quinta-feira, maio 11, 2006

Concordo em absoluto

A época terminou recentemente e ainda não há novo treinador, mas os responsáveis pelo futebol do Benfica já delinearam as posições a reforçar para a próxima temporada: um defesa-esquerdo, um médio, dois extremos e um ponta-de-lança.
Concordo em absoluto que estas serão as posições, preferencialmente, a preencher.
Talvez fosse necessário adquirir mais um médio, mas se se verificar o regresso de Diego Souza tal lacuna mostrar-se-á satisfeita.
Das posições a preencher, penso que o mercado nacional poderá aportar, por exemplo, Miguelito, Andrés Madrid ou Benachour.
Os restantes terão que vir do exterior, constituindo, por exemplo, Rui Costa, Pedro Mendes e Vaz Tê boas opções.
A ver vamos.
Todavia, antes de qualquer "ataque" ao mercado, urge "arrumar" a casa e dispensar Beto, Nuno Assis, Marco Ferreira, Marcel e Laurent Robert.
Aliás, em relação a este último, titula hoje "a Bola" que estará a caminho do Glasgow Rangers.
Uma boa notícia. Aguardo ansiosamente a sua confirmação oficial.

3 comentários:

carlos disse...

Caro Snr. Administrador:
O Benfica precisa de um lateral esquerdo?
Então e Leo?
Não foi ele um dos melhores elementos do Benfica esta época?
Não quereria antes dizer um lateral direito?
É certo que para esta posição o Benfica tem o Nélson, mas, pelos vistos, não serve, pois que o Koeman em grande parte da época colocou defesas centrais de raiz a alinhar nessa posição - Alcides, Rocha e, creio, o próprio Andersen.
E dois estremos?
Então e o Simão, o Manduca e o Geovani, para já não falar no Marco Ferreira e no Robert?
Não bastaria um estremo, para compensar as prováveis saídas destes últimos dois?
Ficaria assim o Benfica com quatro estremos.
Um médio? Só?
Não é este o sector mais debilitado do Benfica?
Tem apenas dois bons médios, ambos de características defensivas, que são o Petit e o Manuel Fernandes.
Precisa o Benfica, creio, de, pelo menos, mais dois médios, um deles organizador de jogo, já que o Karagounis, ainda que bom tecnicamente, não joga com regularidade.
Quanto a avançados, concordo que o Benfica precisa de, pelo menos, mais um ponta de lança.
Tem apenas o Nuno Gomes.
O Micoli deve ir embora, o Mantorras joga apenas dez minutos por jogo - já a contar com o tempo de descontos - e o Marcel é o que sabemos.
Assim, parece-me que o Benfica precisaria de dois médios, de um ponta de lança e de um estremo, mas com qualidade, para serem titulares indiscutíveis.

vermelho disse...

amigo carlos:
para mim, uma equipa precisa de dois jogadores de nível equivalente para cada lugar.
Por isso, para além do Léo, é necessário um outro jogador.
O Tiago Gomes precisa ainda de jogar com regularidade na 1ª Liga para constituir opção válida.
Deste modo, a aquisição de um lateral esquerdo impõem-se e Miguelito que, também, faz a ala é a melhor solução.
Quanto aos extremos, daqueles que falaste só o Simão é extremo puro, o Manduca e o Geovanni fazem o lugar.
Por outro lado, penso que o Simão vai sair.
Quanto aos médios, se leste com atenção o post, digo que se regressar o Diego Souza, só é necessário mais um. Caso contrário, dois.
Quanto aos pontas de lança, penso que Nuno Gomes é mais um segundo ponta de lança.
Miccoli não sei se fica.
Tudo depende da flexibilidade da Juve na negociação da clausula de opção.
Assim, é necessário mais um homem de área que garanta, pelo menos, 15 a 20 golos por época.
Abraço.

cavungi disse...

Vaz Tê no nosso clube?
Amigo vermelho, como esse temos lá o Marcel.Há que elevar o nivel.