sexta-feira, setembro 01, 2006

Resenha e comentário da actualidade desportiva

Das notícias trazidas à estampa no dia de hoje ressaltam dois assuntos fundamentais: as possíveis sanções da FIFA aos clubes portugueses por via do famigerado "Caso Mateus" e as últimas novidades do mercado.
Quanto ao "Caso Mateus" diz-se que a FIFA se apresta para sancionar os clubes portugueses com a suspensão da sua participação em provas internacionais.
Sinceramente, não acredito.
Tal cenário, apenas e tão só, poderia decorrer da inacção da Liga no cumprimento da suspensão administrativa imposta pela Federação ao Gil Vicente.
Estou certo que tal não sucederá e que este anúncio não será mais do que uma forma de pressão sobre o Gil Vicente no sentido de desistir da providência cautelar interposta.
Aliás, penso que hoje, com a decisão do Conselho de Justiça sobre o recurso interposto pelo Leixões, o "Caso Mateus" conhecerá o seu epílogo.
Na verdade, de acordo com a Lei de Bases do Sistema Desportivo, a decisão do Conselho de Justiça da Federação que despromoveu o Gil Vicente constitui caso julgado desportivo, pelo que qualquer acção interposta em tribunais "civis" não produzirá qualquer efeito desportivo.
Assim, decidido que seja o substituto do Gil Vicente na Liga Bwin, a questão mostra-se definitivamente resolvida, restando ao Gil a possibilidade de, eventualmente, ser economicamente ressarcido dos prejuízos por si sofridos.
A irreversibilidade da decisão do Conselho de Justiça torna destituída de sentido a discussão do caso concreto.
No que concerne aos últimos desenvolvimentos do mercado, destaque para a aquisição de Jorge Fucile pelo Porto.
Não conheço o jogador, mas certo é que o clube azul e branco necessitava de um lateral de raiz para concorrer com o adaptado Bosingwa.
Provavelmente, necessitaria de mais um central e de um ponta de lança, mas como o tempo (em todos os sentidos da palavra) disponível é curto, certamente que Janeiro nos trará novidades.
O Sporting fez mais um grande negócio ao emprestar Douala ao Portsmouth.
Recebe à cabeça 1 milhão de Euros, com a possibilidade de embolsar mais 2,5 caso o clube inglês exerça a opção de compra, e vê-se livre de um jogador que não cabe no sistema de Paulo Bento, assim aliviando a folha salarial.
Deivid foi mais outro grande negócio do defeso, mas sobre isso pronunciar-me-ei mais pormenorizadamente na próxima semana.
O Benfica, à míngua de propostas, re-inscreveu Karyaka e Karagounis.
Decisão inevitável, mas com a qual me congratulo, pois que alarga o leque de opções num sector em que o plantel do Benfica é mais deficitário.
São dois jogadores de inegáveis qualidades técnicas, que têm sido mal aproveitados.
A inconstância do seu rendimento desportivo tem sido o seu maior problema.
Espero e desejo que se empenhem em constituir efectivas opções para o treinador.
Ainda no mercado, diz-se que o Boavista comprou o Ronaldo marroquino.
A ver vamos, mas parece-me difícil que o Sochaux libertasse um jogador com um potencial de afirmação tão grande.
Lá por fora e no que tange aos portugueses, Beto continua na senda descendente da sua carreira, sendo agora emprestado ao Recreativo de Huelva.
Beto nunca foi um grande central, tendo beneficiado da presença a seu lado de um grande jogador como André Cruz para disfarçar as suas lacunas.
Beto tem "bons pés", mas falta-lhe agressividade, sentido posicional e velocidade para se afirmar como um central de nível europeu.
Penso, aliás, que a sua colocação a trinco beneficiaria mais as suas qualidades técnicas.
Jogou nessa posição no início da sua carreira e mesmo no Sporting com Manuel Fernandes e nunca deslustrou.

18 comentários:

carlos disse...

Bons negócios, de facto, para o SCP a venda do Daivid e o empréstimo de Douala.
Aliás, parece-me que o SCP foi a equipa que melhores negócios fez durante este defeso, com dispensas acertadas e contratações cirúrgicas, a custo zero.
A aposta na cantera também tem sido muito bem gerida e tudo indica que o SCP está no bom caminho quanto à gestão do seu plantel, em termos desportivos e financeiros.
Vamos é a ver se tal gestão traz dividendos em termos de resultados (leia-se títulos).
O Porto, por seu turno, manteve, no essencial, a equipa do ano passado que era inegavelmente a que tinha melhores jogadores.
Perdeu, porém, o seu melhor avançado e não contratou nenhum outro para o substituir.
E, na defesa, faltam, claramente, jogadores, tanto mais que a lesão do Pedro Emanuel coloca-o no estaleiro.
Era fundamental para o Porto a contratação de um lateral direito e de, pelo menos, um central.
Quanto ao lateral direito, veremos o que vale o uruguaio agora adquirido.
E, no centro da defesa, o Porto apenas tem o Pepe como central de qualidade, sendo certo que também o João Paulo se lesionou.
O Benfica, por fim, parece um entreposto comercial de jogadores e um centro de produção de novelas.
Das aquisições de Janeiro do ano passado apenas restam o Moreto e o Marco Ferreira.
E depois temos a novela Manuel Fernandes - finalmente concluída, ao que parece, embora com final diferente - a novela Simão Sabrosa - que terminou com aumento salarial deste, ao contrário de permitir o encaixe financeiro que se esperava - e a novela Karagounis.
E depois temos o Kariaka, que, de dispensado, voltou a fazer parte da equipa.
A política de contratações do Benfica está, assim, muito confusa, valendo-se as aquisições do Rui Costa, Katsouranis e Fonseca.
Parece-me indubitável que o Benfica tem um bom onze base mas faltam jogadores capazes de substituir, com qualidade, os titulares.

Kubas&SLB4Ever disse...

Caro vermelho e restantes condóminos, espero que as vossas férias tenham sido sido tão boas como as minhas, descanso, muita bebedeira, muitoi sol, muito arraial, muita cerveja, algum futebol... mas sem o nosso blog que muita falta faz para um gajo vir até cá mandar uns bitaites.
Em relação à actualidade desportiva não me apetece fazer comentários, tá muito sol e não consigo pensar, mas quando vejo que o meu benfica não jogou por causa de uma assunto que envolve um Mateus.. muito mal vai o nosso futebol.
Esses galos deveriam ir para a 3ª divisão distrital e nunca mais sairem de lá.
O meu Benfica está em último lugar para gaudio de muitos adeptos lagartos e tripeiros.. mas é só uma questão de jogos até voltarmos ao topo...
Força benfica e bom regresso a todos

vermelho disse...

amigo Carlos:
não concordo quando dizes que o plantel do Sporting é equilibrado.
Sê-lo-á no meio-campo, mas nos restantes sectores nem por isso.
Na defesa, para lá dos 4 titulares, quem são os suplentes?!
Miguel Garcia, Miguel Veloso e Ronny.
Miguel Garcia nunca se afirmou e a Miguel Veloso e Ronny falta experiência. Nunca jogaram, sequer, na 1ª Liga.
Verificando-se a ausência de um dos habituais titulares, ainda se poderão fazer reajustamentos satisfatórios, mas se o número aumentar, parece-me que os substitutos não estão a um nível minimamente próximo dos titulares.
No ataque, para lá de Liedson, sobram interrogações.
Kinder Bueno pouco ou nada tem mostrado, Djálo ainda está muito verde e Alecsandro é uma incógnita.
Para consumo interno talvez chegue, mas para a Champions não me parece.
Para 3 competições o plantel parece-me curto.
Quanto ao Benfica, tenho ideia contrária à tua.
Vejo este plantel como o mais equilibrado dos últimos anos.
Na baliza, sobram alternativas.
Na defesa, há alternativas para todas as posições - Alcides à direita, Rocha ao centro e Miguelito à esquerda.
O meio-campo será, talvez, o sector mais débil, mas as permanências de Karagounis e Karayaka aportaram maior equilíbrio.
Diego, Karagounis, Karayaka e Nuno Assis parecem-me alternativas válidas aos titulares ou não estivessemos a falar de jogadores internacionais pelos seus países.
No ataque, Manu, Paulo Jorge e Fonseca constituem boas alternativas a Simão, Nuno Gomes e Miccoli.
Apenas, as não dispensas de Beto e Marco Ferreira me causam perplexidade. Nunca deveriam ter sido contratados quanto mais permanecer no plantel, mas a razão tem razões que a própria razão desconhece.
O Porto perdeu profundidade no plantel com as saídas de Mccarthy, Diego e Hugo Almeida, mas acima de tudo com a alteração do sistema.
Se antes os centrais e laterais que a equipa dispunha se mostravam suficientes face ao sistema táctico de Adriaanse, agora com uma defesa a 4, fico com a sensação contrária.
Com as lesões de Pedro Emanuel e João Paulo, restam 3 centrais - Pepe, Ricardo Costa e Bruno Alves.
Manifestamente pouco.
Nas laterais, para além da adaptação Bosingwa, restam Cech e Ezequias para a esquerda e Fucile para a direita.
Não me parece suficiente, face à falta de qualidade de Ezequias e à inexperiência, pelo menos europeia, de Fucile.
No meio abundam soluções em qualidade e quantidade.
Nas alas, o único indiscutível parece ser Quaresma, ficando por averiguar da qualidade de Tarik.
O facto de ter 29 anos e apenas 4 internacionalizações por Marrocos não é grande cartão de visita, mas temos de lhe dar o benefício da dúvida.
Ter sido escolhido por Adriaanse adensa, ainda mais, as dúvidas em torno da sua valia ou não tivesse a contratação de Sonkaya sido aconselhada pelo técnico holândes.
Alan não me parece jogador para o Porto.
Vierinha poderá constituir a grande revelação da época, assim Jesualdo nele aposte.
A circunstância de actuar com mais à vontade à esquerda do que à direita poderá entorpecer um pouco a sua afirmação. Veremos.
Na frente, falta gente.
Com Sokota e Bruno Moraes eternamente lesionados, sobram Adriano e Postiga.
Claramente pouco, até porque Postiga não é jogador para jogar sózinho entre os centrais.
Caso Jesualdo opte pelo 4x3x3 o plantel não oferece soluções em número suficiente para enfrentar as 3 competições em que está inserido.
Se o Porto resistir a lesões e castigos, especialmente na defesa e ataque, até à reabertura do mercado, tudo poderá ser ultrapassado nessa ocasião.
Caso contrário as dificuldades podem ser imensas.
Com este plantel seria preferível que Jesualdo ou mantivesse o sistema táctico herdado de Adriaanse(o que não acredito) ou apostasse no 4x4x2 em losango com Quaresma solto fazendo parelha com um ponta de lança.
Este sistema realçaria o que de melhor o Porto tem - o meio-campo.
abraço.

vermelho disse...

amigo Kubas:
o Benfica não jogou, nem podia jogar.
Aí, o Major esteve bem.
Não pela providência cautelar que essa não justificava a suspensão, como disse no post, mas sim fruto do recurso do Leixões.
Sendo o efeito do recurso suspensivo, não restava à Liga outra solução que não fosse a suspensão dos jogos de Belenenses, Leixões e Gil Vicente.
Quanto à descida do Gil aos Distritais, parece-me excessivo.
Mas correcto seria suspender ad eternum o sr. Fiúza, o homem da célebre frase: "o Gil não desiste, doia a quem doer."
abraço.

carlos disse...

Amigo Vermelho:
Não leu bem o meu comentário.
Não digo em lado algum que o plantel do SCP é o mais equilibrado.
Digo apenas que o SCP fez bons negócios no defeso, que tem apostado bem na "cantera" e que tem gerido bem o plantel.
Parecem definitivamente afastados os Gimenez e outras aquisições malucas que o SCP fez em tempos não muito remotos, por excessivamente caras para o valor dos jogadores, e de que sobram ainda o João Alves e o Tello.
E quanto ao Benfica, quis sublinhar, principalmente, a novela que têm sido os negócios com o Simão e o Manuel Fernandes e, bem assim, o "sai não sai" de Karagounis e de Kariaka.
Relativamente a qual dos plantéis é mais equilibrado, penso que só o desenrolar dos campeonatos o vai demonstrar.
Aproveito a oportunidade para transmitir que a partir de hoje cesso funções no meu actual local de trabalho e que a partir de 2ª feira estarei colocado já noutro local.
Desconheço as condições que ali vou encontrar e, bem assim, a disponibilidade que vou ter para participar neste blog nos mesmos termos.
Por isso, não se estranhe se as minhas participações neste espaço passarem a ser menos frequentes.
Tal não traduzirá um menor empenho da minha parte ou perda de interesse mas, apenas, uma alteração das minhas condições de trabalho.

ShCala-te disse...

Tanto embruglio à volta do caso "Mateus" pq?? É que o caso aparentemente nem seria dos mais dificeis de julgar mas à boa maneira portuguesa tornou-se num autentico monstro de não sei quantas cabeças acabando por trazer ao barulho clubes que gastaram o que gastaram pensando quase unica e exclusivamente numa boa campanha nas competições europeias!?? (excluindo obviamente o sporting, que apesar de ter vendido muitissimo bem adoptou uma politica de compras a meu ver optima, dado que a mesma visou exclusivamente o aspecto financeiro dos jogadores, deixando para 2ªplano a componente qualitativa dos mesmos; mas verdade será que quem consegue vender o david por 5000000 euros!!??;quiça nao consiguirá fazer o mesmo com o charlie bueno?!; e vem o blogueiro carlos "bueno" por em causa qualidade do plantel do glorioso, que é somente um dos melhores plantéis do benfica dos ultimos 10 anos, actualmente o melhor plantel do futebol português e um dos melhores a nivel europeu!? Quantos as novelas a que se refere, tenho-lhe a dizer que são as minhas preferidas, acabam sempre bem,revelam que o benfica naovende por qualquer preço, revelando-se intrasigente na defesa dos interesses da instituição BENFICA!) Gravíssimo!Altura para um cliché: que país este!!?...(Aproveito para mandar um grande abraço e um grande bem haja para o camarada benfiquista, administrador deste blog...)

vermelho disse...

amigo Carlos:
bem sei que vais assumir funções noutro local, mas estou certo que, independentemente das condições materiais que encontres, sempre procurarás arranjar o tempo necessário para intervires da forma brilhante como o tens feito.
Aproveito para te desejar as maiores felicidades nas novas funções que vais desempenhar, formalmente semelhantes as que ora tens a cargo, mas substancialmente distintas.
Estarás, aliás como sempre estiveste, à altura das responsabilidades que vais assumir.
As tuas qualidades pessoais e profissionais obrigam-me a pensar assim.
As dificuldades só servem para nos engrandecer.
Um grande abraço.

amigo Shcala-te:
é com imenso prazer que te vejo de volta a estas lides.
Também tu irás assumir "funções" noutro local, mas, também no teu caso, penso que as tuas qualidades humanas e intelectuais te farão vencer os desafios que te esperam.
Espero e desejo que lá longe possas continuar a participar neste nosso espaço.
Sempre será uma forma de "matarmos" as saudades.
Um grande abraço deste teu camarada e amigo.

carlos disse...

Condómino Schalate:
Estou agora a ver que os benfiquistas estão muito contentes com o plantel de que dispõem.
Ainda bem para "voceses".
São os novos galácticos.
Parece-me que já vi este filme no início de outras épocas.
Deixemos o campeonato começar e logo veremos qual o plantel melhor apetrechado.

Jorge Mínimo disse...

Caros condóminos:
É perfeitamente irrelevante saber qual o plantel teoricamente mais equilibrado à partida. A época vai ser grande, com muitos jogos, lesões e castigos.
O importante é saber se as contratações dos clubes foram acertadas, se trazem mais valias ao plantel. No caso do Sporting, julgo que a contratação do Paredes vai ser muito importante ao longo da época. Quanto ao avançado que vai acompanhar o Liedson, logo se verá. Temos 3 caras novas e qualquer um deles pode ser uma agradável surpresa.

Kubas&SLB4Ever disse...

Shhhcala-te:
Parlez vouz ispaniol... é que si u n parlas ispaniol miais viales ficuares onde estiais...
Griand abrssio

ShCala-te disse...

Tou a ver que o condómino Carlos é adepto da máxima: Prognósticos?!; só depois do jogo...

Jorge Mínimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Jorge Mínimo disse...

Vi este anúncio no portal americano " Portuguese Time " e não posso deixar de me solidarizar e transcrever no nosso espaço, o pedido do nosso condómino.

Manuel Salvador, o Cavungi do Benfica procura o filho residente nos EUA

Lembram-se de Cavungi, o talentoso angolano que representou o Sport Lisboa e
Benfica de 1973 a 1980? O Cavungi dos estádios chama-se na realidade Manuel
Francisco Salvador e vive hoje em Londres.
Cavungi tem um filho nos EUA. Como tantas vezes acontece, os pais
separaram-se, o pai foi para Inglaterra e a mãe, uma caboverdiana natural de
S. Vicente, veio para os EUA com o filho, Peter Michael Bettencourt, hoje
com 27 anos.
Manuel Francisco Salvador tem tentado estabelecer contacto o filho sem o
conseguir e por isso recorreu agora ao nosso jornal, a pedir a divulgação
desta notícia e fornecendo o número do telemóvel, para onde o filho poderá
telefonar.
Se o próprio Peter Michael Bettencourt ler esta notícia, tanto melhor.
Mas se isso não acontecer e algum dos nossos leitores conhece Peter Michael
Bettencourt, diga-lhe, por favor, que o pai pede para lhe telefonar para
este número: 00447904022988.
Cavungi agradece.

Jorge Mínimo disse...

Quero rectificar o nome do jornal: " Portuguese Times ".

cavungi disse...

Amigo Carlos chama aquisição cirurgica a Carlos Bueno?

Jorge Mínimo disse...

Caro Cavungi:
Penso que ainda é cedo para se emitir uma opinião definitiva sobre o Carlos Bueno. Lembra-se do Acosta? Também começou mal e depois foi um dos heróis.
Já agora espero que seja afortunado, na sua tentativa de recuperar o contacto com o seu filho.

ShCala-te disse...

Ai aquele labrecas!???
Tenho a dizer que o boneco do Contra Informação encaixa que nem uma luva neste grande goal keeper dos lagartos...(Piu Piu)

3 e demais...!!??(Piu Piu)

Jorge Mínimo disse...

É urgente a FPF entregar um livro das leis do futebol ao Nuno Gomes. 10 vezes em fora de jogo ( num jogo ) é uma perfeita aselhice!