terça-feira, outubro 23, 2007

Análise ao Roma-Sporting

LIGA DOS CAMPEÕES - 3.ª JORNADA (GRUPO F)

AS ROMA - 2 SPORTING - 1

Estádio Olímpico

Árbitro Terje Hauge (Noruega)

AS ROMA – Doni; Panucci, Mexes, Juan e Tonetto; De Rossi e Pizarro; Cassetti, Giuly e Mancini (Cicinho, 86); Totti (Vucinic, 35m).

SPORTING – Tiago; Abel, Tonel, Miguel Veloso e Ronny (Purovic, 76); João Moutinho; Izmailov (Celsinho, 81), Romagnoli e Vukcevic (Paredes, 71); Liedson e Djaló.

Ao intervalo: 1-1

Marcador: 1-0, Juan (15m); 1-1, Liedson (18m); 2-1, Vucinic (69 m)

Acção disciplinar: cartão amarelo a Cassetti, Tonel, Vucinic, João Moutinho, Juan.

Fim da partida: 2-1



E tudo o Bento levou...

O Sporting foi derrotado em Roma por 2-1.
Um jogo que começou a perder antes do seu início.
A lesão de Polga e as subsequentes decisões de Bento revelaram-se determinantes para o desfecho da partida.
Bento equivocou-se no onze titular e nas substituições que protagonizou.
Bento poderia ter optado por um troca directa, ou seja, promover Gladstone à titularidade, mas tal não sucedeu.
Ao invés, preferiu recuar Veloso para central, Moutinho para a posição 6 e dar a titularidade em simultâneo a Izmailov e Vukcevic.
Um tremendo erro!
Saiu a perder na dimensão física do jogo e na qualidade das transições.
Moutinho não pode actuar na posição 6 na Europa. Falta-lhe peso e estatura para oferecer uma cobertura eficaz do espaço central.
Com a substituição de Polga por Veloso, a zona central perdeu capacidade no jogo aéreo e poder de choque.
Mas, mais - a transição ofensiva perdeu profundidade e rapidez por força do futebol mais curto e mais de transporte de Moutinho por contraposiçao ao futebol mais directo e mais de lançamento de Veloso.
Os passes longos de Veloso permitem à equipa não só chegar mais depressa à área contrária, como também ser mais segura e estar mais equilibrada no momento da transição defensiva.
Faltou a capacidade de construção que Veloso proporciona. Faltou a âncora, o farol, que cria, distribui e organiza.
Aliás, se bem repararmos os golos da Roma decorreram dos handicaps criados com as opções de Bento.
No primeiro, a dimensão física prevaleceu.
Juan impôs-se com muita facilidade no espaço aéreo.
No segundo, a diminuição da eficácia na transição defensiva emergiu.
Uma perda de bola junto da área contrária, um contra-ataque rápido e o Sporting, desequilibrado e com a equipa partida em dois blocos, incapaz de suster os jogadores romanos.
Neste tento, diga-se em abono da verdade, que a subtracção de robustez física tmabém desempenhou um papel de primeira grandeza, particularmente no duelo entre Abel e Vucinic, que o Sérvio venceu com autoridade.
Perscrutando o momento atacante da Roma, constatamos que a generalidade dos lances de perigo sucederam em lances de bola parada, livres laterais com solicitações aéreas para a área, e em velozes transições e contra-ataques.
Elucidativo!
Contudo, os delitos de Paulo Bento não terminaram aqui.
As substituições que entendeu por bem fazer foram um desastre!
Pergunto eu de modo meramente retórico - Gladstone é pior que Paredes? oferece menores garantias que o paraguaio?
Os níveis de confiança de Bento em Gladstone são assim tão diminutos que, estando em desvantagem no marcador, o determinaram a optar por um jogador que nada acrescenta ao processo ofensivo da equipa?!
Incompreensível a escolha de Paredes!
Em circunstâncias normais já o seria, a perder assume foros de estultice!
Retirar Vukcevic como se impunha face ao paupérrimo rendimento do montenegrino e fazer entrar Gladstone não teria sido preferível?
Indubitavelmente que sim!
Veloso ocuparia sua posição tradicional, Moutinho o vértice esquerdo do losango e, estou em crer, que a equipa melhoraria e muito a sua produção ofensiva.
Como se viu, Paredes é um jogador puramente defensivo, que em nada agiliza a equipa no primeiro momento de construção.
Dir-me-ão que Bento pretendeu equilibrar a equipa, isto é, emendar os erros nos quais inicialmente havia incorrido.
Não, afirmo eu!
Não pode ter sido esse o propósito de Bento, pois que apenas Veloso lhe poderia proporcionar esse desiderato e porque em momento subsequente fez entrar Purovic e Celsinho, esticando e colocando em campo 5 unidades de vocação ofensiva!
Perante uma Roma muito ansiosa, porque percebeu o quão importante era este jogo para o apuramento, e cedo privada da sua unidade nuclear, Totti, o Sporting dispôs de uma ocasião soberana para sair da Cidade Eterna com pontos.
Contudo, desbaratou-a ingloriamente!
Numa partida em que a Roma triunfou de forma justa, conquanto construiu mais e melhores ocasiões de golo e exerceu um domínio mais prolongado, realce para a magnífica exibição de Romagnoli.
O argentino encheu o campo e com os seus movimentos laterais do centro para as alas, mormente para a direita, criou significativas situações de superioridade numérica, uma das quais resultou no golo leonino (o golo típico do Sporting de Paulo Bento, fotocópia de tantos outros, nomeadamente do alcançado Sábado frente ao Fátima).
Nota final para Abel, que navegou da exuberância à calamidade, que é como quem diz da execução primorosa do cruzamento do qual resultou o golo do Sporting e de ter sido batido de forma infantil no segundo golo romano.

21 comentários:

Antes morto que vermelho disse...

concordo que a lagartada perdeu uma boa oportunidade de pontuar, na medida que a roma esteve a anos luz, da roma que se apresentou em manchester. mas será que mesmo assim a lagartada teria argumentos para a roma?? não me parece.
gostei do romagnolli (mas acho que "não encheu o campo"), detestei o ronnie (o que é aquilo? um projecto?) e uma vez mais o yanick (jogador típico português de há 15 anos, sem pica, frágil, não sabe o que anda a fazer em campo).
todos falam da forma como o abel foi fintado no 2º golo... e a falta de "rins" que um tal de "tunel", revelou logo a seguir?? porquê branquear este "gasoseiro"?
uma última nota para a "maior vedeta do mundo" que por acaso joga na roma: mancini, dasss que vedeta nojenta!

uma "curiosidade", já repararam nos pasquins desportivos de hoje? vêm todos a falar da lampionagem ("até tu o jogo") e mais concretamente com fotos do "cara de cu"!! o resultado de ontem da lagartagem não é mais importante? que vergonha.
mais uma vez recordo as palavras de zex sobre a bola: "aqui vende-se fé, e não informação"

cavungi disse...

Abel,Ronny e Yannick estiveram ao seu nivel.
Tal como toda o SCP.
Setima derrota consecutiva em Itália.
Levaram.
Foi bonito.
Foi justo.
Foi bom.

cavungi disse...

Macaco:Vou explicar-te isto, porque tú és bom rapaz.
Os jornais são empresas privadas que visam o lucro.
A 1ª página do jornal é o mais importante.Potencia ou não a sua venda.
Obviamente, dado o numero de adeptos dos diferentes clubes, é natural que as 1as. páginas dos pasquins desportivos sejam sobre o glorioso.
Se fosse com noticias do FCP, quase ninguem comprava, porque todos sabemos que os adeptos do FCP não sabem ler.E os que sabem fazem-no mal.Como aliás v.exa é um bom exemplo.
Os do SCP só compram o Diário Económico e o Caça & Campo.
Não vejo sinceramente qual o problema do SLB ocupar todas as 1ªs páginas.
É natural.

PanKreas disse...

Alguém me sabe dizer se o lance do 2º golo da AS Roma surge de um corte com a mão do méxes?

Antes morto que vermelho disse...

caxungo: eu é que te explico as coisas!! infelizmente v. exa. e mais a merda dos outros 5.999.999 só sabem ler e comprar a palavra "benfica", as campanhas constantes de intoxicação realizadas por todos os meios de comunicação social só resultam em vocês, por terem as limitações intlectuais que têm. v. exa. os 5.999.999 são a "massa", a "amalgama" que é fácil controlar, porque são aqueles que, como os burros, têm aquelas coisas nos olhos e não vêm mais nada.
eu felizmente não tenho essas merdas nos olhos e vejo muito mais além do que vocês, eu não pertenço a essa "massa" a essa "amalgama" de: acólitos, despersolalizados e de marretas sem vontade própria., entende?.
eu estou-me a cagar nos lucros, preocupo-me mais em receber uma informação "normal" e não essa que vocês recebem "distorcida".
penso, também ter a ver com uma questão cultural e de educação cerebral, porque vocês acreditam em tudo o que se vos apresenta, desde que seja fornecido pelos vossos deuses, naquele dimunito angulo de visão... engolem tudo, dessgraçados!

cavungi disse...

Macaco:É uma ideia interessante a tua.
Há 5.999.999 de parvos mais 1.Que sou eu.
Depois aparecem os iluminados com o tú.
Isto dito por quem só compra o jornal para ler o artigo dum adepto do FCP.E depois os outros é que são intoxicados.

JC disse...

Penso que o SCP falhou, principalmente, por erros individuais, do Tiago no 1º golo e do Abel - seguido do Tonel - no segundo.
Acho que falta maturidade competitiva aos jogadores do SCP, que nestes palcos tremem como varas verdes - o que não acontece com os jgoadores do FCP, por exemplo.
No entanto, e agora que o jogo já acabou, sou tentado a concordar com o Snr. Administrador, quando diz que melhor seria ter feito troca directa de Polga por Gladstone, mantendo a estrutura do meio campo intocável.
Penso que Paulo Bento não quis arriscar em dar a titularidade ao Gladstone, pois parece-me que não tem grande confiança neste jogador.

AMB:
Não vale a pena desgastar-se com as capas dos jornais da "turba" (e não "turbe", como certos analfabetos dizem).

Antes morto que vermelho disse...

pode crer caxungo, gastar uns cabrões €0.75 para ler uma página... (é de homem!), mas caxungo, eu sei o que vou ler, a perspectiva que vou ler e quem vou ler. vocês lêem tudo e engolem tudo. há coisas do MST que não dou crédito e outras que dou.
como diz o jesus cristo "Não vale a pena desgastar-se com as capas dos jornais da "turba" (e não "turbe", como certos analfabetos dizem)."
estou feliz por ter capacidade de não pertencer aos 6M e de não ser um "carneiro despersonalizado analfabeto"!!

jesus cristo: os do porto também tremem, podem é tremer menos que os da lagartagem, a maturidade competitiva em portugal é rara (ver mourinho, de resto)
o caxungo vomitou um dia que : "Com Gladstone em campo, o placard nunca fica em branco"

cavungi disse...

Macaco: É o que dizem no Brasil.

cavungi disse...

Macaco:Dou tanto crédito aos titulos dos jornais como tú.Acredita.
P.E:m O cardozo vai marcar + de 20 golos?
Só se for nos treinos!

JorgeMínimo disse...

Caro Sr. Administrador:
Estou de acordo contigo quando dizes que o Sporting perdeu uma boa oportunidade de ganhar em Roma. Com o Polga em campo não teria mesmo dúvidas que isso teria acontecido, só que o brasileiro não jogou.
Ao contrário do que tu afirmas não foi um erro a não inclusão do Gladstone em campo. Se tivesses visto o jogo com o Fátima,terias-te apercebido que a dupla Tonel e Gladstone não funciona, foram demasiados os erros na primeira parte desse jogo.
Em relação ao estimado Pankreas, é claro que houve uma mão descarada do jogador da Roma. É daí que parte o mortífero contra-ataque que originou o segundo golo dos italianos, no entanto esta mão é junto á área da Roma, os jogadores do Sporting tiveram o campo todo para cortar a bola e só não o fizeram porque estiveram mal, daí que não dê grande importância ao caso. Já o nosso caro Administrador esteve mal ao omitir essa situação, depois do que aqui escreveu a seguir ao jogo com o Guimarães, coadjuvado por outros ilustres condóminos como o Zex, Cavungi, Saltitão, etc.

Antes morto que vermelho disse...

caxungo: o marlon brandão quando jogava na lagartagem "partia a loiça toda", nos treinos. um sócio uma vez disse, que ele partia a loiça era lá em casa, com os cornos que a mulher lhe punha.

cavungi disse...

Macaco:Marlon Brandão jogava no SCP com o Mário?O que tinha passe social da Carris?

cavungi disse...

Amigo Vermelho,
Finalmente aparece um Lagarto a explicar a derrota de ontem.
E as explicações são as mesmas de á 100 anos para cá.
Em 1º lugar o azar:
"Sporting perdeu uma boa oportunidade de ganhar em Roma. Com o Polga em campo não teria mesmo dúvidas que isso teria acontecido, só que o brasileiro não jogou".
Só mesmo um tonto como o Sr Yellow-Minimo para achar que podia ter ganho em Roma.
Em 2º lugar o habitual: o Arbitro.
"é claro que houve uma mão descarada do jogador da Roma. É daí que parte o mortífero contra-ataque que originou o segundo golo dos italianos,"
Diz o Sr Yellow-Minimo que a falta foi na area da Roma etc. e tal.Mas tinha OBRIGATÓRIAMENTE que vir uma referenciazinha ao sr. arbitro.Está-lhes no sangue não há nada a fazer.
È ter paciência.E tú tens muita que eu sei.
Pena é que não haja uma referência ao frango de Tiago no 1º golo e á nabiçe pura do Abel no 2º golo.
Erros prórios?:Zero.
A derrota foi azar e o o arbitro.
Senão meus amigos "tinhamos ganho em Roma".
Acho que não se consegue ser mais ridiculo do que isto.

VermelhoNunca disse...

Amigo Ferrari, folgo em saber que viu o desafio de ontem. E fico contente por ter um motivo para festejar, uma vez que o Sporting perdeu.
Assim não o consegue fazer por vitórias do seu clube.
Concordo com Mínimo na questão Gladstone. O admiistrador não viu o jogo do Fátima. ALiás, acho mesmo que o brasileiro nem ao banco deveria ter ido, e estou em crer que só o foi porque Polga não pôde actuar.
Quanto ao mais, o Sporting jogou mano a mano com a Roma até aos 70 minutos. Depois houve um descontrole total. Não concordo na critica a Abel, que fez um bom jogo, tendo estado mal no lance do 2º golo da Roma. Mas acho que o principal culpado foi Tonel.
Aconselho a elementos como Ferrari a lerem as declarações dos jogadores da Roma no final do encontro. Talvez tenham a noção que não foi assim tão fácil a vitória italiana.

Antes morto que vermelho disse...

sim xungo, era esse mário, a quem a lagartada depois deu um renault clio, em 2º mão.
por muito que me custe, acho que o xungo tem razão no seu último post!

concordo com nunca a 100% sobre o abel e o culpado do 2º golo, que foi esse bluff chamado "tunel".
O Gladstone foi comprado pelas mesmas razões que foi comprado o num.9 (nem sei o nome dele). há aqui alguma semelhança entre estas compras e, 95% das compras realizadas pelo fcp, no início da época.

Força Celtic! Força MacManus!

VermelhoNunca disse...

Assisti nas Antas a uma vitória do Sporting, para a Taça de Portugal, golo desse tal de Mário, o pernas arqueadas.

Antes morto que vermelho disse...

nunca: acho que me lembro desse jogo, foi um grande golo, penso que foi um remata de fora da área?
foi o baía que mamou o golo?

VermelhoNunca disse...

Não Macaco, penso que Baía era uma criança de fraldas na época.

Braguilha disse...

Amigo Cavungio

Estou a ver que mantém intacta a capacidade de provocar tudo o que tem uma tonalidade azulada. E que continua a manifestar uma espécie rara de reumatismo numa certa zona de confluência do braço com o antebraço... e que se congratula com a derrota da lagartagem. Claro que os pontos para o ranking da UEFA estão já garantidos pela heróica cavalgada encarnada na champions! E que mais logo os matraquilhos que vestem de vermelho irão, mais uma vez, esmagar o adversário, e que a única dúvida que existe é saber por quantos e blá, blá, blá. Tenha vergonha das apreciações que faz e não cuspa para o ar: pode ser que as alegrias que o Sporting ontem lhe deu seja a tristeza da sua agremiação desportiva no próximo ano!!!!
Quanto ao Sporting, até cansa repetir o mesmo: ou é o azar, ou é o sistema, ou é o árbitro, ou é o buraco que a toupeira fez à frente da baliza ou é a conjugação azar/árbitro, ou é a manipulação que o sistema faz ao azar, ou é a relação perigosa do árbitro com a toupeira... Sempre as mesmas desculpas. Até mete dó ver aqueles meninos a jogar, é confrangedora a fala de maturidade, de garra, de personalidade, de ambição daquela equipa. Até são uns putos simpáticos que sabem fazer algumas habilidades com a bola mas não passam disso mesmo...

OBS. Não compreendo como é que tendo acabado de sofrer o segundo golo, Paulo Bento insiste em fazer entrar um tal de Paredes que há muito que o deixou de ser.

Saudações

VermelhoNunca disse...

Cavungi Ferrari:
"Não quero ser campeão do mundo na secretaria.Não quero aproveitar-me da desqualificação de outros pilotos. Não é bom para o desporto que o título seja retirado a Kimi. Até seria cruel. Ele fez um trabalho fantástico".
Sabe de quem são esta palavras? Daquele que você aqui insultou ontem. Como habitualmente você tem um jeito especial para meter a boca no trombone e disparar asneira em toda a direcção.
São palavras de Hamilton à BBC, ontem!