quarta-feira, setembro 13, 2006

Análise ao Sporting/Inter

Vitória histórica do Sporting no regresso à Champions.
Vitória tão extraordinária, quanto imprevisível.
Vitória do rigor, da disciplina, da vontade, do arreganho e da competência.
O Sporting apresentou uma equipa extremamente equilibrada, quer em termos tácticos, quer em termos emocionais.
Foi surpreendente a maturidade e a seneridade que os jovens jogadores leoninos demonstraram.
Estruturando a equipa a partir de uma férrea disciplina táctica e de um sentido colectivo apurado, o Sporting venceu à italiana - Consistência defensiva e cinismo no golo obtido.
O Sporting deu a provar aos italianos do seu próprio veneno.
Venceu-os com as suas próprias armas.
O Sporting nem precisou de realizar exibição exuberante em termos ofensivos para levar de vencida uma equipa que do Inter e da fama que a precede apenas teve as camisolas.
O Sporting foi sempre mais equipa, controlou, praticamente, durante todo o tempo o adversário, exibindo-se tacticamente a roçar a perfeição.
Paulo Bento apostou naquilo que são as maiores virtudes da sua equipa - vontade e ânsia de glória e de reconhecimento externo, espírito de equipa, atrevimento, coragem e talento.
O Sporting superou o Inter em todos os domínios do jogo - dispôs de mais tempo de posse de bola, efectuou mais remates e beneficiou de mais cantos.
Na 1ª parte, contudo, o Sporting não logrou acrescentar à consistência defensiva alardeada durante toda a partida, idêntica capacidade de surpreender o adversário no seu último reduto.
Com excepção de uma iniciativa de Djálo, o Sporting não conseguiu construir transições rápidas que lhe permitisse chegar com perigo à baliza de Toldo.
Mas, guardado estava o bocado...
O Inter, por seu turno, entrou imbuído do pedantismo tão comum nas grandes equipas europeias. A altivez e o desrespeito pelo adversário custaram-lhe caro.
O Inter demonstrou sempre excesso de confiança, deixando correr o marfim, convencido que estava que, mais tarde ou mais cedo, o golo acabaria por chegar.
O Inter limitou-se a jogar na espera, à procura do erro, mas nada fez, simultaneamente, no sentido de provocar o erro.
Levou uma grande lição de humildade e de espírito de conquista.
O jogo teve muito de luta de classes.
Os burgueses italianos, endinheirados, convenceram-se que pouco ou nada precisavam de fazer para conquistar a vitória.
Os proletários portugueses, ávidos de glória, cientes das suas limitações, arregaçaram as mangas e entregaram-se à luta.
Claro está, que venceram os "piccolos" portugueses, pois que os tempos das camisolas que venciam jogos já lá vão há muito e sem suor nada se alcança.
Foi um jogo de posições, em que os jogadores de ambas as equipas procuraram seguir à risca os ditames posicionais da sua função.
Só que, ao invés daquilo que usualmente sucede, desta vez, não foram os italianos os mais perfeitos tacticamente.
Na segunda parte, cedo se percebeu que o Sporting embalado por uma primeira parte, na qual passou por escassas situações de perigo, iria aportar ao seu jogo a dimensão ofensiva que lhe havia faltado na primeira metade.
Assim foi.
Caneira arrancou um pontapé pleno de confiança, força e alma, que bateu inapelavelmente um Toldo mal colocado e a quem os efeitos da bola traíram.
Após o golo, o Sporting ganhou ainda mais confiança e o Inter enervou-se.
Daí à expulsão de Vieira foi um pequeno passo.
O Sporting tranquilizou-se ainda mais e o Inter correu, desesperadamente, atrás de um prejuízo irrecuperável.
A finalizar a partida, Ibrahimovic desferiu um pontapé de meia distância que mais não foi do que o canto do cisne dos italianos.
Vitória indiscutível da melhor equipa em campo.
Destacar no Sporting o equilíbrio emocional e a maturidade dos seus jovens jogadores.
Num jogo em que sobressaiu o colectivo e o espírito de equipa, espaço ainda assim para dirigir os mais rasgados encómios a Miguel Veloso.
Portentosa exibição deste miúdo. Foi rei e senhor do meio-campo.
Esta vitória constituirá o substrato motivacional necessário para um possível apuramento, mas cuidado com os deslumbramentos.

23 comentários:

cavungi disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
cavungi disse...

Amigo Vermelho,
Excelente análise á vitória, merecida diga-se dos lagartos.
Empenho,Vontade, Disciplina e Conhecimento técnico.Tudo o que neste momento falta ao Glorioso.
O Miguel Veloso é infinitamente melhor jogador que o Custódio.Espero que quando este estiver melhor volte á titularidade.
A equipa visitada gnhou bem e Figo mostrou aquilo que realmente é: um peseteiro mercenário.
Quando é que este pesadelo acaba??

vermelho disse...

amigo cavungi:
concordo consigo e dispondo, ainda, de Paredes para a posição de trinco, penso que os dirigentes leoninos devem estar bem arrependidos de não terem vendido Custódio aos turcos.
abraço.

cavungi disse...

Em nota de rodapé, temos que dizer que a UEFA não conhece bem a lagartada.Quem como eu, viu o jogo (maldita a hora) pela TV, viu que a UEFA referia-se á equipe visitada como SC Portugal.Se a UEFA o diz, eu também passarei a referir-me ao SCP como SC Portugal.

VermelhoNunca disse...

Um abraço especial para o senhor MJaime, para a Madeira e para todos os que hoje estão de azia, após preverem a derrocada do Sporting. Terão que esperar mais uns tempos.
A análise do administrador é a correcta. Como eu ontem vaticinei os italianos menosprezaram o Sporting, que com humildade e querer conseguiram ser superiores em tudo. Vitória justa!

VermelhoNunca disse...

Como é possível que Petit leve 3 jogos de castigo?

VermelhoNunca disse...

Justiça italiana quer averiguar contrato de Miccoli com o Benfica.
Com José Escutado Veiga tudo é possível...

VermelhoNunca disse...

O engenheiro diz que um empate não é mau resultado. Grande engenheiro, todos os sportinguistas estão consigo!!!

Zex disse...

Parabéns ao Sporte !
Vitória justa !
Bom golo do Caneira, embora me pareça que houve alguma responsabilidade do Toldo, como refere o blogger ! Mas de qualquer forma foi um golo de belo efeito !
O Miguel Veloso fez uma óptima exibição ! Foi o melhor em campo !VALE QUINHENTOS CUSTÓDIOS ! Não passa só para o lado e para trás e faz simulações !
Sem retirar mérito ao Sporte, que é inegável, é vergonhosa a exibição do Inter, com todas as vedetas que possui ! Pessoalmente, custa-me ver o Zlatan a jogar o que jogou, já que, há ano e meio pensava tratar-se de um dos melhores jogadores do mundo ! Está a atravessar uma crise enorme, como já o havia demonstrado no Mundial !
Contrariamente aos vergonhosos comentários da transmissão televisiva, muitíssimos tendenciosos, penso que o árbitro esteve bem ! Embora, como já escreveu o MSTavares, o público do estádio Sporte continua ser tremendamente faccioso !
Uma nota final para Alecsandro que precisará de comer menos feijão preto, uma vez que as suas dimensões aproximam-se do Maradona, nos tempos da cura em Cuba !
Mesmo assim, nada está, todavia, garantido, nem sequer a UEFA !

Zex disse...

Estou consigo, Mestre Vunge !
Custódio sempre a jogar !
Veloso para o banco, já !
Grandes afirmações do "zangão" ! O empate contra os marretas é bom !!??? Viva o Engenheiro !
Custódio e Engenheiro, o país exige a vossa continuação !

Sr. Ermelhunca,
O contrato do Miccoli ? Qual ? Para fazer parte do Departamento Médico ? Para arranjar as sobracelhas ? Para fazer mais uma tatuagem, desta vez do Lenine ? Para ir ao Estoril Open fazer uma figura ridícula ao lado do Marat Safin ? A justiça italiana vai ter tarefa hercúlea !
Quanto ao Petit ? 3 jogos ? Estou admirado, pensava que iam dizer que seria só um jogo, uma vez que era segundo amarelo ? Esta decisão deve dar direito a "beijoca" !

VermelhoNunca disse...

Acho que está enganado amigo Zex, o Petit levou vermelho directo.
Concordo consigo quanto à questão que ontem o Sporting apenas ganhou um jogo ( e dinheiro, que tanta falta faz). Aliás acho que dificilmente passaremos á fase seguinte, sendo sim candidatos ao lugar na Uefa. Veremos o que dá.

Sousa disse...

sr.´s adeptos do sporting:
parabéns pela magnífica vitória obtida frente ao Inter.
Mereceram inteiramente.
quanto ao resto da actualidade, devo dizer que também não concordo com o castigo do Petit.
Se o máximo eram 4 jogos devia ter apanhado 4 e não 3 jogos.
também não concordo com o recurso apresentado pelo meu clube.
é vergonhoso que não o punam internamente e ainda por cima procurem que o castigo seja atenuado.
estes dirigentes enojam-me.
também não percebi as restantes punições. então o manu é expulso com vermelho directo e apenha 1 jogo, ao passo que o nuno gomes é expulso em resultado da acumulação de amarelos e é punido com 2 jogos.
penso que os regulamentos ditam precisamente o contrário.
saudações cordiais e de estima.

cavungi disse...

O Imbecil é um anormal.Não ganhar em Copenhaga é sempre um mau resultado.É esta gritante falta de ambição que se traduz depois numa mentalidade derrotista, própria do Portugal Velho.
Só espero que haja uma digressão aos Estados Unidos para breve para o Imbecil ser despedido pelo telefone como lhe fez o SC Portugal.

cavungi disse...

Mais uma vergonhosa atitude parola do presidente do SLB.Em vez de castigar exemplamente os profissionais do clube pagos a peso de ouro para jogar futebol,e não para fazerem figuras tristes, ainda quer atenuar os castigos.
Os castigos foram justos e espero que assim continuem a ser, sem olhar a beijocas , abraços ou cores.
Mas tenho dúvidas.

VermelhoNunca disse...

Amigo Lázaro, saúdo a sua sensatez , assim como a do amigo Cavungi.

Zex disse...

Pensava que o Petit tinha levado duplo amarelo !
Já acredito em tudo ! Desculpem !
O recurso apresentado fala por si ! Os condóminos lampiões já tudo disseram ! Acreditem que o castigo vai ser atenuado ! Vai haver beijoca !

Holtreman disse...

Boa análise desta vez, Sr. Vermelho. Dignos comentários também do CA Vungi e do Lázaro. Quem os viu há apenas uns dias atrás....Tão humildes que eles são agora.
Espero que continuem com essa postura.
Quanto aos jogos de hoje, sei que é muito bonito dizer-se que se deve apoiar as equipas portuguesas e tal..que os pontos fazem falta...mas sinceramente espero que percam todos. Mesmo o Setúbal.
Quantos menos pontos fizermos, mais dificilmete os 4º e 5ºs classificados terão acesso às competições europeias nos próximos anos. Ou seja, vislumbram-se problemas para Bragas, Benfas, Nacionais, etc...

Reparei ontem que Soares Franco e Massimo Moratti assistiram juntos ao jogo. Soube também que jantaram antes, no Casa XXI, convívio que seviu para "aproveitarem para aprofundar as boas relações existentes entre o emblema de Lisboa e o de Milão", tal como diz o jornal O Jogo.

Como será quando é com o benfas? Imaginam Moratti a conviver com o Kadhafi ? Falariam em que idioma? Sobre o quê? Pneus Pirelli?

vermelhosempre disse...

Oh Holterman, com umas cachimbadas até vc era capaz de falar de pneus pirelli.
Saudações

carlos disse...

Condómino Cavungi:
Tem vindo a dar mostras de se tratar de pessoa inteligente, que pensa pela sua cabeça, que não se deixa levar por emoçõess clubísticias, que sabe distinguir o trigo do joio.
A sua postura quanto ao que se tem vindo a pssar no Benfica, quer desportivamente, quer em relação à conduta dos seus dirigentes - leia-se Orelhas e Luxemburguês - demonstra elevação.
Também nós, SCP, passámos por idêntico calvário - Jorge Gonçalves, Sousa Cintra, treinadores a entrar e a sair constatemente, jogadores que nem cehgavam a jogar na equipa.
As coisas inverteram quando Roquete chegou à presidência mas começaram a descambar novamente com o Doido da Cunha.
Felizmente que o Só Ares decidiu recandidatar-se, tendo sabido correr com o emplastro do Pésudo rodear-se de equipa muito competente que tem vindo a fazer desportivamente execlente trabalho.
O Benfica precisa de algo idêntico.
Correr com os populistas que apenas pretendem governar-se e arranjar uma equipa de nível e com competência que saneie as contas e faça do Benfica uma equipa moderna.
Por mim, bem podia continuar assim mais uns anos, mas para bem do futebol português, interna e externamente, é tempo de o Benfica mudar.

carlos disse...

É o que dá beber Quinta do Cabriz ao almoço.

Sousa disse...

a euforia é inimiga da racionalidade.
saudações cordiais e de estima.

cavungi disse...

Amigo Carlos,
Eu nuca me revi nestes senhores que hoje comandam o meu clube.São gente sem escrupulos e sem moral.Agora, mesmo assim, torço sempre para que o benfas ganhe sempre, mesmo que isso signifique colagens destes energumenos ao sucesso do clube.Disto são testemunhas alguns membros deste condominio adeptos doutras cores.
Penso tambem que este tipo de dirigentes tem os dias contados num futebol moderno.Quando o benfica ganha com polemica, acredita que não fico satisfeito. Gosto de ganhar como ontem o SC Portugal ganhou: Sem espinhas.
A cereja no topo do bolo é ter o Imbecil como treinador.E a qualidade dos nossos olheiros, essa é formidável.Não quiseram o Yannick, nem o filho do Veloso.Se filho do Néné fosse á luz já o tinham contratado, os anormais.

frangueto disse...

Na verdade so ha duas equipas em Portugal com dimensao europeia,sporting e Porto e outras duas bem estruturadas braga e Boavista,contra o Inter ate os mais cepticos se renderam a actual equipa com mais futuro na Europa...anos de gloria vem ai!