sexta-feira, abril 21, 2006

Pedido satisfeito aqui fica...

A vice-presidente da Mesa da Assembleia Geral do Benfica, Paula Pinho, criticou hoje severamente, na Imprensa escrita e na Rádio, a actuação de José Veiga à frente do futebol do clube da Luz.
Paula Pinho reafirmou à TSF o que havia declarado ao matutino Correio da Manhã, considerando José Veiga «um prepotente cuja relação é difícil com quase toda a gente».
«Trata-se de uma pessoa contratada pelo Benfica para exercer uma determinada função mas o relacionamento que tem é prepotente. Ele não tem uma relação fácil com ninguém ou, vá lá, com a maior parte das pessoas», afirmou Paula Pinho à TSF.
Já em declarações ao CM, a vice-presidente da Assembleia Geral do Benfica, diz «não receber lições sobre o que é bom para o Benfica de um Dragão de Ouro» (referindo-se a José Veiga).
Paula Pinho acusa José Veiga de «criar mal-estar no Benfica seja no balneário com os jogadores, seja com os dirigentes eleitos».
Paula não se revê nos comportamentos de Veiga desde os comentários desprimorosos sobre elementos dos órgãos sociais até à forma como gere o balneário assumindo atitudes prepotentes.
Aquela dirigente do Benfica diz ainda ao Correio da Manhã que não reconhece em José Veiga capacidades profissionais para ocupar o cargo e considera também que José Veiga se tem servido das funções que ocupa no Benfica para ajustar contas com inimigos que granjeou durante a actividade de empresário de futebol.
Numa primeira reacção a estas acusações de que é alvo, o director-geral da SAD do Benfica são «considerações que não aquecem nem arrefecem e que não merecem quaisquer comentários».

Luís Filipe Vieira reagiu sem «papas na língua» às recentes declarações de Paula Pinho, vice-presidente da Mesa da Assembleia Geral, que saiu a público para explicar o mal-estar que José Veiga está a gerar no Benfica.
«Os sócios do Benfica elegeram um presidente e, por isso, sabem quem manda no clube. Agora se querem reactivar o Benfica do passado, do protagonismo, das vaidades, daqueles que só querem fotografias ao lado do presidente, de certeza que não será no meu mandato», começou por garantir Luís Filipe Vieira, falando à margem da visita ao Atelier de Pintura da CowParade, para ajudar a pintar a Gloriosa, vaca patrocinada pelo clube.
«Há pessoa que mais vale estarem caladas. Se calhar estavam saudosas de ver as suas fotografias nos jornais, como acontecia no passado. Dessa senhora [a vice-presidente da Mesa da Assembleia Geral] de certeza que não recebo qualquer lição. E devo dizer que a feira das vaidades acabou definitivamente e não estou a ver que tudo volte a trás, pois as pessoas sabem que foi isso que liquidou o Benfica», finalizou.

9 comentários:

VermelhoNunca disse...

Agradeço a sua prontidão em aceder ao meu pedido.
Aguardo comentários de outros condóminos e também o seu para depois iniciar a minha participação no debate.

VermelhoNunca disse...

deixo a 1ª questão: a senhora em questão como vice-presidente da mesa da assembleia geral não foi eleita?

carlos disse...

Uma vez que teci um comentário a esta questão no local onde o condómino Nunca lançou o desafio da publicação desta notícia, reproduzo-o agora aqui.
Então é assim:

"Relativamente às declarações da Vice-Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Benfica, concordo inteiramente consigo no sentido de que este tema deveria ser lançado a debate.
Eu próprio já tinha lido a notícia com um indisfarçável sorriso nos lábios - para não dizer que dei umas boas casquinadas ao lê-la - pois que da mesma resulta a prepotência com que o Benfica é dirigido neste momento pelo binómio LFV-JV.
São já muitas, de facto, as situações em que saltam para a praça pública os sinais do mau estar que parece reinar no Benfica entre dirigentes e entre estes e os jogadores, que só os resultados da equipa de futebol têm conseguido abafar no momento certo.
Lembro-me, por exemplo, da história do papagaio, da cena do Simão Sabrosa no aeroporto de Lisboa quando não cumprimentou ostensivamente José Veiga, das declarações do R. Rocha e do Quim, das cenas de batatada entre jogadores nos treinos".

Algo vai mal no reino da águia...

vermelho disse...

Caros condóminos:
sobre esta notícia direi simplesmente que não é nada que me espante.
O carácter e a personalidade de Veiga são sobejamente conhecidos.
Trata-se de um personagem conflituoso, mal formado, com uma enorme ânsia de poder.
É um indivíduo com o qual, quem me conhece sabe bem, não simpatizo e que gostaria de ver fora do meu clube.
A sua presença nos quadros do SLB desprestigia a própria Instituição Benfica.
Mas, não pensem que não gosto do Veiga por ter sido Presidente da Casa do Porto do Luxemburgo, nada disso. Isso não me diz nada.
Indivíduos com a formação de Veiga não são fiéis a si próprios quanto mais a filiações clubísticas.
Contudo, da notícia ressalta um outro pormenor que não me agrada, qual seja a exposição pública de assuntos internos do Benfica.
A Sr.ª vice-presidente da mesa da assembleia geral deveria ter trazido a questão à colação internamente e, caso não visse satisfeitas as suas pretensões, ou se demitia ou se resignava.
Assim, não.
Abraço.

VermelhoNunca disse...

Quando não se ganham títulos é mais fácil de coisas destas sucederem. A paz podre vem ao de cima.
Num pequeno àparte refiro que o senhor Zex apareceu aqui apenas para discordar da eventual alteração das regras do espaço Prof. Karambe.
Proponho que lhe compremos uma pequena taça. pois ele parece manifestamente preocupado com a ideia de não ganhar o salutar concurso.

VermelhoNunca disse...

Sr Vugi, qual a sua opinião sobre este tema? E a opinião sempre determinada do senhor Lázaro?

cavungi disse...

Ter um individuo como José Veiga como funcionário do meu clube, não é para mim gratificante.É vergonhoso aliás.Esse Pane***ro de Me**a festejou com champagne o golo de Rijkaard que deu ao Milan mais uma TCE, contra nós.Eu não me esqueço.No entanto o outro (LFV) foi democraticamente eleito e foi da sua responsabilidade a escolha Zé Veiga.Aliás escolha essa já prevista e mesmo assim venceu.Que dizer:é o risco da democracia.

samsalameh disse...

Isto terá pouco a ver com este post, mas posso deixar-vos esta notícia de última hora que entristece decerto muitos tugas e sobretudo portistas.
Esse grande extremo do futebol português, que dá pelo nome de Vermelhinho (quem não o conhece!) foi internado no dia de hoje num Hospital Psiquiátrico de Coimbra. Pelos vistos, entrou numa fase alucinatória da sua vida.
Aqui lhe desejo as melhoras e desejo ainda que volte com o seu bigode rapidamente ao mundo real (apesar de não ser o melhor) que o rodeia!

Jorge Mínimo disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.