sexta-feira, março 03, 2006

Antevisão da próxima jornada

Procurando trilhar os caminhos do Prof. Karamba, penso que a próxima jornada da Liga poderá ser fértil em resultados surpreendentes ou, pelo menos, pouco usuais em temporadas transactas.
Na Reboleira, a antiga Porcalhota de que ontem se falou, Toni, certamente, que apostará num modelo de jogo similar ao apresentado frente ao FCPorto, assente em forte coesão defensiva e em transições defesa/ataque rápidas por forma a surpreender a defesa benfiquista.
Apostará em dois avançados rápidos, Manu e Semedo, abdicando de um verdadeiro ponta de lança. Caso opte por jogar com um homem fixo na frente, a escolha recairá em Maxi Bevacqua que já esta época, ao serviço do Braga, causou amargos de boca aos da Luz, ao apontar os seus dois únicos tentos no campeonato.
Suportará a dita consistência defensiva numa defesa a quatro, Tony, Maurício, Santamaria e Amoreirinha, e num meio-campo de forte pendor defensivo com Emerson, Jordão, Coutinho e Paulo Machado, abrindo-se aqui a hipótese de alinhar Rui Borges no lugar de Paulo Machado, para, assim, conferir maior ofensividade à equipa.
Na baliza, desta vez, ultrapassados os problemas com lesões, seguramente, que jogará Bruno Vale.
No Benfica, em vista do compromisso europeu de quarta-feira, das ausências, durante a semana, nas selecções e dos castigos a Petit e Simão, Koeman introduzirá, uma vez mais, algumas alterações no onze inicial.
Na baliza alinhará Moretto, mas à sua frente as dúvidas são mais do que muitas.
Face à velocidade de Manu e Semedo, penso que Koeman apostará em Nélson em detrimento de Alcides (também por forma a poupá-lo para a batalha de Anfield).
Quanto aos centrais, dado que Luisão esteve ao serviço da selecção e só hoje se treina, perspectivo que Koeman lhe irá dar descanso, optando por Anderson e Ricardo Rocha.
Na esquerda Léo parece-me indiscutível.
No miolo, regressará Beto (tão nomeado tem sido neste blog...) que fará companhia a Manuel Fernandes no centro do terreno.
Nas alas, Koeman apostará em Marco Ferreira (infelizmente) e Robert.
Na frente, fruto da ausência de Karagounis na selecção, a opção deverá residir em Manduca e Nuno Gomes.
Todavia, também aqui as dúvidas são imensas, podendo Koeman alinhar com Marcel e Nuno Gomes ou Nuno Gomes e Miccoli ou, ainda, se bem que hipótese mais remota, com Miccoli e Marcel.
Em Alvalade, o Sporting, sem Liedson e Caneira, enfrentará um teste à consistência do seu futebol.
Para os lugares dos ausentes por castigo, penso que jogarão Sá Pinto e Tello, mantendo-se os restantes jogadores que alinharam em Coimbra.
No Gil Vicente, Ulisses Morais apresentar-se-á em Alvalade num teórico 4x3x3 que se transformará em 4x51 quando a defender, o que, certamente, acontecerá na maior parte do tempo de jogo.
Paulo Jorge, João Pereira, Marcos António, Gregory e João Pedro, Braima, Bruno Tiago e Gouveia, Carlitos, Nandinho e Carlos Carneiro, deverão ser os eleitos.
O Gil apostará na velocidade dos veteranos Carlitos (em super forma nos últimos jogos) e Nandinho e na exploração do jogo aéreo de Marcos António, Gregory e Carlos Carneiro em lances de bola parada.
Aliás, Carlitos tendo pela frente o adaptado Tello poderá fazer mossa na defensiva leonina.
Será curioso ver como é que o Sporting contornará a ausência do seu principal goleador.
Parece-me que o modelo de jogo de Paulo Bento, estruturado sobre forte contenção e no desferir de contra-ataques rápidos, se mostra mais apto para os jogos disputados na condição de visitante do que de visitado, encontrando o Sporting problemas quando tem de assumir o jogo face a defesas muito fechadas.
No Dragão, Adriaanse, aproveitando a ausência do castigado Paulo Assunção, apostará num híbrido 4x3x3, com Marek Cech a fazer todo o corredor esquerdo.
Assim, o Porto deverá jogar com Baía, Bosingwa, Pepe, Pedro Emanuel e Cech, Lucho, Meireles e Ibson ou Diego, Quaresma, McCarthy e Adriano.
Não penso que abdique de McCarthy ou Adriano, mas sim de Ivanildo que vem dando mostras de estar a perder o fulgor com que se exibiu em jornadas anteriores, mormente em Vila do Conde.
Deste modo, prescinde de um ala, entregando a Cech a tarefa de "carrillero".
O Nacional, caso Manuel Machado se mantenha fiel ao sistema utilizado nos dois jogos na Luz e no jogo de Alvalade, apresentar-se-á sem ponta de lança com Miguel Fidalgo ou Viveiros e Miguelito nas alas e Goulart solto no meio.
Diego, Patacas, Ávalos, Ricardo Fernandes e Alonzo, Chainho, Cléber e Bruno, Miguel Fidalgo ou Viveiros, Goulart e Miguelito, será a equipa a apresentar pelo Professor.
Manuel Machado vai apostar numa táctica de paciência, espreitando um ou outro erro para chegar ao golo em ataques rápidos.
O FcPorto procurará, como habitualmente, Lucho e Quaresma para desenharem os lances de possível golo.
Penso que será um jogo muito fechado, com poucas ocasiões de golo.
Embate quente desenrolar-se-á no Bessa, com o Boavista a receber o Braga, num duro teste à sua invencibilidade.
Estando frente a frente dois dos melhores estrategas nacionais - Carlos Brito e Jesualdo - penso que será um jogo, essencialmente, táctico, com as duas equipas a jogarem com o erro adversário.
Nota, igualmente, para a deslocação da Briosa a Leiria, em mais uma final rumo à permanência.
Um empate já seria um bom resultado, mas uma vitória poderia dar a tranquilidade necessária à Briosa para o resto do campeonato.
Sabendo que o Leiria apresenta dificuldades quando chamado a assumir o jogo, dado que o seu modelo assenta, essencialmente, no contra-ataque, a Briosa poderá ter neste jogo uma janela de oportunidade, assim não peque na concretização como no último sábado.
Lá estarei faça chuva ou faça sol a apoiar a Briosa, ainda que muitos duvidem do meu academismo...
Para concluir, penso que nenhum dos grandes está a salvo de uma surpresa.

5 comentários:

Arroubas disse...

DE volta amigos,após férias de Carnaval.Vejo com agrado que alguém fala no meu amigo Beto.Titular?Titular é pouco,indispensável!!!E é fundamental Quim nas redes,com Marco Ferreira e Beto a alimentarem a seta africana,esse autêntico bicho que dá pelo nome de Mantorras.Vamos e eles,todos à Reboleira.
Força Beto!!!

Vicente Lemos disse...

Lá está este chato a meter-se com o coitado do Beto. Eu não acredito que o sr. seja do Benfa.

AstroMendes disse...

A minha antevisão é a seguinte:Ben(mal)fica com a sua legião de brasileiros,que ainda devem estar em ritmo de samba,vão sofrer com o temporal da Amadora e empacotam,salvo se pagarem aos árbitros como aliás é costume.Sporting e Porto seguem em frente,joguem com que elementos jogarem.

verdete disse...

Cedo piaste, arroubas, porque o grande "Mantorra", o autêntico bicho, como lhe chamas, e bem;
esse ícone do benfica profundo;
verdadeiro herói renascido das cinzas, qual Fénix;
provavelmente autor do maior número de golos marcados no útlimo minuto pelo benfica a época passada;
esse grande futebolista, que é como que um filho para o Luis Filipe Vieira - quem será a mãe? essa estrela a despontar para o futebol europeu e mesmo mundial já lá vão 4 ou 5 anos;
cobiçado pelos grandes clubes internacionais mas que nem por um milhão de contos o dito seu pai o vendia;
pois esse fenómeno não conta, neste momento, para o Koeman, que admitiu hoje como possível o seu empréstimo.
Provavelmente já está prometido ao Estrela de Amadora, próximo adversário benfiquista, assim se retomando a tática de há uns jogos atrás (vide setúbal, gil vicente, académica e penafiel).

cavungi disse...

Ó sr arroubas vá escrever pró vermelhices, que lá, lhe vão achar mais piada.