segunda-feira, maio 08, 2006

Tudo de bom, obrigado!

Zé Castro, central da Académica, confirmou este domingo, depois da última jornada da Liga, o acordo para jogar no Atlético Madrid na próxima época.
O jovem internacional falou num «final de ciclo» que nunca seria perfeito caso a Académica não tivesse assegurado a manutenção no primeiro escalão, depois de um sofrido empate com o Marítimo (2-2).
«Pessoalmente fecha-se um ciclo de dezasseis anos. Senti-me muito feliz pelo tempo que passei aqui. Seria uma grande frustração se a Académica fosse para a II Liga. Tenho praticamente tudo acordado para ser jogador do At. Madrid. Tenho um conjunto de factores que me levaram a decidir assim. Sou um jogador jovem, com muito tempo para evoluir e quero chegar longe e ter sucesso. Depois são os factores financeiros e profissionais, sobretudo estes últimos», começou por destacar.
O defesa confirmou que também recebeu convites de dois dos três grandes, sem mencionar os respectivos nomes, mas explicou a sua opção pelo clube de Madrid. «Tinha várias propostas, incluindo outras para continuar a jogar em Portugal, mas se decidi pelo Atlético foi porque as pessoas mostraram muito interesse e isso para mim foi essencial. Espero ter acertado e vir a trabalhar para que as coisas me possam correr bem e para que a bandeira portuguesa seja conhecida noutros pontos do mundo», explicou.
Antes de ir para Madrid, Zé Castro vai ainda defender as cores de Portugal, no Campeonato da Europa de Sub-21, mas o central não esconde que quer chegar à selecção A. «Adoro ser português e fazer parte da selecção, qualquer que seja, é um orgulho enorme. Neste momento estou nos sub-21, mas no fim do ano acaba-se os sub-21 e depois só sobra a selecção A», contou.

7 comentários:

Zex disse...

Pois é. Mas há bem pouco tempo o sr. vermelho já tecia comentários pouco simpáticos, quando se dizia que ia para o FCPorto...

vermelho disse...

amigo Zex:
Mentiras, não.
Nunca me ouviste qualquer comentário menos elogioso ao Zé Castro.
Por outro lado, devo dizer-te que, ao contrário de certas pessoas, não avalio os jogadores pelo clube a que pertencem ou a que irão pertencer.
Abraço.

vermelho disse...

amigo Zex:
p.s. este blog de há muito que sabia o destino do Zé Castro, como oportunamente transmitiu aos condóminos.
Aliás, para mim nunca esteve em causa a sua ida para o Porto.
A sua saída para o Atlético está acertada desde Dezembro.
Abraço.

Zex disse...

No dia 17 de Fevereiro de 2006, alguém escreveu: "Esta foi uma semana pautada por notícias, francamente, desanimadoras em relação à minha Briosa.
Se, no início da semana, o choque foi enorme ao ler que o Presidente de uma instituição com a riqueza histórica da Briosa se achava indiciado num processo criminal de contornos mais ou menos obscuros, já, no final da semana, foi com um sentimento de inevitabilidade que li que o grande Zé Castro vai abandonar a Académica a custo zero no final da época, transferindo-se para o FC Porto."
"Na verdade, os erros de gestão financeira e desportiva têm sido mais do que muitos".
"A notícia da saída do Zé Castro entronca nesta na medida em que ambas me desgostam profundamente e constituem prova cabal da errática gestão de José Eduardo Simões."
Zé Castro é um jogador formado na Briosa, estudante universitário, com elevado potencial futebolístico."
"Não curou esta direcção de tratar da renovação contratual deste atleta em tempo congruo, deixando, assim, a instituição depauperada financeira e desportivamente".
Quem foi o autor desta prosa ?
Adivinha ?
Verdade seja dita, tinha ideia errada, não se fazem comentários ao Zé Castro, enquanto profissional, ou enquanto pessoa, mas as apreciações à direcção não são simpáticas, ou são ?
Se o blog sabia que ele ia para o Atlético de Madrid, teremos, então, que concluir que o escrito de Fevereiro foi patético !
Abraços !

vermelho disse...

amigo Zex:
como vês acabaste por concluir da falsidade da tua imputação.
Agradeço-te a gentileza de me citares para repôr a verdade dos factos.
Neste comentário diverges, como habitualmente, do tema, fazendo uma incursão a tentar salvar a face.
Claro que critiquei esta direcção, direito que me assiste, desde logo, por ser sócio com quotas em dia.
Agora o tema não era esse, mas sim uma pseudo critica ao Zé Castro.
Quanto à referência da saída para o Porto ela resultou, única e exclusivamente, de notícias publicadas nos jornais desportivos diários.
Apenas serviu de mote ao texto, muito embora já soubesse da sua falsidade.
Soube da ida do Zé Castro para o estrangeiro, mais tarde soube qual o clube, pela boca de um dos seus empresários.
Foi-me pedido confidencialidade.
Assim, não podia no momento em que foi publicada a sobredita notícia afirmar a sua falsidade.
Quando tal me foi possível, disse-o.
O escrito não é sobre a ida do Zé Castro para aqui ou para ali.
Esse é o mote, o exemplo utilizado para ilustrar quão errática tem sido a gestão desta direcção da Briosa.
Não confundas o acessório com o essencial.
Abraço.

Zex disse...

O que V. Exa. admite é que anda a enganar deliberadamente os seus leitores !
Tem uma informação privilegiada, mas elabora todo um texto como se isso não se passasse.
Elabora um escrito com base numa notícia de jornal que sabe que é falsa. Bonito serviço !
A pretexto duma confidencialidade que alega, engana toda a gente que o lê, incluindo a minha pessoa.
Aceito que, do ponto de vista que defende, a saída do Zé Castro foi o ponto de partida para a crítica à direcção da Académica.
Mas o que, também, erpassa do escrito de V. Exa. de Fevereiro é que a sua ida para o FCPorto ainda piora a situação !
Não brinque comigo !
Eu conheço bem a sua maneira de pensar e o seu antiportismo militante. E não são meia dúzia de análises pseudo-isentas,que aqui apresenta semanamante, que me farão mudar de opinião !
Assuma, de uma vez por todas, que ficou contente e descansado porque o Zé Castro foi para o Atlético, uma vez que, e disso não duvido, acredita no valor do rapaz !
Em nota de rodapé, diria que nunca mudei de assunto, comentei o post que relata a situação do Zé Castro. Simplesmente fiz uma análise de dois posts que, na minha óptica, são contraditórios.
De qualquer forma, não se melindre !
Um Abraço !

Jorge Mínimo disse...

Vai ser uma grande baixa para a Associação Académica de Coimbra.