quarta-feira, maio 30, 2007

Artigo de Opinião de Miguel Sousa Tavares

Segunda-feira da semana passada, o presidente do Benfica embarcou com a equipe de futebol para o Canadá, para mais uma daquelas digressões de final de época em que os pobres emigrantes são tradicionalmente desiludidos com penosas e desmotivadas exibições da equipa do coração. Sem nada de entusiasmante para dizer aos benfiquistas, sem nenhuma novidade para dar aos microfones como sempre diligentemente estendidos à sua passagem, o presidente do Benfica deu vazão ao mau humor matinal, atirando-se ao presidente da Liga. Por causa do Apito Dourado, é claro — quando não tem nada para dizer nem boas notícias para a sua gente, Luís Filipe Vieira recorre ao Apito Dourado. E, visivelmente, o Apito Dourado não lhe está a correr bem: depois de inúmeras diligências de investigação às suspeitíssimas vitórias do FC Porto sobre o Estrela da Amadora e o Beira-Mar, em 2004; depois das desmedidas esperanças postas no dream team de Maria José Morgado, depois das autorizadas e credibilíssimas denúncias da d.ª Carolina Salgado, a verdade nua e crua é que tarda a prisão de Pinto da Costa, tarda a despromoção do FC Porto à Liga de Honra (e já não foi a tempo de evitar mais um título…) e tarda a atribuição judicial ao Benfica dos campeonatos perdidos nas últimas décadas para o FC Porto.

É verdade que as coisas podiam ser ainda piores. Bastaria que o Apito Dourado se lembrasse de investigar também o que quereria dizer o presidente do Benfica com a célebre afirmação de que era mais importante estar na direcção da Liga, ao lado do major Valentim Loureiro, do que ter uma boa equipa de futebol; ou que se ocupasse daquela reveladora conversa telefónica em que os presidentes da Liga e do Benfica combinavam juntos o árbitro a nomear para um jogo da Taça com o Belenenses e em que Viera se saiu com aquela enigmática frase de que teria outras formas de resolver o assunto; ou aquela inesquecível conversa telefónica em que José Veiga ameaçava Valentim com um beijo como forma de pagar um favor prestado ao seu Estoril de então. Mas, mesmo com essas lateralidades do Apito convenientemente esquecidas e todas as suspeitas concentradas em quem lhe convém, o presidente do Benfica não está satisfeito e impacienta-se com estas morosidades da investigação, esses obstáculos à verdade desportiva que constituem coisas como a presunção de inocência, o direito do contraditório, o ónus da prova, as garantias de defesa, etc, etc. E vai daí, resolveu atirar-se ao presidente da Liga (o actual — não o seu antigo sócio e curiosamente o suspeito principal de tudo o que consta do Apito). Não se lembrando, como fez notar Vítor Serpa, que não cabe ao presidente da Liga poder disciplinar nem jurisdicional, Vieira insurgiu-se por nada ainda ter acontecido ao FC Porto — nem na justiça penal, nem, ao menos, na justiça desportiva. Porque, está bem de ver, no espírito de Luís Filipe Vieira de há muito que a acusação está provada, a defesa dispensa-se e a sentença já está determinada. Assim fosse ele a mandar e sozinho, tal e qual como manda no Benfica…

Mas, nessa segunda-feira, 21 de Maio, havia especiais motivos para o mau humor do presidente e para mais uma das suas investidas sobre o Apito, de que lança mão sempre que a hora é de desviar as atenções dos benfiquistas ou ocultar erros próprios. Na véspera, terminara o campeonato e, mais uma vez, o Benfica não fora além do terceiro lugar: nem título nem entrada directa na Liga dos Campeões. Nem Taça UEFA nem Taça de Portugal ou Supertaça — nada, mais uma época em branco. Como se isso não fosse suficiente, nesse fatídico domingo a equipe de andebol tinha ao seu alcance a possibilidade de conquistar o único título da época em todas as modalidades: a Taça de Portugal. Na final (e logo contra o FC Porto…), estava a ganhar por quatro golos de vantagem a cinco minutos do fim e com o adversário a jogar com menos dois elementos. E não é que conseguiu perder o jogo? Por isso, ao embarcar segunda-feira rumo ao Canadá, Luís Filipe Vieira levava na bagagem para mostrar aos emigrantes benfiquistas o saldo de uma época desportiva sob a sua gestão: no futebol, no basquetebol, no andebol, no hóquei, no voleibol, nada. Nem um campeonato, nem uma taça, nem um torneio de amigos. O atletismo parece que vai desaparecer e o ressuscitado ciclismo até agora só se fez notar por acrescentar mais um caso de doping ao universo desportivo benfiquista.

É tudo? Não, ainda. Resta, como diz Vieira, a superior credibilidade da gestão financeira e económica do Benfica. A entrada em bolsa, justamente, iria provar como os investidores confiavam nessa gestão. Foi o que se viu: as acções entraram e caíram 11% ao fim do primeiro dia, 22% ao fim do segundo, 45% ao fim do terceiro e, a partir daí, a imprensa, misericordiosa, deixou de dar notícias sobre o descalabro.

Ora, sob a gestão de Luís Filipe Vieira e crescentemente, o Sport Lisboa e Benfica é obra de um homem só — ele mesmo. Quem é o n.º 2 do Benfica? E o n.º 3? Ninguém sabe. Quem está autorizado a falar? Ele e só ele. Quem ameaçou e descompôs à cautela os que se atrevessem a disputar-lhe o lugar em eleições? Ele. Quem geriu o dossier Nuno Assis em termos de tal arrogância e prepotência que acabou a prejudicar o jogador e o clube? Ele apenas. Quem dirige o futebol, depois de Veiga se ter auto-suspenso e de Vieira já ter avisado que só o deixará voltar, e como seu capacho, quando e se ele quiser e depois de resolver os seus problemas fiscais? Viera (embora, todos os trimestres anuncie que vai passar a dirigir pessoalmente o futebol, esquecendo-se que é suposto já estar a fazê-lo).

Luís Filipe Viera acha que o cargo faz o homem e que o cargo de presidente do Benfica, por si só, confere ao seu detentor uma aura de importância, credibilidade e infalibilidade incontestáveis. Se lhe falta a razão nas guerras que compra, tem sempre o argumento do maior clube do mundo. Se lhe faltam os resultados que vive a prometer, tem sempre o Apito Dourado como desculpa — no futebol e, pelos vistos, em tudo o resto. Ele acha que lhe basta vestir a farda de presidente do Benfica para que todos se curvem à sua passagem. Acha que basta invocar o nome do Benfica para que o mundo lhe caia aos pés. E não percebe porque não cai: o mundo, os títulos, as acções da bolsa. Daí a sua permanente má disposição, a sua vontade de dar lições ao mundo, a sua incapacidade de reconhecer qualquer mérito alheio ou erro próprio, a insustentável inveja e despeito que passeia por todas as chafaricas do País.

No passado, elogiei a forma como Viera chegou ao Benfica, a sua atitude de humildade e vontade de trabalhar, e não, como quase todos, de buscar protagonismo e acreditação social no futebol. Mas, lá está, toca a todos: parece que o poder cega. Hoje, vejo, sobretudo no presidente do Benfica, alguém de mal com o futebol, com o desporto e com o mundo. Alguém que não consegue ganhar e que não sabe perder.

84 comentários:

VermelhoNunca disse...

Vinte e cinco milhões e quinhentos mil euros!!! Viva a formação do Sporting!

VermelhoNunca disse...

Oficial:
"30-05-2007
Sporting, SAD chegou a acordo com Manchester United

A Sporting, SAD chegou a acordo com o Manchester United para a cedência a título definitivo dos direitos desportivos de Nani – Luís Carlos Almeida da Cunha – pelo montante de 25,5 milhões de euros.

O acordo de transferência será celebrado logo que estejam concluídas as formalidades inerentes. "

vermelho disse...

amigo nunca:
sinceramente, não percebo a razão de tanta felicidade!
Mais um jogador que abandona o Sporting sem ganhar um título de campeão nacional!
perceberia a alegria se o Sporting fosse uma empresa, mas não o é!
é um clube de futebol e por muito que isso pareça estranho o seu objectivo é vencer as competições em que entra!
e mais difícil se tornará alcançar tais conquistas se vender os seus melhores jogadores!
como disse Ribeiro Teles num Prós e Contra de alguns meses atrás, o paradigma da formação do Sporting tinha que ser alterado:
não mais podia assentar na procura da transacção para permitir a sobrevivência do clube!
dizia aquele dirigente que agora era necessário investir na formação para vencer!
pelos vistos, nem todos comungam dessa opinião.
abraço.

p.s. ainda para mais sendo conhecidos os problemas financeiros do Sporting, podemos ter por certo que o dinheiro obtido com a venda de Nani não será canalizado para o reforço da equipa de futebol, mas sim para solver compromissos financeiros, mormente o serviço da dívida bancária.

vermelho disse...

amigo nunca:
já agora e aproveitando estarmos aqui os dois, dou-lhe uma notícia que me foi transmitida hoje sem que a possa confirmar de forma absolutamente segura:
Joeano deverá ser jogador do Sporting na próxima época.
abraço.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vermelho: A minha felicidade é natural. Acha pouco? Natural o Sporting não poder resistir a propostas destes género. Excelente negócio.Luca Toni foi comprado pelo Bayern por 11 milhões de euros.
Quanto a Joeano, não sei do seu valor.

VermelhoNunca disse...

E amigo Vermelho, o reforço da equipa de futebol faz-se através da Academia, na sua grande maioria. Não estou nada preocupado com isso. O orçamento da equipa profissional do Sporting para a época seguinte é inferior ao valor da venda de Nani. É um dado a reter.

vermelho disse...

amigo nunca:
reitero o que lhe disse.
abraço.

p.s. quanto ao Joeano, penso que amanhã estarei em condições de lhe confirmar ou infirmar a sua aquisição pelo Sporting.
abraço.

vermelho disse...

amigos:
coloquei dois feeds no blog que vos permitirão estarem sempre actualizados em relação às últimas notícias através do Maisfutebol e do Público.
Espero que mais esta novidade seja do vosso agrado.
Peço-vos que expressem a vossa opinião.
abraço.

vermelho disse...

amigos:
Mais uma má notícia a ensombrar o universo da Briosa:
Filipe Teixeira irá abandonar o clube, assinando por um clube espanhol.
A Briosa receberá o valor da clausula de rescisão - 750 mil Euros.
abraço.

Fernando_Seara disse...

(Com voz esganiçada)

REAL MASSAMÁ! REAL MASSAMÁ! REAL MASSAMÁ!

vermelho disse...

amigos:
palpita-me que o jogador que o Porto irá receber do Man United será Giuseppe Rossi, n.º 10, internacional sub-21 italiano e que na última época esteve emprestado ao Parma.
por outro lado, palpita-me que a dupla PC/Jorge Mendes irá atacar no Brasil adquirindo Alexandre Pato de forma a substituir Anderson (embora não sejam jogadores que joguem exactamente no mesmo lugar).
abraço.

JC disse...

Alguém me explica porque raio o Manchester pagou 25 milhões de euros pelo Nani quando a cláusula de rescisão era de 20 milhões?
Não bastava ter pago o valor da cláusula para poder levr o Nani?

Fernando_Seara disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JorgeMínimo disse...

Caro JC:
Como era do conhecimento geral, o Sporting já tinha um pré-acordo de renovação, com uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros, com o Nani. O Manchester United achou por bem compensar o Sporting, com mais 5 milhões de euros na transacção, para minimizar a perca.

JorgeMínimo disse...

Caro Vermelho:
O Joeano pode ser uma boa aquisição para o Sporting, considero que ele é um atacante perigoso e com boa técnica.

JC disse...

O Manchester agora deu em benemérito?

E dos 25 milhões, quanto recebe emsmo o SCP?
5% vão para o Real Massamá e o empresário não leva também uma percentagem deste valor?

JorgeMínimo disse...

Caro JC:
Acha que a venda do Nani por 25 milhões de euros é um mau negócio para o Sporting? Não compreendo a sua irritação com isto?

JorgeMínimo disse...

Caro Sr. Administrador:
Em relação ao artigo do MST, julgo que é um regresso aos excelentes artigos, que este cronista já nos habituou.

VermelhoNunca disse...

AMigo Mínimo, belo negócio.

JC disse...

Caro Mínimo:
Acho que o negócio é bom para o SCP.
Ninguém o pode negar.
Aliás, o SCP nem sequer o podia recusar, pois que o valor da clásula foi pago.
Confesso que gostava de ver o Nani pelo menos mais uma época a jogar no SCP.
Mas acho que o balanço entre perda desportiva e ganho financeiro é muito bom para o SCP.
Nani é bem vendido.
Já ficaram para trás os tempos em que o SCP perdia Futres e Figos praticamente sem ver um tostão e negociava mal Ronaldos e Quaresmas.
25 milhões por um jogador, no nosso campeonato, é óptimo.
Só o FCP campeão europeu conseguiu fazer negócios desses.
E o SCP precisa muito de dinheiro e se todos os anos conseguisse realizar um negócio destes em breve tinha a sua situação financeira resolvida.

A minha irritação prende-se com o facto de não perceber nem ninguém me conseguir explicar porque pagou o Manchester 25 milhões quando a cláusula de rescisão era de 20 milhões.

VermelhoNunca disse...

Amigo JC, leve o empresário, leve o Real, o Sporting realizou uma grande mais valia. Não tanto fez o Porto, que tinha dispendido verba elevada por parte do passe de Anderson.

JorgeMínimo disse...

Caro JC:
Em relação ao custo da transferência do Nani, apresento um excerto da edição on-line do jornal "O Jogo":


"A percentagem de cinco por cento a que o empresário terá direito no negócio Nani também não foi "formalizada", mas o Sporting confirmou, oficialmente, que o Manchester United pagará 25,5 milhões. São 5,5 milhões a mais do que a actual cláusula de rescisão do jogador apenas porque entre este e o Sporting havia já acordo de cavalheiros para um novo contrato em que a rescisão estaria fixada nos 30 milhões. O entendimento entre os clubes foi alcançado após a reunião da manhã, com o campeão inglês a "roubar" de Alvalade uma das jóias que o presidente Filipe Soares Franco pretendia segurar a todo o custo."

VermelhoNunca disse...

Amigo JC, Ronaldo foi vendido por 17,5 milhões de euros, acha que também foi mal vendido? Maus negócios são passado.

JC disse...

Caro Nunca:
Atendendo ao que Ronaldo vale actualmente, já previsível na ocasião, acho que sim, que foi mal vendido.
A prova disso é o Nani, que nunca será tão bom jogador como o Ronaldo e foi vendido por mais 7,5 milhões de euros.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vermelho, preocupado que o vejo com a venda de Nani, pergunto porque não comprou o MU o Simão?

VermelhoNunca disse...

Amigo JC, repito que o melhor marcador do campeonato italiano foi vendido por 11 milhões de euros. Na época Ronaldo , por um jogo que fez, rendeu 17,5 milhões. Dizer que é um mau negócio, não concordo consigo. Quanto a Nani, foi um excelente negócio. Talvez por o MU "confiar" na nossa escola, uma vez que tem o exemplo de Ronaldo, abriu ainda mais os cordões à bolsa.
Se dessem 25,5 milhões por Simão, gostava de saber o que diriam os lampiões, que resolveram manter a joia da coroa, para obterem o 3º lugar.

JorgeMínimo disse...

Caros Condóminos:
Pena os condóminos do FC Porto já não aparecerem neste espaço, já que me parece, que também fizeram um belíssimo negócio com a venda do Andersson. Principalmente porque nunca houve suspeitas sobre tal transacção, ao contrário da do Nani. Ainda continua a funcionar muito bem, nesse aspecto, a SAD portista.

vermelho disse...

amigos:
hoje de manhã conversava com o nosso prezado condómino Fura-Redes sobre as aquisições do Man. United e ambos concluímos que nasceu uma nova realidade no nosso futebol - o contentamento pelo excelente negócio.
No passado, a cada defeso, renovavam-se as esperanças, alimentava-se a paixão através da chegada de "craques".
Com o passar dos tempos e com os "craques" a chegarem cada vez em menor quantidade, os adeptos evoluíram para a satisfação com as dispensas.
Agora, satisfazem-se com os grandes negócios.
Não me junto a esse coro.
Não me revejo nessa perspectiva mercantilista.
Há uns dias, Rui Oliveira e Costa dizia que preferia, em anos consecutivos, dois 2º lugares do que um 1º e um 3º.
Isto é a negação da paixão!
Gosto de futebol e sempre que vejo sair um grande jogador do meu clube, independentemente do valor da transacção, entristeço-me!
como disse ontem:
"perceberia a alegria se o Sporting fosse uma empresa, mas não o é!
é um clube de futebol e por muito que isso pareça estranho o seu objectivo é vencer as competições em que entra!
e mais difícil se tornará alcançar tais conquistas se vender os seus melhores jogadores!".
Por outro lado, a qualidade do espectáculo diminui e isso enquanto adepto também me entristece.
abraço.

VermelhoNunca disse...

O negócio das mais valias do FCPorto terá de ser analisado com mais calma, uma vez que não se sabe qual a percentagem que o POrto tinha do jogador, e quanto pagou por essa percentagem. Após, mais uma vez, apresentarem prejuízos, sem dúvida que o FCporto precisa de papel fresco.

VermelhoNunca disse...

Até porque Nuno Cardoso já não há mais, assim como Fernando Gomes.
Força Rui Rio

vermelho disse...

amigo nunca:
ainda bem que o Man United não levou o Simão!
Espero e desejo que ninguém o leve!
Só mantendo os grandes jogadores se pode aspirar a vencer!
abraço.

JorgeMínimo disse...

Caro Vermelho:
A manutenção do Simão, por si só, não permite garantir um título. Quanto muito garante o 3º lugar.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vermelho, um clube de tem um passivo de 300 milhões de euros, deve agir como? Com ou sem Nani, o Sporting é sempre candidato a ser campeão.

vermelho disse...

amigo nunca:
as vendas de Nani e Anderson só me satisfazem!
numa perspectiva puramente egoísta de adepto de um clube rival, fico extremamente contente com as suas transferências!
como adepto do futebol, entristece-me, pois para o ano certamente que a qualidade do futebol praticado em Portugal irá decrescer!
abraço.

p.s. segundo as últimas notícias, o Porto terá tido um lucro de 18 milhões na venda de Anderson.
abraço.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vermelho, você é um sonhador, talvez inspirado por essa bela cidade que é Coimbra.

JC disse...

Caro Amigo Vermelho:
Eu também prefiro ver grandes jogadores a entrarem no SCP do que a sairem.
Mas há que ter os pés assentes na terra.
Ficava eu contente se o SCP contraísse um empréstimo de 100 milhões de euros para comprar o Ronaldinho?
Não.

No caso Nani, vender ou não vender nem estava nas mãos do SCP, pois que o valor da cláusula de rescisão foi pago.
Se tivesse sido vendido abaixo da cláusula de rescisão, então aí sim, se poderia discutir se o SCP fez bem ou não.
Imagine-se que a cláusula de rescisão era já de 30 milhões e o SCP tinha vendido por 25.
Aí sim, fazia sentido discutir se fez bem ou se fez mal.
Agora sendo paga a clásula que estava convencionada o SCP nem sequer tinha voto na matéria.
Se ainda foi pago mais do que a cláusula, então foi um excelente negócio.

vermelho disse...

amigo mínimo:
a manutenção do Simão apenas garante qualidade e com qualidade as hipóteses de vitória aumentam!
abraço.

amigo nunca:
a questão não é de saber se deve ou não vender!
perante o pagamento da clausula de rescisão a questão nem se põe!
o que discuto é a satisfação pela venda!
não concebo rejubilar pela saída de um dos melhores jogadores do meu clube!
abraço.

VermelhoNunca disse...

Exacto amigo JC, pés assentes na terra. Há um clube para gerir, há dividas para pagar, há compromissos para cumprir. Nós, infelizmente, precisamos de vender. Como todos os clubes portugueses necessitam. Assim sendo, congratulo-me com o excelente negócio.

vermelho disse...

amigos:
reitero o meu pedido de opinião sobre os feeds que coloquei no blog.
Mais vos peço para que votem na sondagem que promovi de forma a avaliar com maior exactidão o número de visitantes do blog.
abraço.

JorgeMínimo disse...

Caro Vermelho:
Não sendo essencial, parece-me bem, a introdução dos feeds colocados.

VermelhoNunca disse...

Acho uma boa ideia, mantendo-nos actualizados. Está de parabéns amigo Vermelho. Grato pelo esforço que coloca ao serviço deste espaço.

vermelho disse...

amigos mínimo e nunca:
obrigado pela atenção e pelas gentis palavras que me dirigiu o amigo nunca.
abraço.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vermelho, este Amorim que se fala para o Benfica, não foi já jogador encarnado?

JorgeMínimo disse...

Atenção que o FC Porto tem direito de opção sobre o Amorim.

vermelho disse...

amigo nunca:
não. é da formação do Belém. é um jogador que aprecio e que veria com bons olhos no Benfica, sendo certo que o Porto tem direito de opção e atentas as investidas Miccoli e David Luiz não estranhava que o exercesse.
No tempo de Sequeira Nunes, o Porto comprou o César Peixoto e garantiu a opção de compra de Amorim e Gonçalo Brandão.
abraço.

cavungi disse...

Excelentes Vendas.
Andersson fará mais falta ao Porto que Nani ao SCP.
Finalmente funciona o contador de Rui Santos.
O dinheiro será canalizado para comprar muitos jogadores no caso do FCP.Obviamnete Amorim e sem apelo nem agravo.Vão desbaratar a massa em comissões e Lucas Mareques.P.E. Lino será o 5º lateral esquerdo do plantel....
NO SCP será para pagar as dividas, porque como diz Nunca, e bem, o reforço vem da academia.Pena que o SLB não aproveite ninguem.
E também não consegue vender ninguem por estes valores.
Simplesmente porque não o valem.
Excepto talvez simão, valha 15/18 milhões.
Morte ao Vieira Morte ao Santos.Coma profundo para Veiga.

JorgeMínimo disse...

Caro Cavungi:
Vejo que o defeso lhe está a fazer bem. Não fosse o corrector africano e seria o seu melhor post de sempre no blog.

cavungi disse...

Amigo Vermelho,
O FCP não deixará Amorim vir para o SLB.
Nem que não precise dele.
Como diz MST não se percebe como se aguenta 70/80 jogadores sob contrato.
Andersson e mais algum tinha que ser vendido.

cavungi disse...

Amigo Minimo
Ao contrário da maioria dos adeptos rivais, nós no SLB temos sentido de auto-critica.
Morte a Vieira, Morte a Santos, coma profundo para Veiga.

JorgeMínimo disse...

Caro Vungi:
...Também têm mais coisas para se auto-criticarem.

vermelho disse...

amigo mínimo:
olhe que não, olhe que não!
abraço.

amigo cavungi:
claro que o porto irá exercer a sua opção de compra sobre Amorim!
o dinheiro resultante da venda de Anderson tem de ser canalizado para o reforço de umas quantas bolsas com comissões chorudas.
Um camião de jogadores das mais diversas proveniências estacionará nas Antas neste defeso.
Claro que será enfeitado com um nome sonante que a todos enfeitiçará e que esconderá a miséria que o acompanhará.
abraço.

JC disse...

Amigo Vermelho:
Excelente ideia a dos feeds.
Este blog está a aprimorar-se mais ainda.
E, depois de uma fase conturbada, parece estar de novo a enveredar pelo bom rumo.
Sente-se, porém, a falta do falecido Zex.
Sente-se, igualmente - mas isso sempre se sentiu - a pouca ou nenhuma aparição do Fura-Redes e o eclipse do Salvatrucha.

JorgeMínimo disse...

Caros Condóminos:
Deixo aqui as declarações do Pinto da Costa, sobre o Andersson na edição on-line do jornal "A Bola":



"Pinto da Costa comentou, esta manhã, a saída de Anderson para o Manchester United. «Espero que ele seja muito feliz», desejou o presidente do FC Porto, lamentando apenas que o jovem prodígio brasileiro abandone o Dragão com poucos jogos disputados, por culpa da grave lesão de que foi vítima.



ASF
«Espero que o Anderson seja muito feliz no Manchester, é o clube ideal para continuar a crescer. Estou certo que não lhe vai acontecer o mesmo que aconteceu em Portugal [lesão motivada por falta de Katsouranis], pois o futebol inglês é viril mas não maldoso», afirmou Pinto da Costa.

«A lesão gravíssima de que foi vítima não o deixou fazer mais do que meia dúzia de jogos, mas tenho a certeza de que vai ser um grande jogador e que tem uma carreira promissora pela frente», vaticinou, dando garantias de uma equipa forte na próxima época, apesar da saída do brasileiro: «Não vai ser pela saída do Anderson que a equipa vai ficar enfraquecida. Não o deixaram ser titular ao longo da época, mas é óbvio que se ficasse e o deixassem jogar, seria uma mais-valia».

«Vamos tentar formar um plantel capaz de satisfazer as nossas ambições», prometeu.

Pinto da Costa anunciou ainda que o FC Porto garantiu direito de opção sobre a lista de dispensas do Manchester United, assegurando também que Anderson será a única «estrela» a sair do plantel de Jesualdo Ferreira."

Antes morto que vermelho disse...

o bandalho continua ressabiado, como se no benfica não houvesse comissões pelos marcos ferreiras, etc.
Deve ter pena que o sim/não não desperte o interesse em ninguém, nem valha uns miseros 10 milhões de euros.

Antes morto que vermelho disse...

o jc sempre a bombar na sabujice e nas frases bolisticas.

Antes morto que vermelho disse...

o cavu: esse monstro da literatura portuguesa, sempre a abrir no disparate.
Até faz impressão!!

VermelhoNunca disse...

" Sky Sports diz que o United contratou «dois dos melhores jovens talentos da Europa», sublinhando que ambos «eram seguidos por vários clubes europeus». Classificando as contratações como «jogada de antecipação do Manchester United sobre os seus rivais», a Sky Sports lembra que Nani «é por muitos associado ao futebol praticado por Cristiano Ronaldo», enquanto Anderson, «médio excitante», é apelidado de «novo Ronaldinho».

O The Sun faz manchete com os dois craques, dizendo que o United desembolsou «montante incrível» para fechar acordo com «dois supermiúdos». O Daily Mirror fala em «contratações dramáticas dos miúdos maravilha».

vermelho disse...

amigo JC:
espero conseguir ressuscitar os condominos que referes, pois que, como dizes, se sente e muito a sua falta.
abraço.

JC disse...

Mais novidades:

Sporting
Antunes pode ser hipótese para Alvalade
O defesa esquerdo Antunes, do Paços de Ferreira, poderá estar a caminho de Alvalade. O jovem lateral-esquerdo, hoje chamado à Selecção A para render o lesionado Marco Caneira, é dado como hipótese para o Sporting numa altura em que o chileno Tello decidiu dar o «salto» para a Turquia.

Nesta fase da época, não param estas notícias sobre compras e vendas de jogadores.

Antes morto que vermelho disse...

o fcp sempre na negociata: vende o anderson (mais valeria não fora o assassino ranis, a roubar-lhe mais de meia época), e contrata o dorvalino, um merdas de 50 anos... um merdas que só vai servir para aumentar a legião de merdas a quem o fcp paga um ordenado mensal.

VermelhoNunca disse...

Amigo JC, qual a sua opinião de Joeano?

JC disse...

Não se tem falado ultimamente da cotação das acções do SLB mas reparei agora, ao consultar o site Agência Financeira, que estão prestes a baixar dos € 3,00.

BENFICA 10919 3.27 3.32 3.15 3.15 -3.96% 2007-05-31 13:45:01

Valiam € 3,15 às 13h45m, uma semana e meia depois da entrada na Bolsa à cotação de € 5,00.

Antes morto que vermelho disse...

nunca: o fcp tinha 80% do passe do anderson... nada mau, e... boa comissão!!

JC disse...

Amigo Nunca:
Joeano é um bom avançado para a Académica.
Não é muito rápido mas é forte fisicamente e bom tecnicamente.
Segura bem a bola e remata forte.
O ano passado marcou 13 golos, sendo que apenas passou a ser titular na 2ª volta, após a saída de Marcel para o Benfica.
Não sei o que poderá valer no SCP.
Faz 28 anos em Agosto.
Poderá ser uma aquisição interessante.
É seguramente melhor que o Bueno.

VermelhoNunca disse...

Macaco, e quanto pagou o Porto pelos 80% do passe do brasileiro?

Antes morto que vermelho disse...

uma petição:
http://www.petitiononline.com/teixeira/petition.html

"...sai anderson e possivelmente entra Mariano Gonzalez!!!!!

QUEM É ESTE MONTE DA MERDA??!??!!??! ja comecaram a esbanjar o dinheiro...mais valia gasta lo em putas..."

JorgeMínimo disse...

Caro Primata:
Como adepto de futebol, já subscrevi a petição. Agora só espero é que não haja nenhuma criança que amue pela minha ousadia.

JC disse...

Amigo vermelho:
Como funciona essa cena dos feeds?
Vão sendo actualizados automaticamente ou é o caro amigo que o introduz manualmente (falo - do verbo falar - do feed, claro)?

Antes morto que vermelho disse...

nunca: "Anderson Luís de Abreu Oliveira é um dos jogadores mais rentáveis da história do FC Porto. O brasileiro fez apenas 15 jogos com a camisola dos campeões nacionais e não contou mais de 1020' de utilização total. Feitas as contas entre o que custou e o que rendeu aos cofres portistas, contas que se explicam mais adiante, terá sofrido uma valorização de mais de um milhão de euros por jogo ao ritmo de quase 17 mil euros por minuto de utilização. Recorde-se que o FC Porto começou por adquirir 35 por cento do passe do jogador, parcela idêntica à adquirida pela Gestifute, empresa de Jorge Mendes, no primeiro acordo de transferência alinhavado com o Grémio de Porto Alegre. Mais tarde, os portistas compraram os 30 por cento que o clube brasileiro mantivera na sua posse, cedendo os direitos de Leo Lima e pagando cerca de 2,5 milhões de euros, num total de oito milhões. Finalmente, já durante o decurso da actual temporada, os portistas aquiriram mais 15 por cento do passe do jogador à Gestifute, mas os valores envolvidos no negócio, ou até se o mesmo terá passado pela cedência dos direitos de outros jogadores portistas, nunca foram divulgados. Ora, considerando que os 80 por cento do passe de Anderson terão rendido 25 milhões de euros e que a esses é preciso descontar os oito milhões investidos, o FC Porto consegue um lucro final de 17 milhões de euros. Feitas as contas aos jogos realizados, chega-se ao valor de mais de um milhão de euros de valorização do passe de Anderson por jogo realizado com a camisola do FC Porto."
não sei.
Mas o bandalho benfiquista, esse marreta tem a mania que sabe tudo, poderá dar pormenores, nem que para isso invente.

Antes morto que vermelho disse...

minimo: eu também!! conseguiu identificar a minha assinatura?
o zéx não está cá, só se o cavu/bufo amuar...

VermelhoNunca disse...

São ambos bons negócios Macaco. O Sporting tem a vantagem de "criar" os jogadores, mas o Porto tem feito excelentes negócios também.
Resta saber se o Benfica venderá Moretto para o Inter de Milão, como moeda de troca do Materazzi ( é o que corre hoje).

vermelho disse...

amigo JC:
são actualizados automaticamente pelo site que disponibiliza o RSS, neste caso o Público e o Maisfutebol.
abraço.

Antes morto que vermelho disse...

nunca: e também devem querer vender o marco f.

JC disse...

Amigo Nunca:
Onde ouviu essa informação do Materazzi no Benfica?

VermelhoNunca disse...

Sonhei que Luís Filipe tinha falado nisso. Ontem , mesmo após LUca Toni ter assinado pelo Bayern , apareceu-me um lampião a dizer que ele ia para o Benfica ( tinha confundido com Lucarelli). E sabe como são os lampiões, amigo JC.

vermelho disse...

amigos:
finalmente chegam-me boas notícias relacionadas com a Briosa:
Danilo e Gelson serão dispensados, sendo que Gelson interessa ao Paços de Ferreira.
abraço.

salvatrucha disse...

Amigo JC,
Quem se eclipsa é o Sol.
Não eu.
Acontece que, não consigo frequentar o mesmo espaço do energúmeno, que desce diariamente da sua árvore para insultar tudo e todos, num estilo boçal e cabotino, para o qual, sinceramente, não tenho pachorra.
Para além disso, estou num periodo de nojo desportivo.
Todos ganham menos nós.
Mas estou atento.

Antes morto que vermelho disse...

salva = cavu
o palerma que sofre de doença bipolar, necessita que o apapariquem!! nunca, mínimo, cheguem-se á frente...

VermelhoNunca disse...

Condómino SalvaTrouxa, vocês até que ganharam o acesso à pré-eliminatória da Liga dos Campeões. Não foi uma época de todo perdida.

Antes morto que vermelho disse...

nunca: segundo o pateta do veiga "... é mais um jogo internacional que fazemos, é mais uma receita que geramos"

VermelhoNunca disse...

O José do Luxemburgo voltou ao Benfica, é oficial , não é amigo Vermelho?

vermelho disse...

amigo nunca:
desculpa o atraso na resposta, mas estive ocupado.
Para mal dos meus pecados, parece que sim.
abraço.

p.s. como reages às afirmações de Soares Franco segundo as quais o Sporting havia renovado com Nani em Abril e que nos termos do contrato assim renovado a sua clausula de rescisão seria de 30 milhões.
Estas afirmações de Soares Franco levam-me a concluir que o Man United não pagou mais 5, mas sim menos 5 milhões do que a clausula de rescisão, assim contrariando a certeza de não transacção que o Presidente leonino havia estabelecido.
abraço.

VermelhoNunca disse...

Não ouvi as declarações de SF. O que li na Bola online não me permite fazer essa leitura. Amanhã darei a minha opinião.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vermelho, acho que está enganado:
"
Filipe Soares Franco passou a explicar o que aconteceu com Nani. "O Nani tinha contrato por mais duas épocas e tinha uma cláusula de rescisão de 20 milhões. Portanto, para o ano ele passaria a valer metade do que vale actualmente, já que estaria a seis meses de ficar livre. No que diz respeito ao jogador, fomos abordados por vários clubes que queriam pagar a cláusula de rescisão do Nani, mas como temos óptimas relações com o Manchester United, procurámos chegar a acordo. Aliás, o próprio Manchester quis vir a Portugal e avisou, de imediato, que não queria accionar a cláusula de rescisão, mas sim chegar a acordo a bem. Ora como o Sporting é um Clube de bem, procurámos então acertar todos os pormenores. Quero, aliás, dizer que quer o Manchester, quer o representante do jogador foram impecáveis neste processo. Além disso, será importante salientar que com este acordo o Sporting melhorou, em 5 milhões de euros, a cláusula de rescisão que era de 20 milhões de euros".