quarta-feira, fevereiro 28, 2007

Antevisão do Sporting/AAC

Eles não sabem que o sonho
é uma constante da vida
tão concreta e definida
como outra coisa qualquer,
Escolhi este poema de António Gedeão para ilustrar o sentimento que mais me
invade na véspera do jogo entre o Sporting e a Briosa a contar para os
quartos de final da Taça de Portugal – Sonho.
Sonho de ver a Académica no Jamor.
Sonho de ver repetida a gloriosa e épica campanha de 39.
Quando numa tarde primaveril de 1939 a Académica, agora AAC/OAF (Organismo
Autómomo de Futebol) venceu a primeira Taça de Portugal (1938/39), estava já
trilhado o caminho que faz desta instituição um símbolo a nível nacional e
internacional, contando com filiais e adeptos espalhados pelos cinco
continentes.
Na época de 38/39 quando a Briosa venceu a primeira edição da Taça de
Portugal, derrotou, nas meias-finais, o Sporting.
Hoje, espero que a história se repita.
Já vai sendo tempo de reeditar glórias passadas - Vencedora da Taça de
Portugal 1938/39 (Benfica 4-3); Finalista vencida da Taça de Portugal em
1950/51 (Benfica, 1-5), 1966/67 (V. Setúbal, 2-3), 1968/69 (Benfica, 1-2);
Vice-campeã nacional em 1966/67; Participou nas competições europeias em
1968/69, 1969/70 e 1971/72 (competição na qual, infelizmente, é detentora do
recorde de eliminações por moeda ao ar); Campeã da II Divisão nacional
1948/49 e 1972/73.
Como disse, Pedro Roma “Dos adversários em prova, o Sporting era aquele que
todos preferiam não defrontar. O sorteio ditou que seremos nós. Os jogos da
Taça têm sempre particularidades diferentes e em que tudo está em aberto." E
garantiu: "A equipa vai jogar como se uma final se tratasse porque o
objectivo é chegar ao Jamor. E tudo faremos para que tal, apesar das
dificuldades, possa ser possível.”
Esta será a 10ª vez que Sporting e Académica se defrontam em jogos a contar
para a Taça de Portugal.
A supremacia leonina é esmagadora – em 8 das 10 ocasiões em que se
encontraram, o Sporting eliminou a Briosa.
A história dealbou logo na primeira edição da Taça, na época 1938/39, tendo
a Académica afastado o Sporting nas meias-finais.
Entre 45/46 e 58/59, os dois emblemas enfrentaram-se por 3 vezes, sendo que
o Sporting saiu sempre vitorioso.
A última proeza da Briosa nestes duelos remonta a 1968/69, quando, numa
meia-final disputada a duas mãos, a Briosa venceu ambos os jogos.
Daí para a frente, mais encontros houve, 1969/70, 1974/75, 1992/93, 1996/97
e 2005/06, mas não mais a Académica se mostra capaz de eliminar os leões.
Aliás, o confronto desta época constitui uma repetição da edição anterior da
Taça de Portugal.
Na temporada transacta, a Académica recebeu o Sporting precisamente na mesma
fase da competição – quartos-de-final – embora sob um cenário bem distinto.
Antes de mais, porque, agora, a Académica assume a condição de visitante.
Depois, porque o jogo assume carácter transcendente para os leões, obrigados
que se mostram a vencer sob pena da própria liderança de Paulo Bento ficar
ameaçada.
O ano passado, Paulo Bento vivia um autêntico idílio, tendo obtido em
Coimbra uma vitória por 0-2, que lhe garantiu a passagem às meias-finais da
Taça e a nona vitória consecutiva.
Hoje, Paulo Bento vive entre o Inferno e o Purgatório.
Desperdiçou oito pontos nos últimos cinco jogos, perdeu o segundo lugar no
campeonato e a intranquilidade apoderou-se da equipa.
Momentos diferentes, resultados distintos (espero e desejo).
Esta temporada, as duas equipas já se defrontaram, tendo o Sporting vencido
por 1-0, com golo de Liedson, após carga não sancionada sobre Pedro Roma.
Aliás, Pedro Roma parecer ser um “bom cliente” para Liedson.
Pedro Roma é o guarda-redes a quem Liedson marcou mais golos: cinco, em seis
confrontos, ficando em branco apenas duas vezes (nas quais o Sporting,
também, não venceu).
Todavia, também não é menos verdade que Liedson nunca marcou à Académica em
dois jogos na mesma época.
A Académica não deverá apresentar uma equipa muito diferente daquela que
defrontou o Sporting para o campeonato.
Pedro Roma, Paulo Sérgio, Litos, Káká e Vítor Vinha, Alexandre, Brum e
Filipe Teixeira, Dame, Nestor e Lino, ou seja, um 4x3x3, que se transformará
um 4x5x1 no momento defensivo.
Pese embora a similitude dos onzes apresentados, esta Académica é distinta
da que jogou em Alvalade em Dezembro.
Desde logo ressalta à evidência que a Académica se apresenta bem mais
consistente do que então.
Estabilizou uma equipa-tipo e um sistema táctico-tipo.
Os principios de jogo mostram-se, agora, bem melhor assimilados, tendo os
jogadores apreendido o modelo de jogo idealizado por MM.
Estabilização do quarteto defensivo, evidenciando-se a titularidade de KáKá,
que vem exibindo qualidades até então desconhecidas, e a adaptação
conseguida de Paulo Sérgio ao lugar de defesa direito, principalmente no
momento defensivo;
A confirmação de Filipe Teixeira e Dame como jogadores diferenciados.
A melhoria gradual de Lino nos aspectos defensivos e a sua adaptação a
qualquer uma das posição à esquerda.
Mais e melhores soluções ofensivas com a chegada de Pittbul e Joeano
(infelizmente, não poderá jogar por lesão).
A Briosa ainda apresenta dificuldades no processo ofensivo, mormente na
transição, às quais não serão alheias a opção por um tridente de médios
defensivos, garantes do equilibrio defensivo, mas deficitários na capacidade
de construção.
Contudo, estas dificuldades fazem-se sentir com maior intensidade nos jogos
em casa, em que a equipa é chamada a assumir o jogo.
Actuando na condição de visitante, a Académica assume uma postura de
contenção, ancorando o processo ofensivo num futebol mais directo, de
transições rápidas e de contra-ataque, que permite atenuar os problemas
assinalados.
O processo ofensivo vive quase em exclusivo da maior ou menor inspiração de
Filipe Teixeira e Dame, por vezes acolitados por Lino.
As bolas paradas, nomeadamente as sobre a direita em beneficio do pé
esquerdo de Lino, são outro dos trunfos ofensivos da Briosa.
O regresso de Miguel Pedro, após um mês de paragem devido a uma rotura no
ligamento interno do joelho esquerdo, é a principal novidade da convocatória
da Académica.
Em relação ao jogo com o Boavista, saíram Pavlovic, ontem operado e,
provavelmente, afastado da competição até final da época, Eduardo e
Sarmento.
De fora, por lesão, continuam Joeano, Hélder Barbosa e Nuno Luís.
Depois do fracasso que consistiu a aposta no 3x4x1x2 frente ao Aves, é
previsível que Paulo Bento regresse ao tradicional 4x4x2 em losango.
Ricardo deverá manter-se na baliza.
Com a recuperação de Tello, a defesa deverá ser composta por Caneira, Polga,
Tonel e Tello.
No meio-campo, reside a principal dúvida.
Miguel Veloso, João Moutinho e Nani parecem ter a titularidade garantida,
restando por saber se será Djaló, Farnerud ou Romagnoli a compor o quarteto
intermediário.
Djaló tem jogado, mas a chamada de Farnerud não seria de estranhar.
Romagnoli esteve lesionado e a sua titularidade seria uma enorme surpresa,
até porque está sem ritmo.
Na frente, Liedson e Bueno serão os eleitos.
A saída de Carlos Martins é o principal destaque da lista de convocados do
Sporting.
Em relação à última convocatória, Paulo Bento deixou também de fora Miguel
Garcia, João Alves e Ronny, por troca com Tonel, Tello e Romagnoli.
Os primeiros vinte minutos de jogo serão, por certo, decisivos.
Caso o Sporting não consiga um golo, a intranquilidade apoderar-se-á dos
seus jogadores, podendo e devendo a Briosa capitalizá-la em proveito
próprio.
O Sporting está “proibido” de perder e esta carga psicológica não deixará de
constituir um peso que cumpre à Académica aproveitar.
Força rapazes
Vamos lutar
Que este jogo é p’ra ganhar.

59 comentários:

JC disse...

Amigo Vermelho:
Hoje deu-lhe para a poesia e logo citando um poema que o meu conterrâneo Manuel Freire deu a conhecer ao povo, cantando-o.
Outros tempos, outras revoluções.

Compreendo-lhe o sonho.
Duvido é que esse sonho não se transformasse em pesadelo se hoje, em vez de jogar contra o SCP, a Briosa jogasse contra o Benfica.
Por isso é que digo que nem sempre o sonho comanda a vida, sendo por vezes a própria vida que determina o que se sonha.

De qualquer forma, parece-me que o seu sonho poderá ter pernas para se concretizar.
Como já aqui disse ontem, o SCP, quando entra neste ciclo negativo de resultados e de exibições, dificilmente sai dele sem que ocorra uma revolução.
Acho que muito dificilmente o SCP conseguirá ganhar o jogo à Briosa logo à noite.
Tem sido confrangedora a forma como os jogadores do SCP se arrastam nos jogos que fazem em casa.
Por outro lado, a AAC tem vindo a fazer bons jogos e, fora de casa, bons resultados.
O ano passado, foi graças à Académica que o Pésudo saiu do SCP e que o Paulo Bento entrou para treinador da equipa.
Não deixava de ser curioso se este ano a AAC voltasse a fazer uma gracinha em Alvalade, ganhando – agora para a Taça - o que, creio, começaria a colocar em cheque a permanência do Paulo Bento à frente da equipa de futebol do SCP.
Se assim suceder, será uma meia desilusão para mim, compensada pelo facto de o SCP cair aos pés da minha 2ª equipa.

VermelhoNunca disse...

Para conhecimento do amigo Barbaridades Cavungi:
"Até ontem à noite os leões apenas tinham vendido cerca de 10 mil bilhetes. Hoje espera-se que a afluência cresça mas em perspectiva está uma das piores assistências da época em Alvalade. "

vermelho disse...

amigo jc:
disse aqui a propósito de uma questão que me foi colocada, que, em relação à Taça, gostaria que a Briosa vencesse a competição.
se te recordas, na Tapadinha, disse que o meu palpite para a final da Taça era um Académica/Belenenses.
desde que comecei a ver futebol, a Briosa apenas conheceu as efémeras glórias das subidas de divisão (inolvidáveis as comemorações da subida no Rato e no Estádio).
penei 10 anos na 2ª divisão à conta de um dos maiores escandâlos do futebol português.
quando entrei para a Académica, foi-me dada a conhecer a vetusta e ilustre história do clube.
não esqueço a placa de homenagem aos vencedores da Taça de 39, que encimava a escadaria do velhinho Santa Cruz e que sempre constituiu uma fonte de inspiração para todos os que já serviram a Briosa.
gostava muito que a Briosa regressasse aos bons velhos tempos, não só daquela vitória, mas também dos anos 60.
nunca os vi jogar como facilmente se depreende, mas convivi com alguns dos jogadores que contribuíram para as gloriosas campanhas no campeonato e na taça nos anos 60.
Mário Campos, Vítor Campos e Gervásio são, para mim, referências incontornáveis de um tempo, que gostava de revisitar.
por isso, citei António Gedeão.
Fosse qual fosse o adversário, o sonho não conheceria cambiantes.
abraço.

VermelhoNunca disse...

Sonhar a todos é permitido. Logo mais à noite veremos se o seu sonho se tornará realidade.

vermelhosempre disse...

Eles não sabem que o Sporting
é uma equipa fraquinha
tão dispersa e perdida
como outro Atlético qualquer...

Este é que devia ser o poema, Força Académica

JC disse...

Amigo Vermelho:

"Fosse qual fosse o adversário, o sonho não conheceria cambiantes"

Sendo assim, amigo Vermelho, estou contigo!
Que me perdoem os sportinguistas, mas logo vou puxar pela BRIOSA!

Rumo ao JAMOR!!!

vermelho disse...

amigo jc:
és grande!
abraço.

vermelho disse...

amigos:
O Bragança vence o Belenenses por 1-0, golo apontado por Toni aos 27 minutos da 1ª parte.
abraço.

VermelhoNunca disse...

O seu sonho pode ficar pelo caminho..

JC disse...

Bragança-Briosa na final?

estar_vivo_e_o_contrario_de_estar_morto disse...

O Salva-Trouxas-sportinguistaseportistas ainda não apareceu por aqui hoje?? Parece que afinal não aplicou o adjectivo Proactivo da melhor maneira.

cavungi disse...

Amigo Vermelho,
O teu sonho é o meu sonho.
Hoje torço para que na final do Jamor esteja a Académica.Se com o Belenenses ou o Boavista tanto me faz, desde que lá esteja a Briosa é bom sinal.

vermelho disse...

amigo cavungi:
percebo as tuas razões...
abraço.

cavungi disse...

Amigo Nunca,
4, 10 ou 15 mil será uma enchente estou certo.
Não haverá lugar nas redondezas para parar os automoveis, os vendedores ambulantes farão uma fortuna e os logistas do Alvaláxia poderão com a receita de logo á noite aguentar mais uma semana sem falir.
Mais de 10 mil é uma belissima "casa".

cavungi disse...

Amigo Jus,
Em dia de poesia dedico-te um poema que, penso eu, transmitirá fielmente o teu estado de espirito para hoje á noite:

"Eu tenho dois amores
Que em nada são iguais
Mas não tenho a certeza
de qual eu gosto mais"

VermelhoNunca disse...

Há um problema acrescido para o pouco público de Alvalade: chuva molha Cavungis atinge Lisboa neste momento.

vermelhosempre disse...

Golo do belenenses.. dady

VermelhoNunca disse...

Fala o amigo Barbaridades Cavungi em lojas que se aguentarão mais uma semana no Alvaláxia. Sabe quantas lojas fecharam no seu complexo comercial? Ou não frequenta, uma vez que raramente mete os pés na Luz?

JC disse...

Nos quartos de final da Taça, à excepção do SCP, só temos equipascuja designação começa por B:
Bragança, Belenenses, Beira-Mar, Boavista, Braga, Briosa e... Barzim.
Só o SCP destoa neste leque.

cavungi disse...

Amigo Nunca,
Chuva molha cavungis? É do melhor que aqui se escreveu.Candidato á casquinada D'ouro.

Quanto ás lojas que fecharam no complexo comercial da nova catedral, devo dizer-lhe que as lojas ancora lá estão e recomendam-se.A unica que fechou foi a loja de produtos regionais do museu do pão.
No Alvaláxia há algumas lojas que ainda não abriram tal o descalabro que os seus logistas antecipam.

cavungi disse...

Amigo Jus,
Em vez de Barzim seria Benfica.
Mais um Bê.Mas tivemos que abdicar...

VermelhoNunca disse...

Gosto do seu conhecimento do complexo comercial da Luz. Frequento assiduamente, especialmente os cinemas.

vermelhosempre disse...

MINUTO 71 - BELENENSES (1-2, Nivaldo): cruzamento de Zé Pedro na marcação de um livre, falha de marcação da defesa brigantina, e Nivaldo a cabecear à vontade para o golo que pode valer a presença nas meias-finais da Taça.

VermelhoNunca disse...

Mais um do Belenenses

VermelhoNunca disse...

Amigo Sempre, desculpe, mas intrometi-me na sua função de narrador do jogo.

vermelho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vermelhosempre disse...

Amigo nunca, esteja à vontade...

cavungi disse...

Amigo Nunca,
Para além de bilhetes para o cinema o que se pode comprar mais no Alvaláxia?

JC disse...

Noto que no espaço Karamba falta um dos jogos dos quartos de final da Taça, o Braga-Barzim.
Que sucedeu, amigo vermelho?
Mero esquecimento?
Ou custa-lhe escrever - por razões óbvias - o nome do Barzim??

vermelho disse...

amigo cavungi:
segundo contaste, imperais...
abraço.

vermelho disse...

amigo jc:
o jogo foi adiado para Março!
abraço.

p.s. onde se lê imperais, claro está que queria escrever imperiais.
abraço.

cavungi disse...

Amigo Jus,
O Braga-Varzim foi adiado para 25 de Março.
talvez por isso...

JC disse...

Exactamente, amigo Cavungi.
Benfica.
Começa por B,
Tal como o Barbas.
E o Beiga.
E a Bitória.
E o Bigarista do Orelhas.
Está certo.
Bem Bisto.

VermelhoNunca disse...

No Alvaláxia pode frequentar um clube de escalada, pode frequentar o bowling-house, pode tratar de assuntos da TVCabo, entre outras coisas.

salvatrucha disse...

Caro Estar Vivo Ou Morto,
Farei uma breve incursão, carregada de simbolismo é certo, porque o meu tempo está hoje parcialmente delapidado.Mas como aqui falou em mim, cá estou.
E quero lhe dizer apenas que,
se tivermos na nossa capoeira 3 coelhos e tivermos que escolher um deles, os outros dois ficarão tristes.
Ou não.
Depende para que o escolhemos!
Este é o meu "Mathesis Megiste" de hoje.
Para sí.
Até breve

cavungi disse...

Amigo Vermelho,
Peço desculpa por me ter antecipado...

cavungi disse...

Tratar do TVcabo?
Isso tambem posso fazer no Xenon.

vermelho disse...

amigos:
belém nas meias-finais - 1-2.
abraço.

VermelhoNunca disse...

No seu clube pode jogar bingo na estação de metro, ou estou enganado?

cavungi disse...

Está enganado.Bingo no metro é no seu clube ou não?

VermelhoNunca disse...

Estou enganado???
Acha mesmo? O seu bingo é na estação de metro, disso pode ter a certeza. O meu é dentro da superficie comercial.

cavungi disse...

Mas durante décadas foi no metro!
Mais própriamente nos escombros da mítica nave de Alvalade.
Mas eu não sei nada de bingos.
Sei mais de casinos.Aliás ví ontem um amigo comum á porta do casino perto de minha casa...
Terá falido?

vernáculo disse...

Ó Saliva com as truces do caralho, mas que puta de palavreado é esse?
Foooooooooooooodaaaaaaa-se.

"Este é o meu "Mathesis Megiste" de hoje.

Em defesa do caro ANTES ESTAR VIVO quero dizer-te o seguinte: se mijaste, parabéns. é bom que o consigas fazer.
Agora não venhas com o teu mijaste ou mugiste para cima dos outros Fooooooooooodaaaaaa-se.


Este é o meu mathesis estou-me a cagar de hoje.

VermelhoNunca disse...

E eram horas de chegar a casa? Será que vinha do Media Markt?

Zex disse...

Espero que a Briosa seja esmagada, hoje à noite !
Espero acabar com essa conversa da treta do politicamente correcto !
Espero que os lampiões, academistas à pressão e de circusntância, sejam humilhados !
Caro sr. JC, tomou a opção errada !
Espero que o Sporting ganhe !
Os lampiões estão ansiosos para que perca para que a competição seja desvalorizada !
Não pode ser !

cavungi disse...

Vinha com a minha filha do Vasco da Gama.Era cedo...

VermelhoNunca disse...

Palavras fortes, mas sensatas condómino Zex.

cavungi disse...

Amigo Zex,
És um dos maiores vira-lata da história do futebol mundial!!!!!!
O meu amigo por acaso é Varzinista?
Tenha mas é vergonha.
Mas percebe-se.Também v.exa é adepto de um clube pequeno (como o SCP) que precisa de alianças para se equipararem ao Grande SLB.
Alguma vez viu um Benfiquista apoioar o FCP ou o SCP no que quer que seja?
Ressabianismo é o seu mal.

estar_vivo_e_o_contrario_de_estar_morto disse...

Matheija Meijisse.. o que é isso? Se for vc a levar os coelhos penso que o que ficar na capoeira ficará contente, até dará uma festa.

O meu matheija m eijisse para si é o seguinte: Como é que um mudo pede um cigarro a um cego???

Boa sorte salva trouxas...

Zex disse...

Sr. Africano,
"Vira-lata" é o que os brasileiros dizem dos cães vadios. Cão, V. Exa não é, atirando-se mais para o primata. Quanto a vadio, talvez, pelo menos adopta um discurso desse calibre.
Certamente queria dizer "vira-casaca". É o corrector africano no seu melhor !

Zex disse...

Vunge,
Quanto às alianças o melhor é nem falar. A que V. Exa. mantém com o porco lampião blogger é evidente, lamentável ridídcula e bacoca ! Sempre com diálogos idiotas e cumplicidades a que só falta um piscar de olhos abichanado.
Repito, quer que o SCP perca para que a competição fique desvalorizada. Eu não entro nesses comboios de lampiões, nem no último vagão.
Certamente que o blogger será a locomotiva e V. Exa. o vagão do carvão, atenta a respectiva cor, não ?
Nunca duvide, entre o SCP e o Benfica, a minha opção é clara !
Repito, espero que o SCP ganhe hoje à noite !
Odeio o seu clube !
Odeio o discurso dos adeptos do seu clube !

VermelhoNunca disse...

Forte, muito forte. Barbaridades Cavungi à beira do KO.

cavungi disse...

Amigo Zex,
No fundo tenho pena de tí.
Descer ao nivel de apoiante lagarto é triste.
Muito triste até.
Não quis dizer vira casacas.
Quis dizer vira lata.Rafeirice puera.Rafeiro é o seu discurso sobre pretensas alianças bacocas.
Apoiar o Sporting?
Antes o Comunismo!

VermelhoNunca disse...

Não se trata de apoiar o Sporting, amigo Barbaridades. Trata-se tão só de odiar o Benfica.

cavungi disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
VermelhoNunca disse...

Apanhe esse comboio e embarque para o Afeganistão, onde parece que o Benfica tem uma sucursal.

cavungi disse...

E digo-lhe mais, camarada Zex.
Pior que ser um vira lata, V.exa é um vira lata cheira-rabos!
Sempre atrás dos outros.Ora agora bate nos lagartos, que tem memória curta, ora lhes passa a mão pelo pêlo.E depois eu é que tenho discursos abichanados com o amigo Vermelho?
Um reboquista encapotado é o que v.exa é !
Não entra em coimboios de lampiões?
Pior para sí, que tem que apanhar o comboio dos lagartos que é bem mais pobre.Nem sequer está entre o 20 comboios mais confortáveis do mund

cavungi disse...

Amigo Nunca,
V.exa não dorme?

VermelhoNunca disse...

Durmo quando o amigo deixa de dizer barbaridades. Está assim na sua mão zelar pela minha saúde.