quinta-feira, janeiro 05, 2006

Análise ao Mercado - SLB e SCP

Findas as férias, o regresso.
No plano futebolístico, estamos em pleno mercado.
O SLB foi o clube que, até ao momento, mais aquisições realizou.
Primeiro foi Manduca, uma aposta segura, dados os valores envolvidos e o potencial do jogador.
Um reforço para a ala esquerda que muito deficitária estava, vivendo em orfandade nas ausencias de Simão.
Depois, Fonte - uma clara oportunidade de negócio e um valor a confirmar no futuro.
De seguida, chegou Moretto.
Envolto numa novela a roçar o mexicano, para a qual não há parrocha e em que o futebol portugues dos anos 80 e 90 foi fértil.
Embora a génese da situação criada radique noutras paragens, mais a norte, certo é que as cenas de quase pugilato e insulto no aeroporto não dignificam em nada o SLB e os seus dirigentes.
O estilo Farwest empregue desgosta-me. As causas não justificam, neste caso, as consequencias.
Descer ao nível do personagem Vítor Dinis não dignifica ninguém.
Excluindo as peripécias, parece-me uma boa contratação de um guarda-redes que apresenta argumentos físicos ímpares - estatura e agilidade assinaláveis.
Penso que poderá evoluir tecnicamente, já que não tem escola.
Marco Ferreira é o espelho de uma política desportiva que pensava já, definitavamente, erradicada do SLB.
Adquirir jogadores com outras perspectivas que não exclusivamente futebolísticas não me parece a melhor via. Veja-se o exemplo do FCP que tem desbaratado rios de dinheiro em aquisições de revanche.
Por fim, para já, Laurent Robert.
Jogador dotado de um pé esquerdo fabuloso, resta por saber da sua condição física e da sua constancia de rendimento.
Neste quadro parece-me que a saída de Simao irá ocorrer no decurso do presente período de transferencias.
O SCP também interveio no mercado - adquiriu Abel, Caneira e Romagnoli.
Abel é um bom lateral direito, com pulmão para fazer o corredor, mas que, estranhamente, chega a um grande na sua pior época desportiva. Revela, também, lacunas na execução de cruzamentos.
Caneira é, sem sombra de dúvidas, um belissimo jogador.
Todavia, não pode, a meu ver, jogar no centro da defesa, pois a sua baixa estatura não o permite.
Sempre defendi que um central terá que ter, pelo menos, 1,80 - Caneira fica-se pelo 1,78.
Aliás, estou curioso para ver como se comportará a defesa leonina que alinhará em Braga. Um quarteto formado por jogadores de reduzida estatura - Miguel Garcia, Tonel, Caneira e Tello - ao qual se junta um Ricardo com claros problemas no dominio do jogo aéreo, não augura nada de bom para os sportinguistas.
Se João Tomás jogar e o Braga explorar o seu bom jogo de cabeça, as perspectivas leoninas não são animadoras.
Romagnoli é um puro 10 argentino. O futebol argentino revela uma facilidade desconcertante na produção de jogadores com caracteristicas de organizador de jogo. E todos muito similares.
Romagnoli foi uma esperança, internacional nas camadas jovens, o seu percurso antecipava um futuro risonho.
Contudo, a sua estrela tem vindo a empalidecer, sendo a sua transferencia para o futebol mexicano exemplo vivo de tal.
Condições tem, se as conseguirá demonstrar não sei.

5 comentários:

carlos disse...

Então benvindo ao trabalho - que significa o retomar destas crónicas diárias.
Mais uma vez, somos brindados com uma acertada análise à contratações de mercado que se desenrolaram neste mini-defeso (para quando o seu fim? Veja-se o exemplo de Inglaterra...)
Conhecedor da faceta de Zandinga do meu amigo Vermelho, temo que a previsão dos problemas "aéreos" na defesa do SCP em Braga se venham a confirmar por inteiro. Ou seja, provavelmente o SCP vai sofrer um ou mais golos marcados de cabeça durante o jogo com o Braga. Resta saber se terá arte para marcar mais golos do que aqueles que vier a sofrer...

Vermelhona disse...

É com enorme alegria e satisfação que encontro este blog dedicado a uma causa que também me move e me apaixona, se bem que também me angustia e não é pouco.
Depreendo do nome do blog, bem como da identificação do seu criador / autor que o mesmo tenha a mesma virtude que eu, ou seja viva o glorioso.
Assim sendo, os meus Parabéns, votos de um ano de 2006, pelo menos tão proveitoso como o ano que agora findou.
Também eu sou conáguia, todavia, não me revejo, também, nestas novas contratações nem no método de obter as mesmas.
Com efeito, vejamos, contratamos mais uma série de anões, um deles, pensava que já nem jogava, mas não fomos descobri-lo no último classificado desta nossa prestigiada Liga que já não anda a combustível. Ou seja fomos buscar um reforço ao último classificado, que tem 7 pontos depois de decorrida a 1ªvolta inteira da Liga. Fantástico. E ainda por cima é um jogador cheio de créditos e, claro está, benfiquista desde pequeno (também nunca foi grande). Estou farta desta máxima. Para quando, sou benfiquista desde que sou grande ou desde que atingi elevada maturação intelectual?
Depois temos o Manduca. Mas isso lá é nome de jogador. Já não basta ter um Quim, um Beto, agora temos um Manduca? Para quando um Tone, um Silva e um Zé qualquer? Mas que falta de grandiosidade.
Dantes iamos buscar Valdos, Strombergs, Anderssons, etc, agora é um gajo qualquer, nem que seja um preto de cabeleira loira, um quinhe, ou um manduca.
Quem é o Manduca? O que é que o Manduca fez de extraordinário em todos estes anos que esteve em Portugal? Aliás, porque é que ele ainda está em Portugal? Será dentista? Porque é que não vamos recrutar jogadores internacionais?
o Fonte!!! Meu Deus, mas qual é a fonte de tamanha desinspiração neste nosso Benfica? Quem é o Fonte? Agora para além de irmos buscar jogadores ao último classificado vamos buscar jogadores a uma equipa que não tem dinheiro para pagar aos jogadores. Iremos contratar alguém ao Bairreirense? Ou agora que está para acabar o Estoril - do nosso mentor Veiga - também vamos lá buscar algum "Truta"?
Depois que política é esta de irmos contratar jogadores que parece que já não pertencem ao clube mas também pagámos ao clube e trazemos como bónus um guarda-redes - que, de repente, sem se saber porquê toda a gente quer - e ainda por cima se paga acima do pretendido por esse clube.
Não se estará a desbaratar o nosso glorioso? As verbas do clube não são para tratar como câmaras de ar.
O falecido Vale e Azevedo ficou com verbas do clube; não estará esta Direcção a dissipar património?
Quanto ao guarda-redes Moreto, até admito que venha a revelar-se uma boa contratação, mas fico também com algumas dúvidas sobre a intenção desta contratação. Depois de estar convencidissima que iríamos contratar um guarda-redes italiano, o que seria excelente (pois além de ser italiano, o que já por si é uma garantia de qualidade), pois proviria de uma excelente escola de "Keepers", fomos "resgatar", um brasileiro ou sinonimamente um aldrabão (que, claro sempre quis jogar no glorioso sendo certo que se reuniu e assinou um acordo para representar os morcões), sendo certo que o nosso timoneiro teve de o ir buscar ao Brasil. Sorte não ter ficado lá soterrado.
Mas desde quando temos de ir buscar jogadores que assinaram contratos para irem para outros clubes ao país daqueles por forma a não representarem outros clubes? Lá por termos feito isso com o Eusébio e ter resultado, não quer dizer que corra sempre bem. Aliás, o Eusébio marcava golos, este não. Veja-se o que aconteceu com os lagartos e o Ricardo. Depois admiram-se. Enfim.
Por último o Robert, que tem a lata de dizer que foi por causa da Liga dos Campeões que veio para o nosso Benfica e de que não conhecia nenhum jogador do Benfica. É cada cromo. Para que é que precisámos de mais um anão? Confesso que não conheço este "jouer" mas, para não destoar da nossa recente política de contratações, compreendo que se vá buscar um fulano que estava emprestado mas mesmo assim não jogava. Estará um pouco acima do nível do Marco Ferreira, essa grande referência do futebol nacional.
Quanto ao nosso capitão, para quem já esteve num avião preparado para se ir embora, apenas me resta dizer "Vão-se os anões, ficam os dedos". Só faz falta quem cá quer jogar.
O importante é que hoje vençamos os homens das mobílias, ainda que com anões e jogadores de 2ª linha.
Até breve, camarada vermelho!

vermelho disse...

Seja bem vinda senhora vermelhona. Parabéns pela prosa. Espero que continue a dar-nos o prazer da sua companhia.

carlos disse...

Congratulo-me pela entrada da Vermelhona neste espaço, que não é obviamente meu mas onde fui muito bem recebido.
Apesar de ser leão - ou lagarto, se quiserem - sinto-me em casa neste espaço de troca de ideias.
Pena é que não surjam outros/as comentadores de outras facções clubistícas - do FCP, por exemplo.
Gostei particularmente do chavão que a colega (de blog, obviamente, não outro tipo de colegas, que também as há)vermelhona utilizou a propósito do vosso capitão (zinho, se me permitem): "Vão-se os anões mas fiquem os dedos".
Registei também com agrado que a dita colega (de blog, volto a sublinhar, pois não quero confusões nem mal entendidos) também já reparou que os benfiqusitas o são desde pequenos, não conhecendo ninguém "grande" que o seja ou que o tenha passado a ser depois de ter deixado dde ser pequeno.
Parece que só os adeptos dos rivais FCP ou SCP é que o são depois de vencida essa sina, que é ser-se benfiquista logo que se nasce, podendo depois evoluir-se para outras fases mais "inteligentes". Conceitos Darwianos.
Mas não quero fugir do propósito inicial deste "post" que era, tão-só, o de dar as boas vindas à vermelhona.
Sempre com a devida vénia, claro, ao anfitrião e mentor deste espaço - benfiquista assumido, é dos poucos que, para além do destino, é vermelho de coração e de razão.

Vermelhona disse...

Gostava de retribuir os simpáticos votos de boas vindas com que o camarada Vermelho me prendou.
Já relativamente ao outro participante neste fórum não sei bem que diga porque não percebi as sucessivas referências à expressão “colegas”; ou muito me engano, ou é uma clara alusão a determinadas meninas, o que dispenso. Mas, avante.
Gostaria, também de parabenizar (expressão que apreendi com um dos nossos misters mais carismáticos, pelo menos para mim, Paulo Autuori) o camarada Vermelho pela brilhante análise dos jogos do passado fim de semana.
Mas também gostava de fazer uma crítica; é que, quando vi o título do blog, a sua identificação e algumas das suas notícias, pensei que o mesmo era dedicado ao GLORIOSO, porém constato que, pelo menos ultimamente, há inúmeras referências a notícias da política e afins. Pessoalmente não me agrada e penso que desvirtua o blog - pelo menos aquilo que eu esperava dele -.
Quando muito deveria ter notícias sobre o Bloco de Esquerda, também vermelhão, sobre a Cruz Vermelha ou sobre a China. Isso, sim, é red vermelho.
Agora comentários sobre coisas tão enfadonhas e fastidiosas como a política e mais não sei o quê. Sinceramente não me agrada nem acho que seja cativante para nós águias.
Mas o blog é seu, esta é a apenas a simples opinião de uma conáguia que desejava ver o seu Benfica mais comentado e noticiado – com dados históricos, notícias dos treinos, jogadores em risco de serem excluídos por cartões, evolução das lesões, potenciais transferências, referências a outras modalidades (não houve qualquer comentário da contratação da Super Mulher, Vanessa Fernandes) -, etc.
Mas revertendo para a última jornada, gostaria de aqui, publicamente, me penitenciar pelas desacertadas considerações com que me estreei neste espaço.
De facto, o Moretto já ganhou a titularidade, afastando, assim, um guarda-redes com nome de moço de recados, e ainda não sofreu qualquer golo.
Depois, verdade seja dita, comparado com o moço de recados e com as beiças e a cremalheira do Moreira, aquele brazuca é fogo.
Adoro ver aquelas rezas que ele faz no início dos jogos, faz-me lembrar quando estava em casa dos meus avós e tínhamos de rezar antes de comer. Agora é igual, a gente faz umas rezas e depois, zás, comemos os adversários, sem espinhas.
É por isso, que acho bem que o Treinador prefira os brasileiros, eles percebem mais destas mezinhas e destas macumbices.
(Já reparou que também chegou ontem o Moretti? Mas para o Futsal!)
Veja-se que foi quando chegou o nosso Ogre Luisão e se pôs a fazer aquelas reuniões no meio do campo que começamos a ter uma equipa e a ser vitoriosos. Se bem que aquela cena deles se porem todos juntinhos e com as mãos uns atrás dos outros não me parece muito salutar. Se são assim no relvado como serão nos balneários. Mas isso pouco importa desde que ganhem.
A polémica da semana foi a entrevista do Kariaca ao WXMJHVUIHXDCWHEICHEK, isto porque disse que Lisboa está atrasada cerca de 20 anos relativamente a Moscovo. Sinceramente, não sei qual é a admiração. Toda a gente sabe que há 20 anos em Moscovo se vivia razoavelmente bem e só depois, à medida que os anos foram passando, é que foi piorando. Por isso é que o Carlos Fino veio embora e não se importou de ir para o Iraque. Por isso qual é a novidade. Se puserem o Kariaca aqui ao lado na Curraleira ele já ia dizer, “Ah si Lissabone ya esta mucho mais ebolueda ki Mosca”.
Avante.
Fiquei felicíssima quando vi que também foi certeiro no comentário que fez sobre o Robert, que também já marcou um golito. Bravo, brilhante visão a sua, de certeza que está ligado aos media. Quando divulgará seu vencimento?
E o Marco Ferreira também já jogou. Vale longe este miúdo (Detesto esse sujeito).
Gostei também das suas sugestões acerca de como angariar mais meios financeiros para os clubes. Gostava também de sugerir outros produtos:
- 34 DVD`s dos Making off dos penteados de Simão Sabrosa;
- água oxigenada Beto;
- Esquadro e compasso Veiga, para uma risca perfeita;
- as rezas de Moreto;
- como eu triunfei na minha carreira de Marco Ferreira e
- Powers Rangers SLB para overbooking.
Por falar no Moreto, já reparou camarada Vermelho que o nosso Rocky V(eiga) vai nem que seja a Amazónia resgatar e recrutar jogadores, ao passo que na Lagartagem os jogadores não querem regressar e o pessoal nada faz. Porque será?
No que toca aos Morcões, acho piada que toda a gente fala que os grunhos, nomeadamente o seu presidente, está em blacK-out ou em contenção verbal por causa do processo do Tribunal, esquecendo-se que o jarreta não vai para novo e está é com Alzheimer, por isso não diz nada ou quando vai para dizer esquece-se.
Aliás, veja-se que a sua contratação de Inverno deste ano foi feita no Verão do ano passado. Enfim.
Gostaria, ainda, de dizer que fiquei um pouco triste por não ver nenhuma referência ao falecimento do Fernando Adrião. Como amante do hóquei fiquei um pouco decepcionada.
Também gostaria de ter visto um comentário, ainda que singelo, sobre o jogo da taça e a prestação dos novos reforços.
Gostava que me saciasse a minha curiosidade – face à sua apresentação - e me dissesse por quem vai torcer no próximo Domingo, pois dela e dos futuros comentários poderá depender a minha religiosa visita a este Blog.
Poder-me-á dizer se dá para pôr no blog uma espécie de votação sobre a equipa ideal ou sobre os vaticínios para os próximos jogos, tipo os dos dias 28/01 e de 21/02? Se desse era giro fazer isso.
Bom camarada vermelho, continue a surpreender-nos com as suas brilhantes análises e comentários, mas por favor restrinja-se ao que é importante, ao vermelho.
Até breve, camarada vermelho.