quinta-feira, março 01, 2007

Uma Singela Homenagem ao Grande Manuel Galrinho Bento

O Manuel Galrinho Bento faleceu ontem.
Como singela forma de homenagem a um dos melhores guarda-redes portugueses de todos os tempos, publico os comentários ontem aqui deixados por dois condómimos - Zex e Salvatrucha.
Pela sua qualidade e pela nobreza dos sentimentos neles vertidos, foi a melhor forma que encontrei de lembrar o inigualável Manuel Galrinho Bento:
"Tive muita pena saber do desaparecimento do Bento !
Um grande guarda-redes, autor de exibições memoráveis.
Para mim, que o vi muitas vezes no seu auge, o melhor de sempre do futebol português !
O melhor que vi na selecção, sem dúvida !
O que eu vi do Damas, já foi quando veio de Espanha e, aí, era fraco. Segundo dizem, antes era um grande guarda-redes. Não sei, nunca vi !
Não me esqueço da exibição do Bento contra a Escócia na Luz, contra a França (Euro84) e contra a Alemanha, no jogo do "milagre de Estugarda" (1985), entre muitas outras.
Houve momentos menos bons, claro. Por exemplo, contra o Sporting quando deu um soco ao Manel de Sarilhos e foi penalty e no célebre 1-4 contra o Liverpool em que frangou muito !
Às vezes falhava, como todos ! De qualquer modo, era raro !
Morreu um "cabecilha de Saltillo" !
Morreu um rosto importante do futebol português do pós 25 de Abril !
Foi, na parte final da sua vida, muito incompreendido pelo clube, não tendo passado de um adjunto episódico de 5º plano.
Por último, não esqueço que Manuel Bento é o célebre autor da frase que considerava o futebol húngaro com muita magia daí a classificação de "magiar". Uma pérola !
Perde o futebol português com o seu decesso!"

"A exibição de Manuel Galrinho Bento, pela selecção, em Glasgow 1980/81, foi a melhor exibição que eu ví fazer a um guarda-redes num jogo.Insuperável.
Fará sempre parte do meu imaginário."

3 comentários:

Jorge Mínimo disse...

Ontem foi um dia triste para o futebol nacional. Quem não se lembra do Manuel Galrinho Bento? Foi um guarda-redes extraordinário, de uma garra e classe de nível mundial.
Também eu recordo com saudade as grandes exibições contra a Escócia (a melhor de todas), a França e a extinta RFA. Dos momentos caricatos que fizeram história, destaco a derrota por 5-0 em Moscovo com a extinta União Soviética, em que à chegada a Lisboa, o Bento desculpou-se da derrota dizendo que não-lhes tinham dado comida. No dia seguinte puseram-lhe um fardo de palha à porta de casa.

vermelho disse...

amigo mínimo:
e no jogo seguinte, na Luz, o "terceiro anel" brindou-o com várias laranjas.
Desses 5-0 lembro-me, também, de Otto Glória a dormir no banco.
abraço.

Zex disse...

De facto o jogo contra a Escócia foi em Glasgow e não na Luz. Perdoem-me o engano !

O caso das fruta dos 5-0 com a URSS é memorável, de facto !