terça-feira, novembro 30, 2010

Cardozo: as coisas simples e as outras - Luís Sobral

Cardozo é sobretudo um jogador das coisas simples.

Uma cabeçada com boa direcção, um remate seco e forte, um posicionamento correcto para receber e passar e os golos que parecem capazes de ser marcados por qualquer um.

No futebol, já se sabe, o simples é quase sempre muito mais difícil do que parece. Como nem todos o reconhecem, Cardozo é, de um modo geral, menos apreciado do que devia.

No Benfica, apesar disso, costuma notar-se quando o paraguaio está presente. Até porque, em algumas ocasiões, Cardozo faz bem mais do que assinar o ponto.

Foi assim em Aveiro. Primeiro o simples, aquele «penalty» sem esforço. Depois uma fantástica finalização logo no período em que o adversário ameaçava crescer e para acabar uma enorme assistência para o companheiro Saviola, também ele a precisar de regressar aos festejos.

Tudo somado, Cardozo leva cinco golos em sete partidas como titular, na Liga. Não é fantástico, mas está longe de envergonhar.

1 comentário:

Tiago disse...

0.71 golos por jogo "não envergonha"???

Falcão com 11 jogos tem pior média por jogo, ou seja 0.64.

melhor que Cardozo só o Hulk, mas falta saber se o Hulk vai manter a regularidade, já que como se sabe até agora nunca foi jogador de marcar muitos golos...

este Luís Sobral é sempre a dar uma no cravo e outra na ferradura!