quinta-feira, junho 29, 2006

Por esta não esperava - é fraquinho

O FC Porto acertou a contratação de Ezequias, brasileiro que jogou na Académica, mas cujo passe pertencia ao Corinthians Alagoano.
O acordo é válido por quatro anos e, apesar de não serem ainda conhecidos os números, envolve uma verba pouco significativa.
A polivalência do jogador - habituado ao centro e ao lado esquerdo da defesa, mas também ao meio-campo - captou a atenção de Adriaanse, que deixou o nome anotado na lista de compras.
O treinador holandês nunca escondeu a preferência por elementos multifacetados, conforme se comprovou com as sucessivas adaptações feitas na última época, e Ezequias encaixa no perfil. Com essa aposta de mercado, focada na polivalência, Adriaanse consegue multiplicar o número de opções para cada lugar sem exceder o limite máximo de jogadores com que pretende trabalhar: 24 ou 25, segundo garantias dadas por Pinto da Costa.
Apesar de ter apenas 25 anos, Ezequias passou as últimas cinco temporadas no futebol português: as primeiras três no Marítimo; uma no Gil Vicente e outra na Académica.
Aliás, Nelo Vingada, com quem trabalhou na Madeira e em Coimbra, é um admirador incondicional das características do brasileiro.
A dispensa de César Peixoto e a anunciada cobiça de clubes franceses por Ricardo Costa, sem terem sido factores associados a esta contratação, são coincidências que, no mínimo, aconselhavam o FC Porto a prevenir-se.
E, dentro desse pressuposto, nada melhor do que o jogador dois em um. Três, no caso, já que, como foi sublinhado, Ezequias não tem dificuldades em jogar no meio-campo.

7 comentários:

carlos disse...

Vá-se lá saber o que viu Adrianse no Ezequias para o querer no seu plantel.
Jogador mediano, que nem na Académica era titular, custa a crer que o FCP o tenha contratado.
Mas de quem levou o FCP a contratar esse portento do futebol que é o Sonkaya, tudo é de esperar.
Com Sonkaya na direita e Ezequias na esquerda, teremos certamente um FCP com uma defesa de betão.

VermelhoNunca disse...

Acho que este jogador é um autêntico brinca na areia

vermelho disse...

amigo Carlos:
Não podia estar mais de acordo contigo.
O ano passado sofremos à conta das paupérrimas exibições deste rapaz, pode ser que este ano exultemos.
Tecnicamente não é mau, mas é lento, complicativo e pouco agressivo.
Usa e abusa da sua finta predilecta ou deva dizer única, inventa muito e cruza mal.
É pouco esclarecido, pouco objectivo.
Gostei mais dele a central do que como lateral esquerdo ou ala, pois que nessa posição "pode" inventar menos.
Não me parece jogador para o Porto.
Abraço.

Kubas&SLB4Ever disse...

ahahahahahah essa é a anedota do ano, o Ezequias, que grande contratação.
Aí está outro grande exemplo de gestão, à FCP claroo.
Força Benfica

cavungi disse...

Pelo menos o Ezequias é mais conhecido que o Moisés.O do Reboque CP,porque o outro desde que foi á montanha nunca mais se viu.

VermelhoNunca disse...

Claro senhor Cafungo, o que interessa é contratar jogadores por serem conhecidos. Aliás deve sugerir ao seu amigo adepto do clube regional, que contrate o Joaquim Monchique para o clube dele, e talvez o amigo Cafungo tente a contratação de Daniel Nascimento para o benfica. Não são grandes figuras, mas conhecidas em certos meios...

carlos disse...

O condómino Zex deve ter ficado de tal maneira abananado com a contratação do Ezequias que nem por cá apareceu hoje.
Deve ter dado entrada nas urgências do Hospital Amadora Sintra, onde se mantém com "prognóstico reservado".