quinta-feira, julho 20, 2006

Notícia do "Pravda" sobre a transferência de Manuel Fernandes

Manuel Fernandes viajou ontem, ao início da tarde, para Inglaterra, com o intuito de ultimar a transferência para o Portsmouth, onde se juntará a Pedro Mendes.
O interesse do emblema inglês no internacional português é antigo, tal como O JOGO adiantou em primeira mão na edição do passado dia 1, mas só esta semana se estabeleceu o acordo com o Benfica.
As primeiras propostas apresentadas não agradaram aos dirigentes encarnados, e só depois de os valores terem ultrapassado um pouco os oito milhões de euros é que o Benfica deu o aval à transferência do camisola 14, que irá assinar um contrato válido por quatro ou cinco temporadas. O médio português tratou ontem de alguns pormenores burocráticos relativos à mudança e realizará hoje os habituais exames médicos – recorde-se que o atleta não se tem treinado sob a orientação de Fernando Santos, por se encontrar a recuperar de uma pubalgia –, indispensáveis para a concretização da transferência.
Apenas e só quando estas questões estiverem resolvidas é que Manuel Fernandes será oficialmente apresentado como o mais recente reforço à disposição de Harry Redknapp, confesso admirador das capacidades técnicas do internacional português.
Ao que tudo indica, até amanhã a transferência será consumada, conforme Milan Mandaric revelou a O JOGO. "Ainda há algumas questões por resolver, mas esperamos apresentá-lo oficialmente nos próximos dias", começou por dizer o presidente do Portsmouth. "Ainda tem de efectuar alguns exames médicos. Valores envolvidos? Neste momento. não fica bem falar sobre isso."
À partida para Inglaterra, Manuel Fernandes escusou-se a tecer comentários sobre esta nova etapa da sua carreira.

11 comentários:

Zex disse...

Parece que os valores do, intitulado pelo blogger, Pravda estarão mais correctos do que o pasquim lampião Bola, não ?

vermelho disse...

amigo zex:
a diferença a existir é de pormenor.
O certo é que os vários orgãos de comunicação social mostram-se unânimes no valor da transferência.
Aliás, o Record ainda vai mais longe "Manuel Fernandes vai mesmo deixar o Benfica. O jogador já se despediu dos seus companheiros e viaja nas próximas horas para Inglaterra onde quinta-feira deverá realizar os habituais exames médios e assinar um contrato com o Portsmouth, válido por quatro temporadas.
Em "rota de colisão" com o clube da Luz há várias semanas, Manuel Fernandes, segundo várias fontes, vai para a "Premier League" auferir um salário cinco vezes superior ao actual.
O Benfica vai receber do Portsmouth 9 milhões de euros que, somados aos 6 que o fundo de investimento MSI já havia desembolsado, permite aos encarnados embolsarem 15 milhões de euros, um recorde financeiro."
Abraço.

Zex disse...

Pois é, sr. vermelho, mas ontem neste mesmo espaço, V. Exa., eventualmente com base em fontes mal informadas, insinuou que seriam 15 milhões por metade do passe.
Afinal tudo não passava de uma mentira da comunicação social vermelha para acalmar os "Máximos" deste país ...

vermelho disse...

amigo zex:
apenas disse que "pelo conteúdo da notícia parecem ser 15 milhões pelos 50% do passe.
Veremos."
Reconhece que não insinuei nada, apenas fiz um comentário com base na notícia publicada.
Aliás, fiz mesmo uma ressalva -"veremos".
Mas, parece que foram, realmente, 15 milhões o montante que o Benfica embolsou com a transferência, contabilizados os proventos decorrentes das duas alienações que efectuou.
A MSI também fez um belo negócio se acaso vendeu pelo mesmo preço do Benfica. Viu o investimento valorizado em 2 milhões de Euros em apenas um ano.
O valor parece-me bastante bom.
Ontem, não tive oportunidade de retorquir algumas afirmações, como tal, fá-lo-ei agora.
No que concerne ao Paulo Ferreira não disse que tinha sido vendido por 30 milhões, mas sim por valores idênticos a esses.
No que tange ao propalado valor de 8,5 milhões a dividir por dois, tal afirmação nunca poderia corresponder à realidade, pois que o Benfica não poderia vender o que não era seu, ou seja, a totalidade do passe.
Obviamente, que aquele valor teria que corresponder ao montante pago ao Benfica.
No que se refere ao valor de Cannavaro e Emerson e sua extrapolação para o valor da transferência de Manuel Fernandes pareceu-me destituída de qualquer sentido lógico.
Primeiro, o mercado não funciona de forma uniforme, pelo que qualquer extrapolação perde lógica.
Segundo, Cannavaro e Emerson são jogadores da Juventus que foi despromovida à Serie B com a agravante de iniciar o campeonato com 30 pontos negativos, para além de serem jogadores na casa dos 30 anos, ou seja, o seu passe mostra-se desvalorizado pela urgência da sua venda, fruto do decréscimo de receitas, do elevado salário que auferem e da previsível estadia da Juventus, pelo menos, dois anos na Serie B, e pela circunstância de terem já 30 anos.
O Manuel Fernandes é um jovem, com elevada margem de progressão, para além do jogador português se encontrar muito valorizado na Europa.
Comparar uma e outra situação parece-me, no mínimo, temerário.
Abraço.

carlos disse...

Parece ser de interesse chamar aqui à colacção o que o condómino Holtreman aqui publicou ontem.

"Redknapp has also agreed a £5.8m fee for Benfica's central midfielder Manuel Fernandes and is ready to make a £4m offer to City for central defender Sylvain Distin."

£5,8 correspondem aproximadamente a 8,4 milhões de euros, sendo este o valor que se tem falado em Portugal mas apenas por metade do passe do Manuel Fernandes.
Mas como se vê da notícia acima publicada, terá sido esse o valor total que o clube inglês dispendeu com a compra do Manuel Fernandes.
Não faz qualquer sentido a imprensa inglesa referir apenas o valor que o Portmouht pagou ao Benfica, de forma que aquele montante parece ser o preço da totalidade do passe do jogador.

O que me parece é que a imprensa portuguesa tem andado a especular:
Ouviu falar em 8,5 milhões de euros e pôs a conjecturar:
8,5 milhões de euros deverá ser a parte do benfica, donde a totalidade do passe custou 15 milhões de euros.
E especularam mais ainda, pois que ao chegarem a este número de 15 milhões de euros, avançaram logo para que este valor como sendo o que o Benfica teria recebido!
Ridículo.
Nenhuma dúvida existiria sobre esta questão se o Benfica estivesse obrigado a declarar o valor dos negócios que celebra, como estão o SCP e o FCP.

vermelho disse...

amigo carlos:
para além de remeter para o meu comentário supra, dir-te-ei que especulação fazes tu no teu comentário.
abraço.

Zex disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Zex disse...

Sr. Vermelho,
Parece-me existir grave precipitação na análise do que ontem escrevi sobre este assunto.
A minha única questão foi quanto ao real valor do passe do jogador.
V. Exa. insinuou que o valor de cinquenta por cento seriam 15 milhões de euros, isso é um facto. Não digo que o tenha efectuado com qualquer má intenção, mas afirmo que se baseou na imprensa vermelha que vive a mentir a favor do Bfica, isso é outro facto.
Quanto ao valor da transferência do Paulo Ferreira, V. Exa. utilizou-o para justificar que 30 milhões pelo Manuel Fernandes era um preço justo. O que eu disse, no momento e reafirmo, é que o Paulo Ferreira foi vendido por um valor exagerado, só possível porque foi o Chelsea a comprar. Logo, parece-me um péssimo argumento para justificar os tais 30 milhões, já que se desconhece o milionário que está por detrás do Portsmouth a querer lavar dinheiro. V.Exa. deve saber, ou conhecer...
O mesmo o Chelsea comprou o Ricardo Carvalho por 30 milhões. Parece-me, contudo, que não existe qualquer comparação entre o Manuel Fernandes e o Ricardo Carvalho, à data, o que impede quelquer paralelismo entre os valores dos passes. Nem o facto de um ser muito mais novo que outro.
Só a veia lampiã que lhe domina o encéfalo é que, uma vez mais, lhe tolda por completo a observação isenta, e justifica os seus dislates, o que é pena !
A comparação com os preços dos jogadores da Juventus não foi efectuada por mim, No entanto, penso que faz todo o sentido, ao contrário de V. Exa. O objectivo é provar o mesmo: o Manuel Fernandes não vale 30 milhões de euros...
Assim, o que ontem foi sugerido, afirmado, insinuado, ou como queira, por V. Exa, tratava-se de um sonho, de uma quimera, que se sabia que, minutos depois, se desvaneceria...

vermelho disse...

amigo zex:
o teu comentário é a confirmação daquilo que afirmo.
Dizes que o valor pelo qual o Paulo Ferreira foi vendido foi um exagero. De acordo.
Mas, foi precisamente isso que quis enfatizar.
Se o Paulo Ferreira foi vendido por 20 milhões por que não o Manuel Fernandes ser vendido por 30?!
Existe uma correspondência diminuta entre o puro valor futebolístico de um jogador e o valor da sua transferência.
O valor das transferências depende de múltiplos factores, um dos quais, como bem referes, o clube comprador.
Ora, neste momento se há clube com uma política de aquisições semelhante à do Chelsea é, precisamente, à sua dimensão, o Portsmouth.
Assim, como bem dizes, os exageros de uns podem ser imitados pelos outros.
Para mim, face ao valor futebolístico do jogador, à conjuntura, à idade do jogador, à circunstância de ser internacional A por Portugal, ao clube vendedor, ao clube comprador e ao País de destino, o Manuel Fernandes poderia ser perfeitamente transaccionado por 30 milhões.
Foi neste sentido que disse "valer, vale".
abraço.

carlos disse...

Amigo Vermelho:
Eu não estou a especular.
Estou a tentar perceber como é que ontem a imprensa dizia que o Benfica ia receber 15 milhões de euros pelo Manuel Fernandes, o que significava que o seu custo total teria sido 30 milhões de euros!

Veja-se esta notícia publicada ontem na Bola on line:

"ASF
De acordo com a Renascença, que avançou com a notícia, o Benfica vende ao Portsmouth os cinquenta por cento que ainda detinha do passe do jogador. A outra metade do passe já havia sido vendida pelo clube da Luz a um Fundo de Investimentos. No total o Benfica receberá pela transferência de Manuel Fernandes para aquele clube inglês cerca de 15 milhões de euros."

Sublinho:
NO TOTAL, O BENFICA RECEBERÁ PELA TRANSFERÊNCIA CERCA DE 15 MILHÕES DE EUROS"

Como é que se chegou a este número?
Só por mera especulação, pois que hoje já se fala só em 8,5 milhões de euros!
Sendo certo que com base naquela notícia que o Holtreman publicou, parece que 8,5 milhões de euros terá sido o custo total do passe do Manuel Fernandes.

VermelhoNunca disse...

Amigo Carlos, esperemos a comunicação do clube inglês, pois eles tornarão público a valor do negócio,inclusivé o valor pago a empresários, pois em Inglaterra funciona-se assim.