sexta-feira, setembro 26, 2008

Benfica - Sporting 2-0

Constituição das Equipas e Avaliação Quantitativa do Desempenho

Estádio da Luz, em Lisboa
Hora: 20:45
Árbitro: Duarte Gomes (Lisboa)

BENFICA - Quim (4); Maxi Pereira (3), Miguel Vítor (3), Sidnei (4) e Jorge Ribeiro (3); Ruben Amorim (2), Yebda (4), Carlos Martins (4) e Reyes (4); Nuno Gomes (2) e Cardozo (2).

Treinador: Quique Flores.

Suplentes: Moreira, Katsouranis (3), Léo, Binya, Di María (3), Aimar (3) e Makukula.

SPORTING - Rui Patrício (3); Abel (2), Tonel (3), Polga (3) e Grimi (2); Rochemback (2), Miguel Veloso (3), Romagnoli (2) e Moutinho (3); Postiga (3) e Yannick (2).

Treinador: Paulo Bento.

Suplentes: Tiago, Daniel Carriço, Pedro Silva, Pereirinha (1), Adrien, Derlei (1) e Liedson (1).

Sistemas Tácticos

Benfica



Sporting

Principais Incidências da Partida (fonte: http://www.record.pt/)

1' - Passe de Miguel Veloso a servir Yannick, que foge a Sidnei e Jorge Ribeiro, acabando por atirar por cima da barra ao tentar o "chapéu".

2' - Cardozo dispara de fora da área, com o pé esquerdo, levando a bola ligeiramente sobre a barra da baliza de Rui Patrício.

15' - Pontapé de canto cobrado por Miguel Veloso na esquerda, com Postiga, ao segundo poste, a cabecear ao lado.

19' - Maxi Pereira surge na direita da área e cruza com muita força para Nuno Gomes falhar, por muito pouco, o desvio para a baliza.

21' - Grimi serve Postiga, que rodopia e dispara forte, com o pé direito, para defesa apertada de Quim.

23' - Mais uma bola para as costas da defesa benfiquista, com Sidnei a conseguir depois desarmar Postiga na hora certa.

36' - Grande pontapé de Reyes, de fora da área, com Abel a evitar que a bola chegasse a baliza, com um corte de cabeça.

45'+1 - Livre apontado por Carlos Martins na esquerda e Yebda não consegue o cabeceamento, num lance em que é puxado por Postiga. O árbitro assinala, no entanto, falta contra o jogador benfiquista.

48' - Excelente remate de Jorge Ribeiro, com Rui Patrício a responder à altura, desviando a bola pela linha de fundo.

51' - Nuno Gomes serve Cardozo na área, com o paraguaio a rematar à meia-volta mas a bola a sair à figura de Rui Patrício.

67' - GOLO DO BENFICA, por REYES
Grande pontapé de pé esquerdo, sobre o lado esquerdo, após combinação com Aimar. A bola entra junto à base do poste mais distante da baliza de Patrício. Um belo tento do internacional espanhol.

72' - GOLO DO BENFICA, por SIDNEI
Livre apontado por Carlos Martins no flanco direito, com Sidnei a surgir ao segundo poste a cabecear de forma fulgurante para o fundo das redes.

90'+3 - Lance individual de Yannick, a entrar na área pela esquerda e a rematar para defesa de Quim.

Destaques

Melhores em Campo

Benfica

Reyes - Com Amorim à direita mais preocupado com os equilíbrios defensivos, o Benfica instituiu o flanco esquerdo como o preferencial para desenhar os seus movimentos ofensivos.
Reyes não se fez rogado e aproveitou o ensejo para rubricar a sua melhor exibição de águia ao peito.
Terá, por vezes, esquecido a dimensão colectiva do jogo, mas nem esse pecadilho retirou brilhantismo à sua prestação.
Seria, aliás, na sequência de um movimento de envolvimento colectivo que assinaria o primeiro golo do Benfica.
Tabelou com Aimar e, já dentro da área, disparou fortíssimo de trivela, sem hipóteses para Patrício.
Foi o final feliz de uma exibição em que a superior qualidade do seu pé esquerdo refulgiu.

Sidnei - Não começou propriamente bem, tendo demorado algum tempo a acertar as marcações com Miguel Vítor.
Solucionados os problemas de ligação com o colega de sector, ganhou confiança e partiu para um desempenho a roçar a perfeição.
Tanto a defender como a atacar.

Sporting

Moutinho - Pese embora tenha pautado a sua exibição apenas pelo aceitável, não deixou de se cotar como o mais regular dos elementos do meio-campo leonino.
Procurou promover o equilíbrios nas transições e nunca se escondeu do jogo.

Piores em Campo


Benfica

Amorim - Não foi o jogador influente e decisivo de Paços de Ferreira.
Antes pelo contrário.
Discreto, muito discreto, a equipa ganhou e muito com a sua saída.

Sporting

Rochemback - Lento e pesado, retirou fluidez ao processo ofensivo leonino.
Com pouca mobilidade, limitou as suas acções a um curto espaço de terreno, revelando-se particularmente ineficaz nas transições.

Arbitragem

Nem esteve particularmente mal na maioria do tempo de jogo, mas manchou o seu desempenho com um erro grave no capítulo técnico ao não assinalar uma grande penalidade contra o Sporting, no final da primeira parte, por puxão de Postiga a Yebda.

Comentário

No meio estava a virtude

Um rasgo táctico de Quique e a qualidade individual dos jogadores do Benfica conjugaram-se para um triunfo de equidade indiscutível.
Quique contrariou as análises e as previsões e repetiu o onze de Paços de Ferreira. Por superstição ou por convicção, desconheço. Mas que a opção se revelou acertada, não tenho dúvidas.
Não que a equipa tenha iniciado a partida de forma brilhante. Muito pelo contrário.
Dealbou titubeante e um tanto quanto dubitativa das suas capacidades.
Especialmente, na zona central da defesa, onde os imberbes Miguel Vítor e Sidnei acusaram a importância do desafio.
Beneficiando da menor consistência táctica e colectiva encarnada, o Sporting entrou confiante e no primeiro movimento atacante podia ter agregado vantagem no marcador.
Não o conseguiu e com o passar dos minutos, a estabilidade emocional regressou às hostes encarnadas e o jogo conheceu um equilíbrio que perduraria até ao golo benfiquista.
Duranta a primeira parte, notou-se a diferença a que Quique havia aludido na conferência de imprensa entre um Sporting de processos e movimentos consolidados e um Benfica em construção.
O Sporting foi sempre uma equipa de futebol mais continuado e o Benfica uma equipa de futebol de rasgo, de ímpeto, de fúria.
Durante uma substancial parcela do primeiro tempo, muito por culpa de um meio campo forte, solidário e firme, o Sporting logrou não só dominar e controlar o jogo como o Benfica.
Usando e abusando da posse de bola, conservou os encarnados quase sempre longe da sua área.
Sucede que este predomínio leonino não encontrava correspondência ofensiva, revelando-se pouco mais do que estéril.
Entre a inocuidade do Sporting e o futebol desgarrado do Benfica chegou-se ao intervalo sem que o encontro tenha conhecido mais do que duas grandes oportunidades de golo, uma para cada lado, desperdiçadas de forma quase infantil por Djállo e Nuno Gomes.
Percebendo que o jogo se estava a decidir no meio campo, Quique retirou Amorim, fez entrar Katsouranis e derivou Martins para a direita.
Yebda conquistou um aliado para os duelos do meio-campo e o Benfica o domínio do jogo.
O Benfica reequilibrou o meio-campo e passou a controlar o jogo.
Se no final da primeira parte, ainda que de modo intermitente, o Benfica havia já dado sinais de supremacia, com a entrada de Katsouranis o que antes era espaçado passou a ser contínuo.
Com troca de Nuno Gomes por Aimar, Quique resolveu o fragmento final da equação e o Benfica arrematou, por completo e em definitivo, o domínio e o controlo do encontro.
Se com Katsouranis o Benfica havia ganho o imprescindível músculo e a necessária força, com Aimar aportou o talento que ligou o jogo ofensivo da equipa.
Com as peças colocadas nas suas posições, faltava a explosão e a imprevisibilidade que, geralmente, se mostra determinante para os êxitos.
Surgiu sob a forma de trivela e consolidou a superioridade do Benfica, numa demonstração de que a classe individual dos jogadores ainda é decisiva no futebol moderno.
O Sporting sentiu o abalo e desintegrou-se emocionalmente.
Confirmando a vitória com um golo de Sidnei, ao contrário de Nápoles e de Paços de Ferreira, desta feita, o Benfica revelou maturidade, frieza e concentração para controlar as incidências da partida e manter o Sporting longe da baliza de Quim.

61 comentários:

Caveira disse...

Entrou o Leão, todo inchado
De peito feito e anafado,
Gordo e vaidoso, como um balão
Até, com ares de campeão.

Não sabia onde estava,
O incauto gatinho.
Levou forte bicada,
E saiu de mansinho.

Queriam apenas o empate,
Que extrema ambição!
Mas o resultado do embate,
Foi a derrota e humilhação.

Como não houve batota,
Não conseguiram vitória.
E foram as duas batatas na tola,
Que ficaram na história.

Superáguia brilha, assusta, e arrasa,
Aponta e dispara: Bangue!Bangue!.
E lá foram eles para casa
Com as nádegas em sangue!!!!

VermelhoNunca disse...

Concordando na generalidade com a opinião do administrador, acho que a vitória do Curralense é justa, pelo que fez no 2º tempo e pelo que Djaló não fez no 1º minuto de jogo.
Como este espaço anda a ser invadido por caveiras e outro tipo de anormalidades, deixo para eles o prazer de debaterem o jogo.

Delane Vieira disse...

Snr. Nunca, não vá.
Espere um bocadinho.
Gostava de lhe agradecer o rasgo táctico que teve e com algumas semanas de antecedência.
Nisto discordo do Snr. administrador.
Aquela de pedir que o Aimar jogasse contra o Sporting foi de mestre.
Não é que o argentino só fez uma assistência para golo e sofreu a falta da qual resultou o 2º golo.
Qual Quique, qual carapuça.
Nunca, Snr. Vermelho Nunca, um mestre da táctica.

JC disse...

Não vi o jogo, pelo que não saberei opinar sobre o sucedido.
Foi um mau resultado para o SCP, porque perdeu a oportunidade de se afirmar, de demonstrar maturidade e de deixar o Benfica a 7 pontos de distância.
Do que li e ouvi, que coincide na íntegra com o comentário do Snr. Administrador, ao SCP falta genialidade, alguém que dê um toque de classe à equipa.
O SCP até se mostra bem estruturado, consistente, controlador, mas não tira dividendos disso.
Izmailov e Vukcevic terão feito falta à equipa, assim, como o verdadeiro Liedson.
De qualquer forma, o SCP continua em primeiro e, como se costuma dizer, não é nestes jogos que se define o campeão - com o que eu não concordo.
E se nos 3 últimos anos o SCP não perdeu na Luz e não foi campeão, pode ser que esta época, perdendo, consiga ganhar a Liga.

vermelhosempre disse...

Que Domingo tão bem passado, depois de uma grande chocolatada no Sábado. Vitória justissima do Benfica e pelos nº certos, num jogo que dominou do principio ao fim.

Só destaco a exibição do Rochemback, pois fez realmente um grande jogo (ahahahah), como alguém aqui vaticinou.
Ps: Amigo Nunca, o El Gordo manda-lhe um abraço.

samsalameh disse...

Este JC é de mais...Quando o Verdasca perde nunca vê os jogos!?!?
Começo-me a lembrar de um grande jogo de futebol no Estádio da Luz em que este mesmo condómino queria ir embora quando o Simão marcou o 3-3 numa partida a contar para a Taça de Portugal e que o Benfica levou de vencida nos penaltis...

Só não foram mais por que o árbitro não o permitiu: um penalti sobre o Yebda que, cartões amarelos que tardou em mostrar aos jogadores do Sporting (designadamente ao Postiga logo no início do jogo), lançamentos de linha lateral mal assinalados a favor do Sporting...enfim...Mas hoje os gatinhos nem falam nisso!!

Estou à espera do comentário do condómino Coraçãozinho de Leoa!!!

samsalameh disse...

Ter o Sporting na Liga dos Campeões até dá pena...
Quem será o próximo jogador a querer sair do Sporting!?
Aposto no manicure/pedicure e anafado do Veloso!!!

Viva o Benfica!!!

Delane Vieira disse...

"Tenho lido que o próximo jogo entre Benfica e SCP não é decisivo nem tem grande importância para o futuro desenrolar do campeonato.
Discordo em absoluto.
Para mim, é dos jogos mais importantes que o SCP já realizou nos últimos anos."
Não posso acreditar que não tenha visto um dos mais importantes jogos que o Sporting disputou nos últimos anos.
Não gosta de futebol?
Não gosta do seu clube?
Ou são desculpas de derrotado?

VermelhoNunca disse...

Quando eu era criança , ganhar ao Benfica ara quase como ser campeão. Como os tempos mudam, reflexo do que foi e do que é o Curralense de hoje em dia.
Ganharam, e todos saem da toca, esfregando as mãos de contentes, porque ganharam ao Sporting, o que não faziam no curral há uns anos, é uma realidade.
Em nota final, dirigida ao Cobarde do Auricular, o Hamilton manda-lhe um abraço.

Delane Vieira disse...

Snr. Nunca, tanta dor de corno.
Vá lá, tome um Kompensan que isso passa.
Com algumas semanas de antecedência, o Snr. anunciou a vitória do seu clube, uma grande exibição de Roca e o rasgo táctico que viria a ser determinante para o resultado final.
É obra.

JC disse...

Ganhar ao SCP deve ser mesmo o extase final para os condóminos benfiquistas.
Até o Snr. Salame por aqui apareceu, ele que já só vinha ao blogue para participar nos passatempos!
Um grande abraço para ti também!

Delane Vieira disse...

Snr. JC e Snr. Nunca o coro dos ressaibiados.
Tanta dor de corno.
Vá lá, tomem um Kompensan que isso passa.

VermelhoNunca disse...

Orgasmos em catadupa, amigo JC. Não estão habituados, mas hoje em dia qualquer vitória em casa, contra os 2 melhores de Portugal, leva-os à loucura. Até mental, no caso do Calimero Salame, que chega ao ponto de vomitar coisas deste género..."cartões amarelos que tardou em mostrar aos jogadores do Sporting (designadamente ao Postiga logo no início do jogo), lançamentos de linha lateral mal assinalados a favor do Sporting...enfim..."

Delane Vieira disse...

Snr. JC e Snr. Nunca o coro dos ressaibiados.
Tanta dor de corno.
Vá lá, tomem um Kompensan que isso passa.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vermelho, sabe dizer-me se o Shéu do Tirsense é o Han do Benfica?

Vermelho disse...

Amigo Nunca:
Não.
O Shéu do Trofense não tem nada a ver com o Shéu do Benfica.

VermelhoNunca disse...

Obrigado pela pronta resposta, e para ti os parabéns pela vitória de sábado.

Vermelho disse...

Obrigado.
Abraço.

Zex disse...

A vitória é justa e não merece contestação.
As alterações de Quique correram bem e acabaram por ser determinantes na economia do jogo.
Bento esteve mal na forma como estruturou a equipa e muito mal no discurso arrogante antes do jogo. E, após o jogo, nem uma palavra para o Benfica, que eu tenha visto, ouvido ou lido. Não é bonito !
Como já havia referido no jogo de Paços, o homem do McLaren está a subir de forma e fez um bom jogo, marcando, também um óptimo golo.
Não entendo, contudo, o endeusamento deste jogo e do treinador que está a ser feito pela comunicação social. O Sporting na primeira parte foi superior e, na segunda, não houve nenhum banho de bola.
Quanto aos cartões amarelos, concordo com o que foi aqui já dito. Vários jogadores do Sporting deveriam ter visto tal cartolina bem mais cedo, designadamente Moutinho e El Gordo.
O idiota do árbitro não queria "estragar a festa" e, quando mostrou o primeiro, foi o descalabro.
Há um lance entre Sidnei e Derlei, na área, bem duvidoso.
A soberba dos condóminos lampiões deste espaço não é bonita...

Quanto ao jogo do FCP, não o vi, já que estava numa boda, com alguns condóminos, mas, ao que parece, terá sido lamentável !

JC disse...

Amigo Vermelho:
Mandei-te uma encomenda para o mail do blogue, para os fins que tiveres por convenientes.
Um abraço.

Amigo Sempre:
A última vez que o Benfica tinha ganho ao SCP ainda o caro amigo jogava nos juniores do Santacruzense, não?

VermelhoNunca disse...

Condómino Zex, Paulo Bento falou sobre o Benfica, considerou o resultado justo, mas por números excessivos. Ou seja, falou sobre o Benfica. POrtanto, a questão está em que o senhor não ouviu, nem leu, mas isso não significa que P. Bento não se tenha referido ao Benfica.

VermelhoNunca disse...

"...Privilegiámos a posse de bola e a vitória do Benfica não sofre contestação. Ainda assim, os números são elevados"
A quem acha que se refere Paulo Bento, condómino Zex?

VermelhoNunca disse...

"...Era um jogo no qual tínhamos condições para ganhar. Podíamos ter feito algo mais para vencer. O Benfica foi, em momentos, mais maduro que nós e aproveitou dois momentos para fazer mossa"
Mais declarações de Paulo Bento, condómino Zex.

VermelhoNunca disse...

"...A forma como o Benfica jogou ou abordou o jogo não nos criou grandes problemas na organização do nosso futebol. Houve algum demérito nosso. Houve falta de agressividade no último terço e eficácia do Benfica. Não vou pôr em causa a vitória do Benfica, que é justa, mas por números exagerados".
Penso que já estará esclarecido, condómino Zex.

Mestrecavungi disse...

Amigo Nunca,
Faltam 3 provas!
7 pontos podem chegar....
Mas tudo pode acontecer!O ano passado Luis chegou a ter muitos mais de vantagem.
E ontem provou-se que basta uma manobra menos bem feita e lá voam 10 pts.
Pena é que seja o Massa, a lutar com o pateta da Mclaren.
Escolher entre o arrogante e o Brasuca é obra.
Abraço

Zex disse...

Sr. Nunca,
Obrigado pelas abundantes citações.
Eu ouvi a flash interview e aí ele nada disse. Mesmo assim, dizer que a vitória é justa é curto, embora noutra citação ele tenha dito mais qq coisa, qdo fala na amturidade.
Como sabe, eu até gostava bastante do que o Bento dizia, já o disse aqui por inúmeras vezes. No entanto, desta vez, e como tem sido apanágio este ano, ele esteve mal, quanto a mim, quer antes, quer depois do jogo.
São opiniões !

Mestrecavungi disse...

Quanto ao Jogo de Sábado, tudo voltou á normalidade, depois de três anos atípicos, onde o SCP conseguiu pontuar na Catedral do Futebol Português.
Basta olhar para as estatisiticas para ver quem manda no Derby.
Na Luz e em Alvalade!
E eu estive lá a testemunhar mais esta vitória.
Vitória justa e indiscutivel da única equipa que quis ganhar o jogo.
O SCP convencido e soberbo jogou para o empate e perdeu.
E perdeu bem.
Apesar de ter entrado melhor no jogo o SCP cedo voltou ao seu modelo de jogo.
Chato, e amorfo comandados por dois gordos a meio campo.Roca e Veloso.
Não foi um bom jogo de futebol, mas com equipas que jogam como o SCP não há espectáculo que resista.
Bela exibição a do Carlos Ronaldinho Martins, agora que finalmente joga num grande.!

samsalameh disse...

O Coraçãozinho de Leoa hoje não aparece...As melhoras para a sua constipação!!!

Gostava de realçar mais uma vez a excelente exibição do Miguel Vitor, no eixo da defesa. Soberba a sua atitude em campo, acompanhado de um outro jovem com a mesma idade (19 anos), Sidney!!!
Era de um central com este gabarito que o Benfica precisava e que o Camacho quase o desperdiçava. Bem-haja Quiqué por apostar nos jovens do clube!!
Calou por completo o miau-miau do Bostiga!!!

VermelhoNunca disse...

Amigo Cavungi, Cobarde do Auricular, compartilhe comigo essas estatísticas de que fala, relativas ao derby, quer na Luz quer em Alvalade.

VermelhoNunca disse...

Condómino Zex, embora isso não tenha importância, eu também ouvi as declarações de Paulo Bento a seguir ao jogo, e você não tem razão. Quem referiu que o resultado era injusto foi Moutinho. Inclusivé perguntaram a Bento se concordava com Moutinho e ele aí referiu que a vitória do Benfica não tinha contestação. Talvez fosse esteja a confundir os 2 intervenientes .

VermelhoNunca disse...

...talvez você esteja a confundir os 2 intervenientes". assim é que está correcto.

vermelhosempre disse...

Amigo JC: penso que ainda jogava nos infantis.

PS: Amigo Nunca, o El gordo manda-lhe um abraço e pede desculpa por o ter desiludido.

Mestrecavungi disse...

"Os adeptos do Sporting gostam muito de estatísticas de tudo que diga respeito aos jogos com o Benfica, e então o seu treinador Paulo Bento andou a semana toda a dizer que nos últimos 3 anos o Sporting não perdeu na luz, e como isso é uma estatística importante para o desenvolvimento do país e para a história do Sporting Clube de Portugal, então aqui vão mais umas estatísticas para ajudar a rapaziada ligada o clube Visconde de Alvalade

È assim:

Em 401 jogos realizados entre os 2 clubes na sua história desde 1 Dezembro de 1907

Quando foi o 1ª jogo até 27.9.2008

BENFICA - 165 Vitórias 676 golos marcados e 660 sofridos

SPORTING – 155 vitórias – 660 golos marcados e 676 sofridos

E os 2 clubes tiveram 81 empates


4 centenas de jogos realizado entre elas, é realmente um numero interessante para as

estatísticas dos adeptos do Sporting, só é pena que não digam que perderam mais do que ganharam com o Benfica

E já agora aqui vai mais outra estatística para os “amigos” sportinguistas e Paulo Bento seu actual treinador:

Nos últimos 21 anos o Benfica ganhou por 9 vezes ao Sporting, empatou 8 e perdeu 4, como gostam tanto de estatísticas aqui tem mais esta"

Mestrecavungi disse...

Amigo Sempre,
Qual El gordo?
O Roca ou o Veloso?

VermelhoNunca disse...

Amigo Cobarde, são essas as suas estatísticas?
Recua a 1907!!!
Eu não vou tão longe. Aí voltamos ao habitual. Anos da guerra do Ultramar, onde o seu clube dominava, sem dúvida. Nos últimos anos o seu clube tem grandes dificuldades em ganhar ao SPorting em casa, daí eu compreender o seu estado eufórico. A vitória de sábado fê-lo recuar à sua infância. E vamos ao encontro do que há pouco disse: quando criança o meu campeonato era ganhar ao Benfica; hoje o seu campeonato é ganhar ao Sporting. Mudam-se os tempos.

Mestrecavungi disse...

Amigo Nunca,

Simplificando e só para o campeonato:

Luz:

Benfica 40 V
Empates 21
Sporting 14 V

Alvalade:

Sporting 30 V
Empates 16
Benfica 28 V (a nossa 2ª casa)

Total

Benfica 68 V
Empates 37
Sporting 44 V

Abraço

Jimmy Jump disse...

Vitória justíssima do glorioso do!
Vitória fundamental para as suas aspirações!
Entrou no jogo algo inseguro a nível defensivo, situação que era perfeitamente previsível. M. Vítor e Sidnei sentiram algumas dificuldades em se entenderem.
Logo no primeiro minuto ficaram avisados que urgia acertar o passo. Fizeram-no, e partiram ambos para uma exibição de grande maturidade (a capacidade de desarme de Sidnei é simplesmente fantástica).
Resolvida que estava a instabilidade defensiva inicial, faltava lá na frente habilidade para romper a disposição táctica inexorável da lagartagem, compenetrada que estava em transições defensivas e atacantes deveras cautelosas.
O glorioso conseguiu-o apenas por uma vez na primeira parte, criando uma situação clara de golo que N. Gomes não conseguiu materializar muito por culpa do mau passe de Maxi.
O penaltie que ficou por marcar contra o SCP, por falta clara de Postiga sobre Yebda, que só para Duarte Gomes e Paraty teve contornos pouco claros levaria o Benfica em vantagem para o intervalo.
Os objectivos dos lagartos eram claros: jogo expectante porque o empate servia perfeitamente e eventualmente aproveitar um erro do adversário que permitisse o adiantamento no marcador. A ambição do costume.
Na segunda parte houve um Benfica mais dinâmico, fruto das alterações promovidas por Quique.
A trivela genial de Reyes colocou justiça ao marcador. Que belo golo!
Estocada fatal para os Lagartos, que lidam muito mal com a responsabilidade de assumirem o jogo.
O 2º golo apareceu de forma natural através de um cabeceamento portentoso do central de 19 anos, Sidnei.
Apartir de então foi só gerir até ao final.
Quinta-feira há mais, desta vez frente a uma equipa que se espera mais arrojada e ambiciosa.

VermelhoNunca disse...

Amigo Cobarde, não vou insistir consigo. Apresenta-me números que são reais, mas que para mim pouco me interessam. O que eu falo é na dificuldade nos últimos anos em o seu clube ganhar no curral ao meu. Você não quer entender isso, apoiando-se nesses números, que são verdadeiros, tudo bem.

Mestrecavungi disse...

Engana-se amigo Nunca,
Não foram os SCP que enfatizaram o facto de não perderem na Luz durante 3 anos?
Acho que até compararam este feito, com a descoberta do caminho marítimo para a Índia!
3 anos sem perder na Luz!!!!!!
Uauuuuu!
Não é 3 anos a ganhar na luz!
Não!
São três anos sem perder!
E isto é que é de facto, um facto anormal.
Normal é ficarem 16 anos sem lá ganharem.
Não estou eufórico com a vitória de sabádo.
É o mais habitual.
Embora reconheça que na última década tem sido mais difícil ao SLB ganhar na Luz, pois em Alvalade o equilibrio existe há 75 anos!
Mas em clubes centenários como o SCP e SLB, não se pode apagar da história, os periodos que gostamos menos!
É que entre 1982 e 2000 tambem houve campeonato!

samsalameh disse...

Grande Cavungi!!!
Dá-lhe aí com força que o Nevermind merece!!

E o coraçãozinho de leoa onde é que anda!?
Se calhar deve estar na hidromassagem com o Bostiga!!!

JorgeMínimo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JC disse...

Só para dar notícia que o Condómino Salame bateu hoje o recorde de participações no blogue, com mais intervenções num só dia que nos dois anos antecedentes - fora os passatempos.
É um prazer vê-lo por aqui!
O que não vale uma vitória do Benfica sobre o SCP!

JorgeMínimo disse...

Cavalheiros:

Com uma 2ª parte muito fraca do Sporting e um golo de belíssimo efeito do Reyes, o Benfica acabou, infelizmente, por ser um justo vencedor deste derby.
No Sporting destaco positivamente o Postiga e o Patrício e pela negativa o Abel e o Rochemback.
Apesar de estarmos em 2º e termos 1 ponto de avanço dos outros dois candidatos as contas fazem-se no fim, apesar de estar confiante que este título vai ser nosso.

P.S: Peço desculpa, mas só pude estar presente neste espaço agora e já não o vou fazer mais por hoje. Caro Cavungi agora que sabe que eu já não apareço mais hoje não tente fazer mais alguma das suas cobardes aldrabices.

Jorge Mínimo.

vermelhosempre disse...

Já tou farto de procurar mas não encontro as várias declarações de um Condómino Estórico aqui do blog a dizer que o El Gordo ia brilhar...

Ps: Amigo Cavungi, El Gordo é Rochemback, o Veloso, por enquanto ainda é El Gordito, mas acredito que está a trabalhar arduamente para tornar-se dentro de pouco tempo no El Gordão.

VermelhoNunca disse...

Quer ajuda , amigo Sempre? Normalmente não tenho memória como a do elefante cá do sitio, mas acho que me recordo quando proferi esse tipo de afirmação.

vermelhosempre disse...

A questões que lhe coloco são: está arrependido amigo Nunca? Ainda acredita que El Gordo é um bom reforço, ou que voltou ao Sporting porque tinha saudades do bom tempo e da picanha?

VermelhoNunca disse...

Acho Rochemback um bom reforço sim.
Você acha-o gordo, eu acho-o bom jogador. São opiniões. No final faremos as contas e analisaremos a performance de cada jogador.

VermelhoNunca disse...

Você acha Quim um bom guarda-redes?

vermelhosempre disse...

Isso lá é pergunta que se faça??? Não só é bom GR como é o melhor GR Português da actualidade.

VermelhoNunca disse...

Mas ele esteve infeliz nos últimos jogos,não acha? Responsável por diversos golos sofridos, quer na selecção quer no seu clube. Mas isso, para si, não o torna um mau jogador, aliás reafirma que ele é o melhor português da actualidade.
O mesmo se passa comigo em relação a Rochemback. Jogou mal na Luz, mas isso não faz com que eu não o considere um bom jogador e um bom reforço para o Sporting.

vermelhosempre disse...

O amigo acha o Quim um bom GR?

VermelhoNunca disse...

Já o disse, acho Quim um razoável guarda-redes, com problemas técnicos nas saídas dos postes, como aliás é típico em POrtugal.

vermelhosempre disse...

Ok, essa é a diferença. Eu não acho o Rochemback nem razoável, e se reparar bem, ele ainda n fez nenhum jogo de jeito esta época, para além de ter excesso de peso. A unica coisa que ele poderia ter de positivo era se conseguisse tirar partido do pontapé forte, mas até isso o rapaz desaprendeu, pois tem força mas n tem direcção.

VermelhoNunca disse...

Ele jogou bem em Braga, segurando o jogo, alternando os ritmos quando tal foi necessário. Esteve em 2 dos golos contra o Trofense, um marcando o canto e no outro marcando o livre que provocou o ressalto para golo.
São opiniões, amigo Sempre.

Mestrecavungi disse...

"Sonho jogar num grande clube.Mas estou feliz no Sporting."

Miguel "El Gordito" Veloso, in "ABola" 21.09.08

JC disse...

"No “day-after” do dérbi, o árbitro Duarte Gomes explica a Record o lance entre Yebda e Postiga, ocorrido mesmo no final da 1.ª parte e no qual os encarnados pediram penálti.

“O agarrão do jogador do Sporting é claro, mas, na minha perspectiva, há uma carga inicial do jogador do Benfica. Portanto, para mim nem foi um caso porque, quando aconteceu, o jogo já estava interrompido”, refere o juiz, pormenorizando o lance."

A dita grande penalidade que os benfiquistas reclamam, vista pelo árbitro.

Pelos vistos, antes de sofrer o "puxão" do Postiga, Yebda já tinha feito falta sobre aquele jogador do SCP.

VermelhoNunca disse...

Amigo Cobarde do Auricular, Veloso disse que gostava de jogar no Benfica? Ele falou em grandes clubes. A vosse referência dos últimos anos trocou o seu clube pelo Atlético de Madrid. Acha o Atlético um grande clube?

antes morto que vermelho disse...

vi o jogo. lagartagem mazinha, curralense nada de especial... gostei do golo do "reyes mago", uma trivela á quaresma.
na lagartagem destaco pela negativa um tal do djaló! péssimo jogador, sempre que tocava na bola nada saía bem, mau concretizador (o lance logo ao inicio), como é que a lagartada acha que isto é um "jogador",?
na lagartagem gostei do veloso e do postiga (eu sempre gostei do postiga).
mal bento, a arrotar, que a vitória do curralense apenas se devia a demérito da lagartagem...
como é que alguns anormais podem destacar a exibição do rui patareca??

jogo do fcp... abaixo de cão, aguardemos pela estratégia a utilizar por burraldo em londres... se o "curvas" jogar a derrota é certa, visto que entramos em campo com 10!

Mestrecavungi disse...

Amigo Mestre JC,
Muitas dúvidas nesse lance, bem como num de Sidnei sobre Derlei.

antes morto que vermelho disse...

destaque para mais um titulo de valentino rossi em motogp, e para a burrada da ferrari na f1 á noite!
oa pilotos da ferrari são mesmo umas bestas!

lamento vai no sentido dos escravos da lampionada: ganharam! espero que na 5 feira sejam humilhados, sejam eliminados, e que o cajuda vá pastar para o alentejo!

madeiro: roca (como eles escarram em tom abichanado) veio para portugal acabar a carreira e comer picanha, vão ser 2 ou 3 anos á sombra do que fez há 25 anos...

Lion Heart disse...

Para o samsalaqueca, cavucueca e outros que tais:

LionHeart diz:

1 - Não percebo a história da constipação...

2 - Não percebo o frenesi de certos condóminos, a comentar um jogo que não percebo o que é que teve de especial -não continuamos à frente? não estão os outros onde têm ficado sempre - atrás de nós?

3 - Já agora, devo dizer que estou algo entusiasmado, isso sim, com o jogo que aí vem, mas acho que não faz sentido discutir isso com quem não sabe o que isso é.