quinta-feira, novembro 09, 2006

Artigo de Opinião do Condómino Cavungi

Insuperável Vontade de Vencer

Terminou recentemente, a 57ª edição do campeonato mundial de Formula 1 e Michael Schumacher decidiu terminar a sua brilante carreira.Fechou-se assim, um ciclo de ouro.
Não reunindo unanimidade, é justo dizer-se que se trata do melhor piloto de todos os tempos.
Claro que a Formula 1 teve outros pilotos extraordinários, Grandes Campeões, como Juan M. Fangio (5 titulos), Jack Brabham (3), Jim Clark (2), Jackie Stewart (3),Emerson Fittipaldi (3), Niki Lauda (3), Keke Rosberg (1), Nelson Piquet (3), Alain Prost (4), Ayrton Senna (3) ou Nigel Mansell (1).
Outros ainda, que não obstante nunca terem sido campeões do mundo, foram pilotos excepcionais, como Stirling Moss, François Cevert, Ronnie Petersson ou Gilles Villeneuve, os quais têm garantido o seu lugar na história da competição.Quiçá até, um lugar mais destacado, que alguns discretos campeões, tais como Nino Farina (50), Mike Hawthorn (58), John Surtees (64),Dennis Hulme (67),James Hunt (76) ou Jody Scheckter (79).
Nenhum deles porém, se compara a Michael Schumacher, na forma esmagadora como dominou os seus adversários.
Michael Schumacher esteve 16 anos na Formula 1 (1991-2006), 15 deles (1992-2006), ao mais altíssimo nível, o que lhe permitiu coleccionar recordes, alguns deles, levarão décadas a serem de novo igualados e/ou ultrapassados.
Exceptuando o numero de participações em Grandes Prémios, Ricardo Patrese (256) e das Quádruplas, Jim Clark (8), todos os outros recordes são pertença de Michael Schumacher.
Vitórias (91), Pole Positions (68), Voltas mais Rápidas (75), Pontos (1379), Pódios (154), Vitórias numa época (13-2004), Voltas na liderança (5.147), Duplas (40), Triplas (22),Pódios consecutivos (19), Ùnico piloto a terminar uma época inteira no pódio(2002), Vitórias consecutivas (7-2004), Maior velocidade média numa prova (247 Km/H!), Mais vitórias num GP (8-GP França), Temporadas consecutivas com vitórias (15), Mais pontos numa época (148-2004), Título mais rápido (ao 12º GP-2002), Título mais confortável (+67 Pts-2002) Melhor Vice-Campeão (121 Pts-2006) e claro está 7! Títulos de Campeão Mundial.
Só para se ter uma ideia, Michael Schumacher tem mais segundos lugares (43), do que Ayrton Senna vitórias (41).
Fernando Alonso é o piloto em actividade com o maior numero de vitórias (15), e a manter a sua média de vitórias/ano actual (3), precisará de mais 25 anos para igualar Michael Schumacher.
É certo que Schumi beneficiou de melhor, e mais avançada tecnologia que lhe permitiu terminar mais corridas, em maior segurança. Mas nas épocas em que não foi campeão, os seus adversários dispunham de melhores conjuntos Mansell/Williams (92), Prost/Williams (93), Hill/Williams (96), Villeneuve/Williams(97), Hakkinen/Mclaren (98/99) e Alonso/Renault (05/06).
Quando as “odds” eram semelhantes venceu-os, quando eram superiores, esmagou.
Ou então nunca teve adversários verdadeiramente à altura.Nunca o saberemos.
Mas sabemos que, para além do seu talento excepcional, Michael Schumacher era fortíssimo física e psicológicamente.
A sua superior preparação física permitia-lhe chegar ao pódio, como se tivesse chegado de Concorde.Em 1ª classe.
Quem não se lembra de Senna, Piquet, Mansell ou Prost a desfalecerem no Pódio?
Schumacher tinha uma insaciável vontade de vencer. E foi esta férrea vontade de ganhar, e essa sua constante motivação para ir sempre um pouco mais além, e melhor, que o tornou no grande campeão que é.
Hill (94) e Villeneuve (97), sofreram na pele os seus excessos, mas nada que belisque uma carreira inigualável.
Para quem, como eu, ama a modalidade, uma só palavra;Obrigado.
Em 2007 teremos uma grelha diferente, onde Alonso, Raikkonen, Massa e Fisichella disputarão o Título, com Kubica, Kovalainnen e Speed a serem os jovens lobos.
Vai com certeza, continuar a valer a pena, levantar-me ás 4 ou 5h da manhã para a volta de aquecimento.

Casquinada (erúdita) da Semana: “... Existe quitoso sabe !Porco e asno é V. Exa. !Eu não mudo de camisa ?V. Exa. não muda de cuecas.Eu sou asno ? V. Exa. é jumento ! Zex in redvermelho.blogspot.com 07/11/06

66 comentários:

VermelhoNunca disse...

Condómino Cavungi: depois de uns artigos verdadeiramente lamentáveis, aparece o amigo com um artigo de especialidade. Gosto de Fórmula 1. Não gosto de Schumacher. Reconheço , no entanto, que foi um grande piloto. Não aprecio a sua maneira de ser. Igualmente não gosto de Mourinho, e ambos os personagens têm temperamentos parecidos. Ambição de vitória, sendo uns excelentes estrategos de competião. Mas para mim os dois têm o mesmo defeito: para ganharem vale tudo. Assim como o alemão mandava adversários para fora de pista-comportamento que demonstra uma total ausência de fair-play, Mourinho também tira bolas das mãos dos adversários, para retardar a continuação do jogo. Outro ponto que me leva a não gostar do alemão, é que prefiro pilotos mais exuberantes, tais como Mansell.
De qualquer modo, parabéns pelo artigo.

vermelho disse...

amigo Cavungi:
apreciei, deveras, o teu texto.
Também eu sou um apaixonado pela Fórmula 1.
Devo, contudo, dizer-te que, hoje por hoje, não partilho já do teu entusiasmo.
Quem viu as fabulosas corridas dos anos 80 não pode deixar de sentir nostalgia.
a técnica de condução, a coragem e o coração dos pilotos foram substituídos pela tecnologia.
tecnologia essa que até impede a mais excitante das manobras - as ultrapassagens.
hoje, a tecnologia assume papel de primeira grandeza na decisão dos grandes prémios.
por outro lado, o traçado dos circuitos foi alterado em nome da segurança.
As curvas rápidas foram abolidas e construíram-se circuitos tão seguros quanto insípidos como a Hungria.
sou ferrarista confesso, embora o meu percurso de aficionado não tenha sido linear.
o meu primeiro ídolo foi Gilles Villeneuve aos comandos de um Ferrari.
Depois, Keke Rosberg ao volante de um Williams (que venceu um título contra os turbo).
Com o seu abandono, o meu eleito foi Prost, até porque era o grande rival de Senna, que todos teimavam em idolatrar e eu detestava.
A partir daí e da sua entrada na Ferrari, tornei-me um ferrarista confesso.
Schumacher foi um grande campeão, não sei se o maior, mas, pelo menos, o piloto mais completo que tive ocasião de ver.
O seu carácter impedeu que fosse uma figura consensual, o que, desde logo, empalideceu o brilho da sua estrela no palco mediático.
Fosse pelo que fosse, o seu palmarés fala por si.
em Portugal, caso fosse brasileiro, teria sido elevado à categoria dos imortais.
assim, não deixando de reconhecer os seus méritos, os media portugueses colocam sempre um mas nas apreciações que fazem da sua carreira.
abraço.

Zex disse...

Pensei que este blog versasse apenas bola !
Agora vêm com este desporto marreta, que o Schumacher estragou por completo. E, ainda por cima, com uma ode a esse anti-desportista.
Sr. Melhunca, espero que o próximo artigo de V. Exa. aborde a Natação de Cruchinho. A oportunidade está aí !
Sr. JC, espero que o seu aborde o badminton.
Sr. Vermelho, o seu poderá versar sobre "curling". Ah, esqueci-me está em greve, seu vermelho !

VermelhoNunca disse...

Alguma coisa contra os meus artigos, até ao momento, condómino Zex? Como sabe sou apreciador das modalidades ditas amadoras, mas nunca coloquei um artigo relativo às mesmas. Comentários faço-os, mas artigos nunca o fiz.

Zex disse...

Nada contra Sr. Melhunca.
O que digo é que a porta está aberta para artigos sobre as ditas amadoras !

JC disse...

Amigo Cavungi, Snr. Administrador ou quem quer que seja que me saiba responder:
É verdade que actualmente o arranque dos carros de fórmula I é controlado pelo computador de forma a evitar a menor derrapagem possível do veículo e a transmitir toda a tracção do carro ao solo?
E que o condutor, durante o arranque, pouco mais faz do que segurar no volante?
E que, por isso, a habilidade do condutor durante o arranque está posta de lado?
Aqui há tempos, vi um programa na televisão que versava sobre tal assunto mas como estava meio a dormir não sei se percebi bem o que ali se tratava.

Costa disse...

Sr. Vermelho, está por aí?
Pode-me dar um esclarecimento?

vermelho disse...

amigo carlos:
não, já foi,mas actualmente não é.
abraço.

amigo costa:
diga.

Costa disse...

Sr. Vermelho ontem referiu que os adeptos sportinguistas e portistas se pautavam pelo unanismo.
Ora, unanismo não existe.
Existe sim onanismo.
Tem consciência daquilo que referiu.
Como sabe se me dedico ou não a tal prática?
Confesso que não percebi o que quis dizer ou como tem dados para dizer isso.

Já agora, o Sr. Vermelho nunca se dedicou ao onanismo?

Abraço.

cavungi disse...

Amigo Jus,
De facto é verdade.Como disse Niki Lauda,(O meu Idolo nº1),hoje em dia até um macaco guiava um formula 1.
E existem outras "ajudas" na condução.
È um facto que a espectacularidade das corridas é menor.Sigo atentamente o Mundial desde 1978.
Tive a sorte de assistir ao vivo em 1975 e 1976 aos GPs da Africa do Sul, hoje desaparecido do calendário.As corridas eram muito mais disputadas e incertas.Os carros partiam motores, e morriam pilotos em pista.Nas Décadas de 80/90 assisti também ao vivo ao GP de Portugal, GP Bégica, GP Itália e do insipido GP da Hungria.As corridas em melhores.mais emocionantes e ví grandes pilotos.Senna, que eu também detestava reconhecendo porém a sua excelencia.Prost (idolo nº2), Mansell, que fez duas das melhores ultrapassagens de sempre, 1 a Piquet (GP Inglaterra)e outra a Senna (GP Hungria).Rosberg, Villeneuve(Pai), Laffite, Pironi ou Arnoux.
Outros também que não tiveram tempo para mostrarem os seu valor como Bellof.
A evolução da modalidade está em justa posição com o progresso da sociedade.
Eu também tive um TV Brinca.Hoje tenho uma Ps2.

vermelho disse...

amigo costa:
como compreende tratou-se de um gralha ao digitar a palavra unanimismo.
claro que já pratiquei onanismo!
quem nunca praticou onanismo que atire a primeira pedra!
abraço.

cavungi disse...

Amigo Zex,
Discordo quando dizes que Schumacher acabou com a Formula 1.
Não teve foi adversários á altura.
A Mclaren, quando dominou a década de 80 tinha sempre dois grandes pilotos.
A Williams na década de 90 também.
A Ferrari tinha só Schumacher, porque o horrivel Barrichello, O Rubinho, filho do "seu Rubão", é pior que o Tiago Monteiro.

cavungi disse...

Amigo Costa,
experimente o onanismo ambi-dextro.
Até parece que não é nada consigo.

JC disse...

Amigos Cavungi e Vermelho:
Em que é que ficamos?
São os computadores que controlam actualmente os arranques dos Fórmulas I ou não?
O Cavungi diz que sim e o Vermelho diz que actualmente não.

samsalameh disse...

É verdade que para quem seguiu os Grandes Prémios da década de 80 e inícios da década de 90 as actuais corridas de Fórmula perderam o brilho e o entusiasmo que tinham anteriormente.
O piloto que pautou sempre pelo civismo dentro de pista e fora dela e até ganhou alguns campeonatos foi o Nelson Piquet, que será sempre para mim o indiscutível nº 1!!!
Depois da saída deste fabuloso piloto comecei a torcer pelo Alessandro Nanini que, volvidos 2 ou 3 épocas entrou para o campeonato de turismo na Alemanha, vulgo DTM.
A partir daí e então com a entrada do Schumi, que sempre detestei, nada voltou a ser como antes e a Fórmula 1 perdeu todo o seu carisma.
Ainda cheguei a ir ver um Grande Prémio ao Estoril quando o Gérard Berger ao tentar ultrapassar um outro piloto (neste momento não me recordo do nome!) levanta vôo e faz um mortal com o próprio carro mesmo em frente à linha da meta.
Eram campeonatos à séria. Agora, quem os vê em frente à televisão: ou é para adormecer a seguir ao almoço de domingo ou então é porque infelizmente não tem TV Cabo.
Brilhante artigo, Sr. Cavungi!

cavungi disse...

Amigo Jus,
Já não há controlo de tracção.
Apenas concordo contigo quando dizes que existem ajudas na condução que anteriormente não existiam.
Caixas automáticas, suspensões activas, controlo de tracção, traçados mais seguros, monolugares segurissimos.
Penso que desde 1994, que não morre um piloto em corrida.Ou nos treinos.

vermelho disse...

amigos:
penso que com a alteração dos regulamentos o controlo de tracção no arranque foi abolido.
abraço

vermelho disse...

amigo samsalameh:
então quando o piquet espetou uma pêra no salazar também foi por civismo?!
abraço

JC disse...

Não foi sobre o Pedro Matos Chaves ou sobre o Lamy que o Gerard Berger voou no Estoril?

Costa disse...

A primeira pedra ou a primeira jorradela?

Braguilha disse...

Caros amigos

Eu que pensava que o espírito deste espaço versava sobre a redondinha que alcançou o estatuto de desporto-rei. A Fórmula 1 é desporto de mariolas!

ACORDEM!!! A análise do Costa, do Cavungi e do Vermelho parece-me bem mais interessante que os GP's, tracções ou Ferrari's!!!

Uma palavra de solidariedade à figura bílica Onan, que para se manter fiel(?) aos seus princípios(?) iniciou o dito onanismo. Foi esse palerma que, sem saber, acabou por relançar a indústria do calicida que, à época, vivia uma crise estrutural. Nos dias de hoje, ela ainda se mantém activa. Quem quiser pode encontrar no mercado o famoso calicida Indiano.

Caro Cavungi, o onanismo ambi-dextro é a negação do grande Onan! A sua prática deve ser banida porque desvirtua os princípios que estão na génese da sua criação. Da mesma forma que não é correcto usar-se o computador - que controla a tracção ao solo - no momento do arranque de um bólide de Fórmula 1, também essas práticas podem pôr em causa o futuro do onanismo. Urge erradicar esse comportamento desviante! Já agora, onde é que o meu amigo aprendeu essa técnica?
Saudações

JC disse...

O artigo do Condómino Fura-Redes mereceu ontem rasgados elogios.
Tanto a nível de forma como de conteúdo situou-se, tal artigo, num patamar muito elevado.
O nosso mais recente condómino, Braguilha de seu nome, comentou hoje o dito artigo.
Revela tal condómino ser mestre na área das letras e, por isso, sabe apreciar, a um nível profissional, a qualidade de um escrito.
Creio por isso que o comentário que apôs em tal artigo tem outro valor e merece ser aqui divulgado, pois que assim se dá o mesmo à estampa - como se sabe, já dificilmente alguém irá rever os comentários ao artigo de ontem (só mesmo eu, viciado que sou no blog).

Por isso, e como mais um tributo ao excelente artigo do Fura-Redes, tomei a liberdade de aqui republicar o comentário do Braguilha.
Com a devida vénia ao seu autor e -presumo - a permissão do Snr. Administrador.

Então aqui vai:


"Braguilha said...
Caro Fura-Redes

Para classificar a qualidade do seu artigo, vejo-me obrigado a socorrer de uma máxima que diria o grande Samora Machel: só tenho um adjectivo, gostei! Diria mais, brilhante. O meu caro amigo é genial. A sua crónica eleva o nível deste espaço opinativo a patamares difíceis de alcançar. Quando agarra na mão a caneta ou quando massaja suavemente o teclado, a obra nasce. O seu traço literário, o fino recorte da sua prosa ou o tom jocoso da sua ironia fazem de si um Bocage dos tempos modernos. Acredite-me, o senhor é um predestinado, um autêntico Figo que não sabe jogar mal (e olhe que sei o que digo: passo o santo dia à volta das orações subordinadas e dos campos lexicais, dos Camões e dos Torgas, das analepses e das sinédoques...).
Quanto ao assunto do artigo, subescrevo na íntegra todas as suas ideias. Aliás, qualquer coisa que dissesse não seria mais do que tautologia pura, isto é, estaria a dizer por outras palavras o que já tinha sido dito por si.

Para rematar, poder-se-ia avaliar a importância, cada vez mais evidente, do suplente Baía não só em relação aos colegas que estão em campo, como em relação ao próprio Jesualdo.

Dê-me um autógrafo!

Um abraço

4:36 AM"

Gostei particularmente do "massajar do teclado" e do "Bocage dos tempos modernos"
Quer aquele acto - de massajar o teclado - quer aquela personagem encaixam que nem uma luva nas caratcerísticas do Fura-Redes.

JC disse...

Caro Braguilha:
Elucide-me:
As sinédoques de que fala no seu comentário têm algo a ver com o famoso xarope para a tosse, Sinécod?
Obrigado.

VermelhoNunca disse...

AMigo Vermelho, está a faltar a lista de convocados de Scolari, onde há grandes novidades!

Braguilha disse...

Caro jc

Confesso a minha ignorância: desconheço a existência desse dito xarope e dos seus efeitos terapêuticos. Se é bom para a tosse? O meu amigo o dirá. Eu ainda sou daquela estirpe que trata das suas maleitas à moda antiga, isto é, com mezinhas e tisanas.
Eu referia-me mesmo, era a uma figura de estilo.

Já que é viciado no blog, talvez queira dar uma olhadela ao meu comentário no "Tributo ao Condómino Carlos" que, tal como os outros, entrou fora d'horas...

Saudações

JC disse...

Caro Braguilha:
Se é adepto das mézinhas naturais, aconselho-lhe então o xarope de cenoura para a tosse.
É fabricado artesanalmente, cortando a cenoura em rodelas para um pequeno recipiente e polvilhando-a com açúcar amarelo. Aguarde algumas horas e beba depois o líquido assim obtido da cenoura à colher.
Não confunda a cenoura nem o líquido senão terá problemas.

Quanto ao comentário que deixou no artigo de homenagem à minha pessoa, agradeço-lhe as suas palavras.
Mas não acredite em tudo que lá se diz.
O Fura-Redes é um brincalhão e um exagerado.
E um grande matemático.
Gosta de meter a unidade entre parêntesis, elevá-la à expoência máxima e depois vê-la reduzida à sua expressão mais ínfima.
Ou seja, ele é que faz as contas e depois os outros é que ficam com a a dura fama.

Braguilha disse...

Caro jc

Como sabe, sou novo por estas andanças e desconhecia, de todo, que o jc é o Carlos, o mesmo do artigo do tributo. Quando respondia ao jc por momentos questionei-me (e isto é rigorosamente verdade) se essas iniciais seriam a marca de alguma camisa (não dessas que está a pensar!), de algum movimento de jovens político/partidário ou de alguma vitamina adequada para a tosse. Não sei se está ou não com tosse, mas já agora aconselho uma outra mezinha que lhe poderá ser útil em caso de aperto. Escolha alguns tomates bem maduros, escalde-os, retire-lhes a pele e esprema-os bem espremidinhos. Junte uma colher de mel e agite bem até obter um xarope viscoso. Tome durante uma semana, mas não abuse porque pode provocar dependência

Braguilha disse...

...publiquei o comentário inadvertidamente sem o ter concluído.
Tenho conhecimento de muitas outras mezinhas que lhe poderão ser úteis e que lhe poderei fornecer se assim o desejar.

Quanto ao comentário do Fura-Redes não tem que o considerar exagerado. É sempre agradável o reconhecimento dos outros, ainda que numa vertente mais "lírica". E quanto à sua dureza, penso também existem mezinhas mas aí não lhe poderei ajudar...

Eu gostaria era de trocar algumas impressões consigo e com os outros acerca das bolas, de futebol, entenda-se...

Um abraço

Costa disse...

O Sr. Salame sempre ficou ou não a trabalhar naquele espaço tendente ao onanismo?

samsalameh disse...

Quem era o Salazar que Vossa Excelência fala Red Face!?

Braguilha disse...

Caro Costa

Ainda não fui almoçar por causa deste blog. A conversa estava morna, até que veio à baila o onanismo. Pergunto-lhe: será que se pode encontrar alguma relação entre a prática do Onan e a Fórmula 1?

Até agora mais não fiz do que trocar receitas de mezinhas com o condómino jc/Carlos e isto está a perder a piada toda...

vermelhosempre disse...

Bem isto hoje está meio complicado.. com uma série de palavras novas que nem sei como escrever e muito menos pronunciar, daí que me abstenha de fazer qualquer comentário.

Costa disse...

Sr. Braquilha, a prática de onan é uma fórmula, que também passa por diferentes acelerações, em que se vai esvaziando o depósito, e em que muits vezes tal esvazianço tem de ser muito rápido, sendo certo que convém sempre fazer o "warm up".
E no final jorra-se sempre muita coisa com alegria.

E o Salame ainda está naquela casa ou não?

cavungi disse...

Caro Braguilha,
O Onanismo quando praticado com a mão de Lenine, torna-se uma especie de "vol-au-vent" do céu.
Prática que estudei e aperfeiçoei na transição das decada de 70/80 com uma amiga, muito generosa de nome Mafalda.

samsalameh disse...

Xôr Costa, quer cá vir!?
Será bem recebido pela Madame "Leona", cujo o nome até lhe assenta bem!!

Força Benfica!!!

Costa disse...

Cavungi;

era a Mafalda Veita?

JC disse...

Caro Braguilha, o amigo que é entendido (em letras, subentenda-se), sabe se o
onamismo tem alguma forma de verbo, tipo onamizar, onamizo eu onamizas tu, onamizamos nós?
Obrigado.

vermelhosempre disse...

Para os que percebem pouco como eu, e na tentativa de os ajudar deixo aqui a definição de onanismo:

de Onan, n. pr.

s. m.,
satisfação do prazer sexual através da masturbação;
qualquer forma de coito interrompido de maneira a evitar a fecundação.

Costa disse...

Sr. Salame, invocando o actual PR, onanize-se.

Já viu por acaso a invocação que lhe foi feita no post de segunda-feira?
Não fui eu que denunciei a seu ingresso no Mundo da Noite.
Da próxima vez que saia com a sua legítima, não se engane. Olhe, onanize-se.

samsalameh disse...

Sr. Braguilha isto hoje é que é!!
Tá de Greve?

Estou solidário!

Xôr Costa, a partir de hoje e deste momento vou deixar de lhe responder, por que começou de novo a roçar a injúria.
Passe bem.

cavungi disse...

Amigo Vermelho,
As últimas voltas deste GP de França,que foi ganho por Jean-Pierre-Jabouille, foram fenomenais.
Claro que eu também tenho muitas saudades desta F1.
Mas gosto da que temos hoje, porque é F1.

Costa disse...

Sr. Salame desculpar-me-á mas eu não rocei nada nem em ninguém.

E desde quando é que dizer a alguém para onanizar é injurioso?

O Dr. Vermelho é que podia dizer se isto é algum crime mas ele também deve estar de greve.
Sinceramente que falta de capacidade de encaixe.
Não fui eu, como lhe disse, que citei o seu engano, por isso não percebo porque amua.

O Salame não é partidário ou nunca fui, do onanismo?

Braguilha disse...

Caro jc
Cada um onamiza como quer, quando quer e com quem quer... Alguns são ambi-dextros, outros têm uma Mafalda sempre à "mão" e, outros ainda, fazem um "warm up"...

Senhor Salamaleque, o senhor está a onamizar aí num recanto qualquer? Com uma Madame de nome -Leona? A avaliar pelo nome não deve ser grande coisa! Só pode ser mais funcionário público em greve.

Quanto a si, amigo Cavungi, agradecia que se explicasse melhor. Talvez por ser mais novo e por não ter estado presente na queda do muro, gostaria de saber que raio de "mão de Lenine" é essa a que se refere. E já agora, que é feito dessa Mafalda?

Em relação a si, senhor Encosta, agradecia que não fizesse trocadalhos com o meu nickname. Está bem?

Saudações

cavungi disse...

Amigo Samsa,
Não ligues aos dislates e bernardices do caro Costa Costa.
Sabes que os sportinguistas são todos muito educados.Nem cospem nos seus presidentes nem nada...

cavungi disse...

Amigo braguilha,
da Mafalda já não restam mais do que boas, friso boas, recordações.
A "mão de Lenine" é a "maõ Esquerda".
Um sufoco.

vermelhosempre disse...

Pergunta: "E desde quando é que dizer a alguém para onanizar é injurioso?"

resposta: Desde que eu coloquei a definição de onanizar aqui no blog.. ehehe

vermelho disse...

amigo nunca:
penso reservar o assunto selecção para amanhã.
abraço.

amigo samsalameh:
refiro-me a alberto salazar.
abraço

Costa disse...

ESte Vermelhosempre é muito engraçado, desde que se começou a falar em onanizar (que até teve de ir ver ao dicionário), até devia estar no STAND UP comedy.
Mas depois com o onanismo já não podia continuar em STAND UP.

vermelhosempre disse...

O unico condómino deste espaço que deve fartar-se de onanizar é vc caro Costa, principalmente depois das sua viagens de Avião a beber Champagne.

Ps. Fui ver ao dicionário, mas pelo menos não andei para aí a empregar a palavra sem saber o seu siginificado.

Costa disse...

Caro não tenha reparado fui eu que, primeiramente, citei o termo.

Quanto ao resto digo-lhe que estou a trabalhar, ao passo que o seu chefe é que não tem aparecido, se calhar é ele que deve andar a onanizar, até deve estar vermelho de tanto o fazer.
Mas essas coisas dizem respeito à intimidade de cada um, por isso é deixá-lo estar, que só lhe faz bem.

Quanto ao Avião, agora enquanto não conhecer a Leona e lhe meter o meu conhecimento não penso em onanismos.

Como diz o seu chefe, Abraço

Braguilha disse...

Como é que o meu amigo Vermelhosempre sabe que o condómino Costa onamizava nas viagens de avião enquanto bebia champangne. Também estava lá?

Usar o dicionário não é vergonha nenhuma. O onanismo, como já referi, é uma prática sexual iniciada pela figura bíblica Onan que, desta forma, evitava cair na tentação da carne com uma mulher. Em linguagem de Fórmula 1, diga-se, "ficava sem pedal".

vermelhosempre disse...

Amigo Braguilha, eu não estava no avião, o condómino Costa é que noutro Post disse que era frequentador de tais espaços.

Condómino Costa o amigo vermelho não é o meu chefe, apenas admiro-o e muito pois trata-se uma pessoa 5 estrelas.
Já de vc não posso dizer pois não o conheço.

Ps: Veja lá se a Leona é um Leona e vc em vez de se onanizar só a si ainda tem que o ajudar a ele.

cavungi disse...

Amigo Vermelho,
Peço desculpa, mas é Eliseo Salazar.
Abraço.

cavungi disse...

Amigo Samsa,
Este ano podes começar a cultivar um novo idolo.Nelson Piquet Jr. vai ser piloto de testes da Renault.
Espero que tenha melhor feitio que o pai.

Braguilha disse...

Caro Vermelhosempre

Esclareça-me: esse seu amigo cinco estrelas que não é seu chefe, também é condómino deste espaço?
Será, como diz o amigo Costa, que se é vermelho de tanto onanizar? E será que onanizar significa o mesmo de leonizar?

cavungi disse...

Amigo Braguilha,

"...Onan que, desta forma, evitava cair na tentação da carne com uma mulher. Em linguagem de Fórmula 1, diga-se, "ficava sem pedal".
V.exa é um génio.Pronto.

vermelho disse...

amigo cavungi:
tens inteira razão.
erro meu, má fortuna.
abraço

vermelhosempre disse...

Caro Braguilha:
Leonizar vem da palavra leão que significa ser do sporting que significa onanizar.. logo onanizar e leonizar significam a mesma coisa.

Braguilha disse...

Caro Cavungi

Eu só pretendia completar o sentido que o amigo Vermelhosempre retirou do dicionário. O assunto pode muito bem versar sobre onanizadelas e leonas e manter uma certa elevação; não essa em que o caríssimo estará a pensar, mas uma elevação cultural. Eu que pensava que a ironia era o cartão de visitas do Fura-Redes...

Braguilha disse...

Estimado Vermelhosempre

Posso extrair das suas palavras que Sportinguista é o mesmo que Onanista?
Espero que não haja nenhum lagarto por perto...

vermelhosempre disse...

Amigo braguilha:

Para tirar as duvidas leia o commnet novamente, penso que fui bem claro.

Braguilha disse...

Caro Vermelhosempre

Li o seu commnet como sugeriu e reforço a minha convicção: para si leonizar (ser do sporting) e onanizar (brincar com a Leona) ..."significam a mesma coisa".
Ou muito me engano ou deve esperar represálias!

vermelhosempre disse...

Caro braguilha:

Não espero represálias porque limitei-me a transcrever o que estava no dicionário " O Grande Benfiquista".

E vc amigo Braguilha, de incendiário não tem nada, só lhe falta o isqueiro, pois a pólvora já lá está toda.
Saudações

Braguilha disse...

Caro Vermelhosempre

E o que é que esse dicionário "O Grande Benfiquista" tem mais de interessante, além da definição de onanismo e das comparações implícitas aos adeptos do sporting, mas que V.Ex.ª prefere não assumir?

cavungi disse...

Amigo Braguilha,
Seja mais assíduo neste espaço, que o bom humor é sempre necessário.

Braguilha disse...

Caro Cavungi

Agradeço as suas palavras de apoio (estímulo não, porque com tanto onanismo ainda poderão pensar que se está a estimular outras coisas...). Não passo por aqui mais vezes por falta de tempo, mas prometo ser, doravante, mais assíduo. Aprende-se sempre alguma coisa interessante: a mão de Lenine, a técnica ambi-dextra que garante melhores performances, as amigas de infância que dão uma mãozita sempre que é preciso, o onanismo do Sr. Costa enquanto bebe champagne e passeia de avião, a mezinha da cenoura do amigo jc, a Madame que acompanha (para todo o lado, julgo eu!)o condómino Samaleque e que se dá pelo nome de feroz Leona e muitas outras coisas mais (mas de menor interesse) como, por exemplo, carcterísticas dos actuais carros de Fórmula 1.

E com esta me vou. Amanhã, se puder, passo por aqui para ver como páram as modas.

Saudações