quinta-feira, novembro 16, 2006

Artigo de Opinião do Condómino Samsalameh

Passar Tempo!!!

Ontem estriei-me nas lides futebolísticas alentejanas e claro que aqui se joga mais com o tempo...nada tinha a ver com o que se passava em Aveiro em que se procurava a todo o custo a goleada fosse para que lado fosse.
Fiquei numa equipa, onde depois do “Grande Sokota”, aos 5 minutos de jogo, ter inaugurado o marcador, desde logo ficou estabelecido que quem tinha que atacar era a equipa adversária e ali se colocaram 5 jogadores sempre à defesa, tipo Belenenses, Beira-Mar, Académica, Boavista, Naval, etc. e tal, quando jogam contra as equipas ditas grandes...Meus amigos e grande grande só há um, o Benfica, já que as outras por muito que queiram nunca chegarão a um(a) Guinness...Podem isso sim almejar ter dirigentes á altura do Veiga, mas não quero hoje falar desse episódio que muito me agradou
E o jogo, que se realizou no Pavilhão da “Petrogal” (não, não tenho acções!), acabou mesmo 1-0 e durante 55 minutos fez-se exactamente o mesmo que as ditas equipas pequenas fazem...passar tempo!!!
Que saudades eu tenho dos jogos em Aveiro!!!! Um dia irei conseguir arranjar maneira de por aí aparecer...
O passar tempo num jogo de futebol é das coisas mais irritantes que qualquer adepto daquela modalidade, como eu, odeia!! Eu, por exemplo, e até há poucos dias isso foi aqui lembrado por alguns Dignos “Blogeurs”, quando me deslocava ao Estádio Cidade de Coimbra a ver os jogos da Briosa, berrava com os jogadores que envergavam a camisola negra por, seja por que motivo fosse e estivesse o resultado que estivesse, fizessem ronha e andassem por ali a gritar pelo Menino Jesus quando nada tinham, estavam a um metro da linha lateral, mas só se levantavam se viesse a equipa médica, a qual tinha que atravessar o campo todo, cerca de 60 metros e famosa mota guiada por outra pessoa que ajudava à festa da ronha, chegando até a deixar o motor ir abaixo a meio caminho.
Sem querer ser pretensioso, a atitude dos adeptos das equipas ditas pequenas tem que mudar para bem do futebol. Bater palmas a um jogador que está a fazer fita e a pedir assistência médica é a coisa mais ridícula que assisto nos jogos que vou ver. Devia antes esse mesmo jogador ser assobiado e enxovalhado pela própria massa adepta para todos nós ficarmos a ganhar.
Obrigar os jogadores a correr o jogo todo, sem paragens, era isso que devia acontecer, devendo para tanto, quanto a mim, ser introduzida uma nova regra no futebol português: assim que entrasse a maldita maca e o veículo que a transporta esse jogador tinha que ser automaticamente substituído!!!.
É por isso que adoro o futebol inglês, os adeptos batem palmas quando a sua equipa é goleada, mas sabem que eles se esforçaram o jogo todo para conseguirem exactamente o contrário. Por outro lado, quase nem se nota na presença do “referee” e, sem haver aquela regra instituída, na realidade só quando entra a maca e a equipa médica é por que o jogador está realmente lesionado e tem que ser substituído.
O futebol português, fora raras excepções, mais parece um Lar de Idosos, onde...se passa o tempo!!!

3 comentários:

JC disse...

Eis o condómino Salame no seu expoente máximo, genuíno, honesto e puro.
Com um grande coração e voluntarioso como poucos, é acérrimo defensor da Verdade, Verdade Desportiva incluída.
Sou testemunha do seu comportamento no Estádio de Coimbra, quando invectivava os jogadores da nossa Briosa por fazerem fita.
Este condómino Chouriço é feito das carnes mais genuínas e o único defeito que tem é ser benfiquista.
É mais um erro de casting.

Agora só peço que recomecem os jogos da Bwin com urgência porque este blog está a ficar muito lamechas.

vermelho disse...

amigo Samsalameh:
as saudades que tenho do "grande Sokota"!
grandes jogatanas!
faz-nos falta um ponta de lança assim!
devo dizer-te que os jogos continuam e que a competitividade é cada vez maior.
quando quiseres aparece, sabes que és sempre muito bem vindo!
quanto ao resto do artigo, dizer-te, simplesmente, que o subscrevo na íntegra.
também eu sou testemunha da tua indignação.
também sou testemunha como os restantes espectadores olhavam para ti como se de uma ave rara te tratasses.
é um problema de mentalidade.
em portugal, gosta-se pouco de futebol e muito de ganhar.
como se entende que para ganhar vale tudo, a generalidade dos espectadores pactua com a "ronha".
abraço.

cavungi disse...

Amigo Samsa,
Afazeres profissionais só agora me deixaram ler este teu exlente artigo.Especialmente na parte em que dizes "Meus amigos e grande grande só há um, o Benfica, já que as outras por muito que queiram nunca chegarão a um(a) Guinness...".
Se não fosse o grande SLB adormeciamos todos a ver a "Bola Nacional".
Tens razão, os jogos bem como os comentários são autênticos Lorenin's.