sexta-feira, maio 22, 2009

Ramirez e a CMVM

Afinal, a hipótese vencedora era a c) - Alguém se esqueceu de comunicar as negociações à CMVM e por forma a eximir-se ao pagamento da correspondente coima, o Benfica desmentiu o indesmentível.
Ainda assim, de tão canhestros que foram, não deverá a Benfica SAD escapar ao pagamento da competente coima, por omissão de informação relevante ao mercado.

9 comentários:

JC disse...

Não sei o que pense ou diga sobre este episódio rocambolesco relacionado com a aquisição de Ramires.
Mas que se tratou de um episódio ridículo, a roçar o chico-espertismo, disso não me parece restarem dúvidas.

De qualquer forma, duas notas a reter:
- o Benfica gastou já 11,5 milhões de euros em aquisições para a próxima época, 4 milhões com Álvaro Pereira e 7,5 milhões com Ramires, a somar aos quase 60 milhões gastos nas duas últimas épocas;
- nada mudou nesta época em relação às épocas transactas.
-

Jimmy Jump disse...

De facto não se percebe como é possível que coisas como estas sucedam. É de um amadorismo primário.
Não fica bem ao Benfica.
Amigo Vermelho, as declarações de Diego - “ FC Porto ("não pagava o que devia"). "Cheguei a ter três meses de salários em atraso"- não encontraram , lamentavelmente, eco na comunicação social . Todavia, somando 1+1, ficamos todos a saber o porquê de o presidente do FCP se preparar para votar contra as pretensões da Liga em penalizar os clubes com ordenados em falta.
De acordo com o papa, o facto de os clubes estarem uns meses sem pagar não invalida que depois não liquidem a totalidade dos valores em falta.
Nós acreditamos que sim. Já os jogadores do Boavista – por exemplo- não me parece que vão nesta cantiga.
Esquece-se PC que nem todos os clubes são capazes de realizar as receitas fabulosas que o Porto obtém com a venda de jogadores e ainda assim ficar a dever 3 meses de ordenados.

KKK disse...

É de facto singular este clube.
Então não é que tambem contrataram a Sra D. Margarida Menezes.????
Para os mais desatentos Margarida Menezes, é nem mais nem menos que a Fundadora do Clube das Virgens!
Maggie de 26 anos, "vai em breve á sua 1ª consulta de genecologia (?) com cobertura televisiva e vai tambem mudar de emprego:Era promotora de campanhas de marketing social e agora vou trabalhar par o Benfica como Rel.Publicas e acompanhar as pessoas (?) nas visitas ao estádio".

In CM 22.05.09

Sem o mais pequeno e leve comentário!

KKK disse...

Reparei agora na foto da Maggie, e devo dizer que de costas ou de joelhos era muito capaz de se safar....Já que no resto não há balduchas!

KKK disse...

Vejo afinal, mais um incomodado com a supremacia do FCP.
A noticia é sobre a azelhice do Benfica e vem agora este falar do FCP!
São mesmo pequeninos!
Gostavas era de ter o PC em vez do Vieira, paladino da justiça, da transparencia no futebol e quiça na vida.
Do sapato roto até avalista das dividas de um clube com a grandeza do SLB.
Deve ter sido a trabalhar 24 horas por dia e 24 horas por noite.
Cumplice de foragidos á justiça e lideres de gangas de mau nome!
Gostavas mas não podes.

Águia disse...

Quando uma empresa não paga ordenados, qual a solução? Fechá-la? Ou tentar soluções que evitem que esta feche e assim defender os postos de trabalho dos seus funcionários.

Águia disse...

Continuem a alimentar o Benfica de hoje em dia,e mais tarde ou mais cedo ainda vão ter de engolir muita coisa, nomeadamente as questões de ordenados em atraso.
Pela minha parte não, uma vez que não me revejo em nada no Benfica deste século.

Jimmy Jump disse...

Que se saiba o homem não andou por aí armado em bom anfitrião, distribuindo fruta e cafés com leite aos Jacintos deste país com o fito de uma suposta "supremacia".
Já do seu presidente não pode se dizer o mesmo, pois não?.
A gralha do Domingo Desportivo, traduz essa "supremacia":
Treta campeão é o que é!

Águia disse...

Quando acabo de ler na página da BolaOnLine uma sondagem onde é lançada a questão se o Benfica acertou na contratação de Ramires...francamente, merecemos mais que isto.
Algum benfiquista conhece o Ramires? Eu não. O atum sim, e mesmo assim prefiro o Bom Petisco.