terça-feira, abril 18, 2006

Uma questão de coerência ou da falta dela

"Esta era a única forma pela qual não queria chegar a presidente", Soares Franco, após ser cooptado para suceder ao demissionário Dias da Cunha, 20/10/2005.
"Comecei a construir um projecto e se essas ideias passarem no Conselho Leonino e na Assembleia Geral, sinto-me na obrigação de me candidatar [às eleições presidenciais]. Fá-lo-ei com prazer" , 12/01/2006
"Caso tal não se verifique [vitória na AG], não terei outra decisão a tomar senão a de pedir a demissão do Conselho Directivo e provocar eleições antecipadas", 22/02/2006.
"Se a proposta não for aprovada demito-me amanhã" - 23/02/2006.
"Não tenho outra palavra. Não sou candidato", Após derrota na AG 20/03/2006.
"As decisões não devem ser irreversíveis, ou seja, nunca se deve dizer nunca. Guardo uma última palavra para o último momento, porque tenho de ter a noção exacta que é fundamental, ou não, candidatar-me", 6/04/06.
"Confirmo que vou apresentar a minha candidatura à presidência do Sporting", 12/04/06.

19 comentários:

Costa disse...

LUÍS FILIPE VIEIRA:
Se não enganar não sei quantos meliantes demito-me ou se não vender não sei quantos Kits demito-me.

Vamos ser campeões.

Vamos ser campeões europeus"

Já se esqueceu Sr. Funcionário Público?

carlos disse...

"Não serei candidato a Presidente do PSD nem que JEsus Cristo desça de novo à Terra" - Marcelo Rebelo de Sousa 15 dias antes de se candidatar (e ganhar) a presidente do PSD

carlos disse...

"Não conto o Mantorras para o resto da temporada. O melhor para ele é ser emprestado pelo Benfica" Ronald Koeman

Zex disse...

A chamada "vaga de fundo" já havia sido prevista pelo condómino Gi há algum tempo...
Excelente leitura da situação, sr. Gi ! Os meus parabéns !
Não esperava que a hipocrisia chegasse tão longe !
Uma vez mais digo, tal como decorre dos comentários que antecedem, os dirigentes do Sporte, apesar de "mais bem" vestidos e "mais bem" falantes são iguaizinhos aos outros, menos nobres e mais burgessos...

Sousa disse...

amigo costa:
o post, caso não tinha lido com atenção, é sobre o sr. Soares Franco e não sobre Filipe Vieira.
O teor do seu post leva-me a presumir que efectivamente concorda que falta coerência a Soares Franco, pois que de outra forma não se percebe a sua citação de Filipe Vieira, para si um exemplo de incoerência como já várias vezes aqui referiu.
Por outro lado, deixe-me que lhe diga que Filipe Vieira produziu afirmações no âmbito de uma campanha comercial com vista à angariação de sócios.
Filipe Vieira disse o que disse como forma de aglutinação das massas.
Não cumpriu o que disse, foi incoerente, é verdade.
Acima de tudo, faltou-lhe mais sinceridade do que coerência.
Mas parece-me totalmente diferente o teor de uma e outra afirmação, até porque o contexto em que foram proferidas é distinto.
Uma coisa é afirmar a sua demissão caso não consiga vender x unidades de um produto comercial, outra é dizer que se demite porque não se cumpriram as condições necessárias à realização do seu projecto directivo e a seguir, mantendo-se inalteradas as causas da demissão, recandidatar-se à presidência.
Saudações cordiais e de estima

VermelhoNunca disse...

Senhor X, como habitualmente parte para o insulto. As férias deveriam ter sido aproveitadas para acalmar esse seu temperamento rufia.

cavungi disse...

"Eu não faltei á palavra dada.Mudei de ideias".
Soares Franco 17/4/06.
Eis a prova de como os dirigentes do Sporting são iguaisinhos aos dos outros clubes.Homens de duas palavras.
No entanto devo referir que a candidatura só acontece por pressões dos bancos.É que sem o aval do SF os bancos "fecharam a torneira" e os ordenados de Março só vão ser pagos esta semana...Fonte segura caro Nunca.

VermelhoNunca disse...

190.000 Euros/mês para Robert, senhor Vungi

VermelhoNunca disse...

De acordo consigo senhor Vungi, a pressão dos bancos fez com que Soares Franco tivesse mesmo de avançar. Infelizmente a situação do Sporting a isso obriga.

samsalameh disse...

São todos iguais, eles e os deputados do nosso País, tudo a mesma merda, desculpe-me a expressão Sr. Administrador, Sr. Porteiro e Sr. Zelador.

Ó Costa, e tu o que és? Empresário que não declara tudo o que recebe...Pelo menos aí, os funcionários públicos ganham-te de certeza!!

Os Presidentes dos maiores clubes portugueses são todos iguais, só a cor das gravatas é que é diferente!!

carlos disse...

Penso que a decisão de recandidatura de Soares Franco à Presidência do SCP estava já pensada há muito.
A sua anunciada demissão com promessa de não recandidatura fazia parte da sua estratégia de, por um lado, pressionar os sócios a aprovarem o seu plano de venda de património e, por outro, de recolha de apoios para a sua reeleição.
Estamos no domínio da estratégia política que, ao que parece, terá dado os seus frutos.
Não creio que o Sérgio Abrantes consiga mais de 15% dos votos - e ainda bem!
Esse senhor não me inspira confiança: Juiz de carreira, passou grande parte da sua vida metido na política, o que não é bom cartão de visita para quem abraçou a profissão de Magistrado.
De gestão nada deve saber, e prova disso é que fala muito e ainda não apresentou solução alguma para resolver a crise do SCP.
Escuda-se com o desconhecimento da situação financeira do SCP, quando as contas do SCP devem ser as mais transparentes de todos os clubes de futebol em Portugal.
Por isso, dou graças aos deuses por Soares Franco ir ser de novo Presidente do SCP.
E snr. Salame: nem todos os dirigentes dos clubes são iguais:
Nem todos têm já antecedentes criminais;
nem todos andam à bofetada no aeroporto;
nem todos entram por estúdios de televisão a dentro;
nem todos andam a roubar jogadores a equipas com a corda na garganta.
E o seu Idanhense? Como está?

Costa disse...

Vamos ver se o Sr. Funcionário público repreende o sr. Salame.
Claro que não.
Uns são filhos outros enteados, uns vão de ´férias outros não.
Sr. Administrador fico à espera da sua tomada de posição face ao comentário do Sr. Salame, atenta a última recomendação do dia famoso dia 10, para atestar TAMBÉM DA SUA COERÊNCIA.

vermelho disse...

caro costa:
caso não se recorde a recomendação foi dirigida a todos e a ninguém em particular.
Não se tratou de qualquer reprimenda ou censura, apenas de uma chamada de atenção para o tom xenófobo, racista e eugénico de alguns post´s.
Penso que será consensual o repúdio por tais comportamentos.
Não se tratou de qualquer raspanete, mas sim de uma recomendação stricto sensu.
Comparar o comentário do condómino samsalameh, no qual embore utilize algum vernáculo, não emite juízos do jaez sobredito, com os post´s que conduziram à redacção da recomendação é confundir a árvore com a floresta.
Abraço.

Costa disse...

Devo andar perdido na floresta!!!

samsalameh disse...

Sr. Carlos, não somos nós benfiquistas que andamos sempre de "white collar", não sei se me percebe...
Sr. Costa, peço-lhe desculpa se lhe causei algum incómodo em que colocasse neste blog a sua profissão, mas não bata nos funcionários públicos, designadamente no dono deste blog, pois que a pessoa em causa não falta (em que todos nós contribuímos com o nosso voto)e farta-se (de trabalhar!!!). Dá o litrinho todos os dias! E Férias, Sr. Costa, acredite, é coisa que quase ninguém tem quando ocupa cargos como o Administrador deste blog!

samsalameh disse...

Será que temos um deputado neste blog?
Sr. Costa, assuma que está na AR e que foi de férias como os outros e assinou o livro de ponto!!!
Mais uma coisa e para acabar Sr. Costa, se fossem todos mandriões como eu, o Sócio, o Vermelho, o Carlos, o Zex, o Jorge Minimo, o VermelhoNunca ou o Cavungi, o País estava com o Produto Interno Bruto mais elevado da União Europeia!!!

Jorge Mínimo disse...

O camarada Cavungi parece a srª empregada de limpeza deste condomínio. Só serve para tentar limpar( mas mal ) o seu condomínio e dizer mal das pessoas dos outros prédios ao lado.

SoaresFranco disse...

Quero aqui fazer uma promessa solene:
Se não Portugal não ganhar o Mundial: Demito-me!

petit disse...

Os árbitros favorecem os mais grandes.