segunda-feira, novembro 13, 2006

1º Aniversário -II

amigos:
Penso poder tratar-vos a todos, sem excepção, assim.
Fez, Sábado, 1 ano que nasceu este blog.
Nem sei bem porquê.
Mas, também, isso, hoje, pouco ou mesmo nada importa.
O certo é que nasceu o redvermelho, assim denominado simplesmente porque todas as restantes nomenclaturas que tentei surgiram frustradas.
Pensava criar um espaço interactivo de troca de opiniões sobre os mais variados assuntos do quotidiano, com especial incidência sobre política e desporto.
Para tal, necessitava de divulgação.
Contactei o Fura-Redes, amigo e confidente, que logo se predispôs a passar a palavra.
Sem mencionar o criador, logo deu notícia ao Carlos do aparecimento de um novo espaço na blogosfera que merecia atenção diferenciada.
O Carlos aceitou o repto.
Desconfiado da revelação, ainda andou uns dias a tentar descobrir quem seria o estranho personagem por detrás do blog referenciado.
Mistério desfeito e adesão incondicional.
Durante longos dias foi o único participante, sem nunca deixar de marcar presença.
Prestígio maior não podia sentir.
Ao Carlos devo tudo o que sou profissionalmente.
Nutro por ele uma profunda admiração.
Sensato, ponderado e senhor de uma cultura invejável, é o meu guru profissional.
Foi enquanto seu formando que conheci o Fura-Redes.
Com ele cultivei uma amizade inabalável, ao ponto de hoje o considerar como um irmão. É um ser humano de excelência.
Senhor de uma fina ironia, cativa todos quantos têm o prazer de consigo conviver.
O Carlos e o Fura-Redes eram presenças assíduas, mas sentia ser necessário extravasar os estritos limites daquele núcleo de amigos.
Certo dia, como em tantos outros, encontrei no msn o meu querido amigo Zex.
Como sempre, desde que nos conhecemos logo tratou, no seu estilo jocoso, de me insultar e fazer uns quantos juízos depreciativos sobre o Benfica.
Momento ideal para lhe revelar a existência de um espaço em que poderia institucionalizar o insulto à minha pessoa e ao clube da minha devoção.
O Zex, claro está, salivou de prazer e satisfação - Se é isso que queres, é isso que terás.
Não sem antes me fazer uma promessa solene, que cumpre religiosamente desde o seu primeiro comentário – “sempre que aparecer é para te moer o juízo”.
O Zex partilhou comigo uma dura recruta.
Construímos a nossa amizade na base de um profundo respeito e consideração.
Quem convive em situações de provação cria laços de união que, geralmente, perduram para a vida.
Inteligente e sagaz (e rezingão) é uma figura ímpar no contexto do blog.
Estava longe de pensar que, ao dar a conhecer o blog ao Zex, este fizesse o favor de o divulgar junto do seu círculo mais chegado de amigos.
Foi com espanto que vi arribar o Cavungi, o Nunca, o Mínimo e o Holtreman.
Não fazia a mais pálida ideia de quem se podiam tratar.
Para mais, por essa altura os nick´s heterónimos começaram a propagar-se a um ritmo vertiginoso.
Foram tempos fabulosos.
A cada dia surgia uma nova personagem.
Todos tentávamos descobrir quem seria.
Ao ritmo dos comentários sucediam-se, em tempo real, as mensagens no msn.
O Cavungi foi o primeiro benfiquista a juntar-se.
Por paradoxal que pareça num blog de edição benfiquista, todos os restantes condóminos perfilhavam orientações clubistas rivais.
Cedo deu a conhecer a sua alma benfiquista, defendendo galhardamente a sua/nossa dama.
Raciocínio escorreito e incisivo, polvilhado por um ódio visceral ao Sporting, é a sua imagem de marca.
Tive ocasião de o conhecer há pouco tempo.
Foi algo com o seu quê de radiofónico – também na blogosfera se criam imagens dos nossos incógnitos interlocutores…
Uma imensa satisfação.
Simpatia, sentido de humor, companheirismo e amabilidade são traços marcantes da sua personalidade.
O Nunca é de todos, talvez, o mais fiel e assíduo participante.
Sportinguista dos quatro costados, demonstra o mais profundo repúdio por tudo o que vagamente se aparente com vermelho.
Detesta o Benfica na exacta medida do seu amor ao Sporting.
Nunca disse nunca a qualquer um dos desafios que lancei.
Foi, inclusive, editor deste blog por uma semana.
Aprendi a admirar a sua devoção ao Sporting e nutro por ele um profundo respeito, simpatia e estima.
Como sei que fizeste anos ontem, os meus parabéns.
O Mínimo, ao que me dizem, por força da sua actividade profissional nem sempre pode marcar presença efectiva nas disputas verbais quotidianas.
Todavia, já deixou bem vincada a sua marca neste blog.
Diria que se trata de um elemento charneira no clã sportinguista, posicionando-se entre a paixão cega do Nunca e o carácter moderado do Carlos.
Enquanto outros têm ou tiveram heterónimos, o Mínimo tem “homónimos”.
A introdução da figura do Petit foi, simplesmente, genial.
O Holtreman começou pujante, mas tem vindo a ser uma presença cada vez mais episódica.
Lastimo que assim seja.
O seu humor de fino recorte é de um valor incomensurável.
Espero e desejo que retorne em breve na plenitude das suas capacidades.
Por esta altura, apareceu, também, o Costa.
Desconheço, por completo, a sua verdadeira identidade.
Admiro-lhe o sentido de humor e o carácter inconformado.
Mas, mais ainda estava para vir.
Eis senão quando surge um nick pomposo acompanhado de uma verve não menos vistosa.
Foi o advento do Prof. Venceslau.
Cultor da língua portuguesa, este alfacinha radicado na Cidade dos Estudantes (detesto este epíteto) elevou o nível do blog a patamares inimagináveis aquando da sua criação.
Imagine-se que até post´s em checo houve.
Todavia, tão depressa como chegou, partiu.
Deixou em todos uma saudade, que aparições esporádicas não matam.
Volte Sr. Prof.
O Blog consolidava-se, estruturado em dois pólos distintos:
Um com raízes nas finas e brancas areias do oásis de Santana (afinal, foi aí que nos conhecemos) e outro na intrépida capital.
De um lado, o autor, o Carlos e o Fura-Redes.
Do outro, Zex, Cavungi, Nunca, Mínimo e Holtreman.
A exigência de actualização diária do blog tornou-se um postulado.
A vivacidade e a excelência postas na discussão assim o obrigavam.
Entretanto, o Carlos diz-me que irá trabalhar para o serviço no qual me encontro um outro seu estagiário.
Fez-me uma breve súmula da personalidade do rapaz e pediu-me que o auxiliasse na sua integração.
Assim o fiz e ainda bem.
Conheci um dos melhores seres humanos com quem alguma vez tive oportunidade de conviver – Samsalameh.
Afável, amigo do seu amigo, puro, sincero, astuto, arguto e com um enorme coração, Samsalameh é uma excelente pessoa e um grande amigo.
É, muito provavelmente, o indivíduo com maior capacidade de trabalho que conheço.
Mais tarde, outros dois “chavalos” se viriam a juntar ao blog.
Falo-vos de Kubas ou Vermelho Sempre e de Jimmy Jump ou Shcala-te.
São os dois elementos mais novos da nossa comunidade, com uma diferença de idades para os restantes assaz relevante.
O Kubas ou Vermelho Sempre é um cavalo de corridas.
Tem a fogosidade e a inconsciência próprias da juventude.
Tem o coração ao pé da boca, nem sempre reflectindo devidamente sobre os seus comentários.
Já deu provas do seu carácter puro, sincero e diferenciado, bem como da sua sagacidade.
É já uma das presenças marcantes neste blog.
O Jimmy Jump ou Shcala-te é como um filho para mim.
É um grande camarada.
Uma ida em Erasmus para Espanha retirou-o do nosso convívio.
A inteligência e a argúcia marcaram a sua prestação no blog.
Mais recentemente, surgiu um novo elemento, numa prova da vitalidade deste blog – Braguilha.
Tacteando o espaço que percorria, começou tímido, mas a sua fase de adaptação parece superada (uma tirada de futebolês ou não fosse este um espaço em que se discute futebol).
Denota, desde já, uma invulgar facilidade no manejar da língua portuguesa, deixando antever um futuro de brilhantes prestações.
Para finalizar este périplo pelos participantes no blog, gostaria de deixar uma palavra apelando a uma participação mais activa do condómino Sócio.
Pelas suas imensas qualidades constituiria uma aquisição de vulto para a nossa comunidade.
Neste primeiro ano de vida, o blog foi muito mais do que um mero repositório de pensamentos, reflexões e opiniões pessoais.
Foi um espaço de discussão livre e democrática – um verdadeiro fórum de cidadania desportiva.
Se alguma virtude este blog teve foi, certamente, a de ter permitido a criação de uma rede de amigos.
Faço votos para que vocês me obriguem a continuar a ter o trabalho diário de o actualizar.
Obrigado a todos!

31 comentários:

Jorge Mínimo disse...

Caro Sr. Administrador:
Penso que não estarei muito longe da verdade, ao afirmar que este é, provavelmente o seu melhor post, neste primeiro ano de vida do blog.
É com grande orgulho e alegria que participo desta sua aventura. Agradeço as suas palavras em meu favor e prometo-lhe continuar a "envenenar" este espaço com a minha verborreia trocista.

Fura-redes disse...

Hoje colocarei de parte a ironia e a acutilância.

Parabéns por, como sempre, teres estado e estares, à altura.
Sabia que conseguirias mante-lo de pé até hoje.
Grande demonstração de firmeza, de preponderância, não obstante os tempos dificeis dos primeiros tempos.

Foi com grande alegria e orgulho que soube da criação deste espaço.
Impressionou-me teres tido a coragem e a determinação de criar este blog e de mo teres dito.

Adoro que me façam um bom blog.

A partir dessa altura deixei de comprar jornais desportivos.
Este espaço passou a ser o meu blog de notas.
Absorve-me tanto este espaço que já nem tenho tempo para na net ir ver CUlectânias.


Apenas lamento o teu desaparecimento de outras e têm causado sérias lamentações e aflições.

Aqui permitis-te que a tríade f.fuzense continuasse junta e isso é muito bom.

Agradeço as tuas exageradas palavras, sabes bem que te tenho em superior conta e que, também, para mim és um irmão, por tudo o que sabes e agora ao caso não interessa.
Acima de tudo, e não obstante as diferenças clubísticas, existe a verdadeira amizade, lealdade, disponibilidade e cumplicidade.
Tudo o demais não interessa.


Acredita que embora não partcipe com a assiduidade que se impunha, não deixo de aqui passar todos os dias; de divulgar este espaço e de me esforçar em tudo aquilo que me pedes.

Parabéns, que assim continues e vê lá se marcas o Magusto.
E quando é que adoptas o estilo do jornal "O Jogo", e crias o espaço Maria ou Elsa Raposo?

Eu queria, Tu crias, ok?!

CONTINUA.
E PARABÉNS, extensivos a todos os condóminos ou simples visitantes

Anónimo disse...

hello

Zex disse...

É, de facto, um grande post. Sem dúvida o melhor de sempre. Sentido, profundo e digno de ombrear com outras pérolas literárias que aqui pululam.
Agradeço as palavras que me dirigiste, sem dúvida, imerecidas. De facto, é importante que a distância que nos separa não permita o nosso apartamento. Tenho muita pena que o outro membro do nosso clã da Sé de Lisboa, agora para os lados de Faro, não esteja, também, aqui presente.
Acresce que a frase que me atribuis, muitíssimo verdadeira, contou com uma ajuda adicional, de terceiros, neste caso, os meus amigos sportinguistas. E acho que a promessa está a ser bem cumprida.
De facto, tentei divulgar o espaço entre o meu grupo íntimo de amigos e penso que esta separação geográfica, permitiu uma diferenciação de escritas e uma diversidade na forma de ver o mundo do futebol muito interessante. Com a excepção do Cavungi, também meu amigo de longa data, somos mais a dar-te cabo da cabeça e a insultar, cordialmente claro, o Benfica. O que é motivo de minha satisfação.
A manutenção deste espaço, permanentemente actualizado é tarefa hercúlea, só mesmo ao alcance de quem "dá muitas em pouco tempo". Só tu para te meteres numa coisa destas...
Este espaço permitiu-me, igualmente, "conhecer" pessoas muito interessantes e com muito valor, entre as quais destacaria, sem demérito para os outros, o Carlos, Acólito, Zelador, JC, uma personagem notável.
Espero que mantenhas este espaço por muito mais tempo e com a qualidade que o caracteriza.
Parabéns !
Um grande abraço !

Anónimo disse...

Bem.. antes de mais obrigado pelas suas palavras e.. obrigado por revelar a minha identidade.
Vou tentar controlar a impetuosidade própria da minha juventude ao mesmo tempo que a partir de hoje vou passar a postar com outra moderação (vou tentar)..

My name is Sempre…Kubas&SLB&Vermelhosempre

Saudações

Braguilha disse...

Excelente artigo, ao nível do que nos habituou.

Parabéns pelo aniversário e parabéns por existir.

Com tantas declarações de amor, daqui a pouco estão a mandar beijinhos uns aos outros!...
Saudações

JC disse...

Estamos em época de aniversários.
A 7 de Novembro fiz eu anos, como os amigos Fura-Redes, Vermelho e Salame aqui denunciaram;
A 11 de Novembro fez o blog o seu primeiro aniversário;
E ontem, 12 de Novembro, o condómino Vermelhonunca celebrou, também, o seu nascimento - a quem endereço os meus sinceros parabéns.

Sob o signo de Escorpião nasceram, pois, o Blog, eu e um dos condóminos mais dignos e sabedor deste espaço.

O Blog está, assim, de parabéns, bem como o seu Criador.
O Amigo Vermelho lançou-se num projecto deveras interessante, onde constantemente dá provas da sua superior capacidade de análise e do seu brilhantismo literário.
O frenesim diário do blog e a excelência de alguns dos comentários aqui produzidos são justo tributo a este espaço.

Parabéns Blog.

VermelhoNunca disse...

Agradeço a gentileza de me endereçarem os parabéns. A todos um abraço.
O artigo do adminstrador merece também os meus parabéns. As palavras elogiosas para comigo são de facto muito agradáveis. Conte comigo para vos azucrinar o juízo, já sabe.
Sempre que me for possível, cá estarei para participar activamente, de modo a engradecer este espaço de debate. A única coisa que lhe quero dizer é que o blog faz parte do meu quotidiano, e penso que isso diz tudo.
Um abraço a todos!

cavungi disse...

Amigo Vermelho,
Um texto Especial.Como o é, aliás, este espaço.
Para mim tornou-se parte do meu quotidiano.Visito-o, sempre que posso.De tanto o fazer nas horas de expediente, tive a blogosesfera bloqueada por uma semana, devido à delação de um individuo com resquisios pidescos que por aqui ainda pululam.
No mais tem sido uma experiencia incrível mas que jamais suspeitaria.
Permitiu-me conhecer gente boa.Uns pessoalmente, como o Samsalameh, o Sch-calate e a tí próprio, numa inesquecivel excursão á catedral.
A precisar de rectificação em breve, penso.
Outros como o Carlos Jus, que aprendi a respeitar e a admirar.

Fui recrutado pelo Zex, meu amigo da escola primária, que me desafiou para combater a Lagartagem emergente no Blog.Desde logo o Nunca e o Minimo, também amigos de muitos anos mas de quem já conheço o estilo.
O Carlos Jus, o Braguilha ou o Furaredes muitas vezes fizeram-me perder de riso, com a sua escrita superior e bem humorada.
Muito obrigado pelas tuas palavras, decerto imerecidas.
Espero que mantehnhas o blog sempre "no ar".Por muito tempo.
Sempre que precisares cá estarei.
Parabéns e um grandíssimo abraço.

cavungi disse...

Já agora parabéns ao Sport Lisboa e Benfica.
Sem ele, nada disto era possivel.

Costa disse...

Muitos Parabéns ao Blog e ao seu autor.
Agradeço ter-me feito referência.

Muitas vezes tenho entrado em diálogo consigo ams. acredite, que é tudo para animar e dinamizar o espaço.

Acho que o simples facto de recentemente termos divulgado a onanização contribuiu para a felicidade de muitos.

E como você diz Abraço.
Continue.

Costa disse...

Muitos Parabéns ao Blog e ao seu autor.
Agradeço ter-me feito referência.

Muitas vezes tenho entrado em diálogo consigo ams. acredite, que é tudo para animar e dinamizar o espaço.

Acho que o simples facto de recentemente termos divulgado a onanização contribuiu para a felicidade de muitos.

E como você diz Abraço.
Continue.

Braguilha disse...

Caros amigos
Depois de ler todos estes comentários ao post do nosso administrador, gostei de observar a harmonia reinante e a "sincera" amizade, ainda que virtual, como é o meu caso. Podem ser diferentes as paixões clubísticas, podem ser diferentes as técnicas onanizantes , mas sempre se pode manter um diálogo elevado, fraterno e construtivo. Passar por aqui começa a tornar-se um ritual!Embora seja novato por estas andanças, às vezes dou por mim a pensar que passo mais tempo a partilhar ideias e a discutir pontos de vista com vocês, condónimos deste espaço, do que com os meus amigos mais próximos... Não sei se já o fizeram ou não, mas um ano de idade começa a justificar uma certa confraternizaçãozinha, não vos parece?

Por tudo, muito obrigado Vermelho.

Agradeço também as suas palavras simpáticas, amigo Cavungi. Estou a preparar o post da próxima 4ªfeira e espero que depois da apresentação mantenha a mesma simpatia e amizade...

VermelhoNunca disse...

Força condómino Braguilha, dê-lhes forte e feio. Sim, porque esse é o nosso papel aqui!

JC disse...

Amigo Vermelho.
Preparei pequeno texto sobre o aniversário do blog.
Quem posta amanhã?
Se quiser, poderei mandar-lhe o meu post para ser publicado.
Diga qq. coisa

Braguilha disse...

Caro Nunca

Que lhe parece uma aliança secreta FCP/SCP?
Acha que devemos fustigar os representantes dos 160 mil? Ou será mais varejá-los?!...

vermelho disse...

amigo jc:
és mesmo tu.
envia o texto para o mail, p.f.
abraço.

VermelhoNunca disse...

Acho Amigo Braguilha que é nossa função, seja com alianças ou sem elas, atacar forte e feio. Da minha parte conta com apoio incondicional.
Na semana passada andaram todos vaidosos com o Guinness, mas não nos recordaram que já faziam parte do mesmo, aquando do ajuntamento de Pais Natal, há 2 anos atrás. Fazem figuras ridiculas para entrarem no livro dos recordes. Poupem-nos!

vermelhosempre disse...

Bem se podem juntar todos porque nem assim se nos conseguem alcançar.. mas fico feliz por ver que a nossa Grandeza é tanta que até já vejo propostas de alianças por aqui.
Saudações

vermelhosempre disse...

Gostaria de propor aqui, e na sequência de todo este ambiente de festa, de paz e de alegria um jantar de Natal.
Que acha sr administrador???

Braguilha disse...

Essa é a sua atitude natural: serem sempre os maiores! Mesmo que para tal se perca a noção do ridículo...
A propósito: a águia não é uma espécie protegida em Portugal? Será legal o seu uso no estádio?

Estou mesmo a ver o presidente do SCP a contratar, ao senhor Cardinali, uns leões para soltar no relvado. Seria bonito de ver as feras esfaimadas correrem como loucas para devorarem carcaças de vacas penduradas nas balizas!!!

cavungi disse...

Amigo Sempre,
Como sabes, para se poderem comparar a nós, têm que se unir.
Por sí só, unos e indivisiveis valem pouco.

cavungi disse...

Amigo Braguilha,
Sempre seria mais fácil ao Luis Soares Franco soltar uns Leõezitos escanzelados, do que o Sr. Pinto da Costa lançar um Dragão-cospe-fogo no vosso belíssimo estádio.

VermelhoNunca disse...

O que voa no estádio da Luz não é uma águia. É um milhafre!

vermelhosempre disse...

Amigo Cavungi, o problema é que eles nem se podem valer do Lema " Poucos , mas bons"...

cavungi disse...

Noutro âmbito, há uma notícia importante no meio futebolistico nacional:
A equipa técnica do Boavista passa a ter Bóbó.
Dada a proximidade deste clube, com o apito dourado e suas nuances mais noitivagas, penso que é um reforço de quilate superior.

Braguilha disse...

Condómino Cavungi

Já esperava que o meu caro amigo usasse esses argumentos. O Dragão é uma figura onírica. Encontra-se no mundo dos sonhos ou em contextos mitológicos. Nós também somos assim: move-nos o sonho de alcançar o impossível...

O meu amigo não aprecia o triste espectáculo da águia à procura de alimento no estádio, pois não?

samsalameh disse...

Caro amigo Vermelho,
Agradeço daqui de bem longe o seu comentário que estendeu à minha pessoa...Essa da capacidade de trabalho terá que ser endereçada ao Grande Guru JC, pois sem ele, nem eu, nem tu, nem o Minimo estaríamos aptos para exercer as nossas funções!!

Parabéns por este blog que, no início, confesso, pensei que nunca teria a assistência que actualmente tem.

E para quem não me conhece, sou daquelas pessoas que gosta de efervescer este blog e assim espero continuar.

Quanto a essa proposta de jantar estou plenamente de acordo, desde que não se marque para 21/12.
Mais uma vez o meu grande grande bem-haja pelas tuas palavras e parabéns.

Ninguém nos pára!

vermelhosempre disse...

A minha proposta para a data do jantar é o dia 23 de Dezembro, é a minha unica hipótese.

cavungi disse...

Amigo Braguilha,
Dispensava.Mas não me incomoda.Os meus filhos acham graça.Penso que podemos encarar tal "numero" bem enquadrado num espectáculo.Um jogo de futebol,não é só um jogo de futebol.

Holtreman disse...

Parabéns Vermelho. Não deve ser fácil manter este blog sempre actualizado, com "posts" diários, Karambas, Astros e ultimamente até a variante de videolog. Mas é evidente que é feito com muito prazer e cuja consequência natural, são a qualidade dos seus textos e a fidelidade e entusiasmo dos restantes participantes (bem demonstrado nos comentários feitos hoje) entre os quais me incluo.

Obrigado pela referência pessoal. De facto quase não tenho participado nas últimas semanas mas não tenho deixado de os visitar quase todos os dias. De qualquer forma, voltarei a fazê-lo em breve e ainda por cima, posso já adiantar que também convenci o esquecido Borbas ;) a regressar também.