quinta-feira, maio 07, 2009

Uma Pérola Queirosiana... que me perdoe o Eça!

Tese - Em 22 de Abril de 2009, escrevi: "Por falar em silêncios, o que dizer da mordaça de Queirós?!
O açaime é tão poderoso que nem um murmúrio se escutou do Professor sobre a bárbara agressão de Pepe a Casquero!
Quando Pereirinha e Rui Pedro decidiram, insensatamente, imitar Cruyff, Queirós, ufano, condenou-os publicamente ao degredo.
"Double Standard" no seu expoente máximo ou mais uma despudorada demonstração da ausência de túbaros do seleccionador nacional!"

Antítese - Em 6 de Maio de 2009, Queirós disse: "Aproveito para avisar desde já que Pepe está convocado para o próximo jogo. E vai jogar, se estiver em boas condições físicas. Normalmente não faço comentários em relação à vida dos jogadores fora dos relvados, mas é pertinente dizer que já falei com ele, enquanto seleccionador nacional. Dei-lhe a minha opinião sobre o que aconteceu. O que tenho a dizer é que aceitamos a posição da Federação Espanhola e a postura posterior do jogador, que já veio a público pedir desculpas. Nem o Real Madrid, os outros clubes espanhóis ou de outros campeonatos, têm por hábito comentar os castigos dos jogadores portugueses."

Síntese - Mais valia Queirós ter permanecido calado!

3 comentários:

Joao Pedro disse...

Quique Flores tem-se assumido como uma lufada de ar fresco no estereotipado futebol português.
Rompeu com o habitual discurso formatado de jogadores e treinadores.
Antes e depois dos jogos, fala de futebol.
Sem remoques aos rivais ou discursos redondos, analisa o jogo e explica as suas opções.

Joao Pedro disse...

Vermelho disse...
Amigo JC:
Obrigado!
A estrela de Joana e Maddie é candidato!
Apresenta-se oficialmente amanhã.
Aquele abraço.

Joao Pedro disse...

Esperamos dificuldades frente ao Trofense, porque as equipas contra o Benfica motivam-se sempre mais, ainda por cima jogando no Estádio da Luz. Temos como objectivo ficar nos dois primeiros lugares e continuaremos a trabalhar nesse sentido. Depois, no final da época, faremos o balanço. Falaremos também de outros objectivos, os chamados objectivos invisíveis, como a aposta da formação, pois temos jovens que já estão a jogar na equipa principal, ou o facto de sermos a equipa na Europa com menos lesões, depois de muitas lesões na época passada», começa por dizer, em conferência de imprensa