quinta-feira, julho 27, 2006

Um bom reforço - veremos a sua adaptação ao futebol europeu

José Francisco Fonseca Guzmán – mais conhecido por "Kikin" Fonseca – é o avançado escolhido pelos responsáveis encarnados para reforçar o plantel à disposição de Fernando Santos.
O internacional mexicano, que representava o Cruz Azul, chegará hoje ao início da tarde a Lisboa para ultimar os detalhes da sua transferência para o Benfica, nomeadamente a duração do contrato que variará entre os três ou os quatro anos.
O acordo com o emblema mexicano – com o qual o jogador tinha ainda dois anos de contrato, com mais três de opção – foi alcançado após um raide de José Veiga ao México – o director-geral da Luz partiu no sábado à noite para aquele país.
No encontro entre os representantes dos clubes ficou estipulado que o Benfica seria o destino de "Kikin" Fonseca, recebendo o Cruz Azul uma quantia na entre os 1,5 e os dois milhões de euros.
O interesse do Benfica no internacional mexicano não é de agora.
Há muito que o emblema da águia o tinha referenciado, conforme adiantou Alfredo Alvarez, vice-presidente do Cruz Azul. "É já oficial a venda de 'Kikin' Fonseca ao Benfica. A negociação fez-se entre as direcções dos dois clubes e o jogador viajará ainda hoje [ontem] para Portugal", começou por declarar o dirigente, acrescentando: "Há dois dias que um representante do Benfica se encontra no México e manifestou-nos o interesse no jogador. Segundo soubemos, Benfica e 'Kikin' Fonseca já conversavam desde o Mundial da Alemanha...
Face aos pedidos do atleta, que manifestou o interesse de se transferir para o futebol europeu, a direcção do Cruz Azul anuiu e aceitou a proposta apresentada. Só nos resta desejar-lhe boa sorte, pois o Benfica fica bem servido por se tratar de um bom jogador."
"Kikin" Fonseca não é um desconhecido para os adeptos do futebol portugueses.
O internacional mexicano foi um dos eleitos para o Mundial da Alemanha e curiosamente foi ele o autor do golo na derrota da sua selecção com Portugal, tendo, ainda assim, sido eleito o melhor jogador em campo.
O novo reforço do Benfica é apontado como um dos jogadores mais populares do México desde a retirada do guarda-redes Jorge Campos, muito por culpa dos dez golos marcados em 11 jogos da fase de qualificação para o Mundial'2006 e dois em quatro encontros da Taça das Confederações de 2005.
Com esta contratação, falta ao Benfica apenas um médio-esquerdo para compor o plantel às ordens de Fernando Santos.

1 comentário:

carlos disse...

Este jogador só custou 1,5/2 milhões de euros ao Benfica?
Parece-me muito pouco.
A edição on line da Bola diz que é desconhecido o preço envolvido na sua aquisição.