quarta-feira, julho 12, 2006

Disparates atrás de disparates ou reflexo de uma determinada forma de pensar e agir

Rui Alves, presidente do Nacional, atirou-se a Laurentino Dias, secretário de Estado do Desporto. Em causa, uma vez mais, esteve a Lei de Bases do Sistema Desportivo.
Para o líder alvinegro aquilo que o governo PS pretende fazer é "uma verdadeira afronta aos poderes legislativos da Madeira e dos Açores”, considerando mesmo que “há um desrespeito completo pelo princípio da continuidade territorial”, fez questão de afirmar, para depois acusar Laurentino Dias de ser “um mentiroso profissionalizado político”.
Rui Alves não esteve com meias-medidas e afirmou ainda que “daquele senhor há que esperar tudo, só que a sua vontade esbarra nos limites da lei e, em última análise, na própria Constituição”.
Sem moderar o tom das suas palavras, Rui Alves foi muito mais longe, para dizer: “Se fosse candidato à Liga e ganhasse, com certeza que ele teria os dias contados ou, então, parava o futebol em Portugal. Mais, se eu fosse o Cristiano Ronaldo, não jogava na selecção enquanto este secretário não se demitisse.”

10 comentários:

VermelhoNunca disse...

Este idiota do Rui Alves ainda ontem foi aqui citado por um condómino, vem mesmo a calhar este post!

Kubas&SLB4Ever disse...

Ele apenas disse o que lhe ia na alma...

VermelhoNunca disse...

É um idiota, não passa disso. Quem lhe der crédito, na minha opinião é também idiota. "Disse o que lhe ia na alma", como se este homem tivesse alma.

vermelho disse...

este indivíduo, na conferência de imprensa, que ontem promoveu, para além de voltar a referir a intenção de se candidatar à Presidência da Liga, logo avisou que se a Lei de Bases do Sistema Desportivo for aprovada na sua redacção actual intentará, em conluio com Alberto João Jardim, uma fraude à Lei.
Como se prevê a proibição de financiamento público de clubes inserido em competições profissionais, o "esperto" já arquitectou uma forma de contornar a Lei - irá inscrever uma equipa do Nacional nos Regionais Madeirenses, que o Governo Regional irá subsidiar, para, posteriormente, canalizar as verbas daí resultantes para o verdadeiro Nacional.
De dislate em dislate, até ao descaramento total que só a impunidade permite.
Abraço.

cavungi disse...

Amigo Nunca!
As histórias e negocios menos claros de Rui Alves são conhecidos na Madeira, ao ponto de ser conhecido como o "Quinhentos", a proposito dos negocios imobiliarios e não, como eu pensava, por ter casado com uma Brasuca do Altissimo Alterne.

cavungi disse...

Um idiota chapado é o que ele é. Ele e o imbecil do Madail, a pedir ISENÇÃO de IRS para os prémios dos jogadores.A mentalidade afinal continua a mesma.Se fizeram uma boa prova não fizeram mais que a sua obrigação, pois de Saltilhos e Coreias estamos nós habituados.

VermelhoNunca disse...

Amigo Vungi, será que essa brasileira é de um dos bares do Teles, aquele amigo do Pinto da Costa?

Kubas&SLB4Ever disse...

É bem boa a brasileira dele.. de comer e chorar por mais.

cavungi disse...

Parece que não.O nivel de alterne do sr Teles é mais baixo.Ao nivel dos 25 rosas.Esta rapariga é para caça grossa.

ogirdoR disse...

http://a-magia-do-futebol.blogspot.com/2006/07/regresso-anormalidade-parte-1.html