segunda-feira, outubro 02, 2006

Antevisão do Braga/Porto e do Sporting/Leiria

O Porto enfrentará, esta noite, o seu maior teste na Liga Bwin até ao presente momento.
Partida de grau de dificuldade elevado, muito embora certos factores joguem a favor dos portistas.
Desde logo, o facto do Braga ter menos 48 horas de descanso que os portistas.
O Braga foi sujeito a um intenso desgaste, físico e emocional, na última quinta-feira.
A euforia com a passagem à fase de grupos não terá propiciado a necessária tranquilidade na preparação do jogo.
Depois, o conhecimento que Jesualdo tem dos jogadores bracarenses, da mecânica e das rotinas da equipa.
Por fim, a ânsia de recuperação da imagem perdida em Londres.
Estes "pormenores" podem revelar-se decisivos num jogo previsivelmente equilibrado.
Em Alvalade, o Sporting defronta um Leiria em fase ascensional de resultados, mas que nem assim deverá constituir oposição de monta.
Na verdade, o Leiria obteve, nas últimas jornadas, resultados positivos, mas mais por acção dos árbitros, rectius dos fiscais de linha do que por mérito próprio.
Com efeito, a equipa apresenta debilidades no processo defensivo que deverão permitir uma noite descansada aos adeptos leoninos.
Éder defende mal, não fecha dentro e concede espaços imensos nas suas costas.
Marcos António e Valdomiro não apresentam, ainda, uma ligação forte entre si, para além de se mostrarem vulneráveis perante adversários rápidos e móveis.
Ora se há predicados que os dianteiros leoninos dispõem são, precisamente, a mobilidade e a velocidade.
As dificuldades posicionais do duo brasileiro são outro dos seus handicaps.
Tixier é lento e pouco concentrado.
Assim, perante as fragilidades defensivas leirienses, o Sporting só encontrará dificuldades caso esteja em noite de profunda desinspiração ofensiva.
Todavia, dois factores há a considerar que poderão desempenhar papel de relevo:
Primeiro, a velocidade e a codícia de Sougou.
Segundo, caso o Leiria marque primeiro, o fantasma do Paços poderá assombrar Alvalade, intranquilizando a equipa.
Jogo de prognóstico claramente favorável aos leões, no qual apenas uma conjugação improvável de factores negativos poderá conduzir a outro resultado que não a vitória do Sporting.

4 comentários:

vermelhosempre disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
vermelhosempre disse...

Os lagartos e os tripeiros não podem ganhar hoje doia a quem doer.
Abraços

cavungi disse...

Doia a quem doer, que eu não sou nenhum parôlo!

vermelhosempre disse...

Olé Braga olé... lá lá lá