quinta-feira, outubro 08, 2009

Benfica Stars Fund - Características, Principais Vantagens e Inconvenientes

No passado dia 30 de Setembro, a Benfica SAD divulgou a criação do “BENFICA STARS FUND – Fundo Especial de Investimento Mobiliário Fechado”, no valor de 40 milhões de Euros.

Antepassado Português:

Em 2001, através da Orey Financial, Sporting, Porto e Boavista constituíram Fundos apelidados de “First Portuguese Football Players Fund”.
O Fundo sportinguista foi dissolvido em 2007 e o portista em 2008, sendo que o leonino atingiu em 2003 o seu expoente máximo de rentabilidade com 80% e o azul e branco em 2004 com 37%.

Características:

O capital inicial cifra-se em 40 milhões de Euros, estando disponíveis 8 milhões de acções destinadas a subscritores, tendo cada participação o valor de 5€, ajustados mensalmente consoante o valor líquido global do Fundo.

Apresenta como propósito essencial o gerar de mais valias a partir da alienação dos direitos desportivos dos jogadores em relação aos quais o fundo detenha direitos económicos.

Será gerido pela "ESAF – Espírito Santo Fundos de Investimento Mobiliário, SA", empresa do Grupo BES.

Terá a duração de cinco anos e assume natureza fechada.

O Fundo não poderá deter mais de 60% dos direitos económicos de cada atleta e a Benfica SAD nunca menos de 10%.

Apenas jogadores entre 16 e 25 anos com contrato de duração igual ou superior a 3 anos são elegíveis para integrarem o Fundo.

No momento da aquisição pelo Fundo de direitos económicos relativos a um jogador, é fixado um valor de referência, que uma vez satisfeito, obriga a Benfica SAD, caso seja essa a vontade do Fundo, a alienar os direitos desportivos desse atleta ou a readquirir ao Fundo os direitos económicos que detenha relativos a esse mesmo atleta, pelo valor que seria devido ao Fundo caso a proposta fosse aceite pela Benfica SAD.

Quando o contrato de trabalho de um jogador relativamente ao qual o Fundo detenha direitos económicos entre nos derradeiros 18 meses, a Benfica SAD terá que o colocar no mercado de transferências, por um preço a acordar entre o Fundo e a Benfica SAD.

Vantagens:

Capitalização presente a partir de proveitos incertos e futuros

Obtenção de capitais sem recurso ao crédito e, logo, sem suportar juros

Valorização dos direitos económicos

Diminuição da Exposição ao Risco

O Carácter fechado do Fundo, inviabilizando a saída massiva dos investidores se e quando realizarem mais valias

Participação nas mais valias geradas pela alienação dos direitos desportivos fruto da subscrição de 15% do Fundo

Inconvenientes

Aumento exponencial da vulnerabilidade à transacção.
Quem aplica capital pretende vê-lo remunerado e, neste caso, a realização de mais valias implica a alienação dos direitos desportivos dos jogadores.
Em cada janela de transferências, a pressão para vender será cada vez maior e a tentação para o fazer crescerá em idêntica proporção.
Na verdade, há que dar atractividade ao produto financeiro, através da demonstração da sua rentabilidade.

6 comentários:

VermelhoNunca disse...

O Sporting encontra-se em situação de falência técnica, porque os seus activos formados na Academia têm valor Zero para a CMVM. Jogadores como Moutinho, Veloso, Djaló, Pererinha, Patrício valem Zero, para efeitos de contabilização de activos.
Para a CMVM, jogadores como Roderick e outro jovem que não recordo o nome, da formação do Benfica, valem 5 milhões de euros, para efeitos da criação deste Fundo.
Que regras são estas?

Aquando do lançamento da SAD do Benfica, e respectivas acções, a CMVM aprovou o lançamento da mesma, apoiada num folheto que circulava nos bancos, segundo o qual o Benfica atingiria 300.000 sócios( vindo até o senhor Vieiria a lançar a ameaça da demissão se não fosse atingido esse numero de sócios). Era parte integrante da proposta do Benfica. Nunca esse objectivo foi atingido, Alguma retaliação sofreu o Benfica por não ter atingido esse objectivo?
Que regras são estas?

Vermelho disse...

Amigo Nunca:
Tanto falas de ração e aqui está um caso evidente de ração que engoliste e agora regurgitas!
A CMVM não avaliou ninguém e regras contabilísticas não são tidas nem achadas para este tipo produto financeiro.
Quem avaliou os jogadores foi uma comissão de avaliação composta por 2 membros do CA do ESAF - Espírito Santo Fundo de Investimento Mobiliário, 1 colaborador da entidade gestora e 2 elementos ligados ao futebol, que não sejam empresários e não tenham qualquer ligação ao SLB.
O fundo é privado e fechado!
A avaliação só interessa aos subscritores!

Quanto aos prospectos das SAD´s se alguém fosse punido pela não satisfação de objectivos, não tenho a mais pequena dúvida que todas o seriam!
Ninguém, repito ninguém, cumpriu o que anunciou!!!
Aliás, a situação de falência técnica a que aludes é exemplo disso mesmo.
Acrescento que se a generalidade dos propósitos anunciados aquando da criação das SAD´s tivesse sido tão cumprido quanto o número de sócios do Benfica o foi (2/3), estou certo que a saúde financeira das SAD´s em Portugal estaria muito mais robustecida.

VermelhoNunca disse...

Quem foram os 2 elementos ligados ao futebol e que nada tenham a ver com o Benfica? Sabe-se os nomes desses senhores?
Ração é o que você dá de barato a codóminos como o Saltitão, que bate palmas a tudo o que aqui é escrito, naquele seu jeito de criar estatíscas ridiculas, que não mais são que autêntica propoaganda barata e desmedida. Ontem as assistêbcias aos jogos, comparando o incomparável, hoje com o lucro da Caixa Campus.
Reconheço que o maior engolidor é você, talvez em delirio face à ponta inicial do campeonato no Benfica, o que o leva a fantasiar em demasia.
Valores de passivo na ordem dos 400milhões de euros, já vos passam ao lado. Soluções de criação de receitas são bem-vindas, e devem ser valorizadas. Engolir propaganda lançada pelos media, é, para mim , pura ração.

Vermelho disse...

Amigo Nunca:
Não se sabe, nem tem que se saber!
O fundo é privado e fechado!!!

VermelhoNunca disse...

Amigo Vermelho, não quero insistir no tema. O fundo é fechado e privado. Certo. Mas sabe-se que 2 elementos estranhos ao Benfica, mas ligados ao futebol , estiveram presentes na avaliação dos jogadores, Empresários? Treinadores? É privado e fechado, mas a questão de quem avaliou os acrivos foi importante publcitar-estranhos ao Benfica...isso era condição fundamental, pelos vistos.
Enfim, invista no fundo e que lhe corra mal, é o que lhe oposso desejar.

JC disse...

O fundo é fechado Amigo Vermelho?
Como assim?
à subscrição de unidades deste fundo não está aberta a qualquer um que os queira comprar?