terça-feira, novembro 07, 2006

Artigo de Opinião do Condómino Vermelho Nunca

À volta do Benfica

Após a vitória sobre o Beira-Mar, a imprensa desportiva em geral vem destacar o facto do Benfica ser uma máquina de marcar golos. Fez 19 golos nos últimos 6 jogos. Claro está que escamoteiam a questão de pelo meio ter encaixado 3 batatas do Celtic na Escócia, equipa que é vulgar, como se comprovou na Luz. E de terem levado com 3 no Dragão, embora contabilizem os 2 golos que lá marcaram.
A generalidade dos colunistas anda desvairado com tal produção.
Numa análise pessoal , que compartilho com os caros condóminos, analisei os jogos do Benfica até agora, atribuindo-lhes um grau de dificuldade, consoante o adversário e competição, e ainda o momento de forma da cada oponente à altura do confronto.
Atribuí uma escala de 1 a 5.
Para a Liga interna o Benfica realizou 8 jogos, a saber: Boavista( fora)-grau 4; Nacional (casa)- grau 2; Paços de Ferreira( fora)-grau 3; Aves ( casa)- grau 1; União de Leiria( fora)- grau 3; Estrela da Amadora (casa)-grau 1; Porto (fora)-grau 5; Beira-Mar (casa)-grau 2.
Analisando estes números verificamos que em jogos realizados fora, de dificuldade alta ou muito alta, o Benfica encaixou 6 golos, marcou 2 e fez 0 pontos.
Nos jogos realizados fora, de dificuldade média, o Benfica sofreu 1 golo e marcou 5, conseguindo 4 pontos.
Nos jogos em casa, todos de dificuldade baixa ou muito baixa, o Benfica marcou 11 golos, sofreu 2 e conquistou 12 pontos.
Os próximos confrontos do Benfica fora de casa são: Braga( grau 4); Sporting( grau 5); Naval( grau 3); Académica( grau 2).
Em casa terá o desafio em atraso com o Belenenses( grau 3), com o Marítimo( grau 3) e com o Setúbal( grau 2).
Veremos qual o comportamento dos lampiões nos jogos de maior dificuldade, uma vez que pelas provas dadas até ao momento, em jogos de maior grau de dificuldade , claudicaram.
Na Europa o cenário é o mesmo.
Ao visitarem a Escócia e a Dinamarca, jogos , quanto a mim, de dificuldade 3, falharam.
Em casa, ganharam num jogo de dificuldade baixa e perderam em jogo de elevada dificuldade.
Quanto a mim, aquele grupo de bons rapazes, na hora da verdade, falha.
Pelo menos é este o cenário até agora.
Claro que a maioria dos media anda embevecido, tal a veia goleadora encarnada.
Elogios partem em todos os sentidos: o regresso do russo, outrora “proibido” de ser inscrito, tal como o Emplastro grego.
Ainda ontem o comentador elegeu todos os jogadores do Benfica, como elementos de qualidade. As performances do plantel encarnado dão direito a capas do género: “De volta ao topo”; “ Em grande”; “3 de cada vez” e por aí adiante.
Às vezes sinto-me num qualquer regime de leste, onde as lavagens ao cérebro eram frequentes. Aqui, a frequência do disparate editorial da maior parte dos pasquins desportivos, atinge proporções ao nível do apoio dado ao Dínamo de Bucareste em tempos idos.
Como digo frequentemente e, felizmente, sou seguido por alguns condóminos: FORCA BENFICA!

13 comentários:

carlos disse...

Muito bem, VermelhoNunca.
Desmonta neste artigo, com mestria, o flop das goleadas do Benfica e a forma como se tem tentado passar a mensagem de equipa goleadora e de grande capacidade ofensiva.
Há, de facto, que analisar contra quem tem jogado o Benfica, contra quem tem ganho e que resultados apresenta quando joga com adversários de categoria mais elevada.
Se virmos bem, e se incluirmos os jogos da pré-época, o Benfica só ganhou um jogo a equipas de melhor qualidade, que foi ao Bordéus no jogo de apresentação.
De resto, perdeu todos - nems equer empatou, perdeu, mesmo - sofrendo goleadas, inclusive, em alguns deles.
O SCP, por exemplo, apenas perdeu um desses jogos com adversários de qualidade superior - com o Bayern -tendo empatado ou ganho todos os outros.

estar_vivo_e_o_contrario_de_estar_morto disse...

P.: Por que razão o Porto tem mais Portistas e Estarreja mais lixo tóxico ?
R.: Estarreja escolheu primeiro

estar_vivo_e_o_contrario_de_estar_morto disse...

P.: Sabem porque é que o Porto não tem ciclismo?
R.: Porque é o único desporto que não tem arbitro!

estar_vivo_e_o_contrario_de_estar_morto disse...

Diz o Pinto da Costa ao filho que lhe pede dinheiro:
Nem que viesses vestido de preto e com um apito na boca!

estar_vivo_e_o_contrario_de_estar_morto disse...

Pinto da Costa e o seu motorista passeavam por uma estrada quando, subitamente,
atropelaram um porco, matando-o
instantaneamente.
Pinto da Costa disse ao seu chofer que fosse até à fazenda explicar o Ocorrido
ao dono do animal.
Uma hora mais tarde, Pinto da Costa vê o seu Motoristachegar cambaleando, com um
cigarro na mão e com
uma garrafa na outra, e ainda com a roupa toda amarrotada.
"O que aconteceu?" Perguntou Pinto da Costa.
E o chofer respondeu:
"Bem, o fazendeiro ofereceu-me vinho, a sua mulher, cigarrose a sua charmosa
filha de 19 anos fez amor comigo
apaixonadamente".
"Meu Deus! O que é você lhe disse?"perguntou Pinto da Costa.
E o chofer respondeu:
"Sou o chofer do Pinto da Costa e acabo de matar o porco!!!!

vermelho disse...

amigos:
aquilo que evidencias tem sido o fado do Benfica esta época.
Muito se deve à deficiente estruturação da equipa na pré-época, às sucessivas lesões, aos sucessivos castigos e à acção, ou melhor, inacção do Imbecil.
todavia, não posso deixar de notar sinais de evidentes melhorias, como o são o jogo no Dragão e a vitória na Luz frente ao Celtic.
acredito, piamente, já aqui o disse por mais de uma vez, que este plantel do benfica é o melhor dos últimos anos.
por isso, espero que a situação que evidencias seja revertida.
todavia, cumpre lançar outra interrogação.
com o calendário inverso ao do Benfica, recebe quem o benfica defronta na condição de visitado, o sporting tem apenas mais quatro pontos que o benfica, sendo certo que já disputou mais um jogo.
assim, ainda que a débacle benfquista em jogos de grande dificuldade seja uma realidade, o certo é que o sporting, beneficiando de um calendário mais fácil, não está a fazer uma Liga muito melhor.
abraço.

Zex disse...

Belo artigo !
Será o melhor e mais bem escrito de Melhunca !
Desmonta a mentira ! O embuste ! A promiscuidade !
Estranho a circunstância do sr. vermelho, no bacoco comentário a este post, não destacar o azar ou a sorte, uma vez que é, segundo ilustra nas suas tendenciosas análises, o factor determinante dos fracos resultados da equipa, principalmente se adversos.

Jorge Mínimo disse...

Caro Vermelho Nunca:
Excelente artigo de opinião este sobre a pouca vergonha que é a nossa comunicação social.
Mais uma vez estão a querer içar o Benfica a um patamar alto, que na verdade não merece.

cavungi disse...

Amigo Nunca,
Muito bom o seu artigo.A roçar a genialidade.
Como sabe, quis o calendário que o grande SLB jogue sempre com a equipa com quem jogou o SCP.Os grau de dificulade por sí atribuidos, logo de natureza muito duvidável,são identicos aos dos jogos efectuados pelo SCP.Certo que temos menos 4 pts.Menos um jogo, porém.Já fomos ao Dragão e ao Bessa.A Leiria e a Paços onde embora não ganhando o jogo (miserávelmente diga-se)é um terreno onde o SCP sofreu duas pesadas derrotas por 3-0 e 4-0 nos ultimos anos.No próximo jogo, jogamos em Braga.Mais um campo dificil que fica ultrapassado e se o Braguinha estiver em campo, como esteve ontem com o SCP, goleamos.
Assim como o SCP tem uma 1º volta mais descansada, a 2ª volta será menos dificil para nós, penso.No fim veremos o fosso.
Estar aqui, qual calimero a queixar-se da cobertura dada pela a imprensa ao grande SLB cheira-me a ressabianço.

cavungi disse...

Claro que como não podia deixar de ser veio logo o Sr. Sacristão Mínimo apoiar o seu mntor, o Reverendo Padre Nunca.Estranho só a posição de Zex, outrora tão ateu, mas hoje tão acólito.

Jorge Mínimo disse...

Zangam-se as comadres...

VermelhoNunca disse...

Claro condómino Cavungi que para si, todos os jogos que o Benfica faz são de alto grau de dificuldade.
O Benfica tem um jogo a menos, está certo. A imprensa destaca o mortifero ataque. Verifique as defesas mais e menos batidas e compartilhe essa informação connosco.

cavungi disse...

Amanhã. J, amanhã.