com uma capacidade de debitar barbaridades, assinalável.
"Assim vamos longe!" isto é Lindo!!!

VermelhoNunca disse...

AMigo Vermelho, debaixo dessa sua capa vermelha, leia os números, e interprete-os como entender. A realidade do Sporting é essa. ALiás já o ano passado o amigo veio para aqui com a mesma história.

vermelho disse...

Amigo nunca:
Caso não concordes com a análise que faço, rebate-a.

vermelho disse...

Lamentavelmente, obrigações profissionais e pessoais impedem-me de continuar no vosso convívio.
Até amanhã e bem-hajam.

JorgeMínimo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JorgeMínimo disse...

Caro Cavungi:
Infelizmente, ontem não pude voltar ao blog, depois do meu post sobre o joga de Roma. Hoje ao ler o que o estimado escreveu a propósito do que eu disse, fiquei chocado. Eu pensava que o meu caro tivesse uma inteligência média, mas vejo que estou redondamente enganado. Onde é que eu explico a derrota do Sporting através do azar ou de uma má arbitragem? Eu fui bem claro naquilo que disse. Havendo falta, não acho que tenha sido decisivo para a obtenção do golo. Unicamente falei nisso, porque o anti-sportinguista primário do sr. Administrador, escreveu que tinha existido uma falta antes do golo frente ao V. Guimarães e no jogo de Roma omitiu a existência da falta do jogador romano.
Fiz uma crítica à análise do estimado sr. Administrador, não tentei desculpar uma derrota com o árbitro.

VermelhoNunca disse...

Amigo Mínimo, já deveria estar habituado à falta de discernimento dos comentários de Ferrari Cavungi. Passe à frente disso.

cavungi disse...

Amigos FerrariNunca e Vermelho,
Penso que as fracas assistencias do SCP e SLB, naõ tem só relação nas fracas,(pelo menos no caso do SLB) campanhas desportivas.
O País em que vivemos não atravessa um bom momento esconomico.

Na generalidade as rendas de casa aumentaram 30%!!!!Os nossos ordenados 2 ou 3%.Outros 0%.
Quanto é que custa "ir ao futebol"?
No domingo vou levar o meu filho ao SLB-Maritimo.
2 Bilhetes de sócio: 20 €
Um snack para os 2 :10 €
Parque estacionamento 5 €
35 € fora imprevistos para um jogo de merd* com o clube do Alberto João.
7 contos e meio para ver o Cardozo a partir balizas.
O futebol está caro. E cada vez mais será "doloroso" ir "á bola".

cavungi disse...

Caro Yellow-Minimo,
Fui eu então que não percebí bem.
Noutro ambito queria perguntar-te se gostaste do "banho de bola" da 2ª parte no SLB-Celtic?
1-0 foi resultado escasso.Tinha previto 3-0 no memorial e só os postes de boruc me fizeram pereder esses preciosos pontos.

VermelhoNunca disse...

Amigo Cavungi, vem tarde e a más horas. Leu o post que lhe dirigi ontem relativo à sua paranóia pela Ferrari?

cavungi disse...

Amigo Ferrarinunca,
Lí.Eu não disse que o Hamilton, queria ganhar fora de pista.Eu disse que a Mclaren e o Ron Batoteiro Dennis queriam ganhar na secretaria o que não ganharam na pista.
E mais.
Afinal o imbecil carregou no botão errado.
Niki lauda tem razão:Hoje em dia até um chimpanzé consegue guiar um F1.

Antes morto que vermelho disse...

caxungo: vai de metro! a menina tem logo que ir de carrinho!
leva o chocolatinho de casa e não o compres no estádio, mas a menima tem que comprar lá!
E acima de tudo, ninguém te manada ir ver merda, só vai ao futebol quem quer! é uma completa barbaridade fazer um paralelo entre o futebol e as rendas de casa, mas dessa mona tudo se pode espear...

caxungo: vocês são mesmo uns coitadinhos... ganharam 1-0 e uns toscos, e já voltaram a ser os melhores, coitadinhos é mesmo "povo" que se contenta com muito pouco...

Antes morto que vermelho disse...

caxungo: quem disse isso sobre os f1, não foi o lauda, mas sim o mansel. tem a mania que sabe tudo mas até um bronco (em f1) como eu, sabe que essa fonte está errada, mas como diz o nunca:"isso não interessa nada", há que arrotar e mai nada.

Antes morto que vermelho disse...

caxungo e a barbaridade, hoje em particular, estão endiabrados. já só falta dizer que o cardozo é um grande jogador!

JorgeMínimo disse...

Caro Cavungi:
Sem dúvida o Benfica fez uma boa segunda parte, mas só ganhar por 1-0, nos últimos minutos a uns toscos como aqueles, é um resultado sofrível.