sexta-feira, maio 26, 2006

O miúdo da grade de sumo - outro talento

A velocidade, as mudanças de direcção e o drible eficaz no um-contra-um sempre foram atributos reconhecidos ao jovem Yannick Djaló, mas, nos últimos quatro anos, um apurado trabalho físico acrescentou muita potência às qualidades do avançado.
Se, aos 15 anos, Djaló media 1,67m e pesava apenas 57kg, foram necessários quatro anos para que acrescentasse quatro centímetros e sete quilos à outrora frágil moldura física.
Não será, claro, um jogador possante, mas o muito trabalho de ginásio garantiu-lhe uma compleição consentânea com as exigências da alta competição.
Isso mesmo foi confirmado pelo prof. Rafael Gomes, seu treinador no Casa Pia, na derradeira fase da época: "Foi muito importante para nós, até porque marcou 11 golos no último terço da temporada. A equipa privilegiava, como opção estratégica, o contra-ataque, o que também favorecia as suas características, pois é muito rápido e forte no um-contra-um."
O aspecto mais importante deste atleta é, no entender de um profissional que com ele conviveu de perto, o seu lado humano. "Teve uma participação muito boa, sendo muito disciplinado e empenhado no trabalho diário. Evidenciou sempre grande humildade e respeito. Mesmo sabendo que era uma mais-valia para a equipa, a sua atitude foi sempre o oposto da de uma vedeta.
Por tudo isto e pela sua ambição, reconheço-lhe capacidade para evoluir e triunfar", revelou Rafael Gomes, que perspectiva um futuro promissor para o seu ex-pupilo. "Poderá não estar preparado, no imediato, para evidenciar o mesmo rendimento na equipa principal do Sporting, mas tem uma enorme margem de progressão. Isso será ainda mais evidente quando trabalhar com atletas de um nível mais elevado, que podem potenciar ainda mais a sua evolução, como, certamente, irá acontecer."
O treinador que orientou Djaló no Casa Pia traça um interessante paralelo entre as características deste jovem e as de um avançado com lugar cativo no onze leonino: Liedson.
"A sua humildade e forma de trabalhar vão ajudá-lo a progredir, numa posição em que as suas características são preponderantes. Tal como Liedson, é muito veloz, pensa muito rápido e é frio no momento de finalizar", observou Rafael Gomes.
Segundo o técnico, Djaló melhorou muito no capítulo físico: "Não deixa de ser um jogador frágil, mas evoluiu muito no campo da potência muscular."

9 comentários:

VermelhoNunca disse...

Tudo indica que fará a pré-época junto do plantel principal.
Mais temos lá mais, aguardem...

Kubas&SLB4Ever disse...

O Djaló nem no FManager rende.
Saudações Benfiquistas

samsalameh disse...

O Djaló também é testemunha do tal processo!?

VermelhoNunca disse...

O senhor Pulgas é um entendido...

carlos disse...

Eu em 5 semanas, quando fiz a recruta na Marinha, engordei 5 Kgs.

vermelho disse...

amigo Carlos:
Conhecendo-te como conheço nunca pensei que tal fosse possível.
Abraço.

carlos disse...

Nem eu. Passei de 63 para 68 kgs.
Levantar Às 7h30 todos os dias, comer sandes de chouriço logo de manhã, exercício físico até às 17h00m, almoço e jantar reforçado foi no que deu.
Depois regredi 2 quilitos e agora, já entradote, oscilo entre os 68 e os 70.

E à falta de melhores temas, entretenhamo-nos a falar das variações de peso.

vermelho disse...

amigo Carlos:
Já dei umas boas casquinadas.
Abraço e bom fim de semana.

Kubas&SLB4Ever disse...

Oh vermelhonunca, vc nem sabe o que é o Fmanager...